Casa dos Contos Eróticos

Meu Vizinho, Meu Amor - Capítulo 7 ( Final)

Autor: Morello
Categoria: Homossexual
Data: 10/05/2015 18:38:33
Última revisão: 10/05/2015 19:29:31
Nota 10.00
Ler comentários (20) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Os meses se passaram, e com a ajuda da Rachel, eu consegui reajustar a minha vida. Eu já estava recuperando minhas notas e meu desempenho no trabalho também melhorou. Meu humor melhorou bastante, até já estava saindo com alguns caras, mas eu não queria nada sério, até porque eu ainda pensava no Nicolas, mas eu já aceitei o fato que não o veria mais.

O lindo sobrado amarelo de Nicolas, agora estava diferente. Deixou de ser amarelo e agora era verde escuro, e quem morava lá agora era a irmã de Nicolas, que tinha acabado de se casar, descobri isso no mês depois que Nicolas foi embora, enquanto eu caminhava com o Thor.

- Olá, como posso ajudá-lo?

Uma linda moça de cabelos compridos e olhos verdes iguais aos do irmão me atendeu.

- Oi, desculpe interromper, mas o Nicolas ainda mora nessa casa? - perguntei receoso do Nicolas aparecer e me expulsar a qualquer momento.

- Ahh, o Nicolas não mora mais aqui! . Sou a irmã dele, me chamo Fernanda, acabei de me casar e nossa família, inclusive o Nicolas, topou deixar esta casa para eu e meu marido.

- Humm...

- Mas se quiser, eu falo com meu irmão que você esteve aqui....

-Não!. Ele não pode saber que eu vim, mas mesmo assim agradeço.

Então prossegui com a caminhada, me despedindo da linda mulher. Não sei o que eu achava mais estranho, o sumiço do Nicolas, ou ele não ter me contando dos seus irmãos. Mas de qualquer forma eu ainda estava abatido.

O fim do ano chegou, as ruas estavam todas enfeitadas com bolinhas e luzes coloridas, as casas estavam igualmente enfeitadas e velinhos fantaseados de Papai Noel faziam a alegria das crianças entregando balas e pirulitos. Rachel estava me ajudando com a árvore, apesar de não estar em clima para enfeitar a casa naquele ano, minha amiga havia me convencido.

- Ah como é bom estar de férias Vini! - Dizia Rachel enquanto pendurava bolinhas vermelhas na árvore.

- E como amiga, não aguentava mais estudar e trabalhar!

- Vai fazer o que nesse natal Vinicius?

Dei de ombros e respondi:

- Sei lá, eu talvez vá passar com a família, mas não estou em clima festivo, então acho que vou ficar por aqui mesmo. E você?

- Como vc é frígido amigo - brincou - Ah, eu vou pro Rio de Janeiro, já que é uma época de calor, vou para um lugar que o calor tenha estilo pelo menos.

Então rimos e continuamos a enfeitar a árvore. Minha saudade pelo Nicolas havia voltado, então não resisti e mandei uma mensagem pro Nicolas. Eu ainda tinha seu número.

" Você me faz muita falta tigrão! ."

Talvez depois de tanto tempo , ele tenha mudado de número, mas eu enviei mesmo assim.

A véspera de natal havia chegado, como a cidade era turística, estava muito movimentada e as pessoas estavam eufóricas. Liguei pros meus pais e falei que iria na semana do ano novo, eles tentaram me convencer a mudar de ideia, mas no fim aceitaram. No fim daquela tarde, eu me arrumei, eu havia feito um frango assado com batatas mesmo para comer mais tarde, porque eu não queria gastar com aquelas coisas de natal ( sou pão duro, confesso rsrs) e então fui dar uma volta.

Eu ainda só pensava no Nicolas, e eu estava bem triste, então eu avistei a igreja que tinha na cidade e por uma estranha razão decidi ir até lá. A igreja estava linda, com vários candelábros com velas, os enfeites e a grande árvore, deixavam o ambiente bem agradável, sem contar o coro que entoava o cântico natalino "Óh vide adoremos". Ao sentar em um dos bancos da igreja, olhei para a grande imagem de Jesus Cristo que tinha no altar, e por uma estranha razão, como não sou religioso, pedi olhando fixamente para a imagem:

- Queria ver o Nicolas ao menos mais uma vez.

Depois da missa natalina, muitas pessoas se abraçavam e desejavam feliz natal umas pras outras, aquilo me animou um pouco, e então decidi ir pro parque.

O parque estava silencioso, talvez porque todos estavam ceiando, então eu avistei o coreto que estava iluminado por pequenas luzes amerelas. Entrei no coreto e observei a paisagem e pensei alto comigo mesmo:

- Eu queria que você estivesse aqui..

- Você quem? assim eu fico com ciumes!

Não pode ser....aquela voz era do..

- NICOLAS!? O...O..QUE FAZ AQUI? - Perguntei surpreso.

Nicolas estava lindo como de costume. Estava com uma roupa social cor preta, e estava com a barba por fazer. Amo homens com barba...

- Ué? não ficou feliz em me ver Vini?

- Estou sim claro! . Mas como me achou?

- Te procurei na sua casa, mas você não estava, achei que você tivesse ido viajar ou algo assim, mas eu te vi na indo á missa...

- Espera, vo..você estava na missa?

- Na verdade eu te segui o tempo todo confesso...mas você demorou pra perceber...- ele riu.

Sou forte, mas naquela hora minhas emoções do ano todo vieram a tona e eu comecei a chorar desesperadamente. Sou sensivel com essas coisas.

- Eu senti sua falta sabia? porque você me abandonou, porque?

Ele sorriu e falou com ternura:

- Eii, não chore! é sobre isso que quero falar com você Vini...eu fui muito idiota, desde que você me abrigou bêbado na sua casa eu senti algo forte por você...ninguém nunca havia se importado comigo antes, todas as garotas com quem sai, só queriam me usar e nada mais.

Então ele se aproximou , secando minhas lágrimas com o dedo e continuou:

- Foi depois daquele beijo no carro que você me deixou pensativo. Eu não aceitava de jeito nenhum que eu me interessasse por garotos um dia, por isso arrumei a Alana, ela tinha uma personalidade que me lembrava muito você, mas tinha um problema...

- Qual? - perguntei surpreso com o que ouvia.

- Ela não era você...você é único Vinicius - Nicolas também começava a chorar - Depois que nós transamos, eu fiquei ainda mais confuso e fui morar com meu pai pra ver se eu te esquecia, mas foi impossível, porque...

Nessa hora Nicolas pegou minha mão e me fitou com aqueles olhos verdes, que estavam ainda mais bonitos naquela noite de natal, com as luzes do coreto ainda...

- Porque eu te amo Vinicius! .

- Eu também te amo Nicolas, eu nunca te esqueci.

Então Nicolas me perguntou uma coisa que eu queria que ele perguntasse faz tempo:

- E então jornalista Vinicius, aceita ser meu companheiro pro resto da vida?

Nem preciso menciinar como eu estava ao ouvir isso né...

- É claro que aceito tigrão! .

Nicolas abriu um bonito sorriso e colocou uma linda aliança dourada em meu dedo, e por fim me deu aquele beijo molhado e gostoso que eu senti falta todo aquele tempo. Meu sonho havia se tornado realidade!! .

- Você é o meu presente de natal Nicolas

- E você o meu Vinicius...feliz natal, e esse será o primeiro de muitos que iremos passar juntos - e voltou a me beijar.

Daquele dia em diante, Nicolas e eu haviamos nos tornado o casal mais feliz daquela cidade, passamos a morar juntos, consegui fazer ele parar de beber. E também ele passou a ser o meu protetor e companheiro para toda a vida, que eu amo muito.

FIM.

Agora imaginem Mr. Brightside tocando no final. -n

Não resisti e postei agora mesmo..bom, é isso gente! Espero que tenham gostado, escreverei mais contos com certeza, já tenho até mais um em mente...mas só começarei a postar quando tiver pronto. Bom, é isso, espero que tenham gostado :)

Comentários

17/11/2017 19:51:25
Adorei❤❤💝
11/09/2015 14:31:32
Muito bom
01/09/2015 16:14:55
O presente mais lindo de Natal. Que fofos 😍😍😍
28/06/2015 19:23:57
Seu conto e muito bom, melhor ainda com uma segunda temporada!!!!!!
08/06/2015 03:06:16
O melhor conto que já lir nesse site
08/06/2015 00:01:04
Lindo e fofo! Adorei o final feliz!!
07/06/2015 19:16:36
Excelente... Bem redigido e roteirizado. Parabéns. Nota 10!!!
12/05/2015 16:13:43
parabéns pelo conto, foi simplesmente perfeito do começo ao fim. Já estou ansioso para ler o seu proximo conto.
11/05/2015 20:38:42
Amei a série. Voou copiá-la agora mesmo no meu pc para ler sempre que sentir saudades de Vini e Nicolas. Um abraço carinhoso, Plutão
11/05/2015 05:44:14
ameiii
10/05/2015 23:50:25
Maravilhoso, como eu já tinha comentado você estar de parabéns... Aguardo ansiosamente por um próximo conto.
10/05/2015 23:04:33
Perfeitoooooo.... Por favor faz uma segunda temporadaaaaaaaa essa historia me conquistouuuuu faz segunda temporadaaaaaaaaaaaa (dramático? eu???? magina)
10/05/2015 22:34:15
Amei!!
10/05/2015 21:26:40
Eu amei voce esta de parabens 😘😝
10/05/2015 21:21:09
Aaah mais já ! , vou sentir saudades , muito bom conto.
10/05/2015 20:25:29
Parabéns pelo conto! Curti demais
10/05/2015 20:22:30
Super bom valeu mesmo, agora esperando por outro
10/05/2015 19:56:42
Muito bom
10/05/2015 19:52:39
QueLindo...adorei!
10/05/2015 19:45:29
Ah assim eu vou chorar, é ficção mais é tão real ao mesmo tempo você imagina tudo hahahaha Vou sentir falta desses 2 e de você também viu, vê se não demore a voltar estarei aqui esperando :D

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.