Casa dos Contos Eróticos

Feed

Meu Padrasto (Parte - 14)

Autor: ∞ Alex ∞
Categoria: Homossexual
Data: 09/05/2015 02:40:31
Última revisão: 09/05/2015 02:47:14
Nota 9.88
Ler comentários (21) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Doug narrando...

Rick: Vem comigo!

Saiu me puxando porta fora...

Eu: Espera!

Ele: Não!

Eu: Fer vai ajudar um garoto amigo meu, vai com ele Rick por favor... Pode acontecer uma desgraça, se o cara estiver armado...

Ele: Que história é essa?

Eu: Depois te explico, vai.

Fer narrando...

Já estava na porta do AP quando Rick vem ao meu lado... - O que está acontecendo?

Eu: Um garoto está sendo violentado!

Ele: Como é que é?

Batemos na porta mas ninguém atendia, eu dei um chute e a porta abriu.

Um homem moreno e musculoso estava transando com Yago no sofá, ele estava de quatro com a cabeça deitada no acento, extremamente triste, lágrimas caíam dos seus olhos.

Seu irmão estava se drogando, tinha carreiras de pó na mesinha de centro e ele no momento estava cheirando e rindo, uma música de rock pesado estava tocando muito alta!

Rick tomou minha frente e foi até o sofá, pegou o moreno pelos braços e o arrastou dalí.

Eles estavam tão drogados que suas reações eram minimas, apenas riam e se moviam lentamente.

Dei um soco com toda a minha fúria no irmão dele que caiu no chão rindo...

Yago se cobriu com uma almofada e abraçou as pernas, começou a chorar e não nos olhava.

Fui aos quartos, tinha um revirado, tava na cara que não era dele...

Fui no outro, o extremo oposto de todo o AP, arrumado, com prateleiras de livros e posteres de filmes nas paredes, um adolescente normal, apesar dos pesares...

Peguei uma mala sua no armário, peguei suas roupas e enfiei dentro, várias calças, shorts, camisas e cuecas, tênis, coloquei de todo jeito.

Passando por lá Yago já não estava mais, nem Rick...

Eles ainda estavam deitados no chão, extremamente chapados...

Saí dalí com a mala...

Entrei no meu AP, ele estava coberto com um cobertor branco, Doug o abraçava, tirei ele dos braços de Doug. - Vamos tomar um banho.

Doug narrando...

Eu: Vou com você, eles precisam ficar sozinhos depois disso tudo.

Saí sem minhas coisas mesmo...

Fomos até o elevador.

Eu: Achei que ia acontecer uma desgraça, tiros ou algo pior!

Estava extremamente aliviado, olhei para ele... - Estar aqui com você, não significa que te perdoei, apenas não tenho outro lugar para ir, mas amanhã mesmo vou embora, Fer vai me ajudar!

Ele: Você não vai!

Eu: Ricardo qual é a sua? O que você queria de mim já teve, já estava nos braços de outra mulher... Já me comeu não? Agora me deixa em paz, amanhã estou indo!

Ele me empurrou contra a parede. - Eu não consigo caralho, não me imagino longe de você!

Ele falava com raiva...

Eu: Porque? Quer me comer mais?

Ele: NÃO É SÓ SEXO!

Eu: Não? Então fala, o que é?

Ele respirava pesado, olhou nos meus olhos... - Não consigo!

O elevador abriu...

Eu: Você é um idiota, só quer comer um e outro... Amanhã vou para longe, não quero mais te ver!

Saí...

Ele correu e puxou meu braço. - Te amo!

Falou sussurrando. - Estou completamente apaixonado por você! Nunca senti isso por ninguém, você não sai da minha cabeça, sua pele, seu cheiro, eu estou louco!

Eu: E porque devo acreditar? Se o vi beijando outra?

Ele respirou fundo. - Faz tempo que sentia algo diferente, você falava em ir embora e eu enlouquecia, depois do sexo eu tive a certeza, queria te tirar da minha cabeça e fiz o que fiz, eu nunca me apaixonei por ninguém, sempre joguei, brinquei, e de repente vem você, um garoto e muda isso...

Eu saí, ele me seguiu, fomos até o carro, entrei em silencio e ele dirigiu...

No AP...

Yago narrando...

Estava com vergonha, ele me pegou no ato...

Saí do banheiro, ele estava no quarto com a mão na cintura, minha mala estava ao lado.

Eu: O que é isso?

Ele: Você acha que eu vou deixar você morando com ele? Vai morar comigo agora! Eu vou cuidar de você!

Comecei a chorar...

Ele veio e me abraçou. - O que foi querido?

Eu: Não precisa se sentir obrigado a isso!

Ele: Não é obrigação para mim, quero cuidar de você!

Ele me abraçou...

Eu: Estou com tanta vergonha, não queria que me vissem... Principalmente naquela situação!

Ele: Para com isso!

Ele abriu minha mala e tirou uma roupa de dentro... - Vou a cozinha preparar algo para você!

Vesti uma roupa e fui até a cozinha...

Ele estava com Claudia...

Ela: Como você está?

Eu: Melhor, obrigado!

Ele: Venha comer!

Eu: Não estou com fome, obrigado.

Ele: Que tal vermos um filme?

Eu: Ok.

Assistimos Annabelle, com o medo até me soltei mais...

Anoiteceu, estava no quarto dele, deitado, ele se aproximou e deitou do meu lado, não falamos nada, ele apenas ficou me olhando...

Ele era tão bom comigo, me tratava tão bem, não queria mas estava me apaixonando, ninguém mais me tratava daquela forma, cuidando de mim, mas sabia que ele não sentia nada demais, só cuidava de mim, o máximo que ele poderia sentir era pena, só isso.

Longe dalí...

Doug narrando.

Havia anoitecido, estávamos em casa...

Ele: Você acreditou em mim?

Eu: Não!

Ele: Porque Doug? Eu te amo, estou falando sério!

Eu: Você vai ter que provar. Você acha mesmo que é só dizer que me ama que vai ficar tudo bem? Depois de tudo que você me fez?

Ele me puxou, me pegou pela cintura e me beijou, me apertava, o beijo estava delicioso...

Me soltei dele...

Ele: Vou te provar que não tenho nada com ela!

Eu: Espero, enquanto isso nada resolvido entre nós!

Longe dalí...

Yago narrando.

Estava deitado na cama com ele, quase dormindo, bateram na porta, ele foi ver quem é, fiquei lá...

Com uns 10 min levantei, cheguei ao corredor e vi uma mulher muito bonita loira e corpo de modelo com ele, já havia visto ela com ele se agarrando e entrando aqui antes de conhece-lo.

Ele: Não posso Nara, já disse, tem alguém aqui comigo!

Ela: Mas havíamos combinado de sair! Que droga, quem é? Expulsa!

Ele: Já disse que não posso gata, quando resolver esse problema nós tiraremos o atraso!

Ela: É alguma biscate?

Ele: E você acha que sou de me amarrar a alguém? É um problema com uma pessoa, mas vou resolver o mais rápido possível para ter minha vida de volta!

Ela: Assim espero.

Se beijaram, um beijo e tanto, ele passava as mãos no corpo dela...

Ela: Que droga, estou muito excitada!

Ele: Vem comigo...

Eles saíram porta fora...

Não queria ser problema para ninguém, aquela era a casa dele, o espaço dele, se ele queria se encontrar com alguém não queria ser obstáculo...

O que eu estava pensando? Seria bom demais um homem como ele se apaixonar por mim, cuidar de mim e me proteger...

Entrei no quarto, peguei minha mala e saí. Ele não é nada meu nem tem obrigação nenhuma comigo, teria sua vida de volta.

Saí...

Não sabia para onde ir, o elevador não subia, desci pelas escadas, eram muitos andares, quando cheguei lá embaixo senti falta de ar mas não achava a maldita bombinha, havia esquecido no meu AP e lá eu não voltaria jamais, meu irmão deve estar com ódio de mim...

Comecei a puxar fôlego, sentia meus pulmões se fechando, suava, meu tórax doía, sentei na escada...

Fer narrando...

Transei com a gata dentro do elevador, voltei para casa, fui até meu quarto mas Yago não estava mais lá, fui no banheiro e nada, sua mala já não estava mais no chão, me desesperei...

Para onde ele foi? Sei que para casa não, ele não é louco. Saí do meu AP, como estava no elevador, sabia que ele não havia descido nele, fui pelas escadas...

Desci correndo, chegando na última o vejo caído no chão, fiquei louco, sem saber o que fazer...

Sentei no degrau e o coloquei no colo, batia de leve em seu rosto... - Yago?

Levantei com ele no colo, ele não acordava!

Dei sua mala ao síndico e o levei para o hospital as pressas, ele estava pálido e gelado.

•••••••••••••••••••••••••••••

Obrigado pelos comnent's.

Comentários

11/04/2016 00:05:28
...
01/01/2016 22:18:55
Lindo a atitude de Fernando!
10/05/2015 13:20:35
Muito bom, mas concordo com o Ru/Ruanito e Gleromance, Fernando=lixo e o Ricardo e igual não prestam, acho que o yago e o doug deveriam fugir juntos!
09/05/2015 17:59:10
Legal!!!
09/05/2015 16:48:46
Amando cada parte desse conto lindoooooooooooo!!! quero mais já imediatamente PFV??? Bjs!
TMC
09/05/2015 14:51:58
ta na hora de colocar umas pessoas pra abalar mais esse conto aii viu, porque só os mocinhos sofrem ta na horas dos machões sofrerem também né.
09/05/2015 13:39:30
Quando a gente acha que esta tudo bem com o Fer e o Yago, o Fer faz uma merda dessa ai ai seu não viu, e rick falou finalmete que está apaixonado pelo Doug, eu entendo o Doug querer que o Rick prove, por que pelo passado que o Rick tem... Esse capítulo foi perfeito amei...
09/05/2015 12:04:40
Rick e Fernando gostam de fazer os outros sofrerem por eles! Tô com raiva dos dois! Adorei ler o cáp de hj! Abraços!!!
M/A
09/05/2015 11:05:27
Muito bom.
09/05/2015 10:46:25
Bom demais. O Fernando e o Rick não aprendem mesmo.
09/05/2015 10:25:41
Esse Doug e esse Yago gostam de sofrer mesmo, viu 😒😒 Pelo amor de Deus... Vêem que os caras não vão mudar e mesmo assim ainda continuam insistindo 😒😒
09/05/2015 09:30:10
Que carga dramática essa capítulo. Que fique tudo bem com Yago!
09/05/2015 09:23:30
É muito sofrimento para uma pessoa só, tomara que o Fernando proteja ele...
09/05/2015 09:18:04
Fernando está apaixonado só não quer dar o braço a torcer. Rick se declarou para o Doug. Tá cada dia melhor. Nota 1000
09/05/2015 08:31:13
Nossa Yago sobre tanto.
09/05/2015 08:07:28
Acho que é melhor juntar o Doug com o Yago e deixar esses 2 idiotas Fer e Rick de lado e mandar pra bem longe hahahaha Esperando o próximo :D
09/05/2015 07:23:37
Se juntar o yago e o Douglas e fugir kkkkk
09/05/2015 07:11:55
Quando eu achei que a droga do Fernando ia mudar, aff, ele é uma grande merda '-'
09/05/2015 06:45:11
Fernando= lixo
09/05/2015 06:19:43
Fernando= lixo
09/05/2015 04:03:53
FerTaXonadoQueBonitinhoMeuDeusu

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.