Casa dos Contos Eróticos

Feed

Meu Padrasto (Parte - 12)

Autor: ∞ Alex ∞
Categoria: Homossexual
Data: 07/05/2015 20:36:55
Última revisão: 07/05/2015 20:43:49
Nota 10.00
Ler comentários (25) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Ele colocou seu pênis na portinha e me beijava com força, mordi sua lingua...

Ele: Au, porque você fez isso?

Eu ri...

Ele ainda estava com o pênis na minha bunda...

Ele: Ah é?

Forçou e a cabeça entrou, mordi seu ombro, estava de frango assado...

Eu: Não!

Ele: Você vai ser meu!

Estocou forte...

Eu: Primeiro diga o que sente por mim!

Eu mordia o lábio e revirava os olhos...

Ele: Deixa de orgulho, estou vendo na sua cara que você também quer!

Eu peguei em sua bunda e o puxei para mim, ele enfiou o resto, dei um gritinho... - Me come!

Ele começou a ir e vir, enlacei as pernas na sua cintura, revirava os olhos, o pênis dele me preenchia por completo, era como se tivesse sido feito para mim, uma delicia!

Ele me beijou, chupava minha língua e descia para o meu queixo, meu pescoço, aumentava as estocadas, ia rápido e com força, eu arranhava suas costas de tesão, viramos com ele ainda dentro de mim, fiquei por cima, quicava encima dele, rebolava, meu Deus estava delirando, fechei meus olhos e fiquei sentindo por um momento, depois abri e olhei para ele, ele estava me assistindo com as mãos pousadas em minha cintura, sorria...

Sentei e fiquei parado com ele dentro de mim enquanto gozava, o pênis dele pulsava, foi tão gostoso que gozei em sua barriga...

Ele olhava para mim, estávamos cansados, eram meses de tesão reprimido, mas ai caí na real...

Saí de cima dele... - Mas que droga!

Ele: O que foi?

Eu: Prometi a mim mesmo que não iria transar por transar com ninguém e já transei com você!

Ele: Doug...

Eu: Não quero saber!

Ele levantou nu da minha cama...

Eu: Você não sente nada por mim além de tesão, é igualzinho ao Fernando! - Me aproximei dele. - Escuta, você não vai mais me ter!

Deitei na cama de bruços sujo mesmo, seu sêmem ainda descia nas minhas pernas...

Ele olhava minha bunda...

Eu: Você não sente vergonha de querer apenas brincar com os sentimentos de um garoto indefeso como eu?

Ele: Doug...

Eu: Sai!

Ele saiu do meu quarto...

Eu falava com sarcasmo mas no fundo tudo que falei era verdade, eu realmente estava apaixonado, mas e ele? O que sentia por mim? Até agora não sabia! Pior, eu já havia me entregado, não resisti, que droga!

Longe dalí...

Fernando narrando...

Eu: Conte, pode confiar em mim!

Ele respirou fundo... - Meu irmão é 10 anos mais velho do que eu, quando tinha 14 anos começou a se drogar, nunca foi bom comigo e sempre foi rebelde. Meus pais morreram a 5 meses, foi um acidente, não tenho mais ninguém na vida a não ser ele, tios, avós, por ironia do destino meus dois pais são filhos únicos, só tenho ele. Meus pais eram ricos e deixaram tudo para mim, inclusive esse AP que estamos morando, mas quem cuida de tudo enquanto não atinjo a maioridade é ele, ele está gastando tudo em drogas, me maltrata, me culpa por meus pais sempre me preferirem.

Eu: Ele te bate?

Baixei o rosto...

Eu: Fala Yago!

Ele: Sim, principalmente quando se droga... Sabe, as vezes ele leva amigos e o inferno é maior. Queria morrer. Minha vida é um inferno!

Eu: Você ainda me esconde algo!

Ele: Eu? Não...

Eu: Sim, eu sei que sim, mas vou deixar você a vontade para me contar quando quiser!

Ele deitou...

Eu: O que você sonhou que acordou assustado?

Ele: Com o acidente, estava no carro com eles quando aconteceu.

Ele virou de costas...

Não sabia o que fazer, estava com uma batata quente nas mãos agora... Esse garoto morava com um drogado que o batia, não sabia mais o que fazer.

Ele virou para mim. - Não precisa se preocupar comigo, não quero que pense que estou pedindo para resolver tudo, só queria desabafar com alguém, não quero te arranjar problemas.

A noite se passou, ele acabou dormindo e eu não conseguir pregar os olhos a noite inteira!

No dia seguinte acordei, ele já não estava mais, havia saído, me arrumei para ir ao trabalho...

Longe dalí...

Doug narrando...

Acordei decidido ao que fazer com relação ao Rick.

Fui até a cozinha conversar um pouco com Barbara, depois subi, me arrumei, iria na empresa...

Fui, subi como no dia em que fui lá...

Secretária: Oi?

Eu: Lembra de mim?

Ela: Sim!

Eu: Vou vê-lo, preciso falar com ele!

Ela: Eu sinto mas no momento ele não pode te atender!

Eu estava extremamente estressado, queria falar com Rick sobre nós, essa conversa seria decisiva, pois já tinha me entregado e não iria permitir que ele brincasse comigo!

Invadi como antes, abri a porta de vez e o peguei com a mesma mulher daquele dia, mas dessa vez eles estavam se agarrando...

Como pude ter sido tão burro? Ele e Fer eram carne e unha, só podiam ser iguais mesmo...

Fechei a porta devagar e não entrei...

Secretária: Não vai invadir?

Eu: Não, por favor não fale para ele que estive aqui!

Saí, iria embora urgentemente.

Longe dalí...

Yago narrando.

Estava andando a manhã inteira, odiava minha casa, mas tinha que ir, pois estava faminto e sem grana.

Entrei lá...

Ygor meu irmão. - Onde você estava?

Eu: Andando por aí!

Ele: Não sabe que tem que avisar para onde vai? - Me empurrou e eu caí no chão.

Eu: Desculpa! - Levantei.

Ele: Pensa que é só assim? Você é um imprestável, te odeio desde que nasceu.

Ele não estava drogado, talvez se estivesse fosse pior.

Deu um soco na minha barriga e saiu. Caí no chão sem respirar, usei minha bombinha, levantei devagar, fui a cozinha e preparei o que tinha mesmo, ele não comprava nada, apenas drogas.

Comi de todo jeito e quando ia saindo o vejo sentado no sofá, havia se drogado, estava largado lá.

Ele: Vem aqui!

Eu: Por favor, não!

Ele: EU ESTOU CHAMANDO CARALHO!

Me aproximei devagar...

Ele: Passei a noite sem foder.

Meu martírio começou.

Fer narrando...

Ia para casa, quando saí do elevador vejo Yago saindo do AP.

Ele estava chorando novamente, não estava bem.

Eu: Aconteceu alguma coisa?

Ele balançou a cabeça dizendo que não.

Eu: Vem.

Entramos dentro do meu AP.

Eu: Ele te bateu?

Ele não respondeu nada.

Sentou no sofá e começou a chorar como nunca.

Longe dalí...

Arrumava minha mala enquanto Barbara tentava me impedir...

Ela: O que te deu? Porque essa decisão repentina?

Eu: Porque sim!

Ela: Pensa bem Doug, não vá assim, para onde você vai?

Eu: Ainda não sei.

Ia descendo com a mala quando ele entra. - O que está acontecendo aqui? Para onde você vai com essa mala?

••••••••••••••••••••••••••••

Outro hoje.

Obg por os comment's.

Comentários

10/05/2016 01:15:38
Poxa coitado do yago, e o rick é um bosta doug tem que sair
10/04/2016 23:50:27
O filho da puts abusa do irmão..
01/01/2016 21:56:22
Pqp! Pq o rick fez isso com aquela vadia! Pensava que ele não igual ao Fernando. Meu Deus o que o yago tá passando :(
08/05/2015 12:52:35
belo conto nota 10, parabens
08/05/2015 07:29:18
gosto mais da parte do Yago :)
08/05/2015 02:09:54
É horrível tudo o que Yago está passando, o Fernando tem que ajudá-lo de alguma forma... :(
08/05/2015 00:55:44
Nossa coitado do Yago ele não merecia isso, já o Doug devia ter ido embora antes, pra esse idiota do Rick correr atrás dele hahaha Ansioso pelo próximo :)
08/05/2015 00:15:38
Minha nossa nossa nossa meu amigo o negocio tá pegando fogo, continua logo S2
08/05/2015 00:11:53
É isso mesmo produção?!: esse descarado do Ygor abusa do irmão, canalha nojento, porque uma coisa é consentido agora obrigar maltratar... aff que ódio tomara que Fernando dê uma lição bem dada nesse cretino, Doug já devia ter ido, esse safado do Rick que não toma posição... Bjs!
07/05/2015 23:52:36
Tô com vontade de postar outro kkkkk
07/05/2015 23:41:10
Tadinho do Yago, Continue logo.
07/05/2015 23:24:45
Nossa coitado do yago,,,, quero tapas na cara do rick q vadio,, esse foi um capitulo maravilindo gostei
07/05/2015 22:38:52
Otimo. Continua
07/05/2015 22:33:26
CapituloMaravilhoso!
07/05/2015 22:26:25
E depois o Rick*
07/05/2015 22:25:50
Seria interessante se o Doug realmente fosse embora e depois o Rick depois fosse correndo atrás dele pra onde ele foi. E não só ameaçar ir embora e nunca fazer nada.
07/05/2015 22:20:33
Maravilhoso.
07/05/2015 22:11:03
Porra o bagulho ta ficando serio, ansioso pelo próximo!
07/05/2015 22:07:55
👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻
07/05/2015 22:05:00
Muito bom. Eu acho que o yago vai mudar o Fernando. O Fernando vai se apaixonar pelo yago. Nota 1000. Posta outro hoje ainda
07/05/2015 21:36:17
Nice conto, mal posso esperar pelo proximo.
07/05/2015 21:33:06
Muito bom, já começa a postar 3 por dia kkkk
07/05/2015 21:30:46
Bah, que sina essa do Yago
07/05/2015 21:02:57
Acertei o que pensei
Tau
07/05/2015 20:50:44
Mais um hoje? Três em um dia que tal hahaha?

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.