Casa dos Contos Eróticos

O inimigo da faculdade(parte 14)

Autor: loverboy
Categoria: Homossexual
Data: 07/05/2015 02:14:27
Nota 10.00
Ler comentários (13) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Bem gente só pra dar um sustinho em vcs fiquei sem postar esses dois dias kkkkkk, é mentira, na verdade fiquei sem net e não dava pra postar ou escrever, uso o word online então a net dificulta um pouco. Vi que gostaram do ultimo conto, teve recorde de leitura que pra mim foi fantástico ver que muitos estão lendo e que sinto um carinho imenso por vcs que comentam. Vms ao contoSaí do hospital muito feliz e ao mesmo tempo triste, feliz pois a pior coisa que poderia acontecer ao Gui não se concretizou que era perder a fala e triste pq ainda ia ficar longe dele, não sabia o quanto ele escutou do que falei, só a parte do rim, ele é meio moleque mesmo, quem que acorda de vários dias conversa fazendo graça?

Voltei pra casa, descansei bem e fui nadar, nada melhor pra me tirar do mundo que a água. Sai da piscina e foi pra casa, o João me ligou e eu contei oque aconteceu e mesmo com tudo que aconteceu eu ainda estava distante do Gui, acho que foi o tempo e foi ai que me toquei que ele não sabia ainda que não seria pai, pensei em ligar pra ele mas vi que era uma hora meio inconveniente. Então desisti, afinal ele ainda estaria no hospital e provavelmente quem ia atender era sua mãe. Fui banhar e dormi até o outro dia e já acordei bem disposto pra ir na faculdade.

Na faculdade avisei pra alguns meninos que o Gui acordou e o boato espalhou rapido. Continuou as aulas normais e na hora do almoço recebi uma ligação, era ele. Atendi.

_Oi?

_Oi Victor e vc?

_Sim sou eu, eai como está Gui...lherme?

_Ah to legal e vc? Vai vir me ver, estou indo pra casa hj, meu medico disse que como acordei não tenho mais nada a fazer no hospital...

_Que bom, então eu depois vou te visitar, tá bem?

_Ah, sim-percebi o desapontamento na voz dele- vou te esperar então.

_OK, vou voltar pra aula agora.

Me sentei num banco e suspirei, abraçei meu celular e pensei "idiota, vc tá doido pra ver ele e fica fazendo de dificil".

Mandei um whats pro João perguntando se ele queria ver o Gui, na verdade era eu que queria ir lá, mas não ia só por vergonha. Ainda bem que o João disse que ia na hora. Então depois da faculdade fomos pra casa do Gui, chegou lá quem atendeu a porta foi a empregada e disse que ele estava no quarto, iamos passando pela cozinha e vi a mãe dele lá comprimentei ela e fui para o quarto. O João ficou lá em baixo conversando sobre uma receita que a mãe dele estava fazendo e nem deu moral pra mim, ai subi só pro quarto dele.

Bati na porta e abri, ele estava deitado mexendo no celular com um pijama azul e branco, deu vontade de rir mas não era hora, nunca pensei em ver ele assim.

A hora que ele me viu ele tentou levanta com uma cara de dor, mas ai eu andei mais rapido pra cama dele e segurei ele.

_Não precisa se levantar, eu sento aqui do seu lado.

_Eu consigo, já to bom já.- mentira pura- eu queria te olhar direito.

_Para, vc já tá me vendo muito bem.- fiquei morrendo de vergonha- eu estou aqui do seu lado, estava com tempo livre hj e decidi vir, o João veio tbm.

Mentira pura, tinha uma porrada de trabalho pra fazer, ai percebi que ele ainda estava com a aliança no dedo. Sabe aquele momento que vc está perto da pessoa que vc gosta e ela tbm gosta de vc e ngm faz nada, fica até sem falar. Pois é, esse era o clima. Resolvi quebrar o silencio:

_Esqueceu de tirar a aliança??

_Bem e que não tinha como tirar, ela ficou meio presa no meu dedo, nada mais justo que quem colocou tirar, vc não acha?.

Fui e peguei na mão dele e olhando nos seus olhos, eu estava sentado na cama e ele deitado por isso o via de cima e com o reflexo do sol, sua pele que estava branquissima de ficar no hospital refletiu bem, juntando com o seu sorriso lindo, fui descendo e estava pra beijar ele quando a mãe dele chega.

_Eai como está vcs?

_Bem mãe.- eu dei um sorrisinho sem graça somente.

_Eu vim trazer um bolo pra vcs lancharem, alias o meu docinho tem que comer bem.

Ela deixou um prato com alguns pedaços de bolo de cenoura com cobertura de chocolate e recheio de brigadeiro e um suco de laranja que dava pra alimentar a familia inteira. Ele se levantou meio sofrendo e eu logicamente ajudei, ele sentou e vi o tanto que emagreceu e jeito que estava algumas feridas nas costas dele, mas ainda continuava lindo, com aquele cabelo bagunçado que antes era impecavel e suas maos que eu amava toca-las. Eu coloquei suco pra ele e pra mim, bebemos e comemos. Assim que ele terminou ele ia tentar se levantar da cama, eu segurei ele.

_Aonde pensa que vai?

_Vou no banheiro, mas não quero ficar incomodando minha mãe,ai vou só.

_De jeito nenhum, vou com vc.

_Não pode deixar, eu consigo.

_Consegue nada, vms logo, agora que vc tá magrelo eu te bato- comecei a rir.

Então levantei ele e levei no banheiro,

Eu fiquei apoiando ele e ele ficou com vergonha mas fez xixi e eu fiquei olhando, ai ele ficou sem graça mesmo, levei de volta pro quarto e sentei ele na cama. Ele me olhou me puxou pra deitar e disse:

_É verdade aquilo que vc falou no hospital?

_Ah, acho que sim- respondi sem querer encarar o contato visual dele.

_Sabia que eu faria a mesma coisa por vc ou até mais, vc é a coisa mais perfeita que me aconteceu até hj, eu quero vc comigo pra sempre, na saúde, na doença,na riqueza ou na pobreza, até que a morte nos separe, na verdade ela nunca vai separar pq se vc se for eu vou junto.

_Guilherme eu não mereco isso, eu não mereco o seu amor, eu fiz tudo de errado,pensei mais em mim e deixei vc numa situação muito ruim, eu te coloquei nessa situação, eu te fiz mal, eu briguei com vc, eu fui a pessoa mais idiota do mundo e mais egoista, vc deveria era me deixar, pois eu não mereco vc, nem hj, nem amanha, nem nunca.

_Quem deve falar se vc me merece sou eu, e a coisa que mais quero nesse mundo é ficar perto de vc, eu fiz errado em não te contar oque aconteceu, que eu vou ser pai, eu fiquei com tanto medo de te perder que resolvi que se eu não te contasse vc ainda ia me amar, eu fui o idiota e vc só fez oque qualquer um faria, a confiança é uma coisa que se perder já era, não volta mais. Mas eu te peço perdao pelo que fiz, pelas bobeiras que eu dei e por fazer naquela noite a coisa mais estupida da minha vida e quase me matar, se vc é a pessoa ideal pra mim eu não sei ainda, mas sei que vc me quer o quanto eu te quero, e por isso eu falo pra vc, que sem vc eu não sou nada, eu te amo mais do que qualquer coisa nesse mundo, me perdoa.- como vcs sabem, os dois já estava chorando, eu abracei ele e disse:

_Desculpa meu amor, mas eu te amo demais, não faz mais isso comigo não, eu não quero te perder.

Então ele olhou bem pra mim me puxou pelo pescoço e me beijou, um beijo calmo e simples, aonde tinha muito amor e pouca culpa. Terminando em outro abraço. Ai me toquei que esqueci de falar da vagabunda e que ele não seria pai.

_Gui eu sei que está sendo magico esse momento, mas tenho que te falar uma coisa- estava apreensivo- aquela puta de bordel barato que disse que seria mãe de um filho seu, não vai ser mãe.

_Ela tirou o bebe?

_Não Gui, nunca existiu um bebe...

ContinuaBem gente por hj é isso, amo vcs e se eu não postar amanha posto sexta blz? Então falou. Qualquer coisa, pergunta ou duvida usem os comentarios. BJS

Comentários

09/05/2015 16:12:14
Nossa...ate q enfim algum escritor fantastico....estou amando a historia e ao contrario d uns..vc mostra interesse em continuar...bom estou com uma ideia d conto...se vc kizer eu te passo..vc vai gostar..se estive interssado..so responder esse comentario.. Obs:Qro Um "Gui" Na minha vida rsrs
07/05/2015 19:51:04
Ótimo capítulo! Pena que foi curtinho.... Posta logo outro, por favor! Esse amor tá muito lindo e o Gui é fofo demais!
07/05/2015 19:37:59
Adorei...postalogooutrocapitulo
07/05/2015 16:54:00
Perfeito!!!
07/05/2015 15:47:14
Faz tempo que eu não vejo um conto descente aqui na CDC, parabéns !PS: me adicione no skype pq precisamos conversar hahaha
07/05/2015 11:13:20
Acho que ele vai querer se vingar
07/05/2015 11:08:37
Perfeita a reconciliacão <3.
07/05/2015 08:23:04
Estou amando esses 2 tem que casar logo, porque o amor deles é perfeito hahaha Esperando o próximo :)
07/05/2015 08:22:19
BELO CONTO, PARABENS NOTA 10
M/A
07/05/2015 08:08:11
Muito bom.espero que ele não pense que você so perdoou pois descobrio que ele não vai ser pai.
07/05/2015 05:42:43
Ele vai se zangar
07/05/2015 02:30:24
Muito bom
07/05/2015 02:27:11
Adoreicontinualogo...

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.