Casa dos Contos Eróticos

Era pra ser só amizade, mas... Capítulo 9

Categoria: Homossexual
Data: 27/05/2015 19:06:16
Nota 10.00
Ler comentários (14) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

— Ele não te contou de mim?? — Luiza me perguntou enquanto minha cara ia ao chão, namorada??? Como assim.

— Ele... Deve... Ter comentado. — Eu não tinha resposta.

— Eu tava louca pra te conhecer, Artur fala tanto de você. — Apesar da situação, ainda estava admirado pela mulher bonita que ela era.

— Serio mesmo. — Eu não conseguia não ironizar.

— Uhum, já até mostrou foto sua, por isso não reconheci.

— Não me diga.

— Você é mais lindo pessoalmente, Artur tem bom gosto mesmo. — Ela comentou.

— Como assim??

— Ele tem bom gosto para amigos, Victoria também falou muito bem de você, é um enorme prazer. — Ela me deu um beijo no rosto, porém eu ainda tentava entender o que diabos estava acontecendo.

— Obrigado, mas você tem certeza que está falando da mesma pessoa que eu?? — Isso não podia estar acontecendo.

— Acho que sim, Artur Quintino não seria isso? — Ela sabia o sobrenome dele, era ele mesmo, agora ferrou de vez.

— É ele mesmo, ai meu deus, isso não pode estar acontecendo. — Eu falei mais para mim mesmo, do que para ela.

— Como assim? — Ela perguntou confusa.

Eu não conseguia responder, uma sensação estranha foi me dominando por dentro. "Ele não faria uma coisa dessas comigo " eu pensava, não, não o Artur, isso só poderia ser alguma brincadeira de mal gosto de alguém, mas eu já havia visto uma foto dela a alguns meses atrás, mesmo não lembrando direito, era nitido que era ela, a realidade então bateu na minha cara, e eu acordei para o que realmente estava acontecendo, ele mentiu para mim, ele não contou a ela sobre a gente. Mas se os pais dele sabiam de mim, e tinham contato com ela, essa história não fazia sentido algum

— Ta bom, desculpa o susto, era só brincadeira ta bom, eu sei de vocês dois, e ambos tem todo meu apoio, desculpa a brincadeira. — Nunca fiquei tão aliviado na vida como agora, ta bom, era estranho a ex namorada do meu namorado dizer que apóia a gente, mas melhor isso, do que eu pensei antes né.

— Caramba guria, ta querendo me matar do coração?? — Ela riu.

— Não kk, só queria te dar um susto mesmo, a gente não se conhece, mas se o Artur gosta de você, você deve ser uma pessoa extraordinária. — Eu não me considero nem um pouco.

— Eu também não sou tudo isso kk, mas é estranho isso.

— O que é estranho??

— Você brincar comigo, dizer que apóia a gente, é estranho, por que vocês eram namorados. — Eu achava bem estranho, MASS São novos tempos né.

— Não vejo nada de estranho nisso, antes de sermos namorados, éramos melhores amigos, e terminamos numa boa, e mantemos nossa amizade, e sabe, Artur fez algo por mim, que nunca vou poder agradece-lo o suficiente.

— Eu não sabia, me desculpa.

— Eu é que te devo desculpas pela brincadeira de mal gosto.

— Que isso, o que seria da vida sem um pouco de zuera não é verdade.

— pior que é. — Ela riu.

Luiza me acompanhou até a padaria e fomos conversando, a conversa fluia bastante, ela era muito legal, explicou como conheceu o cabeça dura do Artur, e de como reagiu quando ele contou de mim, essas coisas. Ao passar pela rua, encontrei alguns conhecidos, até encontrar a Victoria, dai me veio a dúvida, será que ela já sabia??

— Luiza, você ta na cidade, não acredito. — Victoria comentou abraçando a amiga.

— Pois é, cheguei ontem a noite, que saudade Vic. — Victoria parecia normal, minha divida só aumentava.

— E por que não avisou, também to morrendo de saudades, mas vocês dois já se conhecem?? — Ela perguntou olhando para nos dois.

— Acabei de conhecer kk, mas já estamos nos dando bem. — Luiza comentou super de boa.

— Pois é. — Comentei.

— Serio, quem diria, numa cidade desse tamanho, e já se conheceram. — Vic comentou.

— Não é doidera, eu reconheci ele na rua, Artur fala bastante nele. — Era agora ou nunca.

— Até demais. — Victoria riu. — Vocês dois se deram bem pelo jeito. — Continuou ela.

— Bastante, o namorado dele que vai gostar disso. — Luiza comentou inocentemente.

— Ai não sei Lu, não conheço ainda. — Vic respondeu normalmente.

— Como não conhece kk, é teu primo. — Victoria fez uma expressão de surpresa, enquanto Luiza inocentemente não entendeu nada.

— Oi?? — Victoria parecia ter levado uma facada.

Nesse momento, Luiza me olhou tentando entender o porquê da surpresa da amiga, minha expressão parecia ter respondido sua dúvida, foi então onde ela percebeu que Victoria não sabia que eu e Artur estávamos juntos.

— To brincando. — Luiza tentou reverter a situação.

— Não ta não, isso explica tudo, agora eu entendi o por que de tanto segredinho, eu não acredito que vocês dois esconderam isso de mim, Eu não acredito que tranzei com um cara que foi pra cama com meu primo, isso é... — Ela simplesmente não conseguiu terminar a frase, embora eu já imaginasse o que ela queria dizer, ela simplesmente se virou e saiu correndo.

— Vic espera, eu posso explicar... — Tentei me explicar, mas ela já estava fora de vista.

— Ai Deus Higor, me perdoa, eu juro que não sabia, desculpa por favor. — Luiza estava mais abalada que eu.

— Não foi sua culpa Luiza, eu e Artur deveríamos ter contado a ela faz tempo, foi vacilo nosso.

— Caramba que situação.

Voltei para casa, havia perdido minha fome. Eu estava me odiando agora, por que não contei a ela, teria evitado tanta coisa, que vacilo que eu e Artur cometemos cara, e tudo isso poderia ser evitado com uma conversa. Naquela tarde liguei para Artur, e avisei do ocorrido, ele disse então que iria lá em casa para conversarmos melhor. Eu ainda estava irritado com toda essa situação, fui tomar um banho e depois fiquei esperando Artur, não tinha nem mais cabeça para terminar o trabalho.

Fui até a sacada e guardei meu material, depois fui até a cozinha tomar um café. Minha cabeça estava explodindo, era tantos pensamentos que passavam pela minha cabeça, que era impressionante eu não ter pirado ainda.

Nem meia hora depois de ter ligado, Artur já estava na minha porta, fui até ela e a abri. Ele entrou, estava com a mesma cara seria que eu.

— Pelo menos nem tudo foi ruim né, você conheceu a Lu. — Ele tentou forçar um sorriso.

Minha resposta foi uma expressão de repreensão.

— Desculpa. — Ele falou baixando a cabeça.

— Você não deve desculpas a mim, nos devemos a Victoria, por não termos contado a verdade para ela. — Falei me sentando ao lado dele.

— É eu sei, mas duvido que ela queira falar com a gente agora. — Respondeu com a voz triste.

— A gente precisa tentar pelo menos.

— Então ta, podemos ir até a casa dela e tentar um conversa amigável, já que você insisti. — Ele demonstrou impassiencia.

— O que foi agora, só falta querer botar todo peso da culpa em cima de mim. — Respondi irritado.

— Óbvio que não, mas você se lembra que eu queria contar pra ela, assim como contamos para Natália, e você disse que não era uma boa idéia, que a gente devia esperar, e acabamos esperando demais. — Artur se levantou do sofá, estava em um tom de voz irritado também.

— Eu posso até ter dado a idéia, mas você concordou. — Respondi me levantando também.

— Concordei??? Óbvio que tive que concordar, tem que ser sempre do seu jeito, eu tentei te convencer a contar pra ela e você lembra. — Ele estava certo, mas meu orgulho era maior.

— Agora vai querer tirar o cavalo da chuva é, quer botar a culpa toda em mim.

— Não Higor, mas custa engolir o orgulho e admitir que tu errou bem mais, afinal combinamos que ninguém iria saber, e no outro dia tu contou pra Natália.

— É diferente, ela é minha melhor amiga , precisava saber.

— E custava ter me perguntado o que eu Achava da idéia??? Eu te perguntei o que você achava da idéia de contar pra Vic, e respeitei sua opinião de não contar, dai chega no outro dia a Natália já está por dentro de tudo, e você nem se importou de me perguntar caramba. — Começamos a alterar a voz.

— Ta bom merda, eu posso ter errado, mas fiz sem pensar direito, mas e tu, custava ter mencionado que sua ex sabia da gente e que estava na cidade. — Agora o jogo parecia ter virado não é mesmo.

— Eu te contei sim, mas você nem prestou atenção em mim, por que estava grudado Na porra daquele celular, eu falei umas três vezes, e nenhuma delas você ouviu, por que você nunca me escuta, é sempre só você, você e você.

— Deixa de ser infantil, se tu tivesse me contado uma coisa dessas, eu teria ouvido sim. — Eu disse irritado.

— Ta me chamando de mentiroso por acaso????? — Nunca vi Artur daquele jeito.

— Não, claro que não, desculpa, mas é claro que eu te escuto, você disse pra mim conversar com o Thiago e eu o fiz, você tinha razão, ele teve os motivos dele pra ir embora. — Eu tentei mudar o assunto.

— Pera ai, quando que você se encontrou com o Thiago e não me contou? — Eu havia me esquecido de contar a ele.

— No início dessa semana, eu me encontrei com ele na praia, eu esqueci de contar.

— Na praia, ta me dizendo que você e seu ex se encontraram sozinhos na praia e você não me diz nada???

— Eu esqueci merda, qual o problema nisso, foi só uma conversa. — Falei irritado.

— O problema foi você ter esquecido de contar, não acha que isso era importante??

— Era Artur, Óbvio que era, mas isso já passou, Nós conversamos e nos resolvemos, ele foi embora por uns tempos, por que o pai dele descobriu sobre a sexualidade dele e tal, mas depois foi atrás dele, aceitou tudo, mas já passou.

— A claro o cara some por meses e vem com essa desculpa mais velha que a minha vó.

— Deixa de ser idiota cara, nem todos os pais são compreensivos como os teus sabia??? — Falei irritado.

— Eu sei que não, mas não acha essa história muito estranha, o cara de repente passou a aceitar ele?? Pelo menos ele te contou o motivo do pai dele ter mudado de opinião tão fácil???

— Não, mas...

— E você ainda acreditou??? Pelo amor de deus, se ele tivesse sumido sem que o pai dele soubesse, não acha que alguém teria ido a polícia??

— A irmã dele sabia, por isso.

— Higor pensa um pouco, você mesmo me disse que o Thiago não trabalhava, e que era sustentado pelo pai, como ele iria pra outro lugar?? Sem dinheiro, casa, emprego, nada, isso não faz sentido nenhum.

— Você que ta implicando com ele por causa do ciumes, deixa de ser idiota cara.

— Então ta, mas saiba que quem ta sendo feito de idiota é você, eu pelo menos sinto ciumes, é por que gosto de ti, mas pelo jeito quem é o certo da história é você e o Thiago né, adeus.

Artur bateu a porta com tanta violência que fiquei até assustado, nunca o tinha visto dessa maneira, e pior que eu não fazia idéia do que acreditar mais. Mas agora que Artur comentou, essa história não batia, eu precisava descobrir.

Me troquei e sai de casa, meu endereço era a casa do Lucas, ele também conhecia o Thiago, e com certeza iria me ajudar.

Cheguei a casa dele e pra variar ele não atendeu, onde diabos ele estaria as 14:00 da tarde, então me veio a idéia óbvia, as sextas feiras a tarde Lucas sempre estava na casa do nando estudando, então corri pra lá.

Dito e feito, só cheguei na rua da casa do nando, meu telefone toca, era a Natália, ela disse que precisava conversar comigo, então disse a ela onde poderia me encontrar. Bati na porta do nando e a mãe dele atendeu.

— Higor, meu lindo, aconteceu alguma coisa, você está com uma cara péssima.

— Oi dona Eleonor, aconteceu sim, por isso preciso saber se o Lucas e o nando estão aqui??

— Estão sim querido, entra por favor.

Entrei e fui direto ao quarto do nando, os dois estavam sentados na cama estudando.

— Lucas, preciso da tua ajuda, urgentemente.

— O que aconteceu cara??

— Não da pra explicar agora, só tens que saber que é sobre o Thiago, ah eai nando, beleza? — Comprimentei ele ao perceber o quanto fui rude ao não comprimentar os dois.

— Eai Higor, tudo de boa, eu posso ajudar em alguma coisa??

— Infelizmente não nando, por que você está por fora da história toda, mas depois eu te conto.

— Ta bom então, boa sorte pra vocês.

Lucas se levantou e veio comigo, logo que saimos da porta, Natália nos encontrou.

— Higor, graças a deus, tu precisa resolver um problemão cara. — Nat falou agoniada.

— Eu sei, mas agora meu foco é outro nat.

— Da pra vocês me explicarem o que ta acontecendo?? — Lucas estava confuso.

— Escuta, essa semana eu encontrei o Thiago e a gente conversou e... — Nat não me deixou terminar.

— Higor você ainda da trela pra aquele cara, ele sumiu e nem falou o motivo cara.

— É eu sei, e por ter dado ouvidos a ele que agora o Artur ta puto da vida comigo, Eu acabei me encontrando com o Thiago, e não contei pro Artur, agora ele ta bufando comigo.

— Mas você não disse que foi o Artur que disse pra você conversar com o Thiago?? — Lucas perguntou.

— Foi, mas...— Novamente Natália não me deixou terminar.

— Mas o burro aqui fez tudo errado, além de ter ido encontrar o cara sozinho, ainda por cima não avisou, eu também teria ficado puta da vida contigo.

— Valeu nat, ajudou muito. — Ironizei.

— Ela ta certa, tu vacilou, mas agora não importa, como a gente pode ajudar a concertar isso? — Perguntou Lucas.

— Descobrindo o que realmente o Thiago andou fazendo nesses últimos meses, e por onde andou.— Os dois me seguiram até a casa do Thiago.

Contei então toda a história para os dois, sem esconder nada. Contei da Luiza e Victoria, de toda a briga.

— Era sobre a Victoria que eu queria falar contigo Higor, tu precisa conversar com ela e resolver isso. — Nat falou.

— Essa história ta me cheirando a treta maligna Higor. — Lucas falou enquanto dirigia.

— Como assim. — Eu e nat perguntamos juntos.

— Sabem, é muita coincidência o seu ex e a ex do Artur aparecerem na mesma semana, e isso provoca uma puta briga entre vocês dois, alguma coisa conecta essa história, e a gente tem que descobrir o que é. — Lucas explicou.

— Não creio que a Luíza faria isso, Pelo que a vic me falava dela, ela não é assim, e toda história que ela contou ao Higor combina com aa coisas que Victoria me disse. — Nat falava do banco traseiro.

— Pera aí que já descubro já. — Comentei, os dois me olharam sem entender.

Peguei o telefone e liguei para o Gu. Não demorou ele atendeu.

— Fala Higor, já até sei do que se trata. — Ele respondeu ao telefone, a essa altura ele provavelmente já sabia de tudo, era com ele que Artur desabafava.

— Artur já te contou né?

— Já sim.

— Escuta gu, quero resolver isso, mas preciso de algumas informações que você tem.

— Claro Higor, vou ajudar no que for preciso pra ver meu irmão melhor.

— Então podes me encontrar??

— Claro, passa o endereço ai.

— Só me responde uma coisa antes, o que você acha da Luiza??

— A ex namorada do meu irmão??

— Ela mesma.

— Garota maravilhosa Higor, muito simpática e gente boa, e pode ter certeza que ela jamais ia tentar prejudicar vocês, pelo contrário, ia tentar ajudar, mas por que a pergunta? — Gus pareceu confuso.

— Já já te explico, anota o endereço ai. — Passei pra ele.

— Te encontro lá em 20 minutos.

— Beleza.

Agora eu já tinha certeza do que estava acontecendo.

— Nat ta certa, a Luíza não faria parte disso, se o Gus confia nela, por mim já vale.

— O que confirma minha teoria, o Thiago usou a ingenuidade dela a favor dele.

— Mas como ele poderia conhece-la? — Nat perguntou.

— Eu conheço o Thiago melhor que vocês dois, e acreditem, ele é pirado, e tem um amor doentio pelo Higor, pra ele ter sumido assim, não duvido nada que estivesse fazendo alguma merda pra você e o Artur, aquilo lá é doente. — Eu nunca soube dessa parte do Thiago.

— E por que você nunca me contou??

— Acabei esquecendo.

— Eu não entendo, ele parecia tão de boa com isso quando conversamos. — Comentei.

— Se fingir de santo e atacar silenciosamente é a coisa mais perigosa do mundo Higor. — Nat disse.

Chegamos a casa do Thiago e Lucas estacionou logo a frente, agora era só esperar o Gus chegar, e então iríamos esclarecer essa história toda, eu juro que se esse cara tiver feito tudo isso pra prejudicar meu namoro, eu acabo com a raça dele. Logo vi o Gus chegando.

— Eai cara. — Comprimentei ele.

— Eai cunhado, hora de esclarecer essa história, certo? — Ele respondeu.

— Certíssimo. — Concordei, essa era a hora.

_________________________________________

Eai galera, tudo certinho?? Gostaria de avisar que o Artur ficou todo bobo com os comentários de vocês, aquilo é tão sentimental gente, vocês não fazem idéia kkkkkkkk. E também um aviso, caso vocês não tenham entendido bem essa confusão toda, não se preocupem, eu também não entendi nada quando isso tava acontecendo, mas depois que foi tudo esclarecido, que eu percebi o quanto era óbvio o que estava acontecendo, e como fui trouxa, ainda bem que tenho amigos fiéis, que me tiraram dessa cilada que eu ia cair, mas no próximo vocês já vão entender do que to falando, até.

Hora de responder aos comentários, minha parte favorita.

Irish : muito obrigado, e vai por mim, o pai do Thiago entendeu o lado dele faz tempo, o filho dele que é um doido, já já você vai entender o que to falando, abraço.

Jeff08 : Obrigado cara, você ficou curioso, eu quase tive um ataque kkk, mas no final foi tudo resolvido, Artur é bem ciumento hehe, eu sou só um pouquinho sabe kkk. Abraços.

Digos2 : Que faro bom em cara akakakak, acertou em cheio, Artur adorou o seu #ArturRei haha. Abraços.

Roliv : Se ele perder, com oq eu vou brincar kkkkkkkk. Abraços.

Pequerrucha: Mais um que tem o faro bom por aqui kkkk. Um beijo pra você também.

Romanoff Dread: Obrigado, pode me tirar uma dúvida, por acaso seu nome é uma homenagem a Natasha Romanoff?? Ou é apenas coincidência??

Ale.blm : Poe inesquecível nisso hehe. Não posso cortar o brinquedo dele, se não como vou brincar akakakak. Abração pra vc.

Danny Fioranzza : Oi.Danny, aquilo é tolo da bola não kkkkk, eu já disse pra ele, aquilo é tudo igual, abraço.

Esperança : Obrigado

*** Elias Carlos *** : Seja muito bem vindo cara, obrigado pelos elogios, não tens noção o quanto é bom ler esses elogios. A Luíza não é vaca, ela só é inocente demais, mas é uma grande amiga, pode ter certeza. Abraços.

Bom é isso, espero que gostem desse capítulo, até a próxima.

Comentários

13/06/2015 01:41:42
Amei. :)
12/06/2015 23:20:43
Thiago bixa má nossa...
29/05/2015 02:42:29
Vei larga Artur e vem viver comigo , Tenho 19 anos , Moreno , Cabelo castanho cortado no veó , olhos verdes , 1,90 de altura , faço academia tenho corpo definido , e amo vc vei kkkkkk, comigo não terás problemas sou apenas passivo :)
28/05/2015 08:28:11
Que confusão! Ansiosa para ler o próximo capítulo.
28/05/2015 05:51:02
Muito tenso
28/05/2015 00:59:47
Teu conto é interessante e como dizem muito instigante,você escreve e desenvolve perfeitamente os fatos,além de quê é um dos poucos que prende o leitor e segue uma linha reta de raciocínio,porém alguns erros bobos de português que tenho certeza foi falta de revisão,obs: Transar (e não tranzar) é o correto; "Mim" nao conjuga verbo; "impassiencia"? use impaciência, No mais o conto está perfeito. Beijos.
27/05/2015 22:09:45
Caraca que treta, agora to mais curioso ainda pra ver o que aconteceu!! Será que o Thiago é um psicopata? kkk Seu cunhado parece ser O CARA!! kkkkkk Artur e Higor não fiquem com ciumes, aqui todo mundo gosta e torce demais por voces =)
27/05/2015 21:41:09
Compra um de borracha uai, haha. Sabe como eu me senti nesse capitulo? Dentro de um episódio de CSI: Investigação Criminal. Haha xD
27/05/2015 21:40:26
Amigo, felicidades pra voces, amo seu conto e sua escrita u.u
27/05/2015 20:31:08
E se eu ainda fosse solteiro iria buscar o Thiago e concertar ele...
27/05/2015 20:29:42
Entendi tudinho desse capitulo, juro que fiquei tenso enquanto lia, e o Arthur é um doce, assim como você...
27/05/2015 20:03:41
sim desculpa agora que li esse cap que eu vi que ela e gente boa, mais o Thiago não posso ter toda essa certeza na frente da academia eu tinha gostado ele mais agora eu ja não sei mais o que falar dele! só espero que esse namoro dos dois não acaba por causa disso estou muito ansioso para ver onde essa história vai dar! bjos
27/05/2015 19:58:22
Sera que o Thiago é tao maquiavelico e obsessivo assim? Quero ver vcs desmascarando esse doido... Gente obcecada é fogo, hein? Agora tô curiosa pelo proximo.
27/05/2015 19:54:31
Eu sabia que era armação ! Quando ta tudo muito bom....desconfie....nada vem tão facil... Meninos esse Thiago me parece muito inescrupuloso...Cuidado...Adoro esse conto...voceis sao dois fofos...Amei o Artur e voce entao nem se fala...bjs

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.