Casa dos Contos Eróticos

Feed

Eu + Você = Nós... Bem, pelo menos era assim que eu pensava. 9

Autor: Nando Mota
Categoria: Homossexual
Data: 26/05/2015 23:55:49
Nota 10.00
Ler comentários (18) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Eu tive apenas um milésimo de segundo para tomar uma decisão e a tomei sem nem olhar pra trás...

_ É com o maior prazer que digo a você Capitão Lucena, vá se foder...

Enquanto eu passava por ele notei que o mesmo ficara com uma cara de espanto que me deu vontade de soltar uma gargalhada bem alta e tratei de andar mais depressa ao encontro do meu Mozão.

_ Soldado, você falou alguma coisa com aquele homem ali que ta olhando pra gente? Olhamo ao mesmo tempo para um atônito Capitão Lucena...

Mais uma vez o instinto de sobrevivência se fez presente em minha vida...

_ Falei sim Mozão. O cara vem do nada bem na minha frente e logo na hora em que você vinha... Eu acho que ele me atrapalhou só porque quis e eu mandei ele ir se foder, agora vamos sai daqui correndo senão eu não vou poder ficar bem juntinho com você do jeito que eu quero por mais duas horas.

_ Soldado, você esqueceu que hoje é domingo e amanhã temos que acordar cedo por causa de um negócio chamado vida real? E voltou a me presentear com um belo sorriso.

_ Falei pro seus pais que estavam vendo Tv quando fui deixar os cunhados que você estava aqui no shopping com duas gatinhas e que a gente ia demorar um pouco, que tal?

_ Sério que você disse isso? Eu nem sei o que dizer...

_ Então não diz nada e vamos namorar um pouco, ok?

Chegamos no Ninho de Amor vinte minutos após sair do estacionamento do Shopping...

O cheiro do meu Mozão estava ótimo. Ele estava lindo com a bermuda verde escura que havia lhe dado de presente e uma camiseta polo rosa claro. Me aproximei dele ei não o deixei dizer mais nada. Minha boca estava faminta dele e minha língua precisava ser molhada dentro de sua boca. J B me chupou suavemente forte por alguns minutos enquanto a gente começava a se despir. Ele tirou a bermuda e a cueca tudo junto e mesmo sem saber tinha feito a mesmo coisa e ao separar de sua boca pra poder tirar a sua camiseta e ele a minha ele disse:

_ Tira a camiseta agora não Soldado, continua a chupar minha boca, vai...

Amigos, um pedido desse é uma ordem, é não? Duvido que algum de vocês fosse interromper um beijo por conta de um detalhe tão sem importância. Invadi sua boca e o chupei com gosto e força. Após alguns minutos nossos lábios foram lentamente se separando e quando abri os olhos o vi descer a boca pelo meu peito por cima da camiseta, a mesma ser levantada com pressa e sua língua colar na minha virilha...

_ Agora tira a porra da camiseta, Soldado. me deixa te ver nu... Posso te assegurar que nunca vi nada mais lindo na vida... meu Soldado tesudo.

Seus lábio cobriram apenas a glande da minha pica sem abocanhar me deixando cheio de vontades... Aí ele lentamente foi abrindo a boca ao mesmo tempo em que esticava a língua pra fora o mais que podia... J B sabia o que fazer pra me deixar ligado. Quando senti seus lábios tocarem meus pelos e sua língua tentando mexer com minha pica atolada em sua boca não aguentei e o segurei pelos cabelos longos que ele sempre soltava quando estava comigo e comecei a foder sua boca ritmadamente no início e ferozmente quando o tesão gritava em todo o meu corpo...

_ Isso Mozão... Deixa eu ir mais fundo, deixa bebezão lindo... Ora J B batia em minha bunda com vontade me deixando marcas vermelhas, ora segurava em minhas coxas peludas e me puxava cada vez mais pra junto de si... Gozei fartamente no fundo de sua garganta enquanto gritava feito um louco de prazer...

Ele levantou lentamente e sua língua tocou em meu mamilo esquerdo que prontamente ficou intumescido...

_ Adoro provocar você Soldado... E sua boca cobriu meu peito e fui demoradamente castigado por sua língua, seus lábios e seus dentes...

Enquanto ele colava seu belo e másculo corpo( que ajudava quase que diariamente na academia do bairro) ao meu fui praticamente jogado em cima da cama redonda e ele já foi me levantando as pernas e antes que eu colocasse o travesseira atrás da cabeça senti sua língua me penetrar com pontaria certeira e chiei de prazer... Meu gemidos ficaram mais intensos e por várias vezes enquanto segurava as pernas para que eu tivesse mais liberdade com suas mãos eu o senti passear com a palma de sua quente mão por cima de minha pele totalmente arrepiada... e eu não tive outra coisa a dizer a não ser...

_ Me fode, Mozão... Pelo amor que você tem por mim... Me fode, agora...

_ Calma meu Soldado lindo, Amar eu te amo muito só que primeiro você terá que me foder bem lentamente com os olhos grudados em mim.

J B se afastou de mim e foi lentamente deitando na cama tal qual um gato se deita na relva quando vai pular sobre a presa da vez, só que nesse caso ele também seria a presa e eu segui os sus movimentos até que ao tê-lo totalmente aberto pra mim sobre os lençois tratei de cravar meus lábios em volta de seu cu e comecei a chupá-lo ferozmente deixando marcas que o fizeram arrepiar a pele enquanto saciava minha volúpia para logo em seguida começar a penetrá-lo com minha morna e firme língua. Seu gosto era único e sua entrega me deixava alucinado... Nunca tinha sido assim com ninguém... Nossos olhos não se deixaram em momento nenhum e assim que terminei de prepará-lo, colei a língua nele e a proporção que subia pelo seu corpo que já estava aberto a minha espera, disse:

_ Pede de novo, pede Mozão...

_ Me fode Soldado...

Olhei em seus olhos com mais intensidade e disse:

_ Pede igual a um puto... Implora pela minha pica como só voc~e sabe fazer, Mozão...

_ Por favor meu Soldado tesudo, não maltrata teu puto assim... Me come, porra... Me fode... Me faz gemer e gritar por você... Eu Tô viciado nessa delícia de pica que você disse que é minha...

Não o deixei falar mais nada. Cuspi na ponta dos dedos e o lubrifiquei com minha saliva. Meu Mozão era quente e assim que o toquei ele segurou meus dois dedos dentro dele e sorriu como se fosse o maior puto que eu tivesse conhecido

_ Safado do caralho. Você fica me dando ideias e juro que qualquer dia desses coloco minha mão dentro de você. J B começou a piscar o cu com meus dedos dentro e disse:

_ Coloca mais um Soldado... Me provoca, vai...

Eu o excitei ao máximo arrancando longos suspiros e gemidos quando coloquei quatro dedos em seu rabo e op fodi ora lento, ora freneticamente. Por não aguentar mais de tanta vontade de entrar nele, coloquei a glande na sua entrada e fui lentamente preenchendo todo o espaço vazio que havia em seu corpo enquanto meus olhos lhe fitavam cheio de tesão e desejo... J B relaxou completamente a musculatura do corpo e me deixou livre para fazer o que eu quisesse com ele... E eu fiz.

As estocadas eram fundas e cheias de desejo. Minha pica entrava e saia de seu reto com grande intensidade lhe arrancando gemidos e gritos de puro prazer...

Em nenhum momento desviamos os lhos um do outro e em nosso momento final, já que eu o punhetava cheio de tesão enquanto metia cada vez mais fundo a pica em seu cu, arfamos, gritamos de tesão e gozamos alucinadamente... Já mais tranquilos e com ele em meus braços, o beijei cheio de paixão confirmando mais uma vez que era muito forte o que tínhamos e que nada poderia nos afastar...

O deixei no portão de casa faltando dez minutos para as 23:00 h. Ele falou mais uma vez que me amava e no escuro do jardim lhe dei mais um beijo cheio de intensidade...

_ Não esquece que eu te amo, meu lindo Mozão.

Finalmente saí de sua casa entrei no nosso carro e fui até a esquina do outro lado onde ficava a entrada da garagem do prédio. Um carro prata estava bem na entrada e assim que buzinei para que o motorista saísse do meio do portão para que eu pudesse entrar, a porta do carro abriu e o Capitão Lucena saiu dele e veio em minha direção. Meu coração parou e por poucos instantes eu tive medo do que ele pudesse fazer...

Ele chegou ao lado da minha porta, bateu no vidro para que eu o baixasse, no que foi atendido, e disse:

_ Me siga e nem pense em me mandar foder novamente.

Ele andou de volta ao seu carro e pela primeira vez em mais de seis meses de relacionamento com meu Mozão, eu não fui até a janela para vê-lo antes de dormir...

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Meus queridos meninos e queridas meninas...

Algo me diz que o tempo de bonança acabou de acabar para o casal mais fofo do Conto.

Por esse razão só posso agradecer a cada um de vocês por não deixar acabar o que sentimos uns pelos outros e o quanto esta sendo legal essa troca de energia.

Super feliz com esse retorno de você na minha estrada que é nossa. Um grande beijo em cada um de vocês. Que continuemos a fazer valer a pena. Nando Mota.

Comentários

11/06/2015 23:10:43
Ai...
27/05/2015 19:52:52
Tomara que Bernardo saiba contornar essa situação da melhor maneira possível e não ceda às prováveis chantagens de Lucena... Nando, te adoro!
27/05/2015 14:33:08
Mas no fim é juntos que os dois vão ficar, espero que Lucena fique no passado...
27/05/2015 14:32:23
Oi Nando.querido estou amando.esse.conto e ja to curiosa pra saber o que vai acontecer espero q o bernardo saiba sair dessa situaçao e conte a verdade ao j.b vou ficar aguardando os proximos. Nando fico feliz com sua volta tava morrendo de saudades. bjos Pri :)
27/05/2015 13:45:40
Oh nando fiquei bem feliz com sua volta, vlw msm por n nos abandonar.... e o conto ta otimo lindo demais,so q parece q esse tal de lucena sera um grande problema na felicidade do relacionamento do soldado com o JB,,esperando pelo q vira...bjss seja bem vindo de volta querido
27/05/2015 11:33:51
Meu querido amigo Nando, nem sei expressar o tamanho da minha felicidade com a sua volta:). Agora vou lá começar a me deliciar com mais um conto teu. Seja super bem vindo e vê se não some mais viu? Te adoro muito. Beijos.
27/05/2015 10:37:42
AH! Triste!
27/05/2015 07:16:11
Bernardo errou ao querer proteger o JB e o seu amor, e não ter contado logo de cara quem é o Cap Lucena, que tão lindamente ele mandou se foder, agora o mesmo usará ou melhor abusará da sua hierarquia para querer dominar o Bernardo, fazendo sabe-se lá o quê. Espero que o Bernardo saia ileso e conte toda a verdade ao JB q mesmo sendo tão novo é pé no chão e juntos possam superar os obstáculos que a vida possa colocar em seu caminhar. Nando meu totoso, as cenas de ambos se entregando, cada vez melhor e excitantes. Um cheiro e um superbeijo da sua eterna Mama Rose.
27/05/2015 07:10:46
Maravilhoso Nandão. Esse Lucena tinha que aparecer das profundezas para atrapalhar o amor deles. Bjus.
27/05/2015 06:07:02
Ai q raiva dse idiota viu?!? B devia tr cntado tudo logo pra JB. Ag vai dar m****. Aff!! Bjo fessor!!!
27/05/2015 06:03:54
eu concordo com o. martines o beh tem que contar pro jb o que esta acontecendo e mostrar pra ele que confia nele.plenamente.e não ficar escondendo dele coisas que no futuro possa a vim a acabar com o relacionamento deles.tem pessoas que atravessa nossa estrada pra nos fazer lembrar que rapadura é doce mas não é mole não.e esse lucena é um cão chupando manga e vai tentar de tudo pra trasformar a vida do beh no pequeno pedacinho da geena .beijos da drika seu gatoso
27/05/2015 05:56:03
Nossa nao sei se estou ansiosa ou apreensiva com esse capitão aparecendo....bjs
27/05/2015 04:37:22
Triste
27/05/2015 01:27:35
Cara se vc der a bunda pra esse Lucena esqueca, perdeu total respeito, pq nao conta logo pro namorado carai? Isso vai da merda
27/05/2015 01:17:09
Olá meu amigo querido, o Lucena chegou para provar que nem tudo são flores e que é necessário enfrentar dificuldades. A grande diferença é como lidamos com isso, acho só que o Bernardo tem que contar a verdade, evitando qualquer desgaste na relação deles. Aguardando anciosa pelo próximo. Beijos lindão!
27/05/2015 00:38:05
Esse Lucena parece que vai dar trabalho, eu não estou me contendo de ansiedade.
27/05/2015 00:35:56
Sempre vale a pena, e eu já esperava por um vilão para apimentar essa trama que já estava omita, ficou ainda melhor...
27/05/2015 00:28:53
Afff manda esse nojento do Lucena para o Iraque e sem passagem de volta, pelo amor esse cara apareceu só para estragar tudo.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.