Casa dos Contos Eróticos

Meu Padrasto (Parte - 23)

Autor: ∞ Alex ∞
Categoria: Homossexual
Data: 26/05/2015 09:45:40
Última revisão: 28/10/2016 14:37:40
Nota 10.00
Ler comentários (26) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Ela: Você o quê?

Ele: Quero o divórcio!

Eu: Ricardo, mas porque essa decisão tão repentina?

Ele: Bem, cansei! Meus filhos já sabem, não aguento mais você Diana, então quero o divórcio!

Ela: E pensa que vou aceitar só assim?

Ele: Você quer mesmo uma briga na justiça?

Ela foi até ele e o abraçou. - Ricardo, por favor, eu te amo querido, não faz isso, não acaba com nosso casamento!

Ele: Nosso casamento já acabou faz tempo e você sabe muito bem!

Ele saiu e eu o segui...

Eu: Você tem certeza disso?

Ele: Sim, estou cansado disso tudo, tinha medo da reação dos meus filhos, mas agora já sabem e nem se importaram, na verdade para eles o que importou mais foi sua classe social.

Eu: É, também me surpreendi!

Longe dalí...

Edu narrando.

Mãe: Não acredito que seu pai desceu tão baixo! O filho da mulher dele?

Depois de contar tudo me retirei... Lívia me seguiu.

Ela: Estou com ódio, ele nos humilhou, tudo por causa daquele infeliz!

Eu: Tá, chega! Quero mudar de assunto, chega de falar no nosso querido pai e seu amante pobretão!

Ela: Ele achou que você iria armar escândalo por ele estar com um homem. Nem sabe que você é gay!

Eu: E como saberia? Não sabe nada da gente e nem quero que saiba, não me importo, para mim nem tenho um pai!

Ela: Como você pode falar assim? As vezes penso que você não tem coração, acho que nunca vai se apaixonar!

Eu: Posso me apaixonar, mas por uma pessoa da mesma classe social que eu, com uma conta bancária bem gorda!

Ela: É, mas e se um dia aparecesse um pobrinho que te virasse a cabeça?

Eu: Nem pensar, não sou você!

Sempre tive tudo que quis, fui criado pela minha mãe e ela sempre abriu bem nossos olhos para o dinheiro, meu pai nunca foi tão presente, sempre teve amantes e sempre sabiamos disso, nossa mãe nunca nos escondeu o porque se separou dele.

Para mim o que importa é aparência e dinheiro, sou lindo, me cuido, estudo na melhor universidade do estado, minha família é podre de rica e tenho a vida perfeita! O que posso querer mais?

Nunca me apaixonei por ninguém na vida e nunca vou, na verde quero encontrar uma pessoa que continue me dando a vida que sempre tive. Minha mãe sempre soube da minha sexualidade e me apoia, já meu pai, na verdade não sabe de nada sobre nós todos, ele tem a vida dele longe de nós, e sempre deixou isso bem claro!

Longe dalí...

Yago narrando.

Estava na cama, deitado ouvindo musica quando Fer aparece...

Ele: Olha, escolha o que vai fazer, você tem que começar a estudar!

Eu: Sempre quis administração!

Ele: Ótimo, vou te matricular na melhor universidade.

Eu o abracei. - Você é tão bom para mim.

Dei um beijo e ele se afastou.

Eu: Fernando o que está acontecendo?

Ele: O quê?

Eu: Toda vez que procuro um carinho você me afasta!

Ele: Impressão sua, apenas estou com uns problemas no meu trabalho e estou de cabeça cheia, só isso!

Eu: Hum.

Alguns dias se passaram...

Doug narrando.

Já havia me mudado para o AP, que na verdade achei lindo, tinha dois quartos e era bem parecido com o do Fer. Meu AP era um andar abaixo do deles.

Yago sempre vinha aqui, principalmente quando Fer ia trabalhar, Rick acho que passava mais tempo aqui comigo que em casa, afinal estava se separando!

No momento eu estava preparando algo para comermos e ele estava assistindo, quando digo ele, me refiro ao Rick.

Ele: Já escolheu seu curso? Ou a história da universidade foi para o beleléu?

Eu: Já escolhi sim, Yago também vai começar e escolheu administração, quero também.

Ele: Ótimo! Já sei até que universidade!

Sorri.

Ele foi até mim, me abraçou por trás enquanto mexia a panela no fogão. - Adoro isso, nunca tive uma vida assim. Você é simples Doug, adoro vir pra cá, ver você cozinhando enquanto assisto o jogo, depois comermos e namorarmos um pouquinho. Nunca tive um casamento de verdade e acho que isso que tenho com você está bem próximo de um.

Beijou meu pescoço.

Ele sentou no balcão enquanto eu fui partir os legumes.

Eu: Porque você diz que nunca teve um casamento de verdade?

Ele: As duas mulheres com quem casei são muito orgulhosas, madames...

Eu: Peruas!

Ele riu: Isso! Bem, gostam de luxar, fazer compras, mandar nos empregados... Nunca paramos para ter uma tarde como essa em que elas mesmo cozinhassem, cuidassem de mim. A mesma coisa foram os amantes que tive. Com você é diferente, sabe, você é simples...

Eu: Na verdade eu amo isso, ter uma vida simples, só eu e a pessoa que amo! Mas...

Ele: O quê?

Eu: Me sinto muito sozinho, quando você e o Yago não estão, me sinto só!

Ele: Vou ver o que posso fazer quanto a isso.

Eu: E minha mãe? Como está lidando com a separação?

Ele: Horrível!

Eu: Posso imaginar!

Com um tempo estava tudo pronto para nosso delicioso almoço.

Minha vida deu um giro completo, dois meses depois e estava tudo mudado, ele estava praticamente morando aqui, eu e Yago já íamos começar a estudar, ele me comprou um cachorrinho por eu falar que me sentia só, era um Yorkshire terrier mini, a coisa mais linda! Coloquei o nome de baby pois ele parecia um e o Rick me disse que ele não cresceria mais que aquilo, nossa muito lindo. Morava em um AP, então não poderia escolher uma raça com porte maior.

Havia chegado nosso primeiro dia de curso, estava me aprontando quando batem a porta, vou olhar e vejo o Yago!

Ele: E aí, pronto?

Eu: Claro!

A gente saiu...

Fomos andando mesmo, não ficava tão longe, Yago ia me falando de Fernando, eles não estavam bem...

Ele: O Fer está cada vez mais distante!

Eu: Mas porque?

Ele: Não sei. São contados os beijos que damos, ele sempre se retira!

Eu: Vocês já transaram?

Ele: Não, não estou pronto!

Eu: Entendo, depois de tudo que você passou!

Ele: Eu pergunto se está acontecendo algo mas ele sempre me diz que é problemas no trabalho!

Eu: Estranho!

Chegamos lá...

Ele: Estou preocupado, será que vai haver trote?

Eu: Não sei!

Olhamos o mapinha, e fomos para o bloco de administração.

Perguntamos e disseram qual a sala.

Entramos e já havia umas pessoas lá...

Eu e ele sentamos em cadeiras próximas, pelo que ouvimos os trotes alí foram proibidos pelo fato de um ter sido muito exagerado e um garoto ter se machucado feio.

Eu: Graças a Deus!

Yago riu...

Eu: Odeio trotes, vejo nos jornais e me assusta!

Ele: É tem uns que são realmente exagerados.

Um garoto magro, baixo, cabelo preto e liso, olhos verdes e pele branca sentou na nossa frente.

Eu resolvi puxar assunto e fazer amizade. - Oi?

Ele: Olá?

Eu: Realmente parece que não vai haver trote!

Ele: Pois é! Graças a Deus!

Eu: Um que pensa como eu!

Yago: Qual seu nome?

Ele: Kaio.

Yago: Prazer Kaio, me chamo Yago.

Eu: E eu me chamo Douglas, mas pode me chamar de Doug.

Ele: Desculpa a sinceridade mas aqui parece que só estuda riquinhos!

Eu: Na verdade, é bem isso, essa faculdade é privada!

Ele: Estou aqui com bolsa!

Eu: Hum, entendi!

Ele: Será que vão implicar comigo?

Eu: Acho que não.

De repente entram mais pessoas, meninas muito lindas e extremamente arrumadas e caras lindos também. Um senhor foi lá na frente e começou a falar. Nos deu os parabéns por ter iniciado o curso, disse ser o cordenador, citou as pessoas que estavam alí com bolsa, desejou sorte, enfim, o de sempre.

Ele: Espero que dê tudo certo para mim.

As aulas começaram e foi o de sempre, apresentações e tal, até que chegou a hora do intervalo.

Saímos...

Ficamos em frente, quando a sala vizinha a nossa também sai, era a turma do segundo período.

Eles já saíram uns agredindo e humilhando outros, eu não entendia o porque!

Uma garota loira, magra e linda se aproximou de nós. - Ignorantes, odeio eles!

Eu: Porque fazem isso?

Ela: Humilham os bolsistas!

Eu: Mas que bobagem!

Ele: Minha vida está perdida!

Eu: Relaxa!

Ela: Você é bolsista?

Ele: Sim.

Yago: Não se preocupa, ok?

Ela: Me chamo Lucia, mas pode me chamar de Lucy.

Nos apresentamos a ela.

Ela: digamos que o "chefe" da gangue que maltrata os bolsistas é o Edu, por causa dele que tudo isso começou!

Eu: Que Edu?

Ela: Ele aparece já!

Olhamos e ela ficou procurando... - Olha ele lá!

Apontou.

Eu não conseguia acreditar que o Edu era o mesmo Edu que inferniza minha vida!

Eu: Não acredito que é ele!

Ela: Porque você conhece?

Eu: E muito! É um idiota!

Ela: Pelo visto conhece!

Ele apareceu logo gritando. - Quem são os bolsistas da nova turma?

Todos o seguiam ele gargalhava, todos falavam com ele, era babado por todos pelo que eu estava percebendo.

Um garoto que pelo visto era amigo dele, deu uma lista...

Ele virou e olhou para nosso lado, diretamente para nós.

E o show começou, mas eu não permitiria que ele fizesse absolutamente nada com o Kaio!

•••••••••••••••••••••••••••••

Casal novo gente. Será que o Kaio fará o Edu mudar?

Obrigado pelos comment's.

Comentários

11/04/2016 09:24:09
Será???
02/01/2016 00:18:06
Quero ver esse Edu morre do de amores por Kaio!!
26/05/2015 22:33:16
Adorei. Depois da uma lida no meu.
26/05/2015 20:15:48
conto perfeito ♥criei ate uma conta so pra comentar kkk acompanho vc e a Bella desde o inicio e todos os contos sem excessao foram/sao perfeitos.Não demora postar, muito curiosa aqi
26/05/2015 20:12:56
Tomara que o kaio mude esse otário ridículo escroto filho de um cobra. Entendo que a situação do yago (sexo) não foi boa, mas se ele não liberar logo pro Fer, o gostosão vai acabar casando fora, isso se ja não casou. Será que a mãe do doug vai fazer algo com ele?
26/05/2015 18:19:21
Fortes emoções nos aguardam em?... amei o cap espero que aquela bruxa da mãe do Doug suma de uma vez mulherzinha chata... Bjs até o próximo
26/05/2015 18:12:24
Morrendo de curiosidade!
26/05/2015 18:08:39
Nova temporada. Legal =D
26/05/2015 17:46:14
Espero que sim. Seria interessante o Edu mudar seus conceitos por causa de um amor não correspondido.Beijos carinhoso, Plutão
26/05/2015 16:35:31
Bom demais. Acho que o Edu vai se interessar pelo Kaio.
26/05/2015 15:57:54
Legal
26/05/2015 15:44:45
Quero muito ver o Edu caindo aos pés do Kaio e eu vou rir muito! kkkk parabéns muito bom seu conto.
26/05/2015 15:33:18
Alex estou amando cada capítulo e amo os contos de vcs ( Bella e Alex)
26/05/2015 14:14:36
SafadinhoGostosoo, vc já leu Luc & Tony que Bellinha escreveu? Nele há 5 casais, o conto é realmente ótimo! Eu coloco 3 e vcs já estão morrendo aí? Kkkkkkkk continuem acompanhando! Beijos galera!
26/05/2015 13:06:13
Mais um casal protagonista ? '-'
26/05/2015 12:59:56
Binho Subtil na verdade meu intuito é realmente fazer essas histórias paralelas, quis mudar um pouco, é tipo como Bella fez com Luc & Tony, porém será só essas 3 mesmo, não colocarei mais casais não.
26/05/2015 12:40:08
Atheno muito pelo contrário, ele é bem barra pesada, só é gay, mas é bem louco e agressivo! Quis fazer um personagem diferente. Beijos.
26/05/2015 12:32:11
To gostando bastante. A história e ótima, mas fazendo uma sugestão: Faz a história do Edu e Kaio a parte. A história já tem 2 protagonistas, acho q um terceiro ficaria demais. Se fizer uma história separada deles ficaria melhor. E só uma sugestão msm a história e incrível
26/05/2015 12:30:59
Achei q o edu fosse a enrustida passiva
26/05/2015 12:29:49
Faz o Douglas mais barraqueiro...
26/05/2015 11:54:52
Tomara que sim.
26/05/2015 11:51:55
Quando o Eduardo falou que nunca ia se apaixonar, foi como um deijavú, essa história já sei como termina. Mas o Kaio vai sofrer muito ainda...
26/05/2015 11:46:30
Ótimo!!! Espero
26/05/2015 11:19:47
Quero muito ver o Edu caindo aos pés do Kaio e eu vou rir muito :)
26/05/2015 11:05:31
tomara...quero.muito.ver.o.edu.mudar
26/05/2015 09:58:40
Nossa ...morrendo se curiosidade....por favor nao demore a postar o proximo....bjs

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.