Casa dos Contos Eróticos

O inimigo da faculdade(parte 12)

Autor: loverboy
Categoria: Homossexual
Data: 03/05/2015 03:11:37
Nota 9.73
Ler comentários (16) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Bem gente, vi que teve muitos que não curtiram o andar da historia, mas oque posso fazer? Mudar? Não, impossível isso. Mas quero que vcs entendam que eu não estava namorando mais com o Gui, podia até ter sentimento, mas o namoro acabou, então estava livre e solteiro, fiquei com o Ricardo pra causar ciúmes sim, mas tbm pq quem é homem e gay sabe do que estou dizendo, é um fogo meio que incontrolável, ainda mais junto com álcool e caras gatos. Voltando a historiaAcordei cedo e não estava lembrando de muita coisa, só sabia que tinha alguém deitado junto comigo na minha cama me abraçando, a dor de cabeça resultante da vodka era inconfundível, minha visão estava até embaçada, me virei pra olhar quem estava comigo e vi que era o menino que tinha conhecido na festa, ele abriu os olhos e deu um sorriso.

_Bom dia Victor.

_Bom dia. Oque que aconteceu aqui?--o quarto estava uma bagunça, tudo jogado.

_Acho que foi coisa boa hahaha--eu dei um sorrisinho sem graça e me levantei, pelado.

Como tenho muita vergonha de ficar pelado, peguei logo uma cueca e vesti. Fui pra cozinha e arrumei um cappuccino pra mim e o Ricardo chegou logo em seguida e fiz um pra ele tbm, depois que fizemos o desjejum ele me pediu pra usar meu banheiro pq tinha que ir embora, achei bom, afinal nem sabia pq tinha trazido ele pra minha casa sendo que nem conhecia ele direito, mas era um cara confiável e muito gente boa, além de bonito e fofo. Ele foi tomar banho e eu foi ver meu celular, tinha algumas msgs do Michel me caçando na festa ainda kkkkkk, o João me perguntando que macumba eu fiz pra pegar esses meninos e uma do Gui pedindo desculpas e que não ia mais atrás de mim, nessa hora eu senti uma culpa tremenda, mesmo sem ter mais nada com ele, eu sentia que aquilo que eu fiz era errado, afinal ele sabia que eu levei alguem pra casa e fatalmente oque aconteceu, mesmo ele pensando que ia me enganar e não ia contar oque aquela vadia falou pra ele eu ainda sentia que queria ele perto de mim pra abraçar e chamar de meu, "Meu Gui".

O Ricardo saiu do banheiro e disse que já estava indo pq nem avisou que ia dormir fora, então me despedi dele e senti um alivio e fui tomar banho, nos meus banhos é a hora que mais penso, por isso minha mãe sempre reclamava de demora, mas aqui eu nem estava me importando afinal agua e energia era inclusa no aluguel. Fiquei acredito que quase meia hora pensando em tudo que aconteceu e resolvi que não ia beber mais pra não acontecer coisas impensadas como eu fiz ontem, e deixar o tempo resolver as coisas, tudo tem um porque na vida e vc não precisa acelerar nada, oque tiver que ser, será.

Como era sábado e não tinha mais nada para fazer, peguei meu livro e fui ler, depois de um tempo me lembrei do quarto e fui arruma-lo, tinha varias coisas espalhadas, até a cueca do menino estava lá, então ele foi embora sem nada kkkkk. Resolvi guardar. O João mais tarde me ligou e disse que queria ir no cinema, se eu estava afim, perguntei quem ia e ele disse que mais ngm, só nós dois então concordei, não queria mais bagunça na minha vida. Estava claro o dia e só iriamos de noite, então resolvi dormir. Nos meus sonhos Guilherme apareceu numa praia e correu até mim, me abraçou e me beijou, aquele beijo era incrível. Acordei na hora e resolvi não dormir mais(não sei se vcs já sentiram uma sensação de estar acordado e parecer sonho, as coisas parecem devagar e ainda mais perto do por do sol que está aquele clima melancólico e o céu roxo, pois é eu estava desse jeito e o tempo tbm.)

Tinha dado a hora de ir tomar banho pq o João já estava quase chegando, me arrumei rapidamente e logo o João chegou, e fomos para o cinema ver "Maze Runner" eu acho. O shopping estava lotado, e como dois amigos gays juntos, sempre que víamos um boy magia olhávamos um para o outro e riamos, não somos de chegar ou ficar encarando igual já vi muitos fazendo. Então ficamos nessa até o horario de nossa sessão, sentamos num lugar mais no fundo e tinha uns caras idiotas que ficavam mexendo no celular e fazendo graça no filme inteiro, chamando uma das atrizes de gostosa, outro chamou de puta, ai foi demais para o João, ele levantou e olhou pra esses três caras:

_Ou vcs calam a porra da boca de vcs ou vou ter que ir ai fazer pra vcs-- dois ficaram quietinho, mas um deles não. Eu ainda tentei segurar o João pra ele sentar mas ele se soltou da minha mão.

_Oque vc vai fazer hein?--ele levantou e ficou de frente para o João, era um gato mesmo no escuro e o cara cheirava bem.

_A hora que sair daqui eu te ensino, panaca-- ele estava irritado. Ai eu interferi:

_Vcs desculpam meu amigo, é que ele está meio alterado, mas vms fazer SILENCIO e ver o filme? Hein João?-- ele sentou o outro carinha tbm.

Chegou ao fim do filme e quando acendeu a luz, vi que todos os três eram lindos, o que queria briga era fortinho e tinha algumas tatuagens no braço.

Um deles no corredor do cinema tocou meu braço:

_Desculpa cara pelo filme e pelo meu amigo, tipo agente tá indo pra um bar paquerar umas gatinhas, vcs estão afim de vir com nós não?--eu já ia falar que não, mas o João interfirio.

_Vamos sim, temos nada pra fazer mesmo e seu amigo vai ter que aguentar minha cara a noite inteira-- ele falava encarando o badboy de cara amarada, o João apesar de ser gay não dava pinta alguma, acho que foi por isso que eles chamaram.

Resumindo, fomos para esse bar, eu e João seguimos o carro dos outros e sentamos numa mesa mais eles, um logo pegou uma menina e sumiu, ficou eu o João, o badboy e o amigo dele que chamou a gente. O João não parava de encarar o cara e o cara fazia o mesmo, os dois com a cara amarrada, tipo pesagem de UFC. Eu e o outro meninos continuamos conversando e fomos dar uma volta no bar, fiquei com medo do João querer meter a porrada no cara e sairmos de lá presos, mas pelo jeito não ia acontecer nada. Eu e o outro meninos demos umas voltas, ele mexeu com umas meninas e ficamos conversando com eles, dai o amigo dele veio até nós e disse que queria ir embora. Então como eles estavam juntos foram embora, e eu continuei meu papo com as meninas, ai o João chegou e conversamos mais um pouco e quando uma quis algo com ele, ele me chamou pra ir embora.

Detalhe: não faz parte da historia mas quero contar, o João pegou o numero do cara e eles se encontravam quase tudo dia pra transar, sempre escondido pois o cara dizia ser "hetero" e tinha namorada kkkkk, depois de tres meses fazendo isso o badboy largou a namorada e queria namorar mais o João, resultado: o João falou que o amor dele era só de pica e deu um fora no cara, quando ele me contou isso eu fiquei pasmo e ele falou "sempre consigo oque quero, eu disse pra ele que eu ia resolver depois do cinema kkkkk". Voltando...

Eu e o João fomos embora e ele dormiu lá em casa, outro dia ele resolve ir no clube e me arrastou junto, fora isso mais nada no meu domingo.

Passou uma semana sem eu ver o Guilherme na faculdade, nem na piscina, nem em nada. Perguntei alguns meninos e eles não souberam responder, então resolvi ligar pra ele. Eu estava preocupado e aquele vontade louca de ter ele perto de mim tinha voltado com uma intensidade que nunca tinha sentido, passei quase uma hora com o celular na mão pra ter coragem de ligar e somente perguntar como ele estava, só isso.

Então liguei, tocou umas cinco vezes e alguém atendeu, era a mãe dele.

_Alo?

_Oi, com quem eu falo?

_ É o Victor.

_Ah sim kkkk, ele salvou seu numero como "amor", desse ser alguma gracinha dele, mas eai vc não veio mais aqui em casa?

_Pois é, muito ocupado com a faculdade, mas o Guilherme tá ai??--minha vontade era que ela falasse que ele estava no banho, e então eu ia falar pra ela que ligava depois, mas não ia fazer isso.

_Uai pensei que vc estava sabendo, o Guilherme bateu o carro e está no hospital, ele saiu de uma festa semana passada e acertou o carro num poste, a policia encontrou ele desacordado e levaram ele pro hospital. Agora ele está na UTI, ainda não acordou, mas o medico disse que não teve nenhuma sequela além de corte e um traumatismo. Ainda bem que esses carros novos tem airbag né meu filho?

Meu coração estava gelado, eu só chorava, em silencio mas as lagrimas escorriam copiosamente.

_É sim, ainda bem, qual hospital ele está e tem como eu ver ele?

_Claro, vc foi o único amigo que ligou a não ser uma louca, e o celular dele esta bloqueado então se vc tivesse mandado msg ngm ia ver, que bom que ligou ele está no Rassi e só pode receber visita meio dia e só pode ver pelo vidro--ai ela começou a chorar- quero que ele fique bem logo, meu docinho não merecia isso.

_Não mesmo, amanhã vou lá--ele não merecia oque fiz, afinal ele pegou a vagabunda antes de namorar comigo, mesmo ele tendo culpa de não ter me contado e querer esconder eu já tinha perdoado ele de coração.

Fui pra faculdade no outro dia de manhã e falei com o João se ele podia me levar lá, ele disse que sim, ai aproveitaríamos e comeríamos fora. Deu a hora o João já estava me esperando, eu entrei no carro e fomos. Ele não falou nada e nem eu puxei assunto, só escutava a radio tocando, Positiva Fm recomendo, só sertaneja. Ai começou tocar "Com você- Henrique e Diego", ai eu foi as lagrimas, o João vendo aquilo ficou triste mas fazer oque néh? Logo chegamos no hospital eu tentei me acalmar um pouco pra entrar.

Daí chegamos na recepção e falamos que íamos visitar ele, então a moça registrou a gente no PC e fomos pra onde ela indicou ser a UTI. Cada passo que eu dava meu coração dava um pulo que quase saia pela garganta, mas eu precisava vê-lo e era isso que eu ia fazer. Continua...

Bem gente por hj é isso, que bom que alguns seguidores fieis voltaram, gostei da sugestão e opinião de todos, mas eu não posso mudar a historia néh? Bjs, meu email se quiserem conversar: brayan.aps@hotmail.com

Comentários

04/05/2015 03:25:13
No conto anterior odiei por causa da atitude mais continuei lendo porq eu amei msm com o surto de infantilidade dele mas tudo certo está ótimo AMAZING !
03/05/2015 23:39:05
Perfeito... E sobre a parte 11, foi infantilidade da sua parte porém quem nunca fez alguma coisa do tipo pra fazer ciúmes no namorado/ex que atire a primeira pedra... Acho linda a sua historia e por favor volta logo com o Guiiii bichinhoo, ele errou mas volta com ele, e esse acidente agora vc tá se sentindo culpado, que barra.... Continua logo S2
03/05/2015 14:21:27
Muito bom
03/05/2015 12:39:35
Ai como o GUI foi irresponsável
rbh
03/05/2015 12:09:42
kkkk. o João é ótimo. bom humor sempre. agora, esses que usam alcool e enfiam o pé no acelerador ou metem outras coisas em buracos alheios..isso não leva a nada, só cria mais problemas. vamos crescer né.
03/05/2015 11:59:34
parabens pela historia e ta muito boa
03/05/2015 11:09:37
Todas essas desculpas é pra não mandar mais contos, se for vou te dar 0, pois tem muitos que adoram,
03/05/2015 11:08:02
Legal, continua
03/05/2015 10:47:14
Eu estou gostando da sua história meu doce!
03/05/2015 09:58:14
Ah volta logo com o gui, ainda acho que esse filho dessa vagaba não é do Gui e ela quer dar o golpe 😒😒 Ansioso pelo próximo ☺☺
03/05/2015 09:33:13
Amando#Tomaraqueelesvoltem
M/A
03/05/2015 08:39:04
Muito bom e demorou para acordar né.
03/05/2015 08:08:49
...
03/05/2015 04:02:10
tenso
03/05/2015 04:01:59
tenso
03/05/2015 03:56:33
Ainda bem que você ligou!!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.