Casa dos Contos Eróticos

Amigas até que ponto?

Autor: Insensatez
Categoria: Heterossexual
Data: 22/04/2015 13:15:46
Nota 10.00
Ler comentários (8) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

É engraçado mas nunca parei para pensar, até onde somos fieis à uma amizade?

Tenho uma amiga que nos conhecemos na quarta série, e desde então só ficamos separadas na oitava série, sendo assim nos tornamos muito amigas, somos muito famosinhas em nossa cidade devido a nossa beleza, alguns até nos chamam de dupla dinâmica, a Lívia; branquinha de cabelos pretos, e eu Camila; bronzeada loira. Como temos belos corpos, podemos usar algumas roupas que a maioria das meninas não ficariam bem, assim arrancamos suspiros e maus pensamentos por onde passamos.

Quando entramos no colegial, imaginava que a Lívia nunca iria conseguir namorar, mesmo ela sendo linda ela peca sendo extremamente metida e cruel, nunca vi um cara sair com ela mais de uma vez, bem diferente de mim, que bom sou bem safadinha.

Mas para minha surpresa logo após o carnaval a Lívia me solta a bomba: _ Camila, tenho que te contar, estou namorando. Como assim a Lívia namorando quem era o louco pensei comigo, mas a tarde fui à casa dela e ela me mostrou as fotos do novo namorado, Pablo, um cara bonito como não podia deixar de ser. Bom pensei coitado não vai durar nada, mas não comentei nada, dei maior apoio a ela.

Naquele mês estava muito ocupada com alguns eventos que organizava e não pude conhecer pessoalmente o tal namorado da minha amiga, acabávamos conversando somente na escola, mas o que acontecia é que a bendita Lívia, toda segunda me chegava com histórias picantes do que ela e o bendito Pablo faziam, e olha o cara era muito safado, só vi algumas coisas que eles fizeram em contos aqui mesmo no site ou em sites pornôs, mas na verdade nunca tinha tido um homem que realmente fazia essas coisas, geralmente na hora H, eles ficam nervosos. O fato é que essas histórias começaram a mexer comigo, e uma ou outra vez deitada em minha cama acabava me masturbando pensando no que ela me contava.

Dois meses após o início do namoro tive o prazer de conhecer o Pablo, e gente, que homem, sério, ele nem é malhadão nada, tem até que uma barriguinha, mas é um cara lindo, sexy, educado, simpático, inteligente, e cheiroso, um semideus na terra, e 1 hora conversando com o bendito, só passava em minha cabeça como esse cara namora com a Lívia? Um ciúmes e um desejo começou a bater em mim, mas como amiga que era, me segurei. Naquela noite fui para casa, e o bendito cheiro dele não saia de minha cabeça. Mal dormi aquela noite, me masturbei tanto pensando no Pablo que quando vi já era hora de ir a aula.

No caminho da escola decidi que ia tirar aquele cara da cabeça de uma maneira ou de outra, então resolvi atacar um dos garotos mais lindos da escola, e em pouco tempo estávamos namorando.

Após 6 meses de namoro, não suportava mais o meu namorado era um idiota, ruim de cama, e só o suportava pois ele era muito bonito mesmo, mas meu desejo pelo Pablo só aumentava, cada vez que saiamos de casal, transava com meu namorado imaginando ele em cima de mim.

Em uma sexta feira, descobri que meu namorado estaca me traindo, fiquei arrasada, chorei muito, e a Lívia veio me acudir e dormiu em casa, no sábado passou o dia comigo, e no final da tarde disse para eu me vestir o mais sexy possível que iriamos sair e nos divertir. Levantei a cabeça tomei um banho e me vesti, iria provar a todos que sou muito mais que qualquer outra.

Coloquei um vestido bem justo, tomara que caia, uma calcinha minúscula, me maquiei e fomos para um barzinho badalado, sentamos eu e ela e nos enfiamos na tequila. Horas depois já estávamos muito bêbadas, e a Lívia achou melhor que fossemos embora, eu concordei discordando, não queria ir para casa, ela então deu a ideia de continuarmos a beber, mas em outro lugar, onde estivéssemos seguras.

Foi então que ela ligou para o Pablo vir nos pegar, em pouco tempo lá estava ele, lindo maravilhoso e com aquele cheiro de matar qualquer uma de tesão.

Bom passamos em um mercado e compramos mais bebidas, e fomos ao Loft do Pablo, algo espetacular, nunca tinha entrado em um, mas era muito lindo, mas em termos me causava estranheza, pois não haviam paredes em lugar nenhum, na parte de baixo era uma sala e cozinha, e subindo uma escada dava no quarto onde se tinha visão da sala e um banheiro, também sem parede. O que me fez rir e soltar e se precisar ir ao banheiro? A Lívia riu e disse: _Eu seguro o Pablo lá embaixo, se preocupa não.

Ficamos bebendo eu e ela e o Pablo ficou na cama na parte de cima, disse que ia nos dar espaço. Enquanto bebíamos a Lívia falava e eu nem escutava, já estava bêbada demais, e só pensava no namorado dela lá em cima na cama. Altas horas da noite eu e ela desmaiamos de bêbadas, E acabei acordando com o Pablo acendendo a luz, ele disse que nos ajudaria a deitar, eu por minha vez disse que estava tudo bem que ia dormir no sofá, mas ele insistiu que dormisse na parte de cima onde já havia deixado um colchão para eu deitar, acabei aceitando, ele então pegou a Lívia no colo e a levou, ela não esboçou nenhuma reação, devia estar muito ruim, mas nesse momento me deu um tesão enorme, e acabei me molhando muito, coisa de bêbada sabe. Então fiquei ali mesmo, e alguns minutos depois o Pablo desceu e me perguntou se não ia subir, ai inventei que estava tão ruim que não conseguia subir as escadas, então veio a surpresa, ele veio até mim e me pegou no colo também e disse não seja por isso. Porém como o vestido era curto demais, notei que o braço dele ficou molhado quando passou por mim, ele me olhou e me deu mais um sorriso, e ai me molhei mais ainda, só queria que ele me pegasse de jeito. Mas ele me deitou no colchão e depois foi para a cama.

Acabei apagando por alguns minutos, mas acordei com a cabeça a mil, e uma vontade imensa de fazer xixi, levantei e fui ao banheiro, e sentada lá fiquei imaginando que o Pablo poderia estar me olhando, levantei com o vestido levantado deixando me toda a mostra para ele e fiz alguns barulhos, mas nada.

Deixei de lado o pensamento e voltei para a cama, não conseguia dormir, tirei minha calcinha e comecei a me masturbar. Ouvi alguns barulhos e parei repentinamente, fiquei quietinha fingindo que dormia, quando notei que alguém deitou atrás de mim, não esbocei nenhuma reação, mas senti uma respiração em meu pescoço, e uma mão começou a me tocar, desceu até minha bunda e bucetinha e quando notou que estava sem calcinha disse baixinho em meu ouvido: _ Sabia que era safadinha.

Continuei fingindo que dormia, ele então tirou o pinto para fora e começou a se masturbar atrás de mim, abaixou meu vestido e começou a apalpar meu seios, meu tesão estava quase indo as alturas, foi quando então o pinto dele encostou em minha bunda, não aguentei e abri as pernas para o alto.

Ele sabia o que fazer, me penetrou por trás e disse: _ Esse vai ser nosso segredo. E eu disse que seria se não fosse só hoje e ele concordou.

Ficou naquela posição por alguns minutos, ai me colocou de quatro e começou a me comer por trás, eu morria de tesão levando o pinto dele por trás, enquanto via minha amiga dormir, o pinto dele era duro e grande, e ele sabia o que fazia. Me lambia, me apertava, me batia, e eu adorava cada segundo.

Foi quando mudamos novamente, ele me colocou na posição de missionário, começamos a nos beijar e para minha surpresa, em vez da bucetinha ele colocou no meu cuzinho, não sei se era o tesão o que era, mas pela primeira vez estava adorando, tanto que tive alguns orgasmos nessa posição.

Quando chegou a hora dele gozar, ele me avisou e eu pedi então que o fizesse em minha boca, e ele então colocou o pinto que não cabia inteiro em minha boca, comecei o a chupar, e ele gozou um mundo em minha boca, quase engasguei com tanta porra, mas engoli. Ele então sorriu e disse que ia me procurar para outras aventuras muito melhores que aquela, consenti com a cabeça, e ele voltou para a cama.

No outro dia minha amiga acordou antes que nós, e ela foi me acordar, eu levei um susto, mas sorri para ela, e ela falou: _ Nossa Camila você acordou com uma cara bem melhor hoje ein, não disse que seria bom sairmos um pouco.

Comentários

19/08/2015 23:41:53
adorei o conto, leia os meus também se puder, seria legal nos correspondermos e trocarmos experiências me escreve:djnetomanoel@gmail.com
19/05/2015 17:52:25
Muito boa história... Agora vocês deviam pensar em fazer Menage. Vai ser delicioso pra todo mundo..
22/04/2015 23:41:02
Meu primeiro conto, obrigadinho a todos que leram e deixaram comentário, e se depender de mim contarei mais historinhas que eu aprontei. 8P 8*
22/04/2015 20:34:18
Delicia de conto, adorei sua safadeza... bjs em vc toda
22/04/2015 16:15:29
Perfeito, segredinhos safados, mas diga lá suaamiga contando sobre tanto sexo a culpa de causar isso foi d quem?
22/04/2015 16:10:59
muito bom conto, fiquei molhadinha aqui. me add amiga. daniele.gauchinha@hotmail.com
22/04/2015 14:57:39
Safadinha adoraria te pegar de geito
22/04/2015 14:16:38
Nossa deliciante

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.