Casa dos Contos Eróticos

Coisa de Amigos

Autor: Monalize
Categoria: Sadomasoquismo
Data: 22/03/2015 19:17:22
Nota 6.00
Ler comentários (2) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

São quase dez da manhã, chego ao prédio. Na portaria interfonam no apartamento da minha amiga, Pandora. Adoro essa garota, louca como eu, aceita todas minhas loucuras como quem aceita ir ao cinema.

Algumas semanas antes, em uma de nossas conversas por skype, falávamos de fantasias sexuais... e depois de algumas conversas ela se propôs a participar de minha maior fantasia: Um Ménage á Trois.

Eu como Dominadora, propus a ela se juntar ao meu escravo e me servir como Rainha. Mas ela atiçou minha vontade se propondo a ser Rainha comigo. Imaginei que deve ser bem legal tentar.

Dentro do elevador fiquei pensando no que estava pra acontecer... espontaneamente meus lábios se abriram num sorriso malicioso. Faltava pouco... ia acontecer. Cheguei ao andar dela. Ao sai r do elevador pensei se ela ainda estava afim, ou se havia desistido. Não precisei tocar a campainha, ela abriu a porta com um sorriso malicioso, como o meu.

Lá estava ela, corpo lindo naquele jeans colado, blusinha super decotada e descalça. Sempre achei a Pandora linda. Cabelos loiros, longos, corpo curvilíneo, seios fartos, sorriso largo, como quem convida o mundo para uma festa.

- E não é que você veio mesmo? – Disse ela

- Não desistiria de jeito nenhum – Eu respondi já entrando no apartamento.

- Nem eu – Disse ela.

-Tudo certo? Ele vai chegar as 11:30 hrs... e só vai poder ficar por 2 horas.

- Calma... vai dar td certo. Só precisamos “Vestir as Personagens”.

- Então vamos logo. Anda! Anda!

Seguimos para o quarto dela. Na sacola que eu trouxe, havia meu corpete, cinta liga, calcinha e meia, tudo preto... e é claro meu salto alto lindíssimo preto. Comecei a me despir pra me vestir de Rainha. Pandora segue para o banheiro que fica junto ao quarto.

- Ta com vergonha de se trocar na minha frente? – Pergunto.

- Não... mas a roupa que comprei é uma surpresa pra você – respondeu ela. E seguiu para o Banheiro.

Na verdade será uma surpresa pra mim e para meu doce “Sr.G”... Esta também é uma fantasia dele. E por ele montei tudo isso. Mas ele ainda não sabe da Pandora. E tenho certeza que ele vai adorar a surpresa. Quando eu me torno a “Rainha”, ele é meu fiel escravo... completamente empolgado em satisfazer todas minhas vontades.

Terminei de me vestir... prendo meu cabelo em um rabo de cavalo... passo meu batom vermelho. Pronta! E Poderosa! Passo pelo banheiro e bato na porta.

- Ta pronta cinderela?

- To quase! Vá pra sala receber nosso escravo. Eu espero vcs aqui no quarto.

Peguei meu Robe de seda preto, vesti e fui pra sala aguardá-lo.

Coloquei na mesa de centro da sala “A Coleira” que sempre uso nele... me excita vê-lo preso e submisso a mim... E adoro vê-lo se contorcendo de prazer cm tudo que faço a ele. Mas hoje, tudo será diferente... mais intenso... muito mais gostoso!

O interfone toca... atendo. Ele está subindo. Ao escutar o barulho do elevador chegando ao andar, vou para a porta. Ouço os passos dele n corredor. Abro a porta. Lá esta ele. Lindo. Adoro olhar pra ele quando esta vestido assim... aquela roupa social da um ar super responsável a ele... me excita saber que só eu sei como ele é realmente... Meu. Só meu.

- Bem na hora. Bom menino!

- Minha Senhora... – diz ele se inclinando em uma reverencia.

-Entre!

Ele passa por mim. Eu fecho a porta. Ele para no meio da sala me olhando. Eu abro lentamente meu robe... e deixo cair no chão... Coloco minha mão na cintura, olhando pra ele com ar de superioridade. Vejo nos olhos dele a satisfação e o desejo...

Ele se ajoelha em uma das pernas... abaixa a cabeça.

- Está especialmente linda hoje minha Rainha.

- Gostou escravo?

- Sim. Está maravilhosa.

- Que bom.... Estou assim porque hoje é um dia especial... diferente...

- Todos os dias são especiais ao seu lado, Minha Rainha.

Abro um sorriso malicioso.

-Levante-se e venha comigo. E pegue sua coleira.

Ao chegar no quarto. Ele olha ao redor. É um quarto comum. Pequeno. Há uma cama de casal. E os moveis comum a um quarto. Coloquei uma cadeira em frente a cama. Pensando na melhor visão pra ele.

- De quem é esse apartamento, minha Rainha?

Paro de frente pra ele. Olhando em seus olhos. Quero apreciar cada expressão sua quando a nossa “surpresa” aparecer.

- Esse apartamento meu lindo escravo... é da nossa fantasia mais gostosa.

Neste momento, Pandora sai do banheiro... vestida de vermelho... Corpete... cinta liga, calcinha... meia calça e sapato... realmente linda.

Vejo meu escravo realmente assustado... espantado... ele olha pra ela e pra mim, como quem se pergunta se é verdade ou sonho... Me delicio olhando pra ele...

- Esse é nosso escravo? – Diz Pandora

-Sim. É ele... chame-o de “G”.

- Prefiro chamá-lo de escravo mesmo.- Diz ela.

- G, essa é Pandora. Hoje, você servirá a ela também.

Ele fica estático, sem saber o que dizer...

- Responda escravo! – Grito com ele.

Ele abaixa a cabeça e responde:

- Sim, minha Rainha.

- Ótimo. Good boy.- Digo sorrindo.

Viro para Pandora.

- Adorei o modelito minha cara.

- Obrigada.

Digo ao meu escravo.

- Já sabe o que fazer; tire sua roupa bem devagar... queremos apreciar.

Ele começa a tirar a roupa... eu e Pandora ficamos olhando... Ele fica de cueca.. Vou até ele.. pego a coleira que ele deixou sobre a cadeira para poder tirar a roupa... Coloco a coleira nele. E puxo ele até próximo a Pandora.

- O que achou dele, minha cara?

- Delicioso! Vamos aproveitar muito dele hoje.- ela diz sorrindo.

Fico atrás dele... dou um beijo em seu ombro... outro no pescoço...

- Experimente-o. Ele é maravilhoso!

Ele se aproxima dele.. olhando em seus olhos... abre um sorriso... e beija-o. Eu continuo beijando seu pescoço vagarosamente... por vezes passando minha língua... vou seguindo com beijos até o ombro... Ela continua beijando... enfiando sua lingua na boca dele... e quando olho pra ela, ela abre o olhos, durante o beijo, e vejo um sorriso no canto de sua boca... ela para de beija-lo... segura meu rosto e começamos a nos beijar... por cima dos ombros dele... um delicioso sanduíche de tesão... Enquanto me beija... ela acaricia o pau dele por cima da cueca... ele beija o pescoço dela... Ele sente o pau dele ficar cada vez mais duro... para de me beijar e volta a beija-lo... eu saio de trás dele... e vou para trás dela... começo a beijar seus ombros e a passear com minhas mãos por seu corpo.. seguro seus seios firmemente por cima do corpete... enquanto beijo seu pescoço... ele esta com as mãos apertando a bunda dela... Nunca senti tanto tesão. Ela para de beijá-lo novamente... se vira pra mim... olhando em meus olhos com jeito safado... Entendo a msg.

- Escravo, sente-se na cadeira! – Digo a ele.

- Sim minha Rainha!

Ele segue para a cadeira... senta-se. Volto meu olhar para Pandora, que ainda esta colada a mim... com as mãos em minha cintura. Começamos a nos beijar, sensualmente... entre risos... começamos a nos tocar... a passear com as mãos pelo corpo uma da outra... Por momentos olho para meu escravo na cadeira... quero ver sua excitação... Vejo que ele tirou o pau pra fora e esta acariciando, olhando pra nós... Não quero que ele goze logo... paro de beija-la.

-Escravo, venha até aqui. – Ordeno.

- Sim, minha Rainha.- Ele arruma a cueca novamente e vem até mim.

- Tire meu sapato!

Ele se ajoelha e começa a tirar meu sapato... Tira... beija meu pé... depois tira o outro... beija novamente... Solta minha meia da cinta liga... e começa a tirar lentamente... beijando cada pedacinho da minha perna enquanto desce a meia... chega a meus pés e beija novamente... Faz a mesma coisa com a outra meia... delicoso!

- Agora venha até aqui e tire o meu também, escravo! – Diz Pandora.

- Sim, minha Rainha.

E ele repete o que fez comigo em Pandora.... Fico olhando as expressões dela... ela fecha os olhos por alguns momentos... demonstrando o quanto esta se deliciando com a situação.... Ele termina de tirar a meia dela... esta beijando seu pé... ele estica o braço e toca meu pé... me aproximo mais.. colo meu pé junto ao dela... ele começa a beijar ose outro alternadamente... beijando.. chupando... dando mordinhas... delicioso!!!

Sei que temos pouco tempo... então não posso deixar as coisas se prolongarem...

- Tire sua cueca e deite-se no chão escravo!

- Sim, minha Rainha

Ele se deita no chão... sobre o tapete. Vou até lá... Pandora também... fico de um lado... Pandora de outro...

- Mantenha as mãos paradas ai no chão... Não nos toque! Entendeu?

- Sim, minha Rainha!

Começo a passar meu pé desde o pé dele... subindo pela perna... Pandora, passa o pé dela por sobre a barriga dele... subindo pelo peito... chega até o rosto dele... ao mesmo tempo que eu chego em seu pau... Ele tenta beijar o pé de Pandora... ela empurra o rosto dele com o pé... ele tenta novamente, ela deixa ele beijar... ele começa a beijar e por vezes, ele chupa os dedos dela. Enquanto isso... eu passo meus pés em suas bolas... subo até seu pau, deliciosamente duro... acaricio seu pau com meu pé... pra cima e pra baixo... vou até embaixo e passo novamente em seu saco... ficamos alguns minutos nesta deliciosa tortura... paro... olho para Pandora... faço um convite com o olhar... começo a tirar minha calcinha... ela também tira a dela... jogo a calcinha chão... pego a calcinha com o pé e começo a passar a calcinha pelo corpo dele... Pandora faz a mesma coisa... nós duas começamos a passar a calcinha em cima do pau dele... no saco... no pau de novo... acariciando com os pés... as duas... Ele geme... paro... pego minha calcinha... e abaixo até o rosto dele... começo a passar a calcinha no nariz dele...

- Gosta do cheiro da sua Rainha? Gosta?

- Sim minha Rainha.

Pandora vem e passa a calcinha dela também...

- Ahhh... que delicia! – ele geme e diz o quanto gosta daquilo...

- Bom escravo. Merece um premio, não é, Pandora?

- Sim... desde que ele se comporte e na mexa os braços.

- Não se mova escravo! – Ordeno a ele.

- Sim, Minhas Rainhas.

Nós duas vamos até o delicioso pau dele... eu pego com minha mão e começo a passar a língua na cabecinha.. Pandora se aproxima e começa a passar a língua também... Nossas linguas começam a passear pelo pau todo... as vezes se tocando...Ele geme desesperadamente... Pandora vai mais abaixo e começa a chupar as bolas dele... eu enfio a pica toda na minha boca... até a garganta... ele não agüenta e se ergue e e segura meu cabelo... gemendo... Nós duas paramos...

- Falei pra não se mexer escravo!

- Ele deve ser castigado agora! – diz Pandora.

- Eu sei bem como... – Levanto e vou até minha bolsa... pego a algema...

- Levante-se escravo!

- Sim, minha Rainha.

- Deite-se no meio da cama!

Ele obedece... Olho para Pandora com sorriso malicioso... ela me corresponde com o mesmo sorriso... Vou até a cama... pego os braços dele e algemo na cabeceira da cama.

- Pronto. Agora ele fica quietinho.

- Adorei. – Diz Pandora.

Saio da cama... vou até Pandora. Nos Beijamos novamente... Paro... começo a tirar o corpete dela... Deixo ela completamente nua... Ela faz o mesmo comigo... As duas olham para o escravo na cama... preso... submisso a nossas vontades... com o pau latejando de tão duro... Vamos para a cama... deitamos junto a ele... uma de cada lado... começamos a beijar... um beijo triplo... boca dele... boca dela... minha boca... enquanto isso nossas mãos masturbam juntas aquela pica dura deliciosa. Eu vou até o pau dele... e começo a chupar... Pandora... coloca os seios dela na boca dele... ele chupa... desesperado de tesão...

- Quer sentir o gosto de sua Rainha, escravo? – Diz Pandora

- Sim minha Rainha... me permita isso!

Ela fica em cima dele... posiciona sua xana molhada na boca dele... e ele começa a chupar.... se debatendo de tesao... enfiando a língua na buceta dela o Maximo que pode... e ela rebola na boca dele... ao mesmo tempo que acaricia seus próprios seios... Eu continuo chupando o pau dele mais um pouco... mas logo paro... subo em cima dele... encaixo o pau dele na minha buceta molhada... e sento beeem devagar.. sentindo cada centímetro daquele pau entrando... Levanto até quase sair... e sento novamente... e começo a cavalgar bem gostoso naquela pica deliciosa... Olho para Pandora... me inclino e começamos a nos beijar... enquanto eu cavalgo no pau dele e ela rebola com a xana na boca dele...

- Quer gozar na pica dele? – Pergunto a Pandora

- Quero! – Diz ela.

-Eu quero gozar na boca dele! – Digo a ela.

Eu saio do pau dele... e ela vem... sobe... encaixa e começa a cavalgar... e começa a gritar mostrando que logo vai gozar... Eu encaixo minha xana na boca dele e começo a rebolar enquanto ele me chupa deliciosamente.

- Não ouse gozar agora escravo! – Digo a ele...

Pandora goza deliciosamente no pau dele. Vejo o quanto ele se esforça pra não gozar junto... ele consegue se segurar... eu ouvindo os gritos dela e vendo ela gozar... não agüento e gozo na boca dele também... nós duas nos olhamos... beijamos... saímos de cima dele...

- Gostou? – Pergunto a ela.

- Adorei! – responde ela sorrindo.

Nós olhamos pra ele...

- Vamos cuidar desse escravo... ele merece ser recompensado.

Solto as algemas dele... ele se senta...

- Fique de joelhos escravo! Vai receber sua recompensa.

Ele se ajoelha na cama... olho para pandora... e nós engatinhamos até ele.. e começamos a chupar o pau dele... as duas bocas... acariciando... chupando... e ele vai a loucura... pega meu cabelo, segura firme e começa a foder minha boca... para... pega a Pandora e faz a mesma coisa... volta a foder minha boca... sinto seu pau duro... delicioso na minha boca... Ele para... pega seu pau começar masturbar... gemendo alto... nós duas chegamos bem perto pra receber o leite que ele estava prestes a nos dar... Ele geme alto... e jorra toda aquela porra na nossa cara... na nossa boca... eu e ela passamos a língua em torno da boca pra sentir o gosto dele... e depois começo a beijar a boca dela ... um beijo com gosto de porra quente...

Paramos e começamos a rir com a loucura que fizemos... descemos da cama...

Viro pra ele e digo:

- Amor, ta quase na hora de você voltar... vai pro banho, deixei uma toalha pra la. – Digo a ele.

Ele parece um pouco sem graça... apenas diz ok... e vai pro banheiro..

Quando ele volta... estou no quarto esperando... vestida no meu robe preto. Pandora foi tomar banho no outro banheiro. Deixei as roupas dele arrumada sobre a cama.

Me aproximo... ele me abraça... me beija carinhosamente...

- Gostou meu amor? – pergunto a ele.

- Se eu gostei? Nossa amor... foi incrível! Obrigado. – Ele me beija novamente.

- Bom... agora se vista logo... vc tem que voltar... e se vc ficar mais um minuto com esta toalha... te algemo de novo e passo a tarde toda trepando com vc!

- É realmente tentador amor... mas tenho mesmo que ir.

- Eu sei meu príncipe.

Ele se veste... e vai embora...

Depois que eu levo ele até a porta... volto para o quarto... vou para o banheiro para um banho quente e demorado...

Quando chego na sala Pandora esta fazendo café na pequena cozinha. Nos olhamos... sorrimos... e começamos a conversar sobre assuntos que nada tinham a ver com que aconteceu... como se tudo tivesse sido apenas um sonho.

Comentários

03/04/2015 23:06:47
eu morena 29 anosalt ...65 kl... seios fartos ...bumbum grande,MORO NA REGIAO DE CAMPINAS quero realizar a minha fantasia de ser violentamente estrupada por 6 homens super dotados para mi estuprarem , quero que todos gozen e mijem na minha cara , e-mail... rose.milane@hotmail.com ou whats ..(dezenone) nove nove trez zero trezROSE TRAVESTI
23/03/2015 08:19:32
Hhehe! Me conte algo q ainda ñ tenho feito baby!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.