Casa dos Contos Eróticos

Comendo a sobrinha virgem da minha esposa

Autor: Tato_x3
Categoria: Heterossexual
Data: 20/12/2014 15:36:03
Nota 9.71
Ler comentários (6) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Sou um homem de 34 anos casado a 6 anos e já estou com a mesma pessoa a 11 anos. A sobrinha da minha esposa de pele branca, olhos negros, cabelos negros e longos, seios médios, cochas grossas, quadril grande e largo, perfeito para o corpo dela, simplesmente deliciosa, meio inocente e voz calma e manhosa e divinamente gostosa nunca havia dado mole para mim. Num belo dia a mãe dela pediu para que eu levasse ela e filha ao shopping. Ela levou a filha gostosa para comprar roupas em uma loja quando a vi experimentar uma saia preta até os joelhos e uma blusa quase que transparente ficou uma delicia. Ao ficarmos sozinhos sentados na loja quando a mãe dela experimentava roupas conversávamos sobre tatuagens e eu disse que adorava mulheres com tatuagens de tribais nas costas próximo a bunda e ela riu. Ao levá-la de moto a escola no dia seguinte para pegar as notas de fim de ano senti os peitos dela em minhas costas quando ela me abraçava na cintura e aquele perfume gostoso que me encheu de tesão. Ao levá-la em casa ela pediu para que desse uma olhada no notebook dela, pois o mesmo estava travando e realmente ele estava mesmo. Decidi formatar e fui fazer o back-up das fotos e vídeos que ali estavam. Ela foi ao banheiro quando comecei a abrir os arquivos e descobrir fotos e vídeos dela. Chamei a e disse que fotos eram aquelas e ela ficou sem graça e não me respondera. Comecei a indagar sobre as fotos e vi ali a oportunidade perfeita para entrar no assunto. Com esse assunto comecei a ficar excitado, e meu pau já estava duro e latejando quando sentei ao lado dela no sofá da casa dela e comecei a alisar seus cabelos e perguntei se ela já havia visto um pau de verdade na frente dela. E ela disse não. Perguntei se ela queria ver e ficou muda e sorrindo. Segurei a mão dela e levei-a até meu pau que já estava até doendo de tão duro. Ao pegar ela disse que queria ver e eu mais que depressa tirei para fora e ela disse: Nossa é grande, grosso e meio torto, é a primeira vez que vejo. Nesse ponto comecei a alisar as pernas dela e passar o cavanhaque em seu pescoço e ela já se arrepiava por inteiro e eu afastando seus cabelos continuava beijando seu pescoço e orelha, descendo pelos ombros e aos poucos levei minha mão aos seus seios e ela a tirou. Tentei novamente segurando sua nuca e a beijei visto que ela correspondeu tirei sua blusa e comecei a chupar seus peitos com bicos pequenos e rosados. Quando chupava levei minha mão em cima da xaninha dela sobre a legue que ela vestia e comecei alisar a bucentinha dela, fui descendo a língua pela barriga e ela se contorcendo de tesão e por cima da legue mordendo de leve sua bucetinha . Ela gemia de prazer. Então tirei de leve a legue que ela vestia e vi a calcinha de renda quase transparente na frente. Nessa hora até eu já estava molhado de tesão. Continuei a morder sua bucetinha por cima da calcinha e ela ofegava de prazer e aqueles gemidos faziam meu pau latejar de vontade de por nela. Virei ela de costas e comecei a passar a barbicha em suas costas até aquela bunda lisinha e grande, e passando a língua tirei sua calcinha e comecei a chupar seu cuzinho e a bucetinha sem tocar no grelinho dela. Fui descendo até as cochas, panturrilha e pés e voltando no mesmo movimento. Virei a de frente e vi aquela bucetinha novinha, lisinha e pequena. Tirei minha roupa e pedi para ela chupar e ela ficou com vergonha e após insistir peguei em seus cabelos e levei a boca dela até meu pau e ela começou a chupar só a cabecinha, e foi se acostumando e enfiando mais e mais na boca e eu morrendo de tesão. Deitei a e comecei a chupar aquele grelinho delicioso e ela já não tava agüentado mais quando gozou e eu continuei chupando sem parar e ela se contorcendo e forçando minha boca sobre sua bucetinha e gemendo tão alto que eu tive que por a mão na boca dela por causa dos vizinhos.

Quando me preparei para por o pau nela ela me disse que era virgem e eu disse a ela que não se preocupasse que eu iria com carinho. Com a bucetinha ainda molhada comecei a brincar com a cabeça do meu pau duro e ela gostando e dizendo que isso era muito bom. Coloquei a cabeça do meu pau devagar, pois estava apertadinha demais a xaninha cheirosa. Ela começou a sentir dor e disse para parar um pouco, então joguei a almofada do sofá no chão e pedi para que ela ficasse de joelhos e de costas para mim. Comecei a colocar devagar e a posição era propicia e alisando seus cabelos e chegando ao rosto dela pus minha mão em sua boca e forcei mais meu pau em sua bucetinha quando ela gritou de dor. Nesse ponto meu pau já estava lá dentro até os bago. Falei para ela que o pior já havia passado. Esperei um pouco até que ela se acostumasse com meu pau dentro dela. Após isso comecei a rebolar devagar com o pau dentro dela e ela gemendo de prazer e comecei a bombar forte e rápido e ela dizia que agora estava bom. Olhei para baixo e vi meu pau e pernas cheias de sangue, mais isso não me importava, pois estava muito bom. Após ela gozar pela segunda vez deitei ela no sofá e gozei nos peitos delas e espalhei sobre seu corpo delicioso. Após esse acontecido já comi ela até na festinha de aniversário da prima dela de 5 anos no banheiro da tia dela. E até hoje transamos 4 vezes por semana, já que ela fica sozinha em casa de segunda a sexta de 13:00 as 17:00hs. Detalhe: Consegui comer o cuzinho dela em duas semanas de transa e para ela perder totalmente o cabaço foi mais três vezes depois desse dia.

Comentários

21/12/2014 07:37:41
delicia...... meninas do litoral d são paulo e demais localidades q quiserem realizar suas fantasias e se masturbar pela webcam vendo meu pau e so me add:: loironick69@outlook.com (depois passo meu whatsapp)
21/12/2014 04:58:27
Delicioso 💋💋 vem aqui que a Ninja te leva ao nocaute!
20/12/2014 19:35:34
Ótimo conto!!!!
20/12/2014 19:15:19
bom conto cara
20/12/2014 17:56:09
DEIXA EU ME CASAR COM ELA E VC CONTINUARA A COMER ESSA DELICIA AMIGO
20/12/2014 17:03:54
Que loucura !!!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.