Casa dos Contos Eróticos

De sobrinho à amante - Dando para o próprio sobrinho.

Autor: Tia Luciana
Categoria: Heterossexual
Data: 26/09/2014 15:22:38
Nota 9.71
Ler comentários (53) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá. Já li vários contos deste site e incentivada pelo meu sobrinho resolvi compartilhar com vocês a experiência que julgo como a mais proibida e condenável, mas ao mesmo tempo a mais prazerosa que já vivi. Meu nome é Luciana, tenho 37 anos, sou casada e tenho um filho de 10 anos. Meu marido tem 38 anos e é um homem atencioso, carinhoso, responsável e um ótimo pai e chefe de família.

Moramos em Curitiba e nosso padrão de vida é bem elevado, meu marido possui uma empresa de importação e exportação de maquinas e equipamentos. Meu marido nunca permitiu que eu trabalhasse fora, então sempre me dediquei em cuidar da casa e de mim mesma. Faço academia três vezes por semana e mantenho meu corpo em forma. Sou Loira, olhos azuis, tenho 1,72 m, cabelos lisos um pouco abaixo dos ombros, seios médios e firmes, bunda durinha e redonda e coxas grossas. Não me acho nada de mais, mas por onde passo atraio olhares masculinos. Me acho uma mulher com um corpo normal mas uma coisa eu confesso, sempre fui fogosa. Desde minha adolescência sempre fui muito fogosa, tanto que perdi minha virgindade aos 14 anos. Gosto tanto de sexo que me julgo uma ninfomaníaca, sou completamente louca por sexo. Desde a época de namoro eu e meu marido sempre nos demos muito bem na cama, um completando o outro, um realizando o outro. Nossa vida sexual sempre foi muito ativa.

Temos um sobrinho que é muito próximo a nós, ele é filho de minha irmã e se chama Vinicius. Ele é nosso afilhado e por minha irmã morar a duas quadras de minha casa, desde bebê meu marido sempre o buscava e ele passava muito tempo conosco. Aliás passava mais tempo em nossa casa do que na casa dele. Ele cresceu em nossa casa. Quando meu filho nasceu meu sobrinho tinha 7 anos, eles cresceram brincado juntos. Hoje Vinicius está com 17 anos e já se tornou um belo homem. Vinicius sempre foi muito tranquilo e estudioso mas o que mais impressiona é sua maturidade, nem parece que tem apenas 17 anos. Apesar da idade sua aparência também impressiona muito pois já é um homem feito aparentado ter uns cinco anos a mais. Desde seus 12 anos passei a perceber que meu sobrinho me olhava de forma diferente. Me olhava com desejo com tesão, várias vezes o flagrei olhando para diversas partes do meu corpo e logo se formava um volume em sua calça. Sempre achei isso super normal, afinal qual adolescente nunca sentiu atração por sua tia ou sua professora. Nunca dei muita atenção a isso até por que eu e meu marido sempre nos demos muito bem na cama e a vida seguia normalmente.

Mas minha vida começou a mudar no final do ano passado com a morte de meu sogro. Meu marido e meu sogro eram sócios e com a morte do pai meu marido ficou sozinho na administração da empresa afetando diretamente nossa vida sexual. Meu marido passou a viajar mais e se dedicar cada vez mais a empresa. O stress no trabalho aumentou e meu marido chegava cada vez mais cansado em casa. Passou a me procurar cada vez menos na cama e quando o fazia era apenas aquela rapidinha, só ele gozava e eu nada. Eu que estava acostumada com sexo gostoso todos os dias, agora tinha que me contentar com uma "rapidinha" uma ou duas vezes na semana.

Meu filho estuda em período integral, pela manhã o ensino regular, almoça no colégio e à tarde faz inglês e futebol, meu marido o leva cedo e o pega apenas no final da tarde. Meu marido também almoça próximo a empresa, consequentemente eu fico sozinha praticamente o dia todo, exceto à tarde quando recebo a visita de meu sobrinho. Todos os dias após a aula meu sobrinho vai a minha casa e passamos a tarde toda conversando, as vezes assistimos filmes, as vezes saímos juntos quando preciso comprar algo. Com a falta de sexo e já a algum tempo sem gozar eu estava "subindo pelas paredes" de tanto tesão e as visitas de meu sobrinho passaram a ter destaque no meu dia a dia. O volume em sua calça passou a atrair cada vez mais a minha atenção e os meus olhares. Aquilo começou a mexer comigo e eu não conseguia parar de pensar nele. Eu sabia que era errado, mas foi ficando cada vez mais forte e eu comecei sentir tesão pelo Vinicius, comecei desejar e querer meu próprio sobrinho. Aquilo era mais forte que eu. A um longo tempo sem gozar, sem a atenção de meu marido, e com um "homão" como meu sobrinho de pau duro e me desejando todos os dias, não resisti e resolvi fazer a maior loucura da minha vida. Dar para o meu próprio sobrinho. Além de ser de confiança sabia que guardaria segredo e nunca contaria a ninguém. Mas como eu iria fazer isso ? Nem precisei me esforçar muito. Pela falta de "atenção" de meu marido meu sobrinho percebeu minha angustia e perguntou se estava acontecendo algo. A principio tentei disfarçar dizendo que estava tudo bem mas não adiantava negar e acabei desabafando com meu sobrinho. Após contar o que estava acontecendo e dizer que seu tio não me dava mais atenção como antes, Vinicius me surpreendeu com o que disse:

- Nossa tia, se eu tivesse uma mulher como você, por mais cansado que eu estivesse, eu lhe daria toda a atenção que você merece.

Aquilo foi como um "start" pra mim. Eu precisava dar pra ele.

- Você me daria atenção ?

- Com certeza tia. Toda a atenção que você merece.

Nesse momento minha calcinha já estava encharcada.

- Mas eu sou sua tia. Mesmo assim você me daria atenção ?

- Toda a atenção do mundo.

Eu não me aguentava mais de tanto tesão.

- Você guardaria segredo ?

- Seria o nosso segredo tia.

Quando houvi aquilo me senti totalmente segura e confortável. Apesar de ser uma grande loucura e uma atitude totalmente condenável, eu não pensava mais em nada a não ser em dar para o meu sobrinho.

Cega de tanto tesão me aproximei dele e no meio da sala da minha própria casa, o abracei e o beijei. Foi um beijo de língua molhado e gostoso. Acho que foi o melhor beijo que já dei em toda minha vida. Ele me abraçava forte, pressionava meu corpo contra o dele, suas mãos deslizavam e apalpavam minha bunda, eu sentia aquele pau duro pulsando contra o meu corpo. Eu estava totalmente entregue ao meu sobrinho e não havia mais como voltar atras. Tirei sua camisa e me deparei com aquele peito peludo e gostoso. Naquela altura eu nem lembrava mais que aquele homem gostoso que estava ali em minha frete era meu sobrinho, eu estava entorpecida de tanto tesão e louca para gozar. Sentei no sofá e lentamente abaixei sua bermuda e em seguida sua cueca. A visão que tive então foi incrível. Vinicius tinha um pau grosso e enorme, bem maior que o do meu marido, o maior pau que já vi em toda minha vida. Eu que sempre achei o pau do meu marido grande com 16 cm, agora tinha a minha disposição uma "tora" de 20 cm, era realmente incrível. Segurei firme aquela "tora" e comecei masturba-lo lentamente. Eu estava sentada no sofá batendo uma punheta para o meu sobrinho. Não demorou eu abocanhei e comecei a chupar aquele cacete enorme. Como era bom chupar aquele pau. Eu chupava e houvia os gemidos de meu sobrinho dizendo:

- Ai tia... que delícia... chupa tia...

E quanto mais ele gemia, mais eu chupava. Eu tentava colocar todo aquele cacete na boca mas não conseguia, era muito grande, era enorme. Eu sentia a cabeça do pau dele na minha garganta. Então ele se afastou um pouco se desvencilhou das roupas e ficou completamente nu com aquele pau enorme pulsando por minha causa e disse:

- Eu te quero tia.

Levantei e deixei que ele tirasse minha roupa, e quando eu estava apenas de calcinha e sutiã ele parou por um instante e ficou apenas me olhando. Deve ter ficado espantado com o tamanho da minha calcinha que era muito pequena. Aliás meu marido nunca gostou que eu usasse calcinha grande, devido a isso todas as minhas calcinhas são minusculas. Eu estava com uma calcinha fio dental branca e um sutiã também branco um pouco transparente. Para não perder tempo eu mesma tirei meu sutiã. Ele se aproximou e começou apalpar e chupar meus seios. Ele chupava de maneira incrível. A sensação de ter meu sobrinho chupando meus seios era maravilhosa, a forma que ele sugava meus seios me deixava louca. Eu gemia e deixei me levar pelo tesão. Ele se ajoelhou em minha frente e tirou minha calcinha que já estava totalmente ensopada. Sentei no sofá e meu sobrinho puxou meu quadril para frente. Fiquei meio sentada meio deitada, então ele abriu minhas pernas e sem perder tempo caiu de boca na minha buceta. Aquilo foi maravilhoso. Ele enfiava a língua o mais fundo que podia e chupava o caldo que saia da minha buceta. Ele chupava meu grelo e me deixava louca. Meu sobrinho lambia e chupava minha buceta de uma forma tão deliciosa que eu estava quase gozando na boca dele. Ele me chupou de uma forma que eu jamais havia sido chupada na vida. Mudando a posição ele me colocou de quatro e apoiada no encosto do sofá continuei recebendo aquele sexo oral excepcional. Eu já estava quase gozando quando então ele levantou, com uma mão ele balançava aquela "tora" imensa e com a outra ele alisava minha bunda, eu não aguentava mais aquela espera então ele encostou a cabeça daquele pau delicioso em minha buceta e centímetro por centímetro foi me penetrando com aquela "tora". Quando entrou tudo a sensação foi incrível, nunca nenhum outro homem me preencheu, me possuiu de forma tão prazerosa como meu sobrinho. Ele segurou com ambas as mãos em minha cintura e com movimentos rápidos e firmes começou a socar em minha buceta. A cada estocada meu orgasmo se aproximava. Eu gemia e dizia pra ele não parar:

- Ai Vini... não para... não para...

Ele ofegante respondia:

- Você é muito gostosa tia Luciana... você é muito gostosa...

E então, depois de tanto tempo sem gozar eu gozei no pau do meu sobrinho. Foi um orgasmo intenso e maravilhoso, gozei como eu nunca havia gozado antes, e o autor de tudo isso foi o Vinicius, meu próprio sobrinho. Logo após eu ter anunciado meu orgasmo ele também gozou, sem nenhuma preocupação ele inundou minha buceta de porra. Ficamos calados por um instante, aquela "tora" havia relaxado e saído de dentro de mim, de imediato senti sua porra quente e grossa escorrer pelas minhas coxas, levantei e comecei esfregar uma perna na outra pra evitar que alguma gota de porra caísse no tapete. Com as pernas ainda bambas o chamei para tomar banho comigo.

Mal entramos no banho ela me agarrou e me beijou intensamente. O Vinicius tinha uma "pegada" e um beijo tão gostosos que era impossível resistir, aliás, eu nem queria resistir mesmo. Ele começou apalpar e chupar meu seios me deixado louca, meu sobrinho mal havia gozado e já estava de pau duro novamente, aquela "tora" parecia pedra de tão duro. Ele me virou de costas para ele, inclinou meu corpo para frente, fiquei com o rosto e as mãos apoiadas na parede, abriu minhas pernas e numa estocada só enfiou aquele pau enorme na minha buceta novamente. Meu sobrinho era o homem que eu pedi a Deus, havia me feito gozar a menos de dez minutos e já estava me comendo novamente. Ele segurava meus seios e socava firme em minha buceta. Como era gostoso dar para o meu sobrinho, Vinicius era o homem da minha vida. Por mais absurdo que possa ser, descobri que meu sobrinho era o homem da minha vida. Um rapaz de 17 anos me realizando como mulher. E mais uma vez tive um orgasmo intenso e maravilhoso, outra vez eu havia gozado gostoso no pau do meu sobrinho, e como da primeira vez, após eu ter anunciado que havia gozado, meu sobrinho encheu minha buceta de porra novamente. Eu olhava para ele e a única coisa que eu conseguia dizer era:

- Que loucura...

Ele sorria e dizia:

- Você é muito gostosa tia.

Terminamos o banho e enquanto nos enxugávamos senti uma coisa dura encostar em minha bunda, quando olhei, meu sobrinho estava com aquela "tora" dura como pedra novamente. Caramba !!! Que fogo que aquele garoto tinha. Puxei ele para perto da minha cama, sentei e sem cerimonias comecei a chupar aquele pau delicioso. Ele gemia muito com o meu boquete e eu me deliciava chupando aquele pau enorme. Após um boquete caprichado, punhetando aquela "tora" olhei para meu sobrinho e fiz a proposta mais condenável e louca da minha vida:

- Vini, quer ser meu homem ? Quer ser meu amante pro resto da vida ?

Os olhos dele brilharam.

- Claro que quero tia Lu ! Eu sempre sonhei com isso. E você ? Quer ser minha mulher para o resto da vida ?

Me senti a mulher mais sortuda do mundo. Ter um homem como meu sobrinho é o que toda mulher fogosa quer, bonito, jovem, gostoso e com um pau enorme e grosso.

- Eu vou ser sua pro resto da vida. Vou ser sua mulher sempre que você quiser.

Deitei na cama e abri as pernas para ele. Mais do que rápido ele caiu de boca na minha buceta me levando as nuvens. Meu sobrinho tem apenas 17 anos mas demonstra uma experiência incrível quando o assunto é sexo. Eu estava quase gozando em sua boca quando ele levantou e veio para cima de mim, se posicionou entre minhas pernas e lentamente foi enfiando aquela rola enorme e grossa em minha buceta. Eu estava na minha cama dando para o meu sobrinho num papai mamãe gostoso. Pela primeira vez eu estava dando para ele e olhando em seus olhos ao mesmo tempo. Era incrível como ele me olhava com desejo e prazer. E olhando um nos olhos do outro gozamos juntos. Novamente eu gozava no pau dele e ele inundava minha buceta de porra.

Olhei no relógio e estava quase na hora do meu marido chegar, só tínhamos tempo para um banho rápido e foi um banho rápido, sem carícias e sem amaços. Foi difícil resistir à aquele pau duro novamente, mas eu resisti. Enquanto eu me vesti e arrumei a cama ele foi se vestir na sala. Quando ajuntei minhas roupas do chão da sala para leva las para a área de serviço ouvi o barulho do carro do meu marido chegando, só tivemos tempo de um selinho antes de meu filho entrar correndo dentro de casa.

Foi um pouco estranho ver meu sobrinho e meu marido conversando normalmente sentados no sofá depois de tudo o que tinha acontecido naquela tarde, meu marido nem imagina que fui mulher do meu sobrinho naquela sala e naquele sofá em que ele estava sentado.

Sei que o que fiz naquela tarde é absolutamente condenável e errado, mas eu não resisti à aquele homem gostoso com um pau enorme e grosso apesar de ele ser meu sobrinho, e daquele dia em diante passei a ser a mulher do meu próprio sobrinho.

Comentários

19/03/2017 10:54:00
Que delicia de tia!! Sou de Curitiba tbm, queria conhecer uma tia carente como vc
29/05/2016 20:48:28
Show
J_P
10/11/2015 15:00:03
....
13/10/2015 00:13:11
faltou dar o cuzinho titia
06/08/2015 16:53:07
Oi Luciana tudo bem? Conto espetacular, excitante e muito bem dissertado. Me manda um e-mail, sou de Curitiba também: alexandremrc@yahoo.com.br
04/08/2015 19:30:57
ótimo conto... mulher fogosa, inteligente e escreve bem... tem um amante confiável... continue... a relação e o conto, afinal falta dar a bundinha para ele! bjs
01/08/2015 22:49:22
OTIMO CONTO!.. TENHO CONTOS TB. MEU NOME AQUI É THOR.. GOSTARIA DE TE TROCAR E-MAIL. ;) LUIZFELIPERA@HOTMAIL.COM
01/08/2015 16:20:34
Simplesmente perfeito!!
15/07/2015 23:08:00
Que cadelinha boa lendo seu conto me imaginei sendo o seu dono o que ele fez foi pouco pra o que imagino fazer contigo
03/07/2015 10:36:40
Tesão de tia, todos deveria ter uma ti gostosa assim...
01/07/2015 15:56:19
lu muito bom seu conto e gostari de conhecer um pouco mai dessa pessoa maravilhosa e ler mais conto seu caso resolva faz um email aparte para vc e entra em contato comigo otimo conto e parabens caso resolva meu email marcelocelo.35@hotmail.com seria um imenso prazer receber seu email e estou esperando kkkk beijos
13/06/2015 15:51:46
Tesão de conto, a eu com uma tia destas, quer me adotar como seu sobrinho Lu...bjs
13/05/2015 22:52:33
adoreiiiiiiiiiiiiiiiiii..... quero um sobrinho desses
26/04/2015 22:52:05
Lu, eu já escrevo aqui há pelo menos sete anos, passei um período fora e por isso só hoje eu conheci sua história. Nada como desfrutar da juventude de um homem, mesmo sendo seu sobrinho, o incesto faz parte da vida de muita gente, aos olhos dos hipócritas sempre existirá um olhar de recriminação, não se julgue uma pessoa errada, você apenas se deixou levar pelo desejo recíproco com uma pessoa querida. Parabéns pelo relato, quando puder leia “Lipe, o sobrinho queridinho da titia - Parte 1 e 2". Beijos adocicados em ti....
26/04/2015 00:50:48
Acabei de ler essa história, muito bom Meu email... chs.den@hotmail.com
25/04/2015 16:21:34
tesao de tia!!
19/04/2015 14:52:49
Deliçia vc em , queria ter uma titia assim
09/04/2015 20:55:15
Parabens pelo conto, muito bem escrito, que sobrinho de sorte. Meu email claytonandre07@gmail.com sou de belem PA.
02/04/2015 14:06:18
que conto delicioso....me transportei pra dentro da tua casa....perfeito nota dez maximus0357@hotmail.com
26/03/2015 12:53:07
Você é simplesmente maravilhosa.
22/03/2015 18:11:19
achei muito gostoso gozei muito aqui estou lendo e relendo que vontade de ser seu sobrinho me contata anjo mau_mau_lindinho@hotmail.com
18/03/2015 10:04:12
Gozando horrores com esse conto...aí que delícia Luciana...empresta seu sobrinho pra mim?
05/03/2015 16:40:25
Que delicia de conto, Tia Luciana. Que vontade de ser seu sobrinho. Beijos
05/03/2015 16:37:07
Que delicia seu conto, Tia Luciana. Quero vc como minha tia do coração. Beijos
04/03/2015 23:48:55
parabéns, belo conto
04/03/2015 03:28:12
Você não possui um email? Entre em contato comigo assim que puder. peristilo2014@gmail.com
19/02/2015 20:35:52
Sensacional!! Fiquei cheio de tesão!! Meu sonho era ter uma tia assim...
16/12/2014 09:52:31
gata nao se condena no sex nao tem certo ou errado o que vale e o momento e o prazer seja feliz ha sociedade condena por nao ter coragem de libera seu istinto animal sem preconceito so satisfasao entre em contato para realiza suas fantasia gmail e donemagrao@gmail.com
13/11/2014 08:09:46
Muito bom esse conto, fiquei com muito tesão lendo ele
28/10/2014 13:52:02
lu me adicione sou casado roger_caynan@ig.com.br
22/10/2014 13:54:36
Muito bom parabéns... eu fiquei aqui molhadinha
10/10/2014 17:00:11
ola lu adorei seu conto! E verdade o que vc disse quem nunca sonhou com a tia ou professora sou de curitiba tbm espero que aparecam novas aventuras suas aqui beijos
08/10/2014 22:33:26
PARABENS ADOREI O CONTO VERIDICO , FICO NO AGUARDO PARA NOVOS ACONTECIMENTOS , MINEIROCHARMOSO2011@HOTMAIL.COM
04/10/2014 22:26:42
Muito bom esse conto,em breve tambem vou contar p vc como minhas tias foram minhas primeiras mulheres. Nota 10
30/09/2014 23:56:29
A mulher tem o direito e o dever de buscar o prazer, independente das hipocrisia de nossa sociedade.
29/09/2014 13:09:28
Agradeço a todos os leitores que comentaram meu conto, muito obrigada !!!! Quero esclarecer que esse conto é totalmente verídico e que amo muito meu marido e meu sobrinho. Gostaria muito de poder entrar em contato com alguns de vocês mas como sou casada prefiro apenas postar no site. Mais uma vez agradeço pelos comentários. Assim que puder relato outros encontros quentes com meu sobrinho.
28/09/2014 23:59:04
Que delicia de conto, eu ja come a minha tia e uma delicia, este e o meu email rodrigopantera04@hotmail.com. E uma delicia comer uma tia, e vou comer outra tia minha, delicia
27/09/2014 16:30:55
Show!
27/09/2014 10:54:39
Q delicia de conto , sempre tive tezao em uma tia minha, mas nunca tive chance , add meu zap
27/09/2014 06:25:39
adorei também sou seu sobrinho!
27/09/2014 06:24:12
Também sou seu sobrinho.....
27/09/2014 06:24:02
ótimo conto parabéns :D
27/09/2014 00:20:42
,muito bom., verídico mesmo, dez
27/09/2014 00:18:21
Muito bom, verídico mesmo ! 10
26/09/2014 23:04:47
Muito bom é dez
26/09/2014 20:35:02
como pode ser condenável um relacionamento com tanto amor? dez.
26/09/2014 16:23:50
Condenável é a atitude do seu marido te deixando a ver navios, só tenha cuidado para não complicar as coisas, converse com seu marido pois esse negocio de marido ou esposa honorário não dá.
26/09/2014 16:20:16
Olá luciana, que conto delicioso, seu sobrinho tem sorte de ter uma tia fogosa assim. . rs vamos bater um papo por e-mail wcfahrenheit@gmail.com
26/09/2014 16:02:28
Nossa que delicia de conto, meus parabéns...to de pau duro
26/09/2014 16:00:17
O conto mexeu tanto comigo que esqueci de votar, rs. O duro vai ser trabalhar excitado.
26/09/2014 15:48:11
Porque condenável, Luciana? Condenável é deixar de sentir prazer, é reprimir o tesão e os desejos. Isso sim seria condenável. Eu mantenho uma relação de quase dois anos com minha sobrinha, cheia de tesão, prazer e aventuras. Não me condenei hora alguma... Faça o mesmo. Sobre o conto, só elogios. Muito bem escrito, com sentimento e um tesão latente. Me deixou de pau duro aqui. Nota 10!
26/09/2014 15:46:25
nossa q tesão de conto adorei!!!!
26/09/2014 15:44:20
adoravel conto e muito gostoso esse contoo vc poder me add no meu email ou watsapp nil.do81@hotmail.com ou

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.