Casa dos Contos Eróticos

Louca pelo meu irmão- A descoberta

Autor: Lady Kat
Categoria: Heterossexual
Data: 24/08/2014 14:24:27
Nota 9.78
Ler comentários (9) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá pessoal , sempre acompanho o conto de vocês e hoje resolvi , contar a minha história com o meu irmão . Vou usar nomes ficticios , pra não dá bandeira Eu serei a Clara e meu irmão o Guilherme . Pra vocês entenderem tudo, vou começar a contar desde o começo .

Eu e meu irmão nunca fomos muito próximos. Meu irmão desde sempre foi lindo : moreno , alto , cabelos espessos e negros e olhos castanhos , e as meninas viviam babando e brigando por causa dele . Eu , por outro lado , sempre fui a feia da família: Na pré adolescência eu era , baixinha e roliça . A única coisa que eu tinha de bonito era meus cabelos lisos e meus olhos cor de mel . Tínhamos uma vida confortável , nossos pais eram separados , e morávamos com a nossa mãe , ela era uma enfermeira que passava boa parte da semana fora de casa, já que ela vivia praticamente de plantão nos hospitais em que ela trabalhava.

Eu e meu irmão ficávamos em casa durante o dia com a empregada e a noite sozinhos. Nosso pai , morava em outra cidade e raramente vinha nos ver . Eu sempre me sentia sozinha . Em casa , eu e meu irmãos mau nos falávamos . Ele ficava sempre no vídeo game e eu sempre ficava vendo televisão. Eu sempre fui tímida , falava pouco e qualquer coisa me fazia corar , por isso durante boa parte da minha infância , fui uma criança com poucos amigos . Meu irmão por outro lado , era conhecido como Bart Simpson . Ele sempre aprontava na escola , e isso fazia com que ele fosse popular. Ele sempre implicava comigo . Me empurrando , me batento , talvez por isso eu me mantinha afastada dele .

Morávamos em um apartamento pequeno no Rio de Janeiro . Apenas dois quartos , porém era bastante confortável e aconchegante . Eu dividia o quarto com o meu irmão . Minha mãe achava melhor dormirmos no mesmo quarto , até porque ficamos a noite sozinhos , e se acontecer alguma coisa , ela dizia , um socorre o outro .

Bom , tudo mudou um tempo depois...

Chegamos juntos a puberdade e a idade de descobertas. Meu irmão sempre foi o mais ousado e eu a tímida. Estava frio nesse dia , e minha mãe como de costume sempre ligava as 22 horas , para checar se já estávamos na cama . Após a ligação , coloquei um moletom bem larguinho pra ir dormir. Meu irmão como sempre estava deitado na cama e vendo um programa idiota , quando eu fiquei na frente da tevê , para pegar minha escova de cabelo

- Sai da frente , barril sem fundo - meu irmão falou.

- Cala a boca idiota - gritei de volta.

Nessa época eu já havia emagrecido um pouco , mais ainda continuava cheinha. Mas sabe? Eu tinha acabado de entrar na adolescência e não estava aí pra nada .

Depois de trocar meia dúzias de palavras com o meu irmão , eu fui para a cama , que ficava no canto oposto a do meu irmão e acabei pegando no sono . Acordei de repente , ouvindo uns gemidos . Acordei meio sonolenta e virei para a cama do meu irmão e foi aí que eu vi uma coisa que mudou a minha vida . Meu irmão estava pelado , com o seu pênis duro na mão , fazendo movimentos de vai e vem . –ôh! Aquele piru desde a adolescência era maravilhoso . Meu irmão na época tinha uns catorze para quinze anos , mais o pênis dele , já era bem grandinho e grosso- Enquanto na tv , uma mulher morena era arregaçada por um puta negão e gemia alto . Minha respiração ficou acelerada e pela primeira vez , senti minha bucetinha ficar molhada .

Só um detalhe , eu e meu irmão somos gêmeos , caso ainda , não tenha falado .

- Guilherme?- Chamei o meu irmão com um sussurro. Vi meu irmão tomar um susto , tentando se cobrir ele gritou :

_ O que você está fazendo acordada , caralho? Porra , preciso ter um quarto só para mim .

-O que você está fazendo? - Disse levantando e me sentando perto da cama dele .

- Estou batendo uma punheta- Ele disse com um sorriso malicioso . - Alias , estava batendo . Você não me respondeu , o que diabos você está fazendo acordada , Clara? Pra mim você estava dormindo.

- Eu estava . Mas ouvi uns gemidos e ... É bom? - Senti minha bucetinha pulsar e minha mão suar , enquanto na tevê eu ouvia os gemidos de uma mulher .

-É claro que é . Você nunca fez uma siririca? - Ele disse rindo de mim .

- Não ... Como faz?

Gui , ficou olhando para mim e então ele se afastou um pouco da cama e me mandou deitar junto com ele na cama .

- Tire a calça e a calcinha. Obedeci . Nunca tinha sentido aquilo antes , uma excitação tão grande que parecia que um monstro ia sair de dentro de mim . Fiz o que meu irmão mandou e então fiquei peladinha na cama do meu irmão . Vi meu irmão ficar me olhando por vários minutos , enquanto o pau dele crescia , mais e mais . Vi a mão do meu irmão tremer , de antecipação e isso me fez gemer baixinho .

- Nunca tinha visto uma boceta como a sua antes . A sua é tão gordinha ...- Ele falava quase gemendo . Ele ficou ajoelhado na minha frente , e abriu as minhas pernas. Com um dedo , ele abriu os lábios vaginais e senti um vento frio passar por ali e então me contorci toda . Ele encontrou o meu grelo e começou a mexer nele , primeiro com curiosidade e depois com uma fricção que me fazia gemer

_ isso é bom - eu disse gemendo . Meu irmão começou a mexer com mais força . E dizer

- Nossa ela tá muito molhada. Parece que você fez xixi - A única coisa que eu fiz foi balançar a cabeça. Ele abriu mais a minha perna e passou a cabeça do seu pau na minha grutinha , me fazendo gritar. Algo como um furacão parecia me varrer por dentro. Olhei pra tevê e vi o cara no meio das pernas da mulher , passando a língua por toda a buceta inchada da dela. Aquilo me excitou mais e meu irmão notou meu olhar pela televisão , então ele fez o mesmo . Abaixou a cabeça e começou a me chupar. Aquela língua áspera passava pelo meu clitóris inexperiente e me fazia gemer e agarrar a coberta como se fosse meu salva vidas. Então quando a língua dele passou pela minha buceta com mais força , eu gozei pela primeira vez e senti um líquido sair de mim . Um líquido quente e gosmento . E vi meu irmão levar aquele mel pra sua boca e chupar os dedos . Olhei pra ele ali , entre minhas pernas e vi aquele pau grande e pulsante . Nunca tinha visto um homem nu , mas aquele pau me deixou louca.

- Abra a boca e feche os olhos - Meu irmão mandou. E eu obedeci . Senti algo quente e rígido, como uma pedra, entrar na minha boca com força e eu comecei a tossir . Quando abri os olhos , vi meu irmão colocar aquele piru grande e grosso na minha boca .

- Chupe como se fosse um sorvete . Meu amigo disse que é bom . Quero experimentar . Anda , chupe . E eu comecei a chupar aquele pau gostoso . Aquela cabecinha rosa brilhante estava a me deixar louca de tesão . Passei a língua pela base e chupei . Chupei tudo. Meu irmão começou a fazer movimentos de vai e vem , e logo senti algo quente e salgado descer pela minha garganta e meu irmão gritar. Meu irmão caiu por cima de mim e começou a dizer

- Você agora vai ser minha putinha.

Depois desse dia , eu e meu irmão começamos a ficar mais próximos. Encontramos um objetivo em comum : nos masturbar. Ele me masturbava e me chupava e eu fazia o mesmo com ele . Quando a empregada não estava , sempre colocávamos no canal pornô e ficamos vendo aqueles sexos selvagens e nos masturbávamos . A noite , eu ia pra cama dele e repetíamos a nossa primeira noite muitas vezes. Ele gozava na minha boca , nos meus peitos .Ele sempre passava a cabeça do pau dele na minha buceta molhada e me fazia chupar a cabeça do pau dele , pra sentir o meu gosto. Ele nunca me penetrava , por mais que eu pedisse .

- Não vou tirar o seu cabacinho maninha . Vamos continuar brincando . Uma certa vez , aprendi a ser uma putinha . Então quando o meu irmão estava deitado na cama , batendo uma punheta , vendo minha bucetinha novinha , inchada e molhada , eu fiz algo que deixou ele louquinho de tesão . Fiquei de pé em cima dele , e me sentei em cima dela . Abri bem as pernas e sentei sobre ele e comecei a me esfregar em cima da base do pau dele . Sempre tomando cuidado , para que o pau não escapulisse e tirasse a virgindade da minha grutinha virgem. Oooh ! Aquilo foi uma delicia . Eu me esfregava sobre aquele piru grande , meu clitóris molhada se arrastava por ele e eu comecei a gemer . Meu irmão começou a passar a mão pelo meus peitos , e aquilo me deixou doida . Abri mais a perna e comecei a me gemer mais uma vez e explodi num gozo intenso . Minha buceta ficou tão molhada e senti meus músculos se comprimirem lá dentro, pedindo pra ser preenchidos . Meu irmão dizia que era o sonho dele colocar o piru dele , dentro da minha buceta , mas não queria ter a responsabilidade , de tirar o meu cabaço . Que ele se contentava com as nossas brincadeiras. Mas porra, eu estava louca pra ter aquele piru dentro de mim .

Quando fizemos 16 anos , meu pai levou o meu irmão para morar com ele em outra cidade. O meu relacionamento com o meu irmão podia ter mudado , mas ele continuava um bad boy e sempre se metia em encrenca. Fiquei arrasada e por esse motivo emagreci demais . Minha mãe estranhou , mas como ela quase não parava em casa , não ligou muito , pelo fato de eu estar sofrendo pela partida do meu irmão . Até onde ela sabia , eu e meu irmão erámos como cão e gato , e achava estranho eu ficar triste com a partida dele.

Quando meu irmão foi embora , fiquei um pouco popular na escola , porque através de mim todos os amigos do meu irmão tinha noticias dele . Comecei a sair com um amigo do meu irmão . Eu já estava a tempos sem gozar e foi com esse amigo que perdi meu cabacinho . Quando eu transei com ele , imaginava o pau grosso e grande do meu irmão dentro de mim me arregaçando toda. Depois dele , veio vários outros . A menina tímida tinha virado uma putinha. Eu dava pra todo mundo , mas sempre lembrando das noites com o meu irmão .

Eu terminei o colegial com 17 anos . Mas resolvi tirar um ano de férias , curtir , sair , transar . Até porque eu sabia que seria pauleira , quando eu entrasse na faculdade , então resolvi aproveitar ao máximo . Sempre falava com o meu irmão , por msn , orkut . Depois que ele foi morar com meu pai , ele foi pra Londres , estudar a arte do grafite , e ele ganhou o curso patrocinado pelo meu pai , com a promessa de se tornar um menino melhor . Então ele ficou alguns anos lá . Nas nossas conversas , ele nunca tocava no assunto sobre nossas noites de gostosas . E eu também não . Mas fazia questão de contar em detalhes todas as minhas transas pra ele , como o cara tinha me comido , o gosto do gozo e tudo mais . E ele também me contava das transas dele , e a cada detalhe dito , eu me masturbava aqui e ele lá . Um dia , ligamos a web cam , e enquanto ele dava os comandos , eu me masturbava , e ele também . Depois de gozarmos , meu irmão ria e me chamava de putinha safada.

Quando eu e meu irmão fizemos 18 anos , meu irmão voltou para casa , para a minha felicidade. E sinceramente? Ele voltou lindo de morrer: Alto , forte e mais sério . Eu durante esse tempo mudei muito também , graças ao tempo fiquei : fiquei magra , curvilínea , cintura fina , peitos grandes , tingi meus cabelos com mechas loira . Apenas continuei baixinha , com apenas 1 e 57 , alias , estou baixinha até hoje . Quando meu irmão me viu , vi em seus olhos malicia e desejo e minha buceta ficou logo molhada e pulsante. Ele me abraçou e sussurrou

- Nossa maninha , você está gostosa. Quem diria que o barril , ia se transformar em uma garrafa de vinho da melhor qualidade. - Nesse dia especifico , eu acaba de voltar da academia , e estava com um short de lycra preto e um top da mesma cor , deixando minha barriga lisinha de fora. O short era bem apertadinho e marcava bem a minha xota . Meu irmão riu ao olhar pra baixar e disse no meu ouvido

_ Ainda bem que sua xoxotinha continua gordinha , tô louco pra chupar ela todinha e dessa vez sua putinha , vou enterrar meu pau em você.

oh! Aquilo me deixou excitada , então sussurrei de volta

- Vou ficar esperando , Guilherme .

Depois da chegada do meu irmão , foi difícil ter o apartamento só para a gente. Minha mãe tirou uma licença , e ficou em casa uns dias . E a nossa casa sempre estava cheia , com amigos de infância. Até que uma certa noite meu irmão saiu com os amigos para colocar a conversa em dia , e eu decide ficar em casa , com a desculpa que eu tinha que estudar pro vestibular.

Nesse dia em questão , tomei um banho bem demorado e raspei minha bocetinha , deixando ela bem lisinha . Coloquei uma calcinha de renda vermelha e um sutiã da mesma cor e pro cima coloquei uma camisola de seda branca e transparente . Fui pra quarto e coloquei o filme pornô da nossa primeira vez , enquanto o filme começava , coloquei a calcinha pro lado , e abri as pernas e comecei a bater uma siririca. Enfiei um dedo , dois dedos e fazer movimentos de vai e vem . Meus dedos ficaram encharcados com o meu gozo . Fechei os olhos e comecei a friccionar o meu clitóris .

- Putinha safada- Abri meus olhos e vi meu irmão parado na porta do quarto , completamente nu e com aquele piru duro apontado pra mim . Ele veio na minha direção me puxou com força pra beirada da cama e se ajoelhou entre minhas pernas e começou a me chupar. Sua lingua aspera e molhada entrava e saia de dentro de mim , ele mordiscou meu grelo inchado e começou a lamber a minha boceta com força

- Me chupa safado , põe a língua lá dentro , põe... Oh que gostoso . Porraaaaa .. isso é muito bom - Enquanto ele me chupava eu comecei a rebolar com a língua dele dentro de mim . Gozei como uma louca , com aquela língua dentro de mim , e junto com meu gozo saiu um pouco de xixi que meu irmão bebeu tudinho . Ele ficou de pé na minha frente e puxou o meu cabelo , levando aquele pau grosso e maior do que , quando erámos crianças , pra dentro da minha boca .

- Espera - Disse a ele . Fui até a gaveta perto da cama e coloquei uma bala halls , da preta na boca e comecei a chupar. Mastiguei a bala e minha boca ficou um pouco ardida e refrescante . Então fui até meu irmãozinho e abocanhei aquele piru.

- Puta que pariu -- Meu irmão murmurou , comecei chupando aquelas bolas rapas , colocando uma a uma na minha boca , depois comecei passando a língua pela base , fiz isso repetidas vezes até que por fim coloquei a aquela cabeça grande dentro da minha boca e chupei com força.

- Caralho .. Chupa tudo irmãzinha , nossa essa bala faz milagres .. porra , não vou aguentar .. Vou gozar caralho - Enquanto eu chupava aquele piru grosso , batia uma siririca , gostosa . Senti aqueles jatos quentes encher a minha boca , aquela porra escorria pela minha boca , mas eu não queria largar aquele piru inchado e gostoso . Continuei chupando até que meu irmão me pegou pela cintura e me colocou de quatro no chão e com uma estocada aquele piru estava dentro de mim

- me fode .. me deixa arrombada ... aaaah ! quero seu gozo dentro da minha bocetinha ... vai .. com força , isso -- Ele metia com força , enquanto eu rebolava . Meu irmão colocou um dentro do meu cu e eu gritei , nunca tinha dado o cu . Doeu pra caralho , mais eu gemi mais ainda e comecei a pedir mais e mais .. ele colocou mais um dedo ..enquanto aquele piru entrava dentro de mim com força e eu sentia aquela cabeça pulsante tocar lá no fundo . Abri mais as pernas e a penetração foi profunda , aquelas bolas batiam na bunda com tudo .

--Que gozo na boceta , quer? Quer a minha porra dentro dessa bocetinha ?

- Quero .. me fode , gostoso .aaaaah - Ele deu uma , duas , três , quatro estocadas com forças e eu comecei a gozar e um liquido começou a sair da minha boceta , enquanto eu gemia e gritava , meu irmão gozou dentro de mim . Senti aquele leite quente , me preencher .

-- Abra as pernas , quero vê minha porra escorrer da sua boceta- Então abri as pernas e aquele liquido quente saiu da minha xoxota , passando pelo meu clitóris .

-- Delicia !! Que delicia - Meu irmão murmurava ofegante.

Meu irmão perguntou se eu estava tomando remédio e eu confirmei . Depois dessa transava , fizemos várias outras. Vou contar tudo pra vocês , inclusive como ele e um amigo dele comeu o meu cu e minha buceta. Pode ser????

Comentários

04/12/2014 16:36:34
Muito bom... Se eu tivesse irmão seria muito amiga dele, e certamente a gente foderiakkkkkkkkk
09/09/2014 21:55:53
Claro que pode ser! Continue!
29/08/2014 13:13:13
Amei seu conto ,, add meu whats
25/08/2014 10:37:05
Show de conto, to te imaginando sendo fodida por 2 Vou esperar
24/08/2014 22:59:57
uaau!!! amei seu conto, nota 10 e aguardo anciosamente a continuação, parabéns
24/08/2014 21:26:28
nossa
24/08/2014 19:52:16
Essa de seu irmão e do amigo dele, estou ansiosa para ler. Muito bem escrito seu conto. Gostei do enredo e espero ansiosamente pela continuação. Principalmente do amigo do irmão. Rolou DP? Adoro! Leia os meus quando tiver um tempinho. Nota 10!
24/08/2014 18:08:48
Belo conto. Conte-nos mais...
24/08/2014 17:22:08
Parabens demais!!!!!!!!!!!!!!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.