Casa dos Contos Eróticos

Titia, tirou minha inocência.

Autor: Kadu36
Categoria: Heterossexual
Data: 11/01/2014 22:50:38
Última revisão: 18/01/2016 04:21:53
Nota 9.92
Ler comentários (10) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá amigos leitores sou Kadu, venho publicar meu terceiro conto. “Titia, tirou minha inocência.”

Sempre passávamos as férias de fim de ano no interior, na casa de meus avós, nessa época era o queridinho das titias e de minha avó era o primeiro neto homem. Vivia pra lá e pra cá com minhas tias. Fátima era mais reservada e Fernanda mais extrovertida era casada há pouco tempo com Guilherme, e morava uma casa acima de minha avó, Guilherme é padeiro em sua própria empresa, isso não vem ao caso. Só sei que zuamos muito o dia todo, minhas tias e eu. Passaram as horas e ficou acertado que eu dormiria na casa de Fernanda, pois tinha um quarto de hospedes, a tardezinha tomei um banho, jantamos logo mais tarde escovei os dentes e fui me deitar, estava um calor de lascar, na madrugada estava com a boca seca de sede, levantei em silêncio e fui beber água na cozinha, passando pelo corredor iluminado por uma penumbra vermelhada que vinha do quarto deles, este que estava com a porta semiaberta, fui passando em frente, quando deparei com minha tia peladinha deitada de bruços, um corpo fenomenal, fiquei ali parado admirando meio que assustado meu coração batia freneticamente, pois eu era virgem nunca tinha visto uma mulher nua ao vivo, meu joelho estrala e ela vira o rosto em minha direção, rapidamente dou um passo para trás, já era tarde demais, tinha me visto, voltei pro quarto sem poder matar minha sede. Fiquei com aquela visão na minha mente, e acabei dormindo, com o mastro duro mesmo, e lembro-me claramente ter gozado durante a noite.

No dia seguinte era por volta das seis da manhã, acordei com uma presença dentro do quarto, era Fernanda, me olhava em quanto dormia logo me disse: “- bom dia lindinho, gostou do que você viu Dudu¿”, fiquei sem palavras de tanta vergonha que estava sentindo, era muito tímido, “-vamos pode falar, eu vi você no escuro me olhando.” Sai pra beber água desculpe, “-não se desculpe a culpa é do Gui que não fechou a porta sabendo que havia visita em casa.” Fiquei um pouco mais calmo, sentou ao meu lado colocando a mão na minha coxa direita pertinho do meu pênis, voltando a me questionar “- más você ainda não respondeu minha pergunta, você gostou do que viu lindo na titia.” Responderá que sim, que nunca tinha visto nenhuma mulher nua, que achei um corpo lindo. Ela sorrindo disse “-obrigada meu anjo, quer me ver outra vez, seu tio foi trabalhar estamos sozinhos aqui.” Eu só balancei a cabeça dizendo um sim. Ela começou tirando seu roupão estava só de calcinha, olhei aquele corpo saradinho, barriga chapadinha, tinha cabelos lisos longos e pretos até o meio de suas costas, corpo bronzeado de piscina, pegou em minha mão e levou ao seu seio rijo, me ensinando apalpa-los, eram durinhos empinados, pediu para chupa-los aproximando-os de minha boca, chupei meio sem jeito, pois não tinha experiência alguma com sexo. Ela gemia passando uma das mãos dentro da calcinha massageando seu grelinho, ela me beijou, lançou sua língua quente e úmida dentro da minha boca, sentia aquela gostosura e chupava.

Tirou a calcinha revelando sua boceta quente e úmida, ela então trás minha cabeça ao encontro de sua xana, “-põem a boca pode lamber meu sobrinho querido.” Eu só obedecia cai de boca lambendo-a todinha, sugando todo aquele melzinho que escorria dela, Fer me indicava onde ficava seu clitóris, ela gemia alto de tesão quando roçava com a língua, ‘-ai que gostoso Dudu, que tesão é assim mesmo que se faz.... hummm vou gozar... Vou gozar... ahaaaa delíciaaaaaaaa.” Senti seu gozo invadindo minha boca e descendo por minha garganta matando minha sede. Ela retirou minha cueca, reparando na mancha de porra, chupou meu mamilo beijando minha barriga e foi devorando meu pênis duro, passava a língua na minha cabecinha vermelha, chupava toda extensão da minha rola. Não sabia direito o que estava acontecendo más era tão gostoso, tudo novo para mim, aquelas sensações... “-meu sobrinho tesãozinho vai virar homem hoje, ficou de 4 como uma cadela pedindo para eu fode-la, aquele bocetão carnudo gostoso na minha cara, fui penetrando nela fazendo tudinho que ela me ensinava. Não aguentava mais de tanto tesão, estocava na sua boceta fogosa e quente, um vai e vem alucinante, bem lubrificada, meu caralho se perdia dentro dela, ela gemia.... “-aiiiiii meu homem tesudo, sempre imaginei esse dia, quando você era criança eu sempre dava-lhe banhos, sempre tive um amor incondicional por você, lavava, beijava e depois passava talco no seu pipizinho, deixando bem cheirosinj

.,esse caralho grosso, gostoso que me come. Hummmm tesão gostoso da titia.” Eu não aguentei muito e gozei dentro dela, esporreando em sua boceta em chamas... Ela terminou chupando meu pinto, deixando limpinho.

Tomamos um banho gostoso, me disse pra não contar pra ninguém, pois era nosso segredinho, e que logo, logo tinha mais, me banhou como antes e em seguida tomamos nosso desejum.

Houvera mais relações amorosas depois dessa que contarei mais tarde....

Comentários

20/09/2014 16:10:16
Safadinha essa titia, hein? Acho que ela é como eu: papa anjos. Rss. Muito bom o conto, Dudu, bem excitante. Me imaginei no lugar dela, com um sobrinho todo inexperiente. Beijos.
03/08/2014 14:25:42
Como dizem, ¨a ocasião faz o ladrão¨. Um sobrinho virgem dormindo na casa, é o ensejo ideal. E humm, novo e taradinho assim então... Ótimo conto, bem excitante. Gostei.
26/03/2014 13:26:32
Muito bom... toda iniciação é prazerosa e dá tesão a quem ouve ou lê o relato.
23/01/2014 14:48:35
Que sorte a tua, de ter sido iniciado por um tia. Aliás, e ¨que¨ tia! Safada e gostosa. São essas experiências iniciais que fazem um bom ou um mau amante. O conto está ótimo, excitante a ponto de acordar meu ¨secretário¨, curioso pela tia Fernanda. Nota dez!
12/01/2014 17:06:11
Delícia de conto. Ser iniciado por uma tia tesuda assim é qualquer coisa de magnífico para ser iniciado no mundo do sexo.
12/01/2014 04:00:09
espero pelas proximas cara,muito bom mesmo.
12/01/2014 01:50:29
Que titia safada!Kadu eu adoraria entrar em contato com você! kahennajackson@hotmail.com
11/01/2014 23:43:41
Deixa eu ser seu sobrinho inocente deixa
11/01/2014 23:05:30
Boa Kadu, gostei do conto...titia boa essa hein rsrs....Nota 10....leiam meus contos.
11/01/2014 22:54:37

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.