Casa dos Contos Eróticos

A Sindica

Autor: Tchê
Categoria: Heterossexual
Data: 28/01/2014 21:06:13
Nota 9.87
Ler comentários (11) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Na segunda-feira 27Jan14, retornei do final de semana na praia, sozinho, esposa e filhos permaneceram, pois na sexta-feira entrarei em férias e retorno para praia, moro em Porto Alegre. Pela parte da tarde fui trabalhar e retornei por volta das 19 horas, estava calor, tomei banho e permaneci sem roupa, por estar sozinho em casa, preparei um chimarrão e resolvi olhar um filme do sexy hot, por ter tentado marcar uma festa casal amigo, mas só tinham disponibilidade a partir de terça-feira, adoro ménage, preferi ficar em casa. Pouco tempo depois ouvi uma discussão entre a Márcia, sindica do prédio com o Carlos que é o zelador, nem dei muita atenção, pois isso é freqüente. Márcia, a sindica, não é nenhuma deusa da beleza, é uma mulher casada, com 55 anos, 1,70, 65k, cabelo Chanel loiro, olhos castanhos, seios pequenos, pouca bunda, nunca tinha visto ela como mulher para fins de sexo, eu tenho 55 anos, 1,70, 75k, olhos verdes, cabelo grisalho, iniciando uma careca, meu pau mede 17cm, um pouco grosso, (para conferir www.d4swuing.com.br\tchers2011).

Em seguida tocaram a campainha insistentemente, me enrolei na toalha e fui atender sem saber que era ela que foi entrando e sentando na sala, eu disse que iria colocar uma bermuda, no que ela disse que não precisava e não ia demorar, já estava de saída para academia e viu o zelador com uma “puta” entrando no quartinho do material de limpeza, foi lá e discutiu com ele, ameaçou demiti-lo, quando eu perguntei se ela estava com ciúmes ou queria estar no lugar dela, no que ela respondeu que estava carente mas que jamais faria sexo com ele, ai eu perguntei, e comigo? Ela disse com muito prazer, levantou e puxou a toalha e meu pau que tava duro por estar vendo as cenas do filme na TV, que estava sem som, mas uma morena cavalgava um e chupava o outro, quando ela olhou a TV, fico doida de tesão e lambeu meu pau, colocando suavemente na boca, tirava, lambia, chupava as bolas, masturbava e volta a engolir ele ate tocar na garganta, ficou assim por uns 10 minutos eu já estava quase gozando e avisei ela que acelerou o boquete e quando meu pau latejou ela encostou na garganta e esperou parar de sair os jatos de porra e veio lambendo deixando limpinho, aquilo me deixou com muito tesão, puxei ela e dei um beijo de língua sentido o gosto de minha porra, que delicia. Ela segurando meu pau e eu retirando a regata e o shortinho que ela usava deixei só de calcinha, ela não usa sutiã, fui lambendo a boca, o rosto, orelha, pescoço, e quando cheguei nos seios, que delicia, bem firmes e pequenos, colocava todo na boca e com a língua passava no mamilo, ela gemia e se contorcia de prazer, fui descendo pela barriga tanquinho e meti a língua no umbigo (adoro) deixando ele bem babadinho, continuei a viagem sem tirar a calcinha que estava molhada, passei a língua pelos dois lados da calcinha e fui descendo pelas coxas até chegar aos bem cuidados pés, a quem dediquei um bom tempo chupando dedo por dedo e subi pela outra perna até chegar na bucetinha, coloquei a calcinha de lado e meti a língua até onde pude ela tremia e gozava, pequei o grelinho com os lábios e fiz pressão, ela gozava como estivesse fazendo xixi e eu bebia o que podia mas ainda sobrava e caia em cima da toalha ela exausta pediu para eu parar, fui até sua boca ficamos nos beijando enquanto ela se recuperava, fui no quarto buscar camisinha e quando voltei ela tinha tirado a calcinha, veio por cima, com a boca vestiu o meu pau e enquanto ia sentando ficou me beijando com uma suavidade deliciosa, quando sentiu as bolas baterem na bucetinha , iniciou uma cavalgada inesquecível, tirava quase todo e sentava de novo, depois ela saiu e ficou de quatro pedindo para eu meter sem dó que ela gostava bem forte e fazia tempo que não fazia assim, enquanto metia olhei o cuzinho que piscava cada vês que meu pau entrava na buceta, ai molhei um dedo nos suco dela e tentei colocar ela pegou minha mão e disse que não curtia anal, que era para mim me contentar com a boca e a buceta, trocamos de posição ela ficou de ladinho e eu meti mais um pouco, quando ela gozou de novo, deixei ela de quatro e fui chupando a buceta e o cuzinho, forçava a língua e ela tremia e empurrava a bunda na minha cara, fui lambendo a buceta e com os dedos massageava o cuzinho ela não reclamou e eu metia a língua deixava molhadinho e forçava com o dedo ate que entrou ela não reclamou, coloquei o segundo, ela disse que não ia deixar enrabar, pedi jurando que se doesse eu tirava, ela aceitou, coloquei outra camisinha, peguei o KY, que tinha levado para a sala e com os dedos deixei eles bem lubrificados, e ela pediu para sentar nele, deitei de costas e ela veio devagar custou mas ela conseguiu, ai foi uma cavalgada deliciosa ate que ela quis ficar de quatro para eu meter todo no cuzinho. Quando estava quase gozando tirei e gozei na boca e no rosto dela, ficamos nos beijando e dividindo a porra. Depois tomamos um banho juntos, onde ela me chupou eu chupei a bucetinha até ela gozar novamente. Deixei-a na sala e fui conversar com o zelador para que ela entrasse no seu apartamento sem ser vista. Nunca pensei que seria tão bom e me culpo por não ter notado que a Márcia é uma maquina de prazer, agora que provei, vamos repetir esta semana inteira e depois que eu retornar de férias, sempre que der vamos nos encontrar para muito sexo e prazer. Talvez eu escreva outro conto, se nossos encontros forem tão gostosos como este.

Comentários

27/03/2016 14:19:15
Delícia de conto.
12/01/2016 02:17:36
Essa síndica pode até não ser um tesão de mulher, mas fode gostoso e não recusa uma pirocada.
03/12/2014 09:30:42
Tchê, gostei muito do seu conto, muito bem escrito e a história é bem interessante. Tchê, você descreveu muito bem, fazendo com que o leitor visualize as cenas eróticas da transa, deixando seu conto bem excitante. Você também descreveu muito bem a Márcia gozando intensos orgasmos, prendendo a atenção do leitor nestes detalhes. Realmente seu conto é muito bom, então vou dar-lhe meus parabéns e a nota 10. oraciov6@gmail.com
02/12/2014 19:54:15
Muito irado o conto, brother! Essa Marcia deve ser gostosa pra mais de metro. Quando eu morava com os gerentes, no prédio vivi uma paixão da hora com uma coroa. Por isso sou chegado numa madura, como essa cinquentona, aí do teu prédio. Valeu!
06/11/2014 08:46:27
Cara, muito bom o conto. Será que no seu prédio, não tem um apartamento para alugar? Com uma síndica dessas, meu, vou mudar correndo. Valeu, amigo. Vai um dez!
29/05/2014 18:17:21
mto bom! gostei.. abç..
15/03/2014 07:47:05
Adoro homens maduros. Fiquei com inveja dessa síndica, lendo este conto excitante. E como todas nós, ela fez charminho para liberar atrás. Parabéns!
23/02/2014 12:28:46
Muito bom o conto. Bem excitante. A Maria estava mesmo precisando de um trato. Agora, acho que ela não implicará tanto com o zelador. Rss. Grata por ler meus contos. Se puder, me visite de novo, deixando e-mail. Beijos.
29/01/2014 10:01:09
mi add no whats casada e p.....
29/01/2014 07:26:46
Belo conto sou de Sao leopoldo me passa o endereco da sindica para fazermos uma festinha com ela.De uma olhada no site perfilreal,ksalvs......sou separado
29/01/2014 06:33:32
Posso ser tua sindica?! rsrsrsrsrsrs

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.