Casa dos Contos Eróticos

Aposta

Autor: Safada
Categoria: Heterossexual
Data: 01/12/2013 17:45:26
Última revisão: 05/03/2014 20:59:51
Nota 9.71
Ler comentários (9) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá galera! O que vou contar aqui e uma aventura que aconteceu comigo a 4 anos atrás e ainda me traz muito prazer. Vou me descrever para vocês, me chamo Paulinha hoje tenho 24 anos, mas na época tinha 20 sou baixinha 1,57 de altura sou gordinha, porém gostosa rsrsrs... Cabelos castanhos claros, bumbum grande e seios médios e coxas grossa. Bora para o que interessa o conto. Peço desculpas se o conto for muito grande e que não sei escrever sem riqueza de detalhes.

Eu trabalhava em uma empresa de vendas a onde eu era encarregada, fomos convocados para trabalhar no dia 31 de dezembro, ninguém merece trabalhar esse dia rsrsrs.

Fazer o que fui trabalhar no decorrer do dia o pessoal do trabalho marcou de ir para um bar na frente do trabalho para beber, pois iriamos sair cedo do trabalho as 13h00min. Todos estavam muito ansiosos para o ano novo estava uma grande movimentação na empresa todos estavam enrolando até que deu a hora de ir embora. Fomos todos para o bar a onde os meninos acabaram me pagando 2 caixas de cerveja dizendo que era pelo o meu aniversário atraso. Começamos a beber ate chegar o resto do pessoal da empresa que ficou ate as 14:00 na empresa, eu estava com as minha colegas de trabalho conversando e dando altas risadas ate que chegou o João um homem lindo moreno, alto e forte. As meninas ficaram todas animadas quando ele chegou perto nós eu não o conhecia ele nos cumprimentou e foi para fora do bar conversar os meninos. Ai as meninas começou a falar colo ele era lindo forte e gostoso.

De fato ele era tudo isso, mas eu seguia um lema a onde ganha o pão não se come a carne, até que uma das minha colegas de trabalho falou Paulinha sei que você adora desafios bora aposta?

Eu – apostar o exatamente o que?

Ela- só responde vamos ou não apostar?

Eu sempre fui muito competitiva e odeio perder por impulso respondi sim vamos. Ai ela começou a falar quem conseguir pegar o João ganha 100 reais, na hora eu dei risada e falei to fora ela disse você disse que ia participar agora vai dar pra trás? Eu respondi Tá bom vamos lá.

Estávamos em 5 mulheres todas colocaram o dinheiro na mesa e as meninas que o conhecia começaram a falar ele e noivo e nunca pegou ninguém na empresa e blábláblá....

Ai começou o jogo de sedução as meninas já bêbadas só faltava se jogar no colo dele e falar-me coma eu só observa até por que não sabia ainda como chegar nele pra eu ele era um desconhecido.

Até que ele começou a puxar assunto comigo e me falar que nunca tinha me visto na empresa e etc... era a minha deixa me fiz de diz não dei encima dele conversamos naturalmente.

Já era 16:00 ele disse que iria embora pois a sua noiva foi viajar e ele ainda ia procurar um lugar para passar o ano novo , era o que eu precisava ouvir para deixar a entender que eu queria ele.

Perguntei pra ele você não tem lugar pra ir?

Ele me disse que estava chateado devido a sua noiva estar viajando e ele ter que ficar longe dela ai ofereci gentilmente sem querer nada. Se você quiser pode passar a virada de ano comigo na minha casa, todo ano damos uma festa em casa e vira a noite normalmente vai até o outro dia.

Ele sorrir falou que adorou me conhecer e pediu o meu numero de telefone, perguntei você vai ligar mesmo ele disse que ia e veio se despedir de mim com um beijo no rosto. Ai eu virei e beijei a boca dele na hora a minhas pernas ficaram moles que beijo aquele beijo que deixa qualquer mulher molhada assim foi o beijo... Depois que terminamos o beijo dei uma leve mordida no pescoço dele e falei e pra você ficar com gostinho de quero mais, ele sorrir e falou adorei também o beijo com certeza vou quer mais e saiu.

Fiquei sem folego as meninas vieram ate mim e fizeram festa começaram a falar iguais umas loucas, respondi tudo elas param a aposta eu fui embora pensando só foi um beijo ele não vai ligar. Cheguei em casa tomei uma belo banho e fui para o me quarto me arrumar na esperança dele me ligar. Quando estava colocando a calcinha não aguentei e comecei a me tocar pensando nele quando estava preste a gozar o telefone toca era ele.

- Oi Paulinha!

- Oi quem é?

- João eai a proposta está de pé?

- respondi logico, passei o endereço ele me disse que chegaria umas 22:30 na minha casa .

Voltei a me arrumar exalando tesão coloquei um minha calcinha bem atolada no meu bumbum, e o vestido que tinha escolhido para passar o fim de ano um salto alto e me maquiei estava pronta para o abate rsrsrs...

Começou a chegar os convidados na minha casa e eu super Ansiosa para chegada do João parece que a hora não passava e só de pensar nele eu ficava molhada. Quando eu estava esquecendo ele chegou e me ligou Paulinha to no portão. Fui correndo quando cheguei ele estava lindo com uma bermuda, camisa regata para mostra os músculos, igual um jogar de basquete.

Na hora fiquei mole e ele reparou rsrsrs me deu um selinho e falou no meu ouvido se prepara que essa noite promete.

Entramos o apresentei a todos e começamos a curti a festa estava obvio que eu queria ser possuída por aquele homem até que chegou o momento era meia noite demos feliz ano novo a todos e quando ele veio me desejar feliz ano novo me pegou no colo e me beijou gostoso... Ficamos assim uns 5 minutos quando terminou ele me disse vamos pra outro lugar?

Topei na hora, entrei no carro e perguntei pra onde vamos?

Ele disse para minha casa quero você por completo hoje. Nisso eu comecei a beijar ele e vi o volume da bermuda crescer, não aguentei e coloquei pra fora e comecei a bater uma punheta pra ele gemia baixinho e pediu xupa vai xupa eu fiquei de 4 no banco e comecei a chupar lamber babar naquele pau perfeito era uma pica linda grande grossa e cabeçuda. Em quando eu me deliciava xupando ele começou a meter os dedos na minha bucetinha e falava nossa Paulinha você está molhada está querendo rola nele eu não conseguia responder de tanto tesão que eu sentia estava adorando xupar aquele pau e ser fodida pelos dedos dele.

Continuei chupando comecei a sentir o pau dele latejando minha boca logo ele gozou na minha boca e eu como uma boa menina tomei todo leitinho. Logo chegamos ao nosso destino a casa dele o lugar que eu sentiria o maior prazer da minha vida, entramos na casa dele já quase nos comendo ele me colocou em cima do sofá de pé tirou o meu vestido e ficou me olhando me chamando de puta safada está loca de vontade de levar rola né? Eu só fazia cara de safada ate que ele me deita no sofá abriu minhas pernas e começou a me chupar lamber e meter os dedos na minha buceta isso estava me levando a loucura não aguentava mais de tanto tesão eu implora para ele me penetrar e foder comigo gostoso e ele adorando ouvir os meus pedidos ele só falava calma cachorrinha hoje você vai ter um prazer que nunca teve.

Ele me levou para o quarto me deitou na cama e amarrou as minhas mãos na cabeceira: Ele disse que agora eu não tinha como fugir eu seria fodida de todas as formas. Nesse momento ele começou a brincar com os meus seios a chupar igual um bezerro eu estava a ponto de explodir de tesão louca pra gozar mas todas as vezes que eu estava quase gozando ele parava parecia que queria me castigar. Foi quando falei não aguento mais me come ele disse ainda não você fez eu trair a minha noiva agora vai ser castigada e recomeçou a brincadeira gostosa ele me chupava me fodia com os dedos me beijava e eu me contorcia na cama ele me chamava de vadia puxava meu cabelo e eu estava totalmente a sua mercê. Quando menos eu esperei ele tirou o seu pau para fora da cueca e falou você quer o meu pau dentro de você vadia quer? Eu meia choramingando disse quero ele me fez implorar e em uma tacada só ele me penetrou foi uma mistura de dor com prazer com três bombadas eu gozei muito. Ele me desamarrou e fez-me cavalgar naquele pau e eu cavalguei rebolei e gozei de novo. Aquele homem era incrível na arte de dar prazer, ele me levantou e colocou-me em pé e falou essa bunda vai ser minha eu reclamei falei que nunca tinha feito anal ele não se importou me colocou com as mãos apoiadas na cabeceira da cama e disse: vadia empina esse cu pra mim hoje ele vai ser arrombado eu não tinha outra coisa a fazer, empinei o meu bumbum com um certo medo da dor ele comeu a minha bucetinha um pouco e pincelava o meu cuzinho me dizia vadia hoje você vai ser arrombada quando menos esperei eu colocou o seu pau no meu cuzinho sem dó tirando todas as minhas pregas senti uma dor tão grande que quase desmaiei chegou a sair lagrima dos meus olhos ele ficou um pouco parado puxou o meu cabelo me beijo enfiou três dedo na minha buceta e começou a foder o meu cu e minha buceta era uma mistura de dor com tesão que não da pra descrever ele metia rápido e com força no meu cuzinho me tratava com uma puta isso me deito louca e eu acabei gozando na mão dele ele tirou os dedos da minha buceta lambeu e continuou comendo meu rabo fez eu lamber os dedos dele pra sentir o gosto do meu mel. Eu gemia e rebolava naquela tora enfiada no meu rabo ele disse que ia encher meu cuzinho de porra e assim ele fez.

Nossa noite tinha apenas começado ficamos transando até as 6 da manhã, espero que vocês gostem da minha história.

Comentários

19/02/2014 12:47:57
parabens só falta me deixar chupar tb
22/01/2014 05:19:59
Fico feliz por vcs gostarem. Pretendo continuar a contar outras aventuras que tive com ele.
19/01/2014 05:53:36
Adorei.fiquei de pau duro. De vontade de gozar no seu cuzinho. Omshots@hotmail.com
17/01/2014 07:19:32
vik22 bom conto
16/12/2013 20:57:04
Olá... Adoramos... Eu (Rúbia) e meu marido Beto transamos gostoso depois de ler este conto. Também temos um conto publicado aqui. " A procura de um amante" Visitem nosso blog com muitas fotos e nossas aventuras sexuais. www.rubiaebeto.comunidades.net Beijos molhadinhos... Rúbia
03/12/2013 16:06:23
deu vontade de meter na sua buceta e seu cuzinho gostosa me add rogerbaiano22cm@hotmail.com
03/12/2013 01:18:55
gostei mulher bem amada
02/12/2013 00:26:12
gostei...
MMH
01/12/2013 19:38:33
Mto bomo conto

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.