Casa dos Contos Eróticos

Obra terminada...rs

Autor: Nanda G
Categoria: Heterossexual
Data: 30/12/2013 19:48:01
Nota 9.76
Ler comentários (22) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Este é um relato que aconteceu comigo a dois meses, mas foi algo surpreendente e excitante.

Sabe aquela coisa de ANTIPATIA a primeira vista? Pois bem, foi isso que eu senti ao conhecer o dono de um empreendimento para o qual eu teria que fazer um projeto, um homem de 40 e poucos anos, calado, mas com um jeito de olhar que despertava sentimentos confusos.

Nosso primeiro encontro gerou faíscas, pois ele disse que preferia um homem pra tocar o projeto, aquilo me deu a impressão que teríamos sérios problemas...rs...Reuniões em cima de reuniões, e ele marcando pesado, basicamente eu o via todos os dias...E sempre percebi a forma como ele me olhava...

Era uma obra enorme, e claro que eu não ia deixar o lado machista dele se sobrepor, fiz o projeto e ficou perfeito.

Como já disse, trabalho numa área em que a grande maioria é de homens e sobressair a eles é TUDO de bom.

Fim de tarde, recebi uma ligação do Vitor, o dono do empreendimento, pediu para que eu fosse até a casa dele pra discutirmos algumas mudanças que ele decidiu fazer...

Quando cheguei a casa, o lugar era perfeito , uma casa enorme, imaginei que iria encontrar uma família...

Então Vitor veio ao meu encontro....Resolvemos as pendências e quando me levantei pra ir , ele disse: - Fique pra jantar Fernanda, raramente tenho companhia...

Minha vontade era de ir embora, mas ao mesmo tempo queria ficar...Havia algo nele que me prendia, me fazia tremer...Uma excitação bem diferente...

O jantar foi servido, e depois fomos conversar, enquanto ele me mostrava algumas peças de suas viagens...

De repente ele me diz: - Creio que vc tal como as outras pessoas, deve ter me achado uma pessoa muito fechada e estranha não foi Fernanda?

No que eu respondi muito rápido: Sim...Vc é uma pessoa intrigante...

Ele respondeu: - A vida faz isso...Já tive muitas decepções que me tornaram assim...Soou como algo nostálgico e sofrido...Achei melhor ir...

Quando me levantei e ao me despedir, quando ele tocou minha mão, foi como se uma descarga elétrica tivesse sido disparada....Ficamos ali parados, completamente sem ação...aquele olhar me invadia totalmente , agora porém de uma forma diferente...

Ele me puxou suavemente em sua direção sem tirar os olhos dos meus....tocou meu rosto....e me deu um beijo...a princípio algo doce e depois como se quisesse absorver tudo de mim....Não sei ao certo quanto durou...mas parecia uma eternidade...Eu sentia sua mão nos meus cabelos, sua boca envolvente, sua ansiedade....e eu me entreguei ao êxtase do momento...Literalmente, eu me sentia possuída!!!

Aquele homem estava despertando em mim...sensações que eu jamais vivenciei aos 31 anos...Alguma coisa meio transcendental...

Ele me GUIOU ao andar de cima...Eu fui conduzida...Era como se meu corpo não me obedecesse...

Vitor me levou a um quarto...me colocou na cama...sentou-se ao meu lado e contornou meu rosto com o dedo...parando na minha boca...Devagar foi descendo a mão até começar a abrir meu vestido....sem pressa, alguma coisa ritualista, suas mãos acariciavam minhas costas enquanto tirava meu vestido...sua boca roçava meu pescoço...tudo muito tranquilo...fiquei nua...enquanto ele alisava meu corpo, cada parte, repito , sem pressa, aquilo era uma tortura e ao mesmo tempo algo especial...Meu corpo tremia...emoções fortes...

Ele então me disse: - Fernanda se toque pra mim...quero te ver assim...bem devagar...

Fiquei meio sem jeito, não esperava por isso...Então comecei a me tocar , e a cada toque meu, eu sentia meu corpo vibrar mais ainda, minhas mãos passeavam pelo meu corpo, tocava meus seios, com os biquinhos duros, toda arrepiada, num deleite, me deitei na cama, sem tirar os olhos dele, e abri as pernas vagarosamente, escorregando minhas mãos pelas minhas coxas, toquei meu grelinho bem devagar...sentindo ele pulsar, deliciando-me comigo mesma...

Os olhares de Vitor acompanhavam cada movimento meu...

Então,ele se despiu, suas mãos eram fortes, seu toque sútil, e ele me dizia : - Sem pressa Nanda, quero sentir vc toda, quero que vc se entregue a este momento...- Quero ver a Nanda Mulher...

Ele veio de mansinho, beijou meus pés, lambeu, beijando minhas coxas, abriu minha buceta e começou a beijá-la, eu me sentia leve, deliciosamente sendo provocada , sua língua deslizava na minha xana, subia e descia , mordia, e eu já estava toda molhadinha...Sua língua passeava por cada centímetro do meu corpo...

Era realmente um ritual de provocação...

Ele sentou na cama e me puxou pro seu colo, de frente pra ele, fechei os olhos enquanto suas mãos percorriam meu corpo, eu sentia sua energia, sua boca nos meus seios, mordendo, me fazia delirar, ele devagar me encaixou no seu pau, duro e latejante...

Amo ficar por cima...Comecei com o pompoarismo, eu sugava seu pau com minha buceta, é uma delícia poder apertar o pau subindo e descendo, eu o sugava com minha xana, e a cada aperto , ele gemia, eu o cavalguei, sentindo suas mãos apertando meus seios, nossos corpos tremiam, uma onda de tesão e gozo intenso chegou e gozamos ao mesmo tempo...Não pensei em nada, ficamos ali, abraçados sentindo nossos líquidos escorrendo...

Saímos da letargia...rs.. e fomos tomar um banho no ofurô...o céu lindo, a lua brilhando, aquele homem estranho, mas de uma doçura incomum, estava de novo ali todo pra mim!!!

Eu comecei a percorrer o corpo de Vitor, tal como ele havia feito comigo...lentamente!!!

Eu queria sentir a reação passo a passo do seu corpo...eu o tocava, mordia, lambia, segurei seu pau, com uma mão segurando na base do pau e a outra brincando com suas bolas, minha língua brincava na cabeça do pau até a base, eu o engolia, sugando com vontade....chupei suas bolas, e comecei a masturba-lo...

Vitor vibrava de tanto tesão....gemia alucinadamente...então ele me sentou na beirada , levantou minhas pernas e Vitor sugava , sua língua era deliciosa, eu estava a mil, louca pra ser comida , ele me virou e eu fiquei com a bunda pra cima, Vitor posicionou seu pau na entrada do meu cuzinho, e foi forçando, devagar, neste movimento, latejava, então numa estocada só, meteu seu pau todo , o tesão era tanto que a cada estocada , meu corpo se sacudia todo, eu rebolava , mexendo gostoso, eu sentia seu pau inteiro entrando e saindo, até que gozamos.

Depois deste dia, nós saímos mais duas vezes...mas isso fica para o próximo relato.

Comentários

17/01/2014 20:04:07
Nanda, também adoro ficar por cima, cavalgando, controlando, apertando e sentindo com a xana a grossura de um pau. Adorei seu conto. De patrão arrogante a amante... o Vitor ainda vai te revelar muitos segredos.
14/01/2014 08:26:44
Muito Bom!!! Adorei! Nossa.. adoro contos assim, que envolvem a gente... dá vontade de estar lá. Já senti isso uma vez.. essa surpresa de encontrar alguém.. sem pressa... o luar brilhando.. a boca quente e paciente... tirando a nossa razão. É realmente inesquecível!! Thank you for making me remember!
13/01/2014 16:41:18
Olá Fernanda, vejo que você já é uma expert, evoluiu muito em como apresentar seus textos. Neste conto, notei uma transição entre os diversos momentos um pouco brusca, precisa de um pouco mais de suavidade para fluir mais natural e verossímil. A arte do pompoarismo é maravilhosa. Siga em frente, continue sempre, a pratica conduz à perfeição,você tem estilo e pode vir a ser uma das grandes deste site.
08/01/2014 21:26:51
Hummm Que delicia de conto. Eu e meu marido Beto ficamos morrendo de tesão. Nós também publicamos nosso conto aqui. É verídico e se chama: "A Procura de um Amante". Montamos um blog só pra falar de sexo. Tem muitas fotos e também relatamos nossas aventuras. O end. é: www.rubiaebeto.comunidades.net Visitem-nos...Beijos molhadinhos
08/01/2014 21:26:29
Hummm Que delicia de conto. Eu e meu marido Beto ficamos morrendo de tesão. Nós também publicamos nosso conto aqui. É verídico e se chama: "A Procura de um Amante". Montamos um blog só pra falar de sexo. Tem muitas fotos e também relatamos nossas aventuras. O end. é: www.rubiaebeto.comunidades.net Visitem-nos...Beijos molhadinhos
06/01/2014 12:04:10
Lindo conto. Um dos mais bem escritos que já li no site (e olha que não foram poucos) rsrs Beijos,muito iluminado e cheio de "fodas".
04/01/2014 14:47:41
Gostei do seu conto. E não concordo muito com a Kmilinha, não. Seu texto está bem acima da média do site; é bem escrito e envolvente. Parabéns e beijos!
04/01/2014 12:53:19
Nossa adorei! Excitante! Detalhista! Perfeito
03/01/2014 11:45:35
quero te conhecer , adorei seu conto , me add dote19x6@hotmail.com
02/01/2014 20:38:06
Muito bom, parabens, http://drmenage.wordpress.com/.
02/01/2014 08:38:18
Tô curtindo muito seus contos
31/12/2013 19:23:36
Cavalo2013, obrigada pelos elogios. Com todo prazer posso tentar , de alguma forma, satisfazer as tuas curiosidades, e no que eu puder com toda certeza, o farei, obviamente em um momento mais oportuno e muito em breve vou entrar em contato com vc. Feliz Ano Novo a vc e sua família. Bjs
31/12/2013 19:01:11
Kmilinha...Obrigada pelas críticas! Jamais apagaria um comentário , as pessoas tem todo direito de se expressar. Acho que vc não leu com a devida atenção...rs...Mas tudo bem, é sempre válido. Que vc tenha um ótimo 2014 e uma maior boa vontade...kkkkkkkk...
31/12/2013 18:52:46
Dileta Nanda, achei maravilhoso o seu conto: dramatizou muito bem e narrou melhor ainda. Eu gostaria de saber algumas coisas sobre pompoarismo, principalmente sobre esta técnica na qual a mulher consegue sugar o pênis do homem para dentro de sua vagina. Também gostaria de saber um pouco sobre o "garrote". Seu conto ficou muito excitante devido ser tudo sem a menor pressa, tudo vagarosamente, que delícia!Nanda, quero agradecer-lhe por também ter lido e comentado meu conto. Se você quiser falar a mim, algumas coisa sobre pompoarismo, vou lhe ser muito grato para sempre, tenho muito interesse em saber algumas coisas desta antiga técnica usadas pela mulheres orientais. Meu nome é Orácio Vieira e meu e-mail é: oraciov6@gmail.com-----se você quiser me dar algumas orientações, escreva-me por obséquio. Meus sinceros votos de um feliz ano novo com muita saúde e prosperidade. Seu conto merece muito mais que nota10, dou-lhe 10 parabéns.
31/12/2013 17:56:07
Desculpe-me, hoje devo estar com muita má vontade de ler. Achei o conto muito técnico, automático, cheio de clichês e pouco realista, "pompoarismo e letargia" então foram de fuder... ha ha ha... Ri muintão. Outro dia o lerei com mais boa vontade, desculpe-me por hora. Boas Festas pra você e todos que te seguem no sitecom muita saúde, cheio de paz e muita atividade sexual de alto impacto. Que 2014 lhe traga tudo de bom que você pediu e mais alguma coisa boa que você esqueceu... Beijos! Claro que você vai apagar este comentário... Normal.
31/12/2013 13:19:20
Maravilhoso, delicia. Parabéns, muito bem contado. Adorei. Bjs
31/12/2013 08:10:39
Oi Nanda! Parabéns pelo texto. Ficou um relato muito gostoso. Fui Garota de Programa um bom tempo, antes de casar e dos 30 chegarem, entende. Certa vez tive uma experiência muito parecida com a sua, muito mesmo até lembrei deste caso. De uma lida em meus contos, conto algumas aventuras do tempo de GP e outras mais atuais do porque chifro meu infiel marido. Beijo
30/12/2013 23:33:58
Nossa Nanda vc sabe prender um leitor aos seus contos. Nossa excitante demais.
30/12/2013 23:25:21
Excelente texto, Nanda. Gostei muito da parte dos toques, das sensações que causam. Ficou muito erótico e sedutor. Eu mesma, adoro brincar em meus momentos de contemplação solitária. Parabéns e obrigada pela visita.
30/12/2013 22:20:51
SAMIR AFONSO, realmente fica complicado e impossível de resistir. Obrigada por ler o meu conto. Bjs e Feliz ano novo.
30/12/2013 22:19:35
MaxGuti, faz parte do meu ser..rs..Obrigada pelo elogio. Bjs
30/12/2013 22:00:31
Excelente conto Fernanda…vc mostra ser uma pessoa inteligente e fogosa…combinacao perfeita para uma explosao de tesao!!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.