Casa dos Contos Eróticos

Começo de uma longa historia

Autor: Moreno
Categoria: Heterossexual
Data: 29/12/2013 14:22:04
Nota 8.50
Ler comentários (3) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Bom, vou me apresentar como Moreno. Sou leitor assíduo do CDC e sempre me pego masturbando enquanto leio mas nunca cheguei a fazer nenhum conto. Hoje irei descrever um, demorei escolher em quais das minhas diversas situações vivi para descrever o mais detalhado possível. Vamos ao que interessa e boa leitura. Sou moreno, cabelos arrepiados, sou tatuado, tenho porte físico atraente, mas não musculoso e nem gordo (Barriga de tanquinho não é meu forte). Me Considero um cara aventureiro e que em matéria de sexo sou sempre disposto. Bom tudo aconteceu quando ainda estava no ensino médio, estava no fim do 3º quando decidi dar um Ponto final na vida de "Cafajeste" tinha dias que ficava com 5 meninas, uma aqui, outra ali atrás da pirua escolar, uma no caminho do colégio e dai por diante, estava decidido que essa vida eu já não queria mais, foi quando um amigo meu que vou lhe batizar de Aroldo falou que a irmã de sua namorada estava solteira e que seu toparia conhecer, falei que sim, já que queria ficar de boa seria uma bom passo, quem sabe uma namorada. Dai em diante começou uma batalha, sempre que eu estava disposto ela não estava às vezes sai cedo e nos desencontrávamos até que em certa noite tudo deu certo, ela e uma amiga em comum nos apresentaram, de cara ela já falou

- E ai moreno vai conversar?

EU - Nossa como você é rápida, vamos conversar sim, mas não aqui. Dai saímos de onde estávamos e fomos em uma rua não muito longe dali, estava muito calor e ela estava de vestido Chegamos ao local e quando ficamos um frente ao outro o beijo foi inevitável, a passada por baixo do vestido muito menos mas para minha tristeza ou não La estava com aqueles shorts por baixo, quando digo tristeza ou não, na minha cabeça poderia ser uma Pessoa mais família, mesmo estando de vestidinho estava se precavendo, "Roupa não define ninguém", mas nos dias de hoje neh ta difícil essa frase ser certa.

Enfim, caímos na risada e os amassos continuaram, beijos e passadas de mão. Para uma primeira vez tudo foi perfeito. Nessa mesma noite saímos dali e nos encontramos com meu amigo Aroldo e com sua namora, atual cunhadinha rsOs dois casais foram até certo caminho de mão dadas, assuntos não faltaram, falamos de quase tudo, parecia até dois namorados de muito tempo, deixamos elas perto de casa nos despedimos e fomos de volta. Pra escola já que iríamos comemorar um aniversario de um amigo. Depois desse dia não tivemos mais contato, ela sumiu e nem mesmo a irmã sabia o que acontecia. Cheguei a imaginar que não tinha gostado da nossa ficada, peguei o celular dele e por 3 a 4 dias mandava pelo menos uma mensagem por dia, só quase uma semana depois quando mandei algo parecido com isso " Tentei te ligar e mandar e sms, mas nada de VCP responder, pena que n terá bis, felicidades". Quando pra minha surpresa ela respondeu e perguntou se tínhamos como conversar, afirmei que sim, nos encontramos na escola e dai após uma longa conversa assumimos um namoro, nos encontrávamos todos os dias na escola, na ida e na volta. Certo dia estávamos indo para a casa dela e pedi para me deixar próximo ao ponto de ônibus que dali voltaria para casa, rua escura e sem muitos movimentos foi o momento ideal para ela poder fazer a parte dela, ela tinha curiosidade de saber o tamanho da minha rola e ali mesmo começou a passar a mão por cima da calça,e se espantou por ver que não era pequeno como imagina, quando nos demos por conta ela já estava baixando o zíper e com mão dentro da cueca, ficou ali acariciando, apertando e me deixando cada vez mais ofegante, abracei ela mais forte e comeamos a sarrar ali mesmo, o tesão foi tão grande e que deixei passar uns três ônibus a fim de aumentar aquela sensação. Enfim o ônibus chega e me despeço ainda no caminho de volta resolvo convida-la a ir em casa no outro dia, de imediato. Aceita meu convite e ela vai até em casa, chega por volta das 11horas levando consigo duas bolinhas explosivas que a própria irmão ofereceu, a safada já sábia o que queria também, deitamos em minha cama ainda com muita vergonha, ela se cobriu com lençol e dali já começamos um processo de excitação total Ela veio por cima e eu fique por baixo, tirei o lençol de cima dela e comecei a beijar seu pescoço, íngua orelha, tudo que eu já tinha aprendo comecei a colocar em pratica, ela já estava pra La de ofegante, e eu não diferente estava com u pau pulando da cueca, ela ainda por cima comecei a colocar a mão por dentro da sua calça jeans e logo senti sua calcinha pequena e pude ver que era branca, em pouco tempo ela estava por baixo, e aos poucos fui baixando até chegar a sua buceta, coloquei sua pequena calcinha branca e toda molhada para o lado e comecei a sentir seu gosto, ela estava toda molhada e eu me perdi naquela buceta gostosa, chupava e dava pequenas mordidas, olhava apenas de leve e via sua cara de safada, não aguentei e coloquei a camisinha meti devagar porque ela disse que fazia tempo que não transava e que estava bem apertadinha, eu bem obediente fui colocando de vagar, a camisinha atrapalhou um pouco, mas não pra estragar tudo. Comecei um vai vem bem devagar e logo estava metendo como cachorro no cio, seus peitos balançavam a cada estocada e aquilo me excitava ainda mais, pedi para ir de quatro e nessa hora começou a sequencia de tapa, e tudo que estava bem romântico passou a ser uma safadeza só, xingava ela de puta e ela me chamava de cachorro e pedia para bater mais e mais, quesito Nei onde quer porra, em safada onde quer leitinho, ela de pronto falou na boca e já sentou na beira da cama, arranquei a camisinha já gosando esporrei tudo na cara dela, o tesão foi de mais, ela sentiu nojo, mas disse que adorou e que a foda supriu sua expectativas, ficamos deitado após ela se limpar quando demos conta o tesão voltou e usamos a bolinha explosiva, aquele cheirou de menta vinda da sua buceta era de mais, e novamente gosei, infelizmente já era hora de ir embora, tomou um banho e deixei-a próxima de casa, dai em diante foram vários encontros, aos poucos vocês vão sabendo.

Espero que gostem e espero conquistar uma aventura por aqui. Beijos e abraços. MORENO.

Comentários

08/01/2014 21:59:52
Hummm Que delicia de conto. Eu e meu marido Beto ficamos morrendo de tesão. Nós também publicamos nosso conto aqui. É verídico e se chama: "A Procura de um Amante". Montamos um blog só pra falar de sexo. Tem muitas fotos e também relatamos nossas aventuras. O end. é: www.rubiaebeto.comunidades.net Visitem-nos...Beijos molhadinhos
29/12/2013 22:45:13
Caro Moreno, mais no final seu conto ficou muitíssimo excitante, pegou fogo, parabéns. Gostei da narração bem definida, do vestido da garota. Por diversos fatos positivos na narração merece nota 10. Se você puder ler meus contos, clique em meu nick "cavalo" e fique a vontade para seus comentários e sua nota. Meu nome é orácio. Meu e-mail é: oraciov6@gmail.com
29/12/2013 16:26:25
Muito bom, parabéns, http://drmenage.blogspot.com.br/.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.