Casa dos Contos Eróticos

Feed

VIREI A PUTA DA MINHA ESPOSA

Autor: vih_bi
Categoria: Heterossexual
Data: 14/10/2013 15:48:02
Nota 10.00
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá, o que vou contar aqui, aconteceu recentemente. Sou casado, tenho 1,87m, sou moreno claro, corpo normal tenho 25 anos. Me considero hetero, embora a pouco tempo atrás tenha descoberto em mim um tesao descomunal em praticar sexo anal. Desde que descobri isso meio que por acaso, comecei a me masturbar introduzindo pequenos objetos no anus.

Fui me aperfeiçoando nessa modalidade de sexo e comecei a sair com homens e com t-gatas unicamente para sexo casual, chegando inclusive a dar pra dois caras ao mesmo tempo e saindo com uma t-gata e mais três caras, foram experiências deliciosas e mesmo com tudo isso não deixei de ter tesao por mulheres.

Em uma dessas experiências um dos caras me sugeriu usar lingerie, disse que aumentava o tesao. Experimentei e adorei. Ai comecei a sair de lingerie com caras e t-gatas, inclusive a me fotografar nessas transas usando lingerie e sendo feito de puta deles.

Depois comecei a me fotografar sozinho de lingerie e guardar (olha a viagem) essas fotos no PC. Depois que casei, deixe esse habito mais reservado, visto que achava que a minha esposa não ia ficar comigo se soubesse que eu dava o cu (menino ingenuo).

Um belo dia enquanto trabalhava minha esposa me liga chorando pedindo explicação sobre as fotos que achou, disse que estava no trabalho mas chegando em casa conversaríamos.

Cheguei em casa, minha esposa estava deitada chorando, meu notebook aberto com a pasta das fotos. Expliquei pra ela que era uma tara minha usar lingerie, contei a historia (doida) do meu tempo de solteiro saindo com casais e que um desses casais a mulher me sugeriu (mentira) usar calcinha pra ser submisso deles. Que eu tinha topado e gostado e que daí pra frente não parei mais, mas que não estava traindo ela nem nada do gênero. Era só uma tara minha usar lingerie. Ela pediu explicações sobre uma foto onde apareci com um vibrador ate o talo enfiado no cu, disse a ela (mentira de novo) que esse mesmo casal que me sugeriu usar lingerie, me mostrou que sexo anal é bom, e que me mostrou fazendo isso com a mulher comendo o marido, depois me chamando para experimentar, mas que não ia ser ele, e sim ela que ia me comer. Disse que concordei, experimentei, gostei e gozei com aquilo e que como a historia da lingerie, não tinha parado, mas que por medo de ela não gostar, tinha mantido mais reservado pra mim.

Notei que ela parou de chorar e me olhava meio espantada, receosa sobre o que eu tinha dito. Não falamos mais no assunto naquele dia. No dia seguinte sai pra trabalhar, ela me deu o beijo habitual e sai, meu dia transcorreu sem novidades. Até a hora que cheguei em casa.

Tudo apagado, minha filha dormindo e minha esposa também (ou pelo menos fingindo), fui tomar um banho e quando volto pro quarto, vejo minha esposa só de lingerie, com um par d algemas em uma mão e um vibrador (19x6) na outra me dizendo com sensualidade (e acho que um pouco de perversidade):

-vamos ver o que você sabe fazer com essa bunda...

Me atirei na cama na direção dela, ela me segurou e disse:

- pode parar. Hoje quem te come sou eu.

Eu estava de joelhos, ela passou por trás de mim, me algemou, tirou minha cueca (durmo só de cueca) e me deixou pelado.

Começou a dedilhar meu cu e bater punheta pra mim, aquilo me deu um tesao doido. Do nada ela me empurrou pra frente, e por estar algemado não pude me apoiar em nada, ficando com a cara no colchão e de bunda pra cima. Senti a língua dela no meu cu, gemi gostoso, ela cuspia e me lambia enquanto batia punheta pra mim. De repente escutei:

-gosta de dar é? Vamos ver até onde você vai.

E foi metendo o vibrador aos poucos na minha bunda, fui relaxando e rebolando pra ele entrar, quando entrou tudo ela tirou e me perguntou se doeu, disse que não, ela meteu de novo e começou com o tradicional e gostoso vai-e-vem. Pedi que ela me punhetasse já que eu não tinha como fazer isso, ela me comia e me punhetava.

Ficamos nisso um tempão ate eu gozar. Ela tirou as algemas mas não o vibrador do meu cu, me levantei e a beijei, comecei a toca-la, fui descendo pelo seu corpo ate sua buceta, quando vi que estava ensopada, ela me disse no ouvido que adorou me comer, disse-lhe que ia retribuir o favor.

Deitei ela na cama e comecei a chupa-la (ainda com o vibrador no cu), ate meu pau endurecer de novo, coloquei a camisinha e comecei a come-la. Ela gemia de prazer e eu também pois ainda estava “dando”. Enquanto comia minha esposa, ela gozou duas ou três vezes, e eu mais uma. Me deitei ao lado dela e ela perguntou de meu novo brinquedinho, disse que estava onde ela tinha deixado, ela se surpreendeu e riu.

-vamos usar ele assim mais vezes?

- vou adorar. Disse.

Mas ainda não repetimos essa transa.

Na próxima retorno aqui para contar.

Comentários

14/10/2013 23:27:43
adoraria dar como vc minha mulher enfiava 3 dedos no meu cuzinho na hora do sexo mas ela parou e estou louco para dar o cu!!
14/10/2013 23:25:37
uai bela casa comigo que faço o mesmo com vc ou melhor sou totalmente liberal no sexo faço qual que coisa que eziste nesse mundo que a minha mulher quiser
14/10/2013 19:38:12
O conto é muito excitante, mas você não virou puta, você já era uma putinha muito safada.
14/10/2013 19:06:23
Cara sua esposa é dez, super mente aberta, queria que meu marido fosse assim.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.