Casa dos Contos Eróticos

Feed

SENDO PEGO PELO AMIGO DE MEU PAI

Categoria: Homossexual
Data: 30/09/2013 15:16:51
Nota 9.00
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Estava sozinho em casa estudando para a prova de história e já passava das 14:00 estava muito calor e resolvi ficar só de cueca já que estava sozinho pois meus pais estavam no trabalho e voltaria só a noite sendo assim pude estudar a vontade mesmo após ter acabado de estudar resolvi ir para o quarto de meu pai assistir tv mas o canal que escolhi ver era proibido para menores resolvi ficar peladinho assistindo e quem sabes batendo uma vendo as transas entre homens.

Tenho apenas 15 anos moreno claro olhos castanhos bundinha redonda cacete médio pouca pelugem estavas numa boa muito excitado que nem percebo que o portão foi aberto e como a porta da sala estavas destrancada adentrou um homem de aparência ter uns 58 anos moreno claro barrigudo e sabendo que meu pai ficava sempre no quarto vendo filmes quando não tinha ninguém adentrou-se no quarto e foi ai que fiquei sem jeito e pedi para ele não contar nada para meu pai ao me ver naquela situação gostosa toda peladinha me fez a seguinte proposta caso aceitasse deveria pagar um belo boquete e ficar de 4 enquanto ele me fodia de vários modos.

Vendo que não tinha escolha já fui de 4 para perto dele e tirei sua bermuda e todo o resto e comecei a chupa-lo sem parar ai ele me pois de 4 e meteu sem cerimônia em meu rabo que dor e ao mesmo tempo prazer em ser fodido por ele me falando sacanagens ao pé do ouvido depois ele me fode de frango assado bate na minha bunda e volta a meter e não aguentando mas goza plenamente na minha bunda e vai paro banheiro tomar uma ducha.

Após o banho o safado vai para sala pelado e me obriga a ficar de 4 chupando a rola dele até a hora de meu pai chegar fiquei com muito medo e ao mesmo tempo muito excitado o que podes acontecer se meu pai chegar e me ver naquela posição nada desconfortável e ao mesmo tempo prazerosa.

As horas não passavam e a cada tapas sendo dadas em meu rabo ficavas apreensível pois a qualquer momento poderias se pego e minha vidinha se tornaria um inferno, mas o sacana vendo minha angustia continuava a bater e meter seus dedos em meu rabo tendo tudo sob controle e quando se cansou tirou uma calcinha do bolso e me fez vestir eras uma fio dental minuscula ao vesti-la me senti a maior putas de todas e assim que acabara de vestir a tal vestimenta me ordenou que rebolaste em seu pau enquanto se deliciava com minha bundinha e a cada rebola estralos eram dados me sentia um puto vadio que estavas ali só para servi_lo do jeito que foste ordenado.

Após se divertir com minha bundinha e meter sem parar ouço barulho no portão meu coração quase saiu pela boca pois não queria que meu pai visse aquela sena erótica mas ai ele me segurou e mandou eu continuar a chupa-lo mesmo na presença de meu pai o amigo sacana já foi mandando meu pai entrar e de boca fechada mandou ele sentar e ver o filho dele sr fodido como pagamento de divida meu pai não abriu o bico e simplesmente só viu seu filho ser fodido como uma verdadeira vadia e o pior quando meu pai viajar com minha mãe na semana que vem ele iras ficar em casa cuidando e metendo sem parar em sua vadia o que irás acontecer nesses dias só no próximo conto irei contar.

Comentários

18/02/2014 16:55:43
Ele já foi preparado pra meter?!? Por que do nada ele tira uma calcinha do bolso!
28/11/2013 12:55:27
cara o pouco que entende do conto achei legal, mas tanta explicar melhor os coisas, mesmo que o texto fique um pouco longo, beleza abraços.
30/09/2013 15:38:29
Bem legal

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.