Casa dos Contos Eróticos

O Loiro Tarado

Categoria: Heterossexual
Data: 19/09/2013 01:31:16
Nota 9.75
Ler comentários (7) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá queridos! Cá estou eu de novo!

Minha mãe havia me ligado e disse:

- Joy, o rapaz da empresa do seu pai tá indo aí entregar uns papéis. Receba-os por favor!

- ok. E desliguei o celular. Uns 10 minutos depois, a campainha tocou.

- já vai! Eu gritei. Cheguei e abri a porta. Me deparei com um loiro lindo, sarado, enorme! Ele me entregou os envelopes e disse:

- está aqui. Eu vou indo!

- hey! Eu segurei o pulso dele.

- sua gorjeta rapazinho! Tirei R$ 50 e o entreguei como meu pai sempre fazia. Ele me entregou um papelzinho com um n° de telefone e disse:

- me liga gostosa!

Ele disse sorrindo maliciosamente pra mim.

Os dias passaram e resolvi ligar para ele. Seu nome era Johnny.

- alô? Johnny?

- oi! Que bom que você ligou! Eu achei que não fosse ligar... mas diz aí... oque quer?

- te chamar pra saír hoje a noite... topa?

- topo!

- beleza! No shopping hoje às 20:00!!!

E fui me arrumar. Um vestido preto curto e colado, uma sandália preta de salto e cabelo solto cacheado... maquiagem leve. E lá estava eu. Esperando o Johnny. E logo o vejo, camisa vermelha, calça jeans preta e tênis. Cabelo teimoso jogado ao rosto. Seus belos olhos azuis pareciam duas safiras brilhando... estava lindo. Sua camisa colada deixava transparecer seu belo corpo. Bumbum grande e arrebitado. Sentou-se e me roubou um beijo. Eu o abracei e disse:

- você e uma delícia, Johnny... aaaahh... gostoso...

- vamos no cinema...

- vamos... vem! Ele me puxou pelo braço e me levou para o cinema do shopping. Entramos e procuramos um lugar bem no fundo e no canto, sem ninguém por perto. Johnny se sentou e eu me sentei ao lado dele, no canto da parede. Ele disse:

- eu não chamei você pra ver o filme!

- oque você quer, Johnny?

- isso! Ele falou enfiando a mão na minha calcinha. Eu disse:

- eu não vou transar com você! Tira a mão daqui! Eu falei chorando. Ele me pegou pelo pescoço e disse:

- ah vai! Vai sim! Eu mando aqui! Eu acho bom você me obedecer! Ele disse já com a mão na minha xoxota semi-desvirginada e disse:

- não vai ser difícil de te penetrar! Vamos sair daqui! Levanta e não chora! Se você chorar, vai ser pior!

- tá bom... só não me machuca Johnny... por favor...

Ele me olhou rindo maliciosamente e disse:

- sabe Joy, quanto mais você faz manha, mais você me excita? Ele disse beijando e lambendo meu pescoço. Eu disse:

- pra onde vemos?

- você dirige! Anda!

- eu tô de moto! Toma seu capacete (a moto e uma Kawasaki Ninja 300 branca) ele pegou o capacete e colocou. Eu coloquei o meu e subi. Ele subiu em seguida e me encoxou gostoso. Eu dei um gemido, e ele começou a apertar meus seios e disse:

- são macios... delicia...

Ao chegarmos em casa (moro num condomínio fechado) subimos de elevador até o duplex dos meus pais. Ao entrarmos, Johnny me segurou pelo pulso e disse: - vamos pro teu quarto, vou te foder gostoso na tua cama!

Eu disse chorando:

- não me machuca Johnny... por favor...

- eu sei que você deu essa xoxota linda pro Liu, o seu vizinho comer! (Quem leu o conto "Meu Chinês" sabe do que eu tô falando).

- eu dei pra ele sim!

- e vai dar pra mim também vadia!

Ele me empurrou pra cima da cama e disse:

- vou fazer uma coisa... ele puxou meu vestido pra cima, tirou minha calcinha e começou a me chupar, ora enfiava a língua, ora chupava e mordia de leve o meu grelinho. Eu estava indo às alturas com aquilo, Johnny disse:

- pode gemer amor... eu sei que você tá gostando...

Eu comecei a rebolar e a esfregar a xoxota na cara dele, e acabei gozando gostoso. Johnny disse:

- agora e sua vez de me chupar... ajoelhe-se! E lá fui eu. Quando eu vi aquele pau lindo, branquinho, todo depilado, aquela cabeçona rosinha pra fora, e aquele belo par de bolas,enlouqueci! Caí de boca! Eu lambia a cabecinha, chupava e depois punhetava, tornava a mamar aquela rola, depois brincava com as bolas... hummm... Johnny gozou gostoso na minha boca seu leite quentinho... eu cuspi fora e levei um forte tapa no rosto.

- vadia! Você devia ter engolido meu leite!

- eu não gosto de engolir porra!

Ele me deu mais um forte tapa no rosto e disse:

- da próxima, você vai engolir tudinho!

- tá bom Johnny... eu já entendi... eu falei triste. Ele se ajoelhou na minha frente e disse:

- olha, pequena, me desculpa... eu jamais machucaria você... eu vou embora!

- não! Me rasga... come minha xoxota...

Ouvindo aquilo, Johnny me deitou na cama e me beijou, chupou meus seios e disse:

- você vai sentir oque e bom... ele disse enfiando seu pausão em mim e me fazendo delirar de prazer, eu disse:

- teu pau e enorme, você e bem avantajado pra um loiro puro sangue! Ele disse:

- e tu gostou né! Ninfetinha!

- tô adorando... aaaaaaaahhh... gostosooooo... eu tô gozaaaaanndooooo caralhooooooo... eu berrei. Johnny gozou junto de mim e caiu exausto na cama. Dormimos juntos. Na manhã seguinte, Johnny me acordou para se despedir de mim e disse:

- da próxima, vou rasgar teu cuzinho!

Depois conto como foi... Johnny e Liu... meus dois machos realizam todas az minhas fantasias sexuais...

Comentários

23/11/2013 20:20:49
Agradeço o comentário no meu conto. Adorei o seu conto, é o primeiro conto seu que leio mas gostei muito, vou ler os outro assim que puder. Nota 10.
11/11/2013 15:19:03
minha nota: 10
02/11/2013 16:15:20
Excelente Só tenho que fala uma coisa Lótus Ninja Quando eu cresce quero se como você ;-)
03/10/2013 00:01:56
Obrigada Yuzo. Eu me descrevi no conto "Meu Chinês". Se você tiver facebook, procura esse e-mail lá kahenninhajackson@hotmail.com
28/09/2013 15:46:54
Grato por ler meu conto, gatinha. Nos tempos medievais, os Ninjas eram treinados desde crianças na arte de espionar e assassinar. As mulheres ninjas, mal menstruavam, faziam sexo aprimorando a arte de seduzir, uma arma extra em suas missões. Agora que você teve aulas com um chinês e um loiro, que tal com um ¨japanisis brasilienses taradus¨? Rss. Gostei do teu conto, bem excitante. Se faltou algo, foi uma descrição de como você é. Talvez você já tenha se descrito em outros contos (que vou com certeza ler), porém, poderia repetir em todos os contos, aumentando o tesão do leitor. Beijão carinhoso na...
20/09/2013 18:21:08
Obrigada, Lorde Caio, vou Tentar melhorar. Grata...
20/09/2013 13:32:37
Bom...Mais muito rápido, minha opinião.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.