Casa dos Contos Eróticos

Feed

Fodendo com a priminha

Autor: Art
Categoria: Heterossexual
Data: 03/08/2013 02:35:36
Nota 9.50
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Eaí pessoas ,meu nome é Artur quem quiser ver minha descrição física visite o outro conto , esse é o meu segundo .

Aconteceu comigo a dois anos , uma prima minha (Bia) veio em casa passar as férias , ficou uma semana , ela tinha 13 anos na época e eu 15 .

Morena olhos verdes peitos pequenos e bunda pequena mas perfeita , estávamos vendo TV na sala , eram 00:00 todos dormiam na hora , com dois sofás e duas poltronas na sala eu estava deitado em um sofá e ela em outro , fiquei olhando suas pernas e seus pés , ela com um short curto e a parte de cima de um biquíni vermelho me deixaram louco .

Fiquei de pau duro na mesma hora , e percebi que ela me olhara e me vi naquele estado , não me mexi , levantei para tomar água e vi que ela estava arrumando o biquíni , quando voltei ela estava sentada com as pernas cruzadas de frente para mim , minha vontade de tirar aquelas sandálias dela e chupar seus pés foi enorme mas me segurei .

Vi um inseto no sofá em que ela estava e ela é muito assustada tem medo de tudo , era a oportunidade perfeita .

---Que é isso aí do seu lado ?

Ela olhou e levantou do sofá , veio ao meu lado e jogou uma almofada no outro tentando acertar o tal inseto , mas não vimos mais ele e ela não queria sentar no sofá.

Ela se sentou ao meu lado e continuamos assistindo TV normalmente ; ela estava com o corpo torto meio que deitada mas com as pernas pro chão :

---Quer por os pés pra cima , no meu colo Bia ?

---Não tudo bem , to de boa

---Mas 'cê tá ' toda torta aí

Me curvei e peguei suas pernas pelo tornozelo e apoiei seus pés no meu colo , senti seu calcanhar bem em cima do meu pau e percebi que iria ficar armado mas me segurei .

Ela se deitou mais pra baixo do sofá e seus pés subiram ficando na altura do meu peito :

---Nossa daqui a pouco 'tá' com eles na minha cara

---Ai cala boca 'ô' - Ela disse colocando seu pé esquerdo no meu rosto

Aí não teve como segurar e meu pau endureceu como rocha ,ela percebeu e recuou um pouco mas depois os deixou ali .

---Vc tá pouco folgada né kkk só falta pedir massagem até kkkkk

Ela riu e disse :

---Tá reclamando de que , se eu pedir você faz kkk

Falei com um tom mais malicioso:

---Posso fazer uma massagem que só eu sei fazer e é perfeita ?

Ela não disse nada e continuei:

---É meio estranho mas é mil vezes melhor do que com as mãos normal

Ela disse meio relutante:

---Tá vai ... pode

Fui tirando sua sandália , tirei as duas e disse para ela:

---Não se assuste kk é meio estranho mas é bom , só deixa eu fazer

---Tá - Ela disse se arrumando no sofá.

Segurei seu pé esquerdo pelo tornozelo e beijei a sola do pezinho dela , ela encolheu a perna e eu disse que era assim mesmo .

Comecei a chupar seus dedos bem devagar e a lamber seus dedinhos , fiz em seus dois pés e os coloquei de volta sobre meu colo e ela sentiu meu pau erguendo a bermuda e estava olhando pra ele , ela disse:

---Meus pés são bons ?

Ela não rui nem eu pois estávamos os dois com tesão .

---Ótimos

---Deixa eu sentir o gosto deles.

Fui por cima dela e a beijei , ela me agarrou com os braços em volta de mim me abraçando e também me beijou , ficamos nisso até que enquanto nos beijávamos eu comecei a alisar as pernas dela , passei a mão por suas coxas até seus pés , depois levei minha mão no meio das pernas dela , sua bucetinha estava quente e úmida , coloquei a mão por dentro e ela estava totalmente ensopada .

Ela dobrou a perna e a segurou ficando com seu pé na boca dela , ela o lambeu e me beijava , lambemos os dois o pé dela .

Ficamos nus ali e me sentei no sofá pedindo para ela me chupar , ela assim fez , aquela boca tão pequena engoliu metade do meu pau (19 cm) , segurei a cabeça dela pelos cabelos e forçava para baixo fazendo ela engolir meu pau inteiro , ela salivou muito e eu parei .

Ela sentou no sofá de quatro e eu fiquei beijando sua bundinha , abri um pouco ela e dei alguma lambidinhas no seu cuzinho , enfiei um dedo e ela deu um gritinho , pediu para eu chupar sua xaninha e se virou de frente para mim , abri suas pernas e vi aquela bucetinha apertada raspadinha mas com alguns pelinhos bem pequenos .

Chupei ela inteira e ela gemia como uma cachorra , fui fechar a porta do corredor para meus pais não acordarem e ela estava de pernas abertas ainda tocando uma siririca bem rápida e gostosa , disse que estava quase gozando , voltei a chupá-la e enfiava dois dedos nela , Bia começou a gritar , disse para ela ficar quieta que alguém podia ouvir , ela cruzou as pernas em volta da minha cabeça com as coxas tampando meu rosto todo e eu a senti gozando , continuei lambendo ela e suguei tudo , dei umas lambidas e chupadinhas nos seus pezinhos e a coloquei de quatro da poltrona .

Encostei meu pau na bucetinha dela e enfiei a cabeça , aquela buceta apertada iria arregaçar , enfiei tudo e ela começou a se contorcer e queria gritar de tesão.

Fui metendo devagar e depois fui bem rápido , depois que parei disse para ela ficar em pé e ela não conseguia por que suas pernas estavam moles , virei ela de frente pra mim com as pernas abertas e enfiei meu pau em sua bucetinha , disse para ela segurar atrás do meu pescoço e a ergui segurando pelas coxas e ela com as pernas dobradas sobre meus braços , fui levantando ela fazendo-a quicar no ar e ela se segurava com força na minha nuca , encostei ela na parede e meti mais rápido , ela quis gemer e eu a beijei continuei metendo sem tirar minha boca da dela , ela gemia pra dentro abafado pela minha boca.

Estava com tanto tesão que ela gozou novamente , mas não parei de meter nela , nunca fiquei com tanto tesão , e ela estava com muito também , fiquei beijando seu pescoço e a coloquei de volta no sofá.

Ela veio sobre mim , e cavalgando curvada me beijando , ela afastou um pouco a boca e ficou com a língua para fora roçando a minha , ela disse ;

---Abre a boca

Eu abri e ela fechou a boca e deu uma cuspidinha dentro da minha boca .

Achei estranho mas foi uma delícia , ela foi rebolando no meu pau e gozou de novo , disse que agora era minha vez .

De quatro de novo nem fui devagar e soquei minha rola no cuzinho dela , fiquei fodendo ele bem forte , puxei ela de modo que suas costas encostassem no meu peito , ela estava quase reta , queria gritar mas eu tampava a boca dela com minha mão , colocando meus dedos dentro da boca dela ela os lambia e chupava eles , meti mais um tempo e fui gozar , me deitei sobre ela , ela com as pernas abertas , soquei em sua buceta meti um pouquinho e disse que iria gozar .

---Vô gozar na sua boquinha Bia , abri ela aí vai

---Não , goza na minha buceta vai , enche ela de porra caralho!

Nem pensei duas vezes , quando percebia que iria gozar meti mais forte e mais rápido e finalmente gozei , seu rosto mudou de expressão , estava gemendo e quando sentiu minha porra entrando nela ficou sem reação e totalmente largada no sofá .

Depois fodi mais ela que conto para vocês outro dia , pois ela está aqui comigo agora e me ajudou a contar esse conto rs vou comer ela e depois eu conto também , até outra hora.

Comentários

03/08/2013 13:01:58
Adorei mulheres que tiver o waths app add +
03/08/2013 07:11:56
bom

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.