Casa dos Contos Eróticos

Quem procura acha

Autor: Kasal SP
Categoria: Heterossexual
Data: 22/07/2013 20:17:18
Nota 9.71
Ler comentários (4) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Caros leitores não podia deixar de dividir essa verdadeira e excitante historia.

Sou casado com uma morena linda de 1,65 uma bunda empinada seios fartos e uma simpatia contagiante, Marcia é o tipo de mulher que onde passa encanta os homens.

Nesse ultimo fim de semana resolvemos sair para nos divertir sem destino certo, mas cheios de fantasias, ela se produziu de uma forma de dar inveja a muitas meretrizes colocou uma calcinha fio e um vestidinho bem curtinho e caprichou na maquiagem.

Como já era tarde e não tínhamos muitas opções resolvemos para em um café 24 horas para comer algo e tomar umas cervejas, quando entramos no ambiente todos pararam para olhar aquela morena passar, sentamos um uma mesa com bancos altos ela cruzava e descruza as pernas enlouquecendo a geral, da forma que ela estava sentada dava pra ver as poupas de sua linda bunda, aquele exibicionismo todo estava me excitando muito e eu nem sabia que o melhor ainda estava por vim, tomamos algumas cervejas e resolvemos ir embora, antes decidi ir ao banheiro e pedi para ela ficar na fila do caixa, quando voltei não acreditei no que vi, tinha um rapaz encouchando ela na fila e falando ao seu ouvido, ela estava adorando com carinha de que estava querendo se divertir com rapaz, ele aparentava ter 22 anos, do tipo malhado bem apresentado, pagamos a conta e do lado de fora ela me apresentou seu novo amigo.

Amor esse é o Felipe acabamos de nos conhecer e eu o convidei para tomar umas cervejas com agente, você não se importa né?

Cumprimentei o rapaz e disse que claro que não me importaria seria ótimo a companhia dele, saímos os três em nosso carro em busca de uma bar, ela toda oferecida sentou-se no banco de traz do carro, eu ejetei o retrovisor pois sabia que iria presenciar um belo espetáculo, seguimos e logo começaram os amassos, ela sentou no colo dele o vestidinho já estava na altura da cintura e ele a beijava enlouquecidamente eu não encontrava nenhum bar e ele já estava quase comendo minha mulher com o carro em movimento mesmo, eu estava quase gosando de ver aquela cena mas eu queria ver aquela foda de camarote e levei o pombinhos para casa, encostei o carro na garagem, nosso novo amigo entrou sem pudor algum e foi logo arrancando o vestidinho da safada, pois era a única peça de roupa de restava pois a micro calcinha já tinha ficado no carro, em seguida tirou sua calça ficando apenas coma cueca box que dava para ver o pau explodindo cueca, que logo a safada tirou revelando um membro de 20 cm com veias pulsando de tesão, ela começou a chupar como chupasse um picolé em instantes ele estava fodendo a boca dela como se tivesse colocando em uma xana e gozou inundando sua boca, ela não perdeu uma gota se quer, e então ele resolveu retribuir o presente e começou a chupar sua xaninha como se fosse engolir ele mordia o grelo dela arrancando gritos que logo seguiu de um intenso gozo frenético.

Ele já estava recuperado e ela implorando para ser penetrada, a deitou na cama e começou um carinhoso papai e mamãe com muitos beijos e mordidas e gemidos, que logo se transformou em forte bombadas ele colocou as pernas dela para cima e pediu para eu segurar para ele fode-la com mais força ela se contorcia de tanto prazer e pedia mais, aos gritos de me fode quando ela gozou pela segunda vez, ele a colou de 4 e começou a alisar seu cuzinho e peguei um gel para lubrificar ela, mas ela disse que não queria, queria a seco para poder lembrar por mais tempo de seu amante, e pediu para ele “ soca no meu rabo para completar a noite desse corno mostra para ele como um homem fode o cú de uma piranha” ele apenas colocou um pouco de saliva em empurrou sem dó, e ela deu um grito com misto de dor e prazer, ele estocava forte e gemia como uma animal e ela gritava e pediu para ele tirar o preservativo e gozar dentro dela e assim ele fez enfiou novamente só que dessa vez ela sentia os nervos deles pulsando em seu orifício esfolado ele parecia curtir cada pedacinho daquele cú até não aguentar mais e enchendo ela de porra, que me beijou e dizendo, “obrigado meu corninho você é o melhor marido do mundo”.

Comentários

03/02/2014 12:09:36
Que delícia!!!
27/07/2013 17:43:11
Parabens, http://drmenage.blogspot.com.br/
22/07/2013 23:26:12
Saio com casais há uns 15 anos e adoraria conhecer vcs. Meu Skype é marcodotadospreal. meu MSN é marcodotadospreal@Live.com ou meu e-mail marcodotadospreal@Live.com vou adorar virar sua esposa pelo avesso por horas seguidas diante de vc na sua cama.
22/07/2013 21:49:11
Gostei da história, bem excitante. Quase todos casais liberados começam, invariavelmente com um ménage. Na próxima vez, nem precisam procurar para achar. É só chamar este ¨japanisis brasilienses taradus¨. Rss. Beijão.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.