Casa dos Contos Eróticos

O Meu Eu 2 cap 7

Autor: Hericks
Categoria: Homossexual
Data: 15/05/2013 23:16:05
Nota 9.86
Ler comentários (8) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Oi gente voltei, sei que a história ta chata e tals, to pensando em parar de escrever sobre minha vida e sei lá, inventar algum conto, enfim gostaria da opinião de vocês, claro!

Lipe*-*: eu morri de rir do seu comentaria ai BIXA MÁ, fui taxado de demente ¬¬ mais não importa.

Eu li um coment do Ru/Ruanito não é bem assim não ta, ele nem gemeu só fez uns barulhos desconhecidos.

Eu: garoto você me da ânsia de vômito, xispa da minha frente. - ele se levantou e foi para seu lugar e fui estou agora aqui no quarto, iventei uma doença e estou de atestado, tomei um remédio para dormir e acordei apenas no outro dia, totalmente desanimado e com um sorriso triste na cara, não vou mentir para você, eu estava gostando dele, fui fazer minha higiene matinal, me arrumei e fui para a sala ouvindo 93 million Miles – Jason Mraz, cheguei la como um fantasma, totalmente em silencio, sentei em minha cadeira e fiquei la rabiscando coisas sem sentido, versos melancólicos entre outros, eu ouvia as risadas dos garotos, suas piadas e tudo mais e nada disso me comovia, estava ouvindo musica e rabiscando em meu caderno no meu mundo “perfeito”, estava com saudades de casa também, percebi que duas pessoas estavam paradas em minha frente mais não dei a mínima idéia, queria ignorar tudo e todos, até que um deles se abaixou e pude ver que era Wesley (o carinha que só conversei uma vez)

Wesley: posso falar com você?

Eu: pode, eu acho...

Wesley: Eu fiquei sabendo de você Kle... – Quando ele ia falar o nome do santo eu o interrompi.

Eu: Não fala esse nome, por favor.

Wesley: Ta bom, mais enfim, fica assim não cara, bola pra frente a vida segue seu rumo! Você é lindo e vai encontrar alguém especial que vai te fazer feliz aqui nessa escola, vamos quero ver você dar um sorriso, nem que seja o pior, mais quero ver você sorrir. – Dei uma leve gargalhada com o que ele disse. – Isso assim que eu gosto, mais enfim querido, qualquer coisa pode me chamar, vou indo nessa, beijos.

Eu: Ta ok, beijos Wesley.

Wesley: Me chama de paçoca.

Eu: Tá, paçoca.

Wesley: Muito fofo você falando paçoca, agora eu vou indo pro meu lugar.

Eu: Vai lá. – Passei o resto da aula como um fantasma só falei na hora em que o professor fez a chamada, as horas foram se arrastando e finalmente chegou o intervalo, e em vez de me juntar com os meninos eu fui para a biblioteca, chegando la me deparo com um enorme salão, com muitas estantes lotadas de livros, peguei um livro qualquer e coloquei meus fones de ouvido e comecei a escutar Try – P!nk, fiquei viajando la, quando meu celular da uma pausa na musica e volta em fração de segundos, vi que era uma mensagem do Kleber, relutei contra mim mesmo, mais acabei lendo.

Mensagem : “Onde você ta menino? Estamos te esperando, vem logo.”

Pensei comigo mesmo “eu sei que não devia, mais eu vou, vou seguir o conselho do Wesley.”

Fui a caminho da arvore, quando cheguei dei de cara com Diogo, sabe quando você se sente envergonhado? Então eu me senti assim, puxei ele pelo braço sem ao menos mencionar nada, quando ficamos um pouco afastado dos garotos que nos seguiam com os olhos, olhei para Diogo que estava assustado.

Eu: Me desculpa? Me perdoa por favor.

Diogo: Ain Meu Deus, para com isso, vem aqui sem ressentimentos meu lindo, eu faria a mesma coisa se fosse você. – Me senti um pouco aliviado, dei um leve sorriso e o abrecei, e ele correspondeu meu abraço, fomos conversando até os garotos e Wesley sentou do meu lado.

Wesley: Vi que meu conselho te serviu bem.

Eu: nem sei como te agradecer.

Wesley: Um sorriso já vale.

Eu: ah sim... – dei um leve sorriso.

Wesley: Você pode fazer melhor, onde você é mais sensível?

Eu: Na nuca mais a reação do toque é outra. – e ri de mim mesmo.

Wesley: Humm bom saber, e viu você riu.

Eu: Verdade. – Ficamos conversando coisas idiotas, e com os outros meninos também. O resto do dia passou normal, Kleber conversou comigo por mensagens, insistiu que insitiu em tentar tudo denovo, mais eu não queria não agora, ele me chamava de amor, pequeno, príncipe, bebê e outros apelidos melosos, mais fiquei com um pé atrás, sempre respondia suas mensagens, mais sem carinho e sem melosidade, fui para meu quarto e me deitei, fiquei jogando no celular e Kleber me liga, ele ficou 2 horas falando no telefone eu só respondia, sei, uhum, aham, Hamm, como?, repete e essas coisas, depois começamos a discutir de novo só que pro telefone.

Eu: Kleber, eu volto com você com um condição!!

Kleber: Fala qualé?

Eu: Você vai me dar o tempo que eu precisar, pra mim pensar e colocar a cabeça no lugar e esquecer o que você fez.

Kleber: E se você se apaixonar por outro.

Eu: Ai eu te largo de lado.

Kleber: Eu não aceito a proposta então. – e voltamos a discutir novamente, desliguei o telefone e bloquiei o numero dele, fui andar um pouco na escola até que meu pai liga.

Pai: Filho tenho uma surpresa pra você.

Eu: Fala ae coroa!

Pai: Sexta feira eu vou te buscar e você vai passar 1 semana comigo e sua mãe.

Eu: Serio pai??!! Que tudo, que horas você quer chegar aqui?

Pai: 9 horas eu já vou estar ai, agora vou desligar pra resolver com sua escola, te amo filho.

Eu: também te amo pai. – Desliguei e fui correndo pro meu quarto, quando me olhei no espelho tive um treco, estava com cara de abatido, se meu pai visse aquilo ele arrumaria um escândalo naquela escola, comecei a me cuidar e notei uma melhora muito boa. Tomei banho me deitei e dormi a tarde toda, acordei anoite, me arrumei e fui jantar, voltei para meu quarto, liguei para o Wesley, avisei a ele, de que meu pai iria me buscar pra ficar 1 semana com ele, e o Wesley foi super comigo, ele me apoiou e falou para mim bater muitas fotos para ele kk ><’

Voltei para minha cama, li algumas coisas na internet, facebook e vim aqui escrever para vocês.

Então pessoas como eu disse acho que vou parar por aqui... e começar um conto fictício, porque ai vocês vão gostar mais, o que vocês acham?

Comentários

17/05/2013 11:29:51
nao pares eles esta demais
16/05/2013 19:15:21
Mto bom. Acesse: http://luanapri.blogspot.com.br/
16/05/2013 15:17:17
muito bom, continua
16/05/2013 06:13:53
Saudades do D*** e D****,P***** odeio ******* culpa dele,aiaiai uns barulinhos estranhos é foda Hahahaha
16/05/2013 04:38:25
10 !
16/05/2013 00:05:50
Para nao, so fico triste pq vc n escuto meus conselhos .. Sabe qual o mal de voltar pra alguem que ja te traiu? É que vc nunca confiara nele cem porcento , vc sempre tera um pé atras.... Que tipo de relaçao é essa?
15/05/2013 23:53:33
Muito bom, não para não, continua!
15/05/2013 23:53:19
Muito bom, não para não continua!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.