Casa dos Contos Eróticos

Feed

Comendo a tia carente

Categoria: Heterossexual
Data: 14/05/2013 15:03:27
Nota 8.75
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia
Ashley Madison - Have an affair. Married Dating, Affairs, Married Women, Extramarital Affair

Olá, estou de volta.

Dessa vez vou contar como comi minha tia carente.

Como já disse em meu primeiro conto, me chamo Gabriel, tenho 21 anos, 1,86 m de altura, moreno claro e pau de 17 cm.

Bom, como estou morando sozinho enquanto meus pais estão pra fora do país e não sou muito prendado com os afazeres de casa, eu pago minha tia para fazer a faxina 2 vezes por mês.

Minha tia chama Marcia, tem 43 anos, morena quase negra, seios fartos porem caidos devido ao tempo, bunda media... o forte dela são mesmo os seios com bicos grandes.

Ela se separou há muitos anos atras e vive com a minha avó, cuidando dela.. Não sai, fica dentro de casa o tempo todo e tinha muito tempo que ela não sabia o que era ter um pau dentro da boceta dela.

Trabalho o dia todo e ela aproveita quando não estou em casa pra arrumar tudo por aqui.

Em um certo dia eu não fui trabalhar e já estava combinado com ela pra vir arrumar a casa.

Ela começou a arrumar as coisas... estava com uma regata que apertava seus seios e deixavam eles ainda maiores, sem suitã e um short de lycra que partia a boceta dela ao meio, deixando estilo "pata de camelo".

Estava meio tarado esse dia e meu pau ficava duro o tempo todo, e um certo momento ela abaixou pra pegar algo no chão e eu passei por tras dela pra ir na cozinha e acabei roçando o pau duro na bunda dela e ela na hora olhou pra tras e eu fiquei sem graça e fingi que nada tinha acontecido... quando fui voltar para o quarto ela abaixou do mesmo jeito e passei roçando o pau na bunda dela de novo, só que dessa vez mais devagar pra ver no que dava. No meio do caminho ela forcou a bunda no meu pau me prensando contra a parede, olhou pra tras e disse:

- Cuidado com isso aí hein menino! - E sorriu pra mim . Eu disse:

--- Eu tomo cuidado, só uso na hora certa e com quem merece.

Tudo isso sem desencostar a bunda do meu pau.

Ela deu uma mexida e disse:

- Pelo que eu to sentindo, sorte de quem merece isso aí...

--- Se quiser testar, fique à vontade tia!

- Então eu quero ver se você cresceu mesmo...

Virou de frente pra mim, pegou no meu pau por cima da bermuda e ficou apalpando e eu mesmo tratei de tirar ele pra fora... ela pegou nele e disse:

- Realmente, você cresceu hein menino!

--- Ué tia, você acha?

- Não acho, tenho certeza! Quanto tempo não vejo um pau duro assim na minha frente...

--- Ele é todo seu, pode usar e abusar...

- Então vou matar quem esta me matando já faz tempo...

Sem cerimonia ela agachou na minha frente e comecou a pagar um boquete pra mim...

--- Nossa tia, mesmo com esse tempo parada você não perdeu o jeito hein? Que boca gostosa!

Ela sorriu sem parar de chupar, chupava minhas bolas com vontade, babava muito.. comecei a fazer o vai e vem e metia na boca dela como se fosse uma boceta, as vezes ela até engasgava...

Depois de um tempo fiz ela parar e tirei logo a roupa dela toda e sentei ela na mesa da sala de jantar, comecei beijando o pescoço e desci para os peitos... mamei muito, mordiscava os bicos e apertava com gosto...

Desci pra boceta, e que boceta!

Raspadinha, muito bem depilada grelo pequeno, uma delicia!

Nunca chupei tanto uma xota igual chupei naquele dia... enfiava a lingua com gosto no buraquinho dela, lambia o grelo enquanto enfiava dois dedos nela, foi tao intenso que ela acabou gozando naquela chupada... me levante e comecei a colocar o pau naquela boceta gostosa e relativamente apertada... metia com gosto e ela gemia e me fala:

- Mete mais forte, mete mais, fode a boceta da titia vai, fode gostoso...

As palavras dela só aumentavam meu tesão e eu metia com mais vontade ainda...

Ela me empurrou contra a parede, desceu da mesa, virou de costas e num encaixe perfeito meu pau entrou na sua boceta...

Ela mesmo fazia os movimentos, rebolava, gemia e eu so apertando os seios e curtindo aquela trepada..

Fomos pra sala e sentei no sofa ela veio por cima cavalgando...

E como cavalga gostoso, rebolava gostoso, era forte, fazia barulho, eu assumi os comandos e eu mesmo comecei a meter... metia forte e sem avisar eu gozei dentro dela, enchi ela de porra e ficamos assim por um tempo, ela sentada no meu pau enquanto a porra ia escorrendo...

Pra minha surpresa ela levantou e fez um boquete limpando tudo,tomando toda a porra que tinha escorrido.

Ela vestiu sua roupa, se despediu de mim e foi embora... Ainda nao tivemos outra oportunidade, mas assim que tiver eu vou comer o cuzinho dela!

Bom, esse foi meu segundo conto e espero que tenham gostado.

Se estiverem gostand e quiserem que eu escreva mais deixe um comentario com sua nota! Valeu!

Comentários

25/08/2014 12:37:31
Eu come a minha tia, e vou comer outra tia minha, bem gostosa tambem
04/05/2014 18:06:56
Que titia safada
02/06/2013 00:37:38
Delícia! Não foi trabalhar ainda meteu o ferro na tia.
01/06/2013 10:20:15
Belo conto....
17/05/2013 15:02:57
muito bom cara... recentemente eu comi a mha sobrinha um tesao!!
16/05/2013 10:35:12
meteu gostoso na tia. fiquei de pau duro
14/05/2013 15:47:14
Bonzim

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.