Casa dos Contos Eróticos

Amor Porque E Tão Dificil 6

Autor: Rodrigo
Categoria: Homossexual
Data: 11/05/2013 12:44:23
Última revisão: 13/05/2013 11:46:44
Nota 9.80
Ler comentários (4) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Ola gente desculpem o atraso e que minha conta da vivo não tinha chegado e por isso fique sem internet mas vamos ao conto tema de hoje(cold play-the scientist)e me despulpem os erros de ortagrafia.

Amor Por Que E Tão Dificil parte 6

no epsodeo anterior...

===========================================================================

eu:não vai mais encosta em mim não é?

gui:não,não vou.

eu:vc vai prometer que vai sim encostar em mim.

gui:tudo bem mas hoje não.

gui:vamos sair?

eu:sim.

landrão:passem a grana,agora.

eu:HHHHHHAAAAAAAAAAAAAA.

===========================================================================Narração guilherme.

Eu me lembro de ter dessacordado aquele FDP,mas antes esse desgrasado acertou o meu amo,eu entre em desespera com o rodrigo nos meus brasos sangrado muito,rapidamente eu liguei para o hospital e pedi que eles liguasem para a policia(que por sunal nunca ta presente quando a gente presisa)só que aquele desgrasado poderia acorda a qualquer momento,e já que tinha uma corda perto dele eu logoamarei suas maos nos pes,depois rasgue um pedaso da minha camisa e coloque em cima do sangramento do rodrigo para conter o sangue que sai do seu braso ele estava palido muito gelando e respirava facro eu fale no ouvido dele:

eu-vc dese que não ia me abandonar.falei chorando.segurei ele bem perto do meu peito e pego a mão dele .eu te amo,por favor não faz isso comigo...NÃO ME ABANDONA...falei gritando.

Logo a ambulansia chegou os para medicos comesaram a fazer os primeiros socorros mas não adiantava de nada,so poderia fazer mais no hospital,quando chegamos ele levaram ele para o sentro sirugico para removar a bala eu fque andando para um lado e para o outro e as enfermeiras pedindo para me acalma(como e facil pedir para alguem se acalmar quando não e eles que ta com o grade amor da sua vida numa mesa de cirugia perde muito sangue)logo os medigos chegaram e pergunta:

ele-que e o sr.guilherme sousa?

eu-sou eu doutor,como o rodrigo ta?

ele-sinto lhe enforma mas le esta muito mal,ele perdeu muito sangue e vai presisa de uma transfusão.

eu-qual e o tipo sanguinio dele?

ele-e O-.

eu-sou O- eu posso ser o doador?

eu-claro,mas vamos logo cada minuto conta.

Ele me levou para dor meu sangue(gente eu morode medo de agulha mas,nessa hora nem ligue)então depois de tanta presam eu perdi conpletamente os sentidos quando vi como estava o rodrigo de olhos fechados dormindo profundamente.

Eu acordei no na sala de recupreração e depois eu fui direto na sala de espera procura por noticas,quando o medico chegou quase que ue malto ele segurando o colarinho da sua camisa eperguintando:

eu-como e que o rodrigo esta?felei apertando ele mais ainda.

ele-calma...primeiro presiso de ár para fala.ele disse isso e eu soutei ele e depois fala

ele-bem sue amigo ele esta muito bem a transfusão foi um suceso

eu-onde ele esta?!

ele-num quarto se recuperando,vc que velo?

eu-claro.

ele-então me siga.

Fui ate o quarto 15 onde ele estava,parecia um anjo dormindo,nem parecia qua aviamos saido de casa pois ele estava esatamente dojeito quando nos tivemos nossa primeira vez ,fui ate ele sentei no seu lado o medico sai e eu fique sozinho com ele peguei sua mão e dei um beijo e falei:

eu-vc me deu um maior susto,não faz isso.

eu-eu te amo.falei me apoximando dele e beijando os sues labios de leve,quando eu ia me afastando sinto um aperto na minha mão e esculto.

taylr-tambem...te amor.ele avia acordado,ele tinha falado com uma serta dificuldade.

eu-meu amo que bom que vc acordou.

taylr-por que vc me beijou?

eu-vc tava tam lindo,e vc acordou quando eu te beijei não foi?

taylr-vc ta me achando com cara de bela adormeicida pra ficar me acordando com beijinho.

eu-vejo que vc ta bem melhor,vc lembra de alguma coisa do que aconteceu?

Ele olha para os lados e fala:

taylr-onde eu estou?

eu-vc ta num hospital.

===========================================================================

Narração rodrigo.

Quando ele falou aquilo tudo que avia acontecido vou tou como um trem-bala na minha cabeça eu pergunto:

eu:vc estar bem?

gui:sim eu estou,mas quero saber e de vc quer alguma coisa,agua,comida,ir no banheiro qualque coisa pode fala.

eu:quero nada não mas por que isso ate parese que eu ia morrendo.

Depois que eu temino de fala lembro e pergunto:

eu:espera por que nos estamos aqui mesmo?

gui:vc não lenbra de nada?

eu:não!me conta.

gui:nos estavamos entrando num beco escuro,e ai um ladrão vei nos roubar dai,eu derrubei a arma dele no chão e ela desparou e acertol em seu ombro num lucal muito delica,por isso vc perdeu muito sangue,tiveram que fazer um transfusão.

eu:nossa mais como acharam o- aui pelo que eu sei o estoque desse hospital acabou.

gui:se fosse precisso eu de dava todo meu sangue.

eu:foi vc?

gui:sim fui eu.

eu:obrigado.

gui:por que?

eu:vc ainda pergunta.

gui:se ta falando do que eu fiz foi mais que minha obrigação.

eu:mesmos assim,obrigado.falei beijado ele de leve.

gui:vc que alguma coisa?

eu:se com coisa que dizer comida quero sim,nos tinhamos acabado de compra o chocolate quente e droga do landrão nem me dixou termina.

gui:ok,vou ver se consigo alguma coisa,me espera.

eu:vai rapido,vai,vai,VAI LOGO.

Ele esta andando mais lento que um tartaruga,ate as lesmas consiguiam andar mais rapido,ele demorou mei que uns 9 minutos e volto e fala:

gui:demorie?

eu:deu ate de mim tira uma soneca.

gui:nossa,vc ta esigente né?

eu:sim por que eu prefirei se nos tivesimos em casa fazendo...

gui:fazendo oque?

Eu aproximeime do ouvido dele e falei´´sexo``ele me olhou e abaixou a cabeixou a cabesa e depois falou:

gui:tem razam,foi culpa minha.falou quase chorando.

Eu aproximei ele de mim e falei:

eu:ei,não foi culpa sua,vc poderia ter se machucado no meu lugar não e eu ia me culpar por isso mas vc sabe que não foi culpa sua e sim daquele ladrão.

gui:ele não era um ladrão.

eu:como e?

gui:ele vei com uma intenção,mas não foi para nos roubar.

eu:então para que?

gui:foi pra me matar.

eu:por que alguem iria quere te matar?

gui:tem muita coisa de mim que vc não sabe,mas quero que saiba que se um dia eu te dixar e pra te proteger,vc entedeu?

eu:sim,mas vc não me respondeu,e vc tambem ta me asustando.

gui:aos poucos eu vou te falando tá,é não tenha medo sempre vou te proteger de tudo,mas agora vou ver quando vc pode ter altar tá?

eu:ok,vai la.

Minha cabesa estava estourando o que o gui estava escondendo de mim,minha cabesa tava a mil,depios o medico eo gui entra:

ele:como vc esta se sentido?

eu:estou bem.

gui:quando ele vai receber alta?

ele:amanha,mas vc vai ter de ficar em repouso o que encluem nada de,corre,andar,se esforsa muito e sexo por uma semana.

eu:como é sem sexo por uma semana.

gui:poderia ser pior,poderia ser um mes.

eu:vira essa boca pra la.

ele:ok,vou deixar vcs assos.

gui:obrigado.

eu:gui,vc pode trazer alguma coisa pra mim comer?

gui:sim,mas e...

eu:e...

gui:e que eu ja trouse esta bem ali,vou pegar.

eu:i e mesmo,vai lá.

gui:vc tem aligia a auguma coisa?

eu:não.

gui:vc que um morango?

eu:sim,mas tem chocolate?

gui:tem sim senhor esigencia.

eu:ok,seu engrasado,tras logo to morrendo de fome.

gui:toma.

Vocês acreditam que ele me neguo o marngo,mas quando ele nao estava olhando e dei uma mordida que quase o dedo de vinha junto,mas eu não mandei ele me negar mas fique com pena porque ele estava sacodido a sua mao com dor,confeso que fique com muita pena então pegue a sua mão e a beijei despois olhoe no fundo dos sus olhos e falei:

eu:eu te amo.

gui:eu tambem te amo.

Falou me beijando bem na hora que o medico e falou:

ele:não se esquesa nada de sexo.

eu:vcs esta sendo injusto me condene a outra coisa mas não sexo.

Eles comesaram a rir depois o gui foi pegar umas roupas para mim ir enbora no dia seguinte felizmente o midico deixo ele ficar no quarto(podese imaginar que eu dormi feito uma pedra)mas acordei cedo 6:30 eu estava acordadicimo só esperando o medico me libera,não demorou muito eo gui acordou pela sua espresam anoite não foi nada confortavel mas mesmo assim ele estava beautiful como sempre,ele me olha e eu falo:

eu:you're beautiful.

gui:vc que é,quer que eu chame o medico para te libera?

eu:claro.

gui:ok,vou chamalo.

Falou vindo me beija mas ia nós nos lembramos que não tinhamos escovado entam sem beijo mesmo ele foi buscar o medico,ele me recitou uns remidios e depois me liberou quando chegue em casa a primeira coisa que fiz foi escovar os dentes depois foi o gui e ai dim teve um beijo longoe demorado quando fui em direção ao quarto ele me pega no colo e me leva para cama ele se deita do meu lado e assim foi que nos conseguimos dormi em paz...

Continua...

==============================================================================

No Proximo Epsodeo...

eu:bom dia me lindo.

gui:bom dia.

gui:não me provoca vc sabe nada de sexo.

eu:vamos pelomenos bricar um pouco.

gui:ok,mas só um pouco.

gui:vc esta bem?

eu:sim continua.

gui:não eramos para ter feito isso.

eu:eu to bem não se preuculpe.

==============================================================================

Bem gente foi mais um capitulo dessa serie que vai prometer muito mais,vam entra novo personagens e muito mais perigo no amor desses dois mas não vou contar tudo antes da hora,esse capitulo ficou pequeno mas e por que estou com muitos problemas em casa,OBRIGADO.

COMENTEM...

Comentários

12/05/2013 11:58:45
demais
11/05/2013 22:19:09
Muito bom. Segredos?! Estou curioso!
11/05/2013 14:25:58
Ai que bom q ele ta vivo ufa!,ai o Guilherme ta me assustando gente
11/05/2013 12:59:06
Mto bom. http://x-tudotudotudo.blogspot.com.br/

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.