Casa dos Contos Eróticos

JAPONESAS, DELICIAS ORIENTAIS

Autor: danton1933
Categoria: Heterossexual
Data: 11/05/2013 12:00:53
Nota 9.00
Ler comentários (1) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Me chamo Danton, sou casado tenho 39 anos, sou da área da saúde, e como muitos aqui tenho meus sonhos e tenho minhas fantasias, alguns aqui sonham em ser cornos outros sonham em dar o cu, outros sonham em comer a mulher do outro, em traição, em sadomazoquismo, mulheres querendo chupar bucetas, sonho de comer negras ou japonesas, gordinhas, loiras ruivas, enfim de um modo ou outro todos dividimos os mesmos sonhos...o que passo a narrar agora aconteceu comigo a alguns anos atrás, eu era técnico de enfermagem em uma unidade de saúde, em uma cidade próxima a minha, trabalhava no plantão das 6 a meia noite, nesta época começou a trabalhar comigo uma médica japonesa, era bem japonesinhamesmo, tin ha olhos puxadinhos e cabelos lisos até as costas....mas como todos sabem existem as diferenças de classe e herarquia e eu me mantinha na minha...com o tempo nos tornamos amigos e comecei a escoltar ela em casa por cusa do horário que saiamos do plantão, eu ia de moto e ela de carro..depois de algum tempo, um dia ela parou em frente ao prédio em que morava a pedido dela entrei em seu carro e começamos a conversar, ela era mais jovem que eu e bem engraçadinha...depois de um tempo neste enbaraço, eu a beijei, mas fiquei com muito medo de sua reação...e ela respondeu normal e começamos a nos encontrar....me lembro a primeira vez em que trepamos, cheguei em seu apartamento, fui recebido por ela que usava um shorts branco e uma blusinha, de pé mesmo eu a beijei, e nossos beijos ficaram mais e mais forte então lentamente desci minha boca pelo seu corpo, e fui a acariciando por sobre a roupa, então em um movimento brusco retirei sua blusa e seu sutiã, e seus seios apareceram durinhos, pequenos mais de bicos bem grandes....lentamente eu os cherei fui abocanhando bem devagar, com a ponta da lingua os lambia e ela se tremia toda, desci minha boca pela sua barriguinha passei pela frente de sua bucetinha e fui até seus pés, de pé mesmo subi minhas mãos e fui retirando seu shorts, ela ficou só de calcinha, lentamente passei a boca por sobre a frente de sua bucetinha e senti aquele cheiro delicioso que as bucetas tem, um cheiro de tesão , ela emanava um cheiro de sabonete com sua excitação, eu lentamente com a ponta da lingua, retirei de lado sua calcinha e fui enchendo a boca com aquela bucetinha carnuda e bem peludinha, era aparada na verilha,mas no meio era bem peludinha, e pelo de buceta japonesa é bem mais grosso, bem mais pretinho fios fortes, e lisos, então me maravilhei com aquela bucetinha que cheirava a sabonete e sexo ao memo tempo, debaixo para cima levantei ela com minha boca....lambia sues labios colocava a lingua la dentro e sentia aquele gosto meio que azedinho que só as bucetas tem, era maravilhosos e ela respondia rebolando em minha boca, de repente a virei de bunda e enfiei a lingua em seu cuzinho, ela levantou abundinha arrebitou o cuzinho, enfiei minha boca e por trás eu mordia sua bucetinha e seu cuzinho, fiquei ali por uns 20 minutos me sentindo o homem mais feliz do mundo....a peguei no colo a coloquei no sofa tudo com bastante calma ...retirei meu pau e coloquei em sua boca pequena, ela só se contorcia...lentamente começou a mamar em meu pau engolia ele inteiro e beijava sua cabecinha, sua boca pequena apertava a cabeça dele, eu enfiava la no fundo e tirava, não aguentando deitei e fui com a boca naquela buceta peluda, passei meu rosto senti que ja tinha gozado pois estava toda meladinha então chupei la no fundo ficamos assim por um longo tempo, mordida sua buiceta e ela quase arrrancava meu cacete...ent~so gozei em su boca, enquanto mordia aquela buceta cheiorsa e quente peluda, muitos pelos grosso e que me enfivam na boca...depois disto a deixeie descansar, lentamente a virei de quatro fui enfiando a cabecinha do cacete em sua bucetinha que apesar de peludinha era apertadissima, de repente deslizei para dentro dela...a segurei pela cintura e metia la no fundo e saia, ela naquele jeitinho oriental ainda meio que timida, só gemia, não dizia nada...me apertava as coxas e me puxava para dentrod ela...eu atolava só deixando o saco de fora...era delicioso, passava a mãopor debaixo dela e sentia aquela maço de pelinhos lisos e grossos, aquilo me deixava louco de tesão massageava seus seios pequenos e enterrava a vara em sua bucetinha...a peguei no colo a levei ao banheiro e comecei a lavar seu corpo ensaboei sua bucetinha peludinha, enchaguei e meti a boca ela estava de pé no chuveiro, a agua caia por sua bucetinha molhando os pelinhos e eu a chupava como um louco, ela gritava em minha boca... comecei a ensaboar seu corpo novamente descendo bastante champoo pela suas costas lavando seu imenso cabelo...a segurei pela cintura encostei meu pau que neste ponto estava duro e latejante encostei a cabecinha em sua bundinha que se arrebitou, senti com os dedos seu cuzinho, desci minha boca lambi aquele cuzinho lindo, chupei suas coxas enfiava a lingua la dentro de seu cuzinho...ela rebolou em minha boca, lambia cheirava mordia aquele buraquinho lindo e cheirosinho, não acreditava que estav prestes a receber aquele presente, lentamnte enpinei sua bundionha encostei acabecinha do pau em sua entradinha, ela disse que queria muito então fui deslizandio por dentro de seu cuzinho sentindop as preguinhas se abrirem, fui invadindo e sentidno aquele presentinho, quando mem ajeitei dentro dele, começamos um movimento delicioso, seu cuzinho era muito apertado, passava minha mão por debaixo dela e sentia aqueles pelos enormes e meu pau enterrado em seu cuzinho...ficava maluco...ela lentamente se empinava e rebolava, me dando mais tesão, eu beijava sua boca por trás do pescoço, lambia sua boca mordia seus labios, beijava seu pescoço e sua orelha, ela segurou no box do banheiro eu forçava sem machucar só para dar tesão..ficamos uns quinze minutos assim, a agua quente do chuveiro caia sobre nós, foi quando gozei desesperadamente sentindo meus jatos de porra escorrerem dentro daquele cuzinho delicioso...a virei a beijei a levei para cama ainda molhada e chupei sua bucetinha, lambi seu cuzinho ainda vermelhinho e a beijei a boca, dormimos abraçados, quase desmaiados, mas eu com dois dedos em sua bucetinha alizando aqueles pelinhos durinhos....foi uma das vezes que trepamos, nos tornamos amantes amigos e quase toda seman metiamos de várias fromas, e posso afirmar a s mulehres japonesas, são as coisinhas mais doces que existem,podem ser aquelas magrinhas que usam óculos grandes, meio desajeitadas, bem esguias, mas elas são uma delicia na cama, sabem serfem mul,heres de verdade com muikto carinho e tesão...amo as japonesas,,,todos que quizwerem fazer contato esou a disposição pelo endereço de msn ou e-mail dantonalbuquerque@hotmail.com de repente acharaão meu conto sem muito tesão, mas de coração é a pura verdade...até hoje sinto a falta de minha médica deliciosa e peludinha...

Comentários

11/05/2013 13:00:19
Mto bom. http://x-tudotudotudo.blogspot.com.br/

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.