Casa dos Contos Eróticos

Como a vida é...

Autor: P. love
Categoria: Homossexual
Data: 11/05/2013 00:25:39
Nota 9.67
Ler comentários (4) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Ola pessoal da CDC, meu nome é Pedro e esse será o meu primeiro conto aqui. Espero que gostem e por enquanto não vou divulgar meu e-mail para contato, então vamos la.

A minha vida não poderia ser tão ruim quanto eu pensava, sei que minha adolescência não foi boa com tudo que aconteceu porem eu poderia ter sofrido menos. Prestes a completar meus 15 anos eu era um garoto sonhador como os outros, tinha minhas amizades e desavenças e claro, não poderia faltar as constantes brigas com meu pai. Amo muito minha mãe porque ela me ensinou na adolescência que o mundo não e fácil e quando precisava de conselhos sempre pedia a ela. Já com meu pai era diferente, nunca tivemos uma relação forte, ela era um tipo de troca, eu me esforçava na escola para tirar notas boas, não o desrespeitava e ele me dava presentes.

Sempre brigávamos por coisas simples de se resolver com conversas, mas com o tempo essas brigas me desgastaram e eu não aguentei mas.Uma semana antes do meu aniversario tivemos uma discussão muito grande e joguei tudo na cara dele, não me arrependi e não me arrependo ate hoje, ele me bateu muito. No meu aniversario de 15 anos, tava triste, mas escondia isso de todos menos de uma amigo que mudou minha vida e agradeço muito a ele por isso, o nome dele é Rodrigo e ele tinha 15anos, conversávamos muito e o contava tudo, das tristezas ate as novas descobertas. Ali na frente do bolo, todos cantando parabéns, soprei minhas velas e prometi para mim mesmo que nunca mais na minha vida eu ia deixar alguém me humilhar como meu pai me humilhou a vida inteira, ia ter minha vida própria e ser independente. Eu não tinha duvidas que era gay, sempre gostei de meninos mas tinha medo de me assumir para os meus pais e ser morto pelo meu pai, pois minha mãe o mínimo que faria era nunca mais falar comigo. Naquela noite os pais do Rodrigo pediram para eu dormi na casa deles, e claro, o falso do meu pai disse q sim, que não teria problema. Chegando lá, a mãe do Rodrigo ajeitou um colchonete do lado da cama para mim, ainda ficamos conversando um pouco ate ela ir dormir. Fiquei conversando com o Rod ate tarde ate ficarmos sem assunto ,baixinho para ninguém escutar. Quando já estava tarde da noite e eu já tinha conseguido dormir, ele diz:

Rodrigo – Ta acordado?

Eu – Já tava dormindo mas o que foi?

Rodrigo – Queria te dar o meu presente de aniversario para você

Eu – Seu bobo, você já me deu na festa rsrsrs

Rodrigo – vem aqui se deita comigo.

Eu achei um pouco estranho esse pedido mas fui mesmo assim, me deitei e ficamos frente a frente. Ele me olhava com aqueles olhos lindos da cor do mar e ficamos assim por um tempo ate que ele me puxou para perto e me deu um beijo, meu primeiro beijo, não recusei e retribui e ficamos lá nos beijando por um tempo ate ele para e dizer:

Rodrigo – Gostou?

Eu – Sim, porque você fez isso?

Rodrigo – Porque eu te amo...

Rolou um silencio e nos beijamos de novo, nunca tinha pensado em ouvir um eu te amo de alguém. Dormimos juntos e trancamos a porta por precaução. Quando eu tinha 17 anos o Rodrigo foi embora para outra cidade, foi um dia triste pra mim, perdi o contato com ele e fiquei muito deprimido sem ter aquele amigo. Cumpri minha promessa de 15 anos, quando fiz 18 anos fui em rumo a faculdade tão sonhada de arquitetura. Hoje tenho 26 anos e tenho 1,82 de altura, sou branco e tenho olhos verdes, tenho um corpo ótimo por causa da academia e sou um da turma dos melhores arquitetos da empresa que trabalho. Tenho meu próprio apartamento e não preciso das humilhações que sofria com o meu pai pois hoje sou independente. Minha vida ta boa só ta faltando uma coisa a ser achada, o amor da minha vida.

Continua...

Ta ai gente, espero que tenham gostado da primeira parte, não prometo postar diariamente pois estou sem tempo agora! Bjs e fui.

Comentários

12/05/2013 20:36:55
Opa curti de mais seu conto... Parabéns se der add e-mail ai para conversamos kaiusvicente@gmail.com
11/05/2013 13:04:26
Mto bom. http://x-tudotudotudo.blogspot.com.br/
11/05/2013 07:52:02
Bom conto! É sempre há os problemas!! Mas se não fossem eles, não cresceríamos
11/05/2013 04:46:31
Ai que triste neh?,o Rodrigo ter mudado,ai que bom q vc ta bem cara

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.