Casa dos Contos Eróticos

Feed

Minha primeira transa com a mulher mais gostosa da minha vida

Autor: Will18cm
Categoria: Heterossexual
Data: 04/05/2013 20:28:58
Nota 10.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Quem já leu algum conto meu sabe que sou moreno claro, 1,70 de altura, meio gordinho (80kg). Minha parceira nessa história é uma delicia.... Branquinha, cabelo castanho escuro, bem gordinha do jeito que eu gosto, 1,65 de altura, e claro tem pés lindos que me excitam muito.

Eu a conheci na internet, eu tenho um blog no site Tumblr (quero-foder-voce). Começamos a conversar e trocar fotos quentes, ela me mandou algumas fotos de sua boceta eu amei aquilo, pois é uma delicia bem grandinha e gordinha, na hora me deu até água na boca de vontade de cair de boca nela.

Continuamos conversando, brincando na web cam e trocando fotos um bom tempo, até que tomamos coragem de nos encontrar, nos encontramos em um shopping de SP (Shopping Metrô Santa Cruz). Estamos do lado de fora onde pessoas geralmente param pra fumar, uma parte com um pouco menos de movimento que as outras, começamos a nos pegar mas, sem fazer nada demais, pois sabíamos que não poderíamos fazer nada ali e nem naquele dia, pois ela tinha que voltar pra casa relativamente cedo, mas não nos contivemos... Ela colocou a mão por dentro da minha calça e eu pela dela, (aliás que boceta maravilhosa que ela tem), mas tentamos ser o mais sutil possível para as pessoas que passavam por ali não percebessem nada, mas foi em vão, dois polícias que faziam ronda por ali perceberam, ficamos roxos de vergonha e decidimos parar com aquilo antes que fossemos presos por atentado ao pudor. Estávamos os dois cheios de tesão, mas infelizmente aquele dia não poderíamos fazer nada para nos satisfazer.

Vim embora pra casa com o pau latejando dentro da calça, precisa pelo bater uma punheta quando chegasse em casa. Vim no metrô lembrando daquela delicia que ela é, louco pra ver ela de novo e foder ela todinha. Cheguei em casa, liguei o computador e já fui direto na pasta onde estão suas fotos, bati uma olhando aquilo e lembrando da pegada com ela naquele dia e gozei muito, claro que eu n queria gozar sozinho, então não me adiantou de nada, depois de um tempo falando com ela tive que bater mais uma pra ela na cam falando pra ela que ela que tinha me deixado naquele estado, ela me mandou uma foto que tinha acabado de tirar de sua boceta toda molhada, eu já quase não aguentava mais ficar de pau duro tinha que dar um jeito de vê-la rápido.

Continuamos conversando sempre, todos os dias, não deixávamos de nos falar um dia se quer, até que deu certo de nos encontrarem de novo e eu a trouxe para a minha casa, eu não via a hora de me deliciar com aquele corpo delicioso que ela tem.

Entramos para o meu quarto nos pegando de um jeito muito bom, bem intenso, meu pau estralando dentro da minha calça, e quando eu passava a mão em sua boceta por cima da calça leging podia sentir o quão molhada estava aquela boceta isso só aumentava o meu tesão. Ela se ajoelhou na minha frente abaixou meu shorts e começou a me chupar, ela me chupava de um jeito muito, de um jeito como ninguém tinha feito... A joguei em cima da minha cama, tirei seu tênis, sua calça e calcinha, comecei a acariciar aquela boceta totalmente molhada enquanto chupava aquele pé lindo e delicioso, fui descendo dando beijos em sua perna até chegar onde eu mais queria... Aquela boceta grande, gordinha e muito molhada, comecei a chupa-la e dar umas dedadinhas de leve, foi ai que percebi que ela é uma daquela mulheres bem expressivas que gemem alto quando estão com tesão, que apertão e amam ser tratadas como vadias, chupei aquela buceta loucamente, eu não queria parar de fazer aquilo porque estava bom demais... Eu me levantei a beijei e meti minha rola naquela boceta molhada e quente, quando meu pau entrou ali foi uma sensação totalmente nova, pois eu nunca tinha transado com uma menina que tenha a boceta tão gostosa quanto a dela. Eu metia com força e ela gritava de prazer até gozar , aquilo foi me excitando cada vez mais, ai não resisti, tive que gozar e ela engoliu tudinho sem deixar escorrer uma gota se quer.

Estávamos muito suados, então fomos tomar um banho, e no chuveiro começou a pegação novamente, e falando nisso... É ótimo ter pegação no chuveiro, não é?! Ai já saímos de lá prontos pra mais, ela ficou de quatro na minha cama com aquela bunda grande e redondinha empinada pra mim, eu enfiei em sua boceta novamente com força, dando alguns tapas e te xingando, ela amava aquilo, tanto que não demorou muito para gozar novamente, aquela boceta gozada e molhada me deixava cada vez mais com tesão e me fazia sentir vontade de meter cada vez mais forte, e assim fui, metendo cada vez mas forte até que ela me fala que vai gozar de novo, fiquei muito feliz e excitado por saber que a tinha feito gozar 3 vezes. Depois de um tempo metendo nela eu estava exausto, deitei na cama e ela n perdeu tempo e já começou a me chupar, mas eu estava sem condições de gozar novamente, ela deitou do meu lado e começamos a nos beijar, sabíamos que estava quase na hora dela ir embora, ela ainda não tinha ido, mas eu já não via a hora de sua volta...

E essa foi a minha primeira transa com a mulher mais gostosa da minha vida. História verídica

Comentários

05/05/2013 12:55:31
esse shopping n tem esse tipo de estacionamento =/ pode vir me visitar quando quiser, pode vir me visitar até na minha casa kkk beijos.
05/05/2013 10:40:25
Adoro inaugurar comentários. O shopping é o melhor lugar para encontros e vocês deveriam ter ido para o estacionamento no sub-solo que é escuro e discreto. Rss. E Will, querido, já que você gosta de coroas, vou vir te visitar sempre que publicar um novo conto, tá? Beijinhos molhados.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.