Casa dos Contos Eróticos

Feed

Comi a tia da esposa

Categoria: Heterossexual
Data: 03/05/2013 10:41:30
Nota 10.00
Assuntos: Tia, Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá tudo bem, o que vou relatar agora aconteceu tem pouco tempo.

Sou casado há dois anos com uma esposa maravilhosa, assim que nos casamos fomos morar em uma casa que a mãe dela nos cedeu, e por coincidência a tia dela mora logo em cima, vou chama-lá de tia Tânia(fictício), ela não é muito bonita nem muito gostosa e eu nem gostava muito dela pois é uma mulher muito pirracenta, já deve ter seus 55 anos por ai tem 03 filhos já grandes, tem os peitos caídos mas mesmo assim de um tempo para cá despertou um tesão ( tenho tesão em mulheres mais velhas e em não muito bonitas).

certo dia ela teve um desentendimento com seu irmão que mora na casa de baixo, ela disse que ele era viado e ele disse que ela ficava saindo de madrugada para arranjar homem eu não estava presente no dia mas minha esposa me contou, foi ai que tive uma ideia no minimo safada, estava sozinho em casa e verifiquei se ela também estava, subi até a casa dela com a desculpa de pegar um livro que eu havia emprestado a ela então disse:

- Tia Tânia a senhora sabe que gosto muito da senhora não é?

-Eu sei Luiz também gosto muito de vc, sempre me dá atenção e me trata com carinho

-então vou contar uma coisa que eu nunca contei a ninguém

-pode falar

-quando eu trabalhava de madrugada, certa vez eu vi uma mulher com um homem, e ela parecia muito com a senhora

-comigo?eles estavam fazendo o que? namorando foi?

-Não, ela estava chupando o pau dele

Ela tomou um susto e disse

-Não, não era eu não, vc tem certeza que parecia comigo?

-tenho, ainda fiquei escondido olhando, até ele gozar na boca dela, mas estava um pouca escuro mas eu tinha quase certeza que era a senhora

-Não, não era eu

-mas pode ficar tranquila que eu não contei a ninguém

-obrigado

-Mas posso confessar uma coisa a senhora?

-Pode

-A partir desse dia eu comecei a observar mas a senhora

-Foi, observar o que? ela disse sem jeito

-Comecei a observar a senhora com mulher, seus seios sua bunda

-Mas eu já estou velha, ninguém me observa mais

-A senhora é que pensa, posso te confessar uma coisa?

-pode

-quando estava em casa sozinho e ouvia sua voz, eu batia uma punheta pensando que naquele dia era eu que a senhora estava chupando e gozava muito gostoso ti observando

Ela ficou envergonhada e eu apostei tudo

-Só em lembrar eu ficou de pau duro veja isso

Eu mostrei meu pau duro a ela que arregalou os olhos

-Menino guarde isso

-Tia a senhora não quer dá uma chupada não?

Ela ficou me olhando e disse

-Tá bom mas ninguém pode saber

Ela começou a bater uma punheta pra mim, e depois me chupou gostoso, eu baixei o vestido tomara que caia que ela estava usando e vi seus peitos caídos e comecei a chupá-los, ela delirou e pediu para eu chupá-la pois o ex-marido não fazia isso eu coloquei ela deita no sofá e comecei a chupar aquela boceta que estava cabeluda mas o tesão foi tanto que eu nem liguei, ela começou a apertar minha cabeça com as pernas e a dizer que ia gozar, eu disse para ela gozar em minha boca, e ela na mesma hora gozou se contorcendo toda, e eu continuei sugando aquela boceta toda melada, ela então disse que era minha vez e voltou a me chupar e pedir para fazermos um 69 ela disse que tudo mas perguntou porque eu queria fazer 69 se já tinha chupado ela e feito ela gozar, eu disse que ela ia ter uma surpresa, então quando ficamos na posição e ela começou a chupar meu pau com muito gosto, eu enfiei minha língua no cu dela, ela foi a loucura, e eu tentava enfiar me língua toda no cu dela mesmo sujo como estava, então avisei que iria gozar e ela disse para eu gozar na sua boca pois nunca tinha sentido o gosto de porra, então inundei sua boca com minha porra e ela engoliu tudo, depois de se recuperar ela perguntou se eu era maluco tentando enviar a língua toda no cu dela, eu perguntei se ela não gostei ela disse que adorou mas que nunca tinha dado o cu, eu disse que iria mostrar a ela como era gostoso, então mandei ela ficar de quatro, ela me pediu para ir devagar para não doer, eu comecei a chupar se cu e deixar ele bem lubrificado, e cada vez que eu passava a língua ele piscava como se estivesse doido para ser penetrado, então coloquei meu pau na entrada e comecei a forçar ela começou a gemer baixinho e depois que a cabeça entrou ela de um gritinho e disse que tava gostoso, eu comecei o vai e vém e em pouco tempo ela disse que iria gozar e pediu para eu encher seu cu de porra ai eu explodi no gozo, e cai por cima dela, depois me vesti e ela disse que agora ia querer sempre, e queria tomar na boceta que não tinha tomado, mas essa é outra história.

Comentários

03/05/2013 12:08:20
Que cachorrinho!!!!!!!!!!!! Gostei do seu conto, safadinho... beijos da Michy

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.