Casa dos Contos Eróticos

Feed

Um adolescente, um furacão! (Parte 5)

Autor: Toninho
Categoria: Homossexual
Data: 25/02/2013 23:48:28
Última revisão: 26/02/2013 00:03:21
Nota 9.50
Assuntos: Foda, Sexo, Gay, Homossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Para entender esse conto, leia: Conto1(http://www.casadoscontos.com.br/texto/2013021336), Conto2 (http://www.casadoscontos.com.br/texto/2013021404), Conto3 (http://www.casadoscontos.com.br/texto/2013021472)

- O que você tá fazendo aqui Toni?

- Posso explicar Leto...

- É bom que tenhas uma ótima explicação! Vamos!

- Você não vai term...

- Você não fala nada! Minha obrigação hoje vai ser com você!

- [...]

Ele me puxou meio brusco e me jogou no banco do carona...

- Ai Wellington! Porra, me machucou!

- Não mais que o pau de algum outro macho!

- Me respei...

- Respeito uma ova! O seu único macho sou eu! Ou você pensa que eu não sei que você já deu pro filho do Beto, pro Beto e agora para outra pessoa?! Tá querendo virar um putinho de verdade, é priminho? Então você vai virar, e vai cobrar, vai ter que me dar metade da grana que arranjar, é isso ou sua mamãezinha vai saber de tudo!

- Para!

Nesse momento ele desferiu-me uma tapa no rosto e me puxou para um beijo, ele continuou dirigindo, mas me obrigou a ficar masturbando-o durante todo o trajeto, ao chegarmos a casa dele, ele me joga com tudo no chão, abre as calças e dá uma mijada em meu rosto. Logo em seguida, ele me obriga a tirar suas meias com a boca e lamber cada parte do seu pé...

- Isso, chupa meus dedões, eu sei que você adora um pé... Puto safado!

Logo em seguida ele me puxa e me obriga a ir lamber suas axilas...

- Isso, vai sua puta, lambe bem gostoso, nem Cristiana lambe assim!

- Ai Leto, me come logo!

- Não! Você vai sofrer mais um pouco!

Logo em seguida ele me leva para o quarto dele, até então estávamos na sala, ao chegar lá, ele começa a me beijar, vai descendo pelo pescoço, peitos, barriga, umbigo, virilhas, pênis, e que chupada ele deu, gozei na hora!

- Mandei você gozar? Mandei seu porra?

- Não, perdão!

- Perdão quem?

- Perdão meu mestre!

- Só pelo seu atrevimento vai ter que penetrar um maranhão no cu enquanto fica me chupando!

- Sim...

- Isso, abre bem esse cuzinho, quero ver essa porra entrar todinha no teu cu!

- Ai Wellington, ai, devagar!

Ele me deu mais uma tapa no rosto...

- Eu mandei você falar alguma coisa? Mandei puta safada?! Chup...

- Um que delícia Toni, chupa vai... Assiiiiiim, ai que maravilha, boca de veludo, chupa assim vai, ai Toni, boca gostosa do caralho, nem minha mulher chupa assim!

- Fode minha boca!

- Não seja por isso!

Nesse momento ele começou a bombear forte em minha boca, ia até fundo na minha garganta, era Wellington quem controlava o ritmo da chupada, logo ele gozou!

- Agora bebe todinha, não desperdice nada, minha gala é sagrada!

Engoli tudo, quando menos espero...

- Ai Wellington, chupa meu cuzinho assim, vai, continuuuaaaa!

- Cuzinho gostoso!

- Ai meu macho, vai assim!

- Cuzinho gostoso, com o anel bem rosadinho!

Ele me chupava e me dedava ao mesmo tempo, quando vejo, ele está novamente colocando o vibrador para enlanguescer, o pênis de Leto deve ter uns 21cm, quando menos espero ele enfia o pau de uma vez só...

- Ai Leto, vai devagar caralho! Ai assim vai, vai, continua, ah, ah, ah, ah, vai devagar Letinho!

Quando menos esperamos, Bruno, o empregado dele entra e nos flagra...

- Um patrãozinho comendo e nem me chamou pra festa, né?!

Wellington quase gozando:

- Caralho, to quase gozando e já dou o cuzinho dele pra tu, em quanto isso, bota ele pra chupar teu pau!

Bruno é branco, 1.90 de altura, pesa uns 100 kg, não é gordo, mas também no é malhado e o pau dele mede uns 18 cm e branquinho.

- Um que boquinha gostosa desse teu primo, Patrão!

- vou gozar Toni, aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah... Agora fica com meu empregado!

- Ah, e Bruno, quando terminar, dê 50 paus a ele!

- Como assim, Patrão?!

- Ou isso ou nada!

- Como quem tá na chuva é pra se molhar, eu topo!

Wellington saiu e Bruno já começou a festa...

Bruno me mandou sentar no colo dele e cavalgar...

- Ai Bruno vai devagar...

- Cuzinho gostoso, sempre sonhei em te comer!

Depois ele foi pra posição Pai/Mãe, ele estocava muito rápido, os pelos do corpo dele, se colavam nas minhas costas... Não demorou muito e ele gozou!

- Aaaaah! Transa perfeita, Boy! Aqui teu pagamento! Agora vai tomar banho e vai pra casa, amanhã patrãzinho tem um novo cliente pra você!

Continua?

Comentem, avaliem lá nas estrelinhas perto do título do conto e façam suas críticas, Beijos. Meu e-mail pra quem quiser fazer perguntas: antoniop_c_n@hotmail.com Não deu para agradecer pq minha internet tá horrivel, mas no próximo vou tentar colocar todos os nomes de quem comentou ou votou até agora. Obrigado e desculpas. Dúvidas no meu e-mail.

Comentários

03/03/2013 00:21:50
Galera, obrigado a todos que, leem, comentam e avaliam. Vou Deixar uma dica: para se entender qualquer um desses contos, é necessário que se leia os anteriores... Se não, vc vai ficar perdido. Obrigado e continuem lendo, já está chegando ao fim, creio eu.
27/02/2013 19:51:16
Olá... Adoramos o seu conto, nos deu muito tesão. Meu nome é Rubia e meu marido se chama Beto. Publicamos um conto também, o titulo é: "A procura de um amante" É verídico. Criamos um blog só para falar de sexo e relatar nossas experiências, caso queira visita-lo ou mesmo mandar algum material, o endereço é: (www.rubiaebeto.comunidades.net) Beijinhos molhadinhos da Rubia
27/02/2013 02:16:53
vai em frente.. pq esse conto ta otimo
26/02/2013 21:01:43
Muito bom, TESÃO! continue que seus contos são ótimos!
26/02/2013 06:00:27
Gostei!
26/02/2013 02:56:22
Cara, teu conto é demais! Boa história. Procure explorar mais os detalhes e siga em frente. Você tem talento, garoto!!! Nota 10

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.