Casa dos Contos Eróticos

Apaixonei por uma prostituta. E agora?

Autor: Newton19
Categoria: Heterossexual
Data: 03/01/2013 17:32:55
Última revisão: 14/09/2017 07:19:22
Nota 9.78
Ler comentários (63) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Estou amando uma mulher. De verdade, pode crer. Não consigo parar de pensar nela, sinto sua falta a toda hora e uma dor me suplicia, só de pensar em perdê-la.

Às vezes, maldigo o destino por não ter vindo ao mundo mais cedo. O alvo da minha paixão doentia é viuva, tem dois filhos, quinze anos a mais e um segredo.

Vou chamá-la de Sandra, porque ela se parece com uma atriz dos ¨States¨, a Sandra Bullock. Morena, 1,70m, air-bags lindos e poupança de parar o transito. Uma verdadeira tchutchuca!

Semana passada demos uma bimbada animal! Depois de um boquete irado, cara, não acreditei. Ela disse que ia me dar um presente. E que presente! Deixou eu meter atrás. Foi a primeira bunda que comi.

Quando ela chegou, estava de matar! Os cabelos longos e presos com o óculos escuros servindo de arquinho. Blusa branca tipo camisa e saia social preta, justa e mostrando as pernas alvas e lisas. Elegantérrima com sapatos altos.

Sandra dizia trabalhar com vendas. Boazuda como ela só, não duvido que a mina consiga vender qualquer bagulho. Até mesmo geladeira para esquimós no polo norte!

Não pude segurar um: ¨-Nossa, amor, você está demais! Linda, linda, lindona!¨.

Tinha que ser uma rapidinha, porque os filhos dela estavam para voltar do colégio. Mano, nem acreditei quando ela, assim, sem mais nem menos, à queima roupa me perguntou:

- Você quer comer meu cuzinho?

Cara, achei que sonhava. Meu cacete já inchado de tesão. Pensei que ela estava zoando comigo, mas não, era de verdade mesmo. Tirou da bolsa um tubo parecido com pasta de dentes e lambuzou minha pica dura.

Ficou de quatro, deixando a mostra aquela bunda polpuda. Coisa linda os montes redondos, branquinho como leite. Abri eles e vi o botão pregueado. Encostei o quadril tentando meter. Não estava conseguindo enfiar.

Aliás eu nunca tinha comido um cu. Achei que a cabeça grossa não ia entrar naquele buraquinho fechado. Mas o tesão era tanto que fui em frente. Achei que na vida não teria outra chance daquelas.

Sandrinha pegou no meu pau, colocando bem no alvo, falando ¨- Vai, põe, empurra¨. Precisei fazer força para entrar nela. Que rabinho apertado, mano!

Mesmo agora, estou meio chapado, ainda sentindo minha vara entrando naquele buraquinho estreito. E doidice, foi sem borrachinha, carne na carne. Dava pra sentir a quentura dela, apertando meu pau a cada pouco que avançava.

Eu não querendo pagar mico, com medo de machucá-la. E ela nem aí, de quatro, rebolando e mandando empurrar, cagando para dentro. Só escutei suspiros pesados e pedidos para ir mais forte. Então entrei fundo, senti a pressão, bombei, arregaçando tudo.

O empurra e puxa estava demais! Ia até o talo e trazia quase tudo para fora. Bem diferente de comer um xoxota. O pau entra justo e conforme a mexida, os músculos do fiofó apertam o cacete. Ao recuar a vara, uma força parece empurrá-lo para fora e aí está o gostoso, de ter que fazer força para ficar com a tora enfiada na bunda.

Eu nem imaginava que existem mulheres que gostam de ser enrabadas. A Sandra é uma delas. Ela só soltava uns gemidos esquisitos, bem graves, vindo da garganta, uns ¨-Annnh, annnh, annnnh¨, no mesmo ritmo das socadas. Aumentei a velocidade.

Porra, incrível! Uma foda pra nunca mais esquecer. Meu cacete sumia dentro daquela bunda redondinha me causando sensações que não dá pra descrever. Só que era gostoso pra mais de metro! Ela gemia e com voz pastosa só pedia:

- Mete, amor. Come gostoso meu cuzinho, come. Mete mais, come gostoso...

Acho que nunca gozei tão gostoso. Meu corpo inteiro tremeu, quando a rola atolada no rabão dela esguichou porra e mais porra. Sandra, gritando, contraindo as pregas arrombadas, apertando meu pau que não parava de latejar.

Me deixei cair, mole como um boneco de gelatina. Aquele corpaço embaixo do meu. As curvas daquela bunda branquinha e macia encostada no meu ventre. Demais! A rola não amolecia. Os músculos do cu empurrando minha vara pra fora. Uma vontade louca de ficar pra sempre com o pau entalado nela. Beijei o cangote da minha deusa e agradecido, só pude dizer:

- Te amo, te amo, te amo. Te amo demais.

Queria dizer muito mais, o quanto ela é importante para mim. Mas, sou meio ruim em bater um lero. Ainda mais com ela, minha rainha linda, madura e tão vivida. Sempre fui melhor com a caneta do que papeando. Agora mesmo estou de pau duro, lembrando quando a pica saiu.

Do buraco arrombado, minha porra borbulhava. Acho que ela contraía o cu e expulsava o leitinho que ia escorrendo pela parte debaixo do rego, melecando a virilha. Que cena, brother!

Ela mexe comigo de um jeito inexplicável. Vem de dentro, lá do fundo do coração. Me faz tão feliz agora e dói quando penso no depois. Sua imagem preenche todos meus momentos, me escraviza. Tudo em minha cuca é Sandra, Sandra, Sandra. Um vicio maneiro!

Na escrivaninha do quarto, lápis e um bloco de enquete sobre o motel. Tudo que eu podia opinar era sobre ela, o meu grande e único amor: ¨Sandra, a pior coisa na vida, é morrer. Exceto, morrer nos braços teus. Te amo demais¨.

Dobrei até o bilhete virar uma tira, amarrando no cordão do celular dela. E guardei na sua bolsa. Se ela leu não sei.

Espero que sim.

Sei que ela é muito mais do que eu mereço. Aliás, nem sei o que ela viu em mim. Acabei de entrar na facul, nunca me dei bem na azaração, um carinha normal que assiste TV, bate um playsin e adora viajar na net.

Só tinha pego uma gatinha. Jennyfer, meio baranga, usa aparelhos nos dentes e nem tirava os chicletes da boca para beijar. Mina rodada, bem conhecida da turma. Só dos que eu sabia, uns quatro já tinham mandado ferro nela. Vivia tirando onda e um papo de criança. Nada a ver com a Sandra, muito, mas muito mais mulher.

Acho que ela gostou do meu jeito lombroso. A gente se conhecia de vista e tudo começou com eu carregando sacolas pesadas do supermercado até o apê dela.

Ela agradeceu demais com aquele sorriso cativante, por coisa que faço para todos velhinhos e velhinhas do prédio. A mania vem do tempo de escoteiro, quando a gente tinha que procurar a boa ação do dia.

Meus velhos sempre pegaram no meu pé para eu ser gentil com os outros. Tipo ¨homem tem que abrir a porta para os outros¨, ¨segure a porta do elevador¨, ¨deixe os outros entrarem primeiro¨, etc. e tal. E sem querer me achar, se hoje escrevo mais ou menos, é porque tive um professor de redação, que me ajudou na prova do Enem.

Por falar nos meus gerentes, acho que minha mãe ia ter um piripaque, se soubesse do meu romance com a Sandra, quase da idade dela. Ela reparou que ando no maior alto astral e pensa que é por causa da Jenny. Nem imagino se ela descobrir. Isola, Aff!

Nosso amor clandestino é incrível, de deixar o coração vibrando como um motor a diesel. A ansiedade pelos encontros é de lascar! A vontade imensa de ficar junto, de ouvir a sua voz, de vê-la, tudo, sua falta me mata! Agora sei o que é estar vivo e morrer aos poucos.

Ela me ensinou o que é fazer o amor. Graças a ela, já nem ligo se meus amigos tem o bilau maior que o meu. O modo que ele se mexe na cama é de enlouquecer. Fico pirado comendo a xana dela, mas, não é só sexo.

Mesmo depois de gozar, o que mais quero é dar carinho, dizer com o body e carícias, o quanto eu a quero. O quão forte é o que sinto por ela. Que ela é, muito mais do que eu mesmo sou, para mim.

Sandra tem uma verruga nos países baixos, que ela não gosta de mostrar. Acho que é complexo. Como fica mais para a direita, na mesma altura, do lado esquerdo, mandei tatuar um ¨S¨ e embaixo, em letras miudas, a palavra ¨forever¨.

Quero fazer uma surpresa, da próxima vez, quando de pé e nus nos abraçarmos. Sua verruga e o ¨S¨ se unirão, de Sandra comigo, por mim para sempre.

Sei lá onde vai dar tudo isso. Como já vinha andando na linha, passei num concurso para um banco. O trampo é legal, só tem um porém: pode ser que vão me mandar para uma agência fora daqui.

Os velhos pensam que ando bolado porque talvez vou ter de trancar a matrícula na facul, mas, na verdade é por que não quero ficar longe da minha princesa.

E quando o troço complica, tudo parece querer zuar com a gente. Tem coisas que é melhor a gente nem saber. Mas acaba ficando sabendo do pior jeito possível.

Bem no meio do rango, minha mãe comentou ter ouvido de uma boca-mole, que a viuva do 82 é garota de programa. Foi bizarro demais! A mulher que eu amo é uma GP? Impossível, fala sério! Só pode ser cascata! Cascata grossa!

Me deu vontade de armar um barraco, gritar, espernear. Doeu, brother. Como doeu! Sem dizer nada, só pude levantar e correr para o quarto. Era para ninguém me ver chorar.

Galera, depois de aliviar a barra eu conto o resto.

Comentários

02/11/2017 01:17:56
otima naRRATIVA VC DESCREVE MUITO DEM SEUS CONTOS 10
13/10/2017 20:31:18
Hummm, delicia! Eu tb já me apaixonei por uma prostituta. Foi bom enquanto durou.
09/10/2017 08:43:59
DENTRE MAIS DE CENTO E TRINTA MIL CONTOS, ESTE ESTÁ ENTRE OS 170 MAIS COMENTADOS DO SITE, COM 64 VOTOS. Bem escrito, merece a nota máxima.
15/09/2017 11:13:15
Nossa, que paixão! Fiquei tentada a arrumar um garotão e despertar nele tudo isso também. Venha me conhecer lendo o meu. Um beijo!
22/06/2017 10:39:22
Te entendo muito rapaz. Se não tivesse conhecido a Alexis, também teria me apaixonado por uma garota de programa. Leia e comente meus últimos contos que você vai entender. Até logo newton.
23/04/2017 08:45:09
Querido!!!... Sua avaliação no meu conto me deixou muito feliz. Vc é um doce de doce. Putz!... Se vc ama tanto, assuma. O que é impossível, gatinho? Siga em frente e dane-se o resto. RsrSrs... Beijaaauuummm*-*
Ly@
14/01/2017 23:04:59
Parabens Newton, achei bastante divertido, intenso e gostoso de ler seu conto! Nota 10!
24/12/2016 14:42:37
26/06/2016 10:02:10
Gostei, adoro contos assim. O que importa é amar e ser amado. Seu estilo jovial é marcante. Parabéns!
30/04/2016 14:42:14
Parabéns pelo conto. Nota 10 bjoos
03/01/2016 10:26:57
Dez em cada dez homens, em alguma fase da vida se apaixonaram por uma prostituta. Que mal há nisso? A vida ainda vai te ensinar bastante que nem sempre fazemos as coisas porque queremos. Ela nos obriga a várias coisas. Como sugeriram, o melhor é ir vencendo os preconceitos e gozar os prazeres.
01/12/2015 09:48:43
Chorar o que? Vc é um sortudo. O que eu não daria pra ter uma puta dessas na minha cama. Bom o conto.
26/11/2015 10:44:41
Acho que ficar vidrado numa puta é a maior furada, mano. O negócio é meter, meter e depois vazar. Falou?
05/11/2015 08:39:22
Esse conto m deixou c/ gostinho d quero mais, gostaria d saber q fim levou esse seu grande amor, bjs...
04/11/2015 08:37:16
Muito massa, cara. Agora reclamando do que? Se fosse comigo eu seria o cara mais feliz. Uma puta gostosa dessas dando de graça eu ia me esbaldar. Os outros que vão a merda! Valeu!
02/10/2015 10:56:34
É normal quando se é piá, apaixonar pela primeira china madura. Com o tempo tu irás ver que paixões vai e vem. O que me chamou a atenção é que tu escreves bem, guri. Tens condições de escrever baitas relatos. Abs.
05/09/2015 19:41:35
Legal! Aconteceu comigo tbem.
19/08/2015 13:05:53
Cascata ou não, meu lindo, agora é hora de ser homem. Se vc gosta dela mesmo tanto assim, tem que encarar, batendo de frente com as convenções sociais. Gostei do conto, com toque jovial, porém, muito bem narrado. Beijinhos adocicados.
11/08/2015 04:42:58
Qual é, cara? Foda-se os outros. Minha melhor amiga é GP.
14/06/2015 11:26:50
O TREM PELO JEITO ESTÁ BOM, ENTÃO NÃO LIGUE PRAS CONVERSAS DOS BOCOIÓS. SE VOCÊ GOSTA, DANE-SE OS OUTROS. VAI EM FRENTE.
23/02/2015 07:11:09
Putz, sinto muito é um baque, mais meus parabéns amei o conto e principalmente seu linguaja
11/01/2015 10:06:04
Bom demais seus conto. ... obrigado por. ler e comentar o meu
28/03/2014 13:26:58
Daê cara, aconteceu parecido comigo, leia meu conto: Em busca da GP perfeita... será que existe??? Achei!!" http://www.casadoscontos.com.br/texto/
17/03/2014 13:28:34
Acontece garoto!!!nunca transei com garota de programa, mas tenho amigos que já se apaixonaram por essas mulheres, que devem ter uma lábia e um sexo maravilhoso!!olha meus contos!!!abração
18/02/2014 13:18:56
menino menino nota 10
25/01/2014 13:43:42
Newton, após ler com muita atenção seu conto, percebi que você ama verdadeiramente a Sandra. Quem ama não vê defeitos, seja "GP", seja lá o que for, você ama é a Sandra. Invista com tudo neste amor, e será feliz. Deixe até a "Banda Passar", e jamais deixe da Sandra. Seu conto é sensacional: tem ótimo drama e narrou com riqueza de detalhes. Muito excitante também. Seu conto vale mais que a nota máxima, então dou-lhe 10 parabéns. Newton, agradeço-lhe por ter lido e comentado meu conto. O outro conto, "A melhor metida que já dei em toda a minha vida" é verídico, se puder leia também. Orácio Vieira. oraciov6@gmail.com
18/01/2014 10:36:54
Vc escreve bem, excetuando essas gírias que talvez faça parte da sua geração, mas que para quem é mais velho se torna meio complicado de ler
10/01/2014 15:41:39
Seu conto é muito legal, newton! Parabéns!
09/01/2014 19:51:59
Hummm Que delicia de conto. Eu e meu marido Beto ficamos morrendo de tesão. Nós também publicamos nosso conto aqui. É verídico e se chama: "A Procura de um Amante". Montamos um blog só pra falar de sexo. Tem muitas fotos e também relatamos nossas aventuras. O endereço é: www.rubiaebeto.comunidades.net Visitem-nos...Beijos molhadinhos
22/12/2013 19:17:51
Meu jovem amigo, espero que você não se ofenda com o meu comentário sobre a sua forma de escrever, reação de uns e outros aqui do CDC quando se toca nesse assunto. Sei que as gírias fazem parte do seu (nosso) dia a dia e novas surgem a cada dia. A linguagem popular contém termos próprios, que possuem um sentido literal e outro sentido figurado, onde este último, será definido através da observação de seu uso nos determinados contextos, uma vez que, palavras não podem ter seus significados interpretados fora de um contexto. Por isso, como sugestão, procure evitar as gírias muito novas, pois as vezes atrapalham o entendimento do texto. Por exemplo...lomproso ( se não for nova, eu nunca tinha lido ou ouvido). Essa me derrubou... fui pesquisar e encontrei como sendo engraçado, irreverente, sábio, intelectual, científico, perigoso, sinistro, temível. Vou assumir que seu jeito é engraçado. Meu comentário não traz nenhum demérito ao seu texto, pois você escreve muito bem e gostei muito do enredo, sendo ele fictício ou real, não importa.
22/12/2013 17:34:31
Newton, excelente conto. Muito bom mesmo. Se realidade quer um palpite, aproveita, no bom sentido. Curti a experiência com essa mulher. Vou ler todos seus contos, se é que não li e votei. Obrigado pela visita lá nas minhas gostosas coroas. Mais, uma este texto esta muito bem escrito, coisa difícil por aqui! Abraço
10/12/2013 21:34:52
Gostei muito do seu conto, Newton. Concordo com alguns colegas que falaram que faltou carregar mais nos detalhes, para tornar o conto mais excitante. De qualquer modo, está de parabens
28/09/2013 10:11:05
Cabra, concordo com alguns leitores, se a mulher esta engatada, por que mudar a marcha? Aqui na minha terra vale o que tenho, e o que tenho não desperdício. Sina de Nordestino. Essa questão sua é vacilada! O conto é muito bom, mas a Ré não colaborou!
14/09/2013 11:34:08
Hummmmm... Pow kara!!!... Reclamando do que???... Está comendo de GRAÇA uma gostosa dessas... PIOR se estivesse como eu, aqui na MÃO!!!... Ela é MULHER da VIDA e daí???... O que VALE não é o que pensa as DUAS cabeças... Vale o que está no CORAÇÃO!!!... Mas vamos às notas... Pela elegância e distinção dela - Nota: MILLL (Roupa social justa, saltos altos e óculos de sol prendendo os cabelos, Aiai... E qual lingerie ela usava?)... Pelos PRECONCEITUOSOS do seu prédio e desculpe, inclusive seus pais - Nota: ZERO (Com certeza, muitos deles guardam SEGREDOS e atitudes bem piores)... Pelo teu amor por ela - Nota: DEZ (O amor é lindo... e é tudo)... Pela narrativa excelente - Nota: MÁXIMA (Gostei do teu estilo jovem e despojado)... Mando um tapa na tua BUNDA juvenil, chutões no mesmo lugar para os BABACAS do teu prédio e uma deliciosa e MAMADA na XANA da Sandra, um ser HUMANO que merece todo RESPEITO e consideração... Valeu!!! e...XAU!!!
08/09/2013 08:17:55
Minha nota é 1000! fc.mag@hotmail.com
07/09/2013 12:26:12
Um garoto inexperiente que tem a primeira vez com uma mulher madura e experiente. Se apaixona e não consegue aceitar que ela seja prostituta, uma profissão como qualquer outra. Linguajar jovem e que agrada a galera. Ótimo.
27/08/2013 18:30:00
Li seu conto, acho que não tem o porque do questionamento? Se fosse comigo, e eu gostasse de vc, daria para trás por eu ser uma ex-GP? Pense bem e me responda! Se dedica-se amor, amizade, companheirismo e sexo bem feito, me abandonarias pelo meu passado? Mesmo nos amando? Espero uma visitinha e a resposta. Tchau
14/08/2013 18:58:44
Gostei muito da sua narrativa... cheguei ate ela atraves do conto publicado pela Insana, fiquei curiosa em saber mais sobre o garotao que a convenceu trair o marido novamente!! Fiquei tentada a fazer o mesmo...
09/08/2013 19:52:17
Pô Véio!! Li o texto todo achando que a gata era com certeza uma GP, e só no final vc vem com essa desconfiança que sua mãe comentou??? Pô, meu o texto é ótimo. O conto é muito bom, mas essa do finalzinho foi pra acabar. Assumir a foda com a gostosa, meu!! E agora??
08/08/2013 07:39:11
Brother, sua maneira de escrever é incrível. Não sou de reler contos, no entanto, os seus são tão bons, que fui obrigado a faze-lo. Nota 10.
05/08/2013 10:27:38
Garoto, como mulher de programas, já despertei muitas paixões extremas em homens jovens e maduros. Recebi muitas propostas para viver junto e até de casamento com papel passado. Mas nunca de iludi. Sei melhor do que ninguém como é, quando a cabeça de baixo tomar o lugar da cabeça de cima. Uma tatuagem é eterna, sei disso. Exprime a paixão do momento. E pode gerar arrependimentos futuro, exceto se o verdadeiro amor, também tiver seu nome com inicial ¨S¨. Vire essa página da vida, transe, transe, transe até enjoar, se isso é possível. E encontre o verdadeiro amor. Beijocas.
29/07/2013 16:59:03
Prezado amigo: Perdoe mas eu não o conhecia ainda. Que pecado! Quando vi seu comentário em meu último conto tive curiosidade de ler o seu, visitei-o e me deparei com essa maravilha. Fantástico seu conto, intrigante sua situação, excitante sua narrativa. Ah, quanto às dúvidas, inseguranças, não ligue não. Leve a vida, aproveite o que ela lhe oferece, faça sempre o presente ser o melhor momento de sua existência. Acho que assim você chegará mais próximo da felicidade, sem preocupações. Passei e passo por experiências semelhantes. Se um dia puder, leia meus contos na ordem e você se identificará comigo ou, melhor, com minhas situações. Eu enumerei meus contos para que os leitores acompanhem a sequência de meus principais momentos sexuais. Parabéns, você vai longe...
22/07/2013 18:29:39
Caaralho! Aí você chega no meu conto dizendo que é impossível não elogiar? Qual é, cara! Cê tem um talento incrível. Escreve muito bem e de forma casual: fugindo da norma culta, mas utilizando de um bom português. Gostei bastante deste, e com certeza ainda mais dos outros. Parabéns, e vamos nos falando. Beijão =] P.S.: A maioria dos caras da minha idade são uns babacas. Acho que ser inteligente me fez não apreciar mentes vazias ¬¬
28/05/2013 15:04:08
Muito bom seu conto. É muito bem escrito e ao mesmo tempo, bem casual. Pelo visto, é deixar as águas rolarem e aproveitar o máximo da relação. Parabéns, nota 10.
17/05/2013 23:46:43
Seu conto é muito bom, meu amigo! É envolvente e bem escrito. Você é um ótimo escritor. Espero que escreva muitos outros. Abraço!
12/05/2013 11:11:40
sensacional
08/05/2013 21:25:36
Puts q zica. ficar sabendo pela boca da mae... Nos envie email anjinhocapetinha69@gmail.com
01/05/2013 16:53:24
Obrigada pelo comentário no meu conto.... Bem... tb acho que acabei me apaixonando pelo meu pedreiro... mas ele sumiu... tb acho que sou pouco para ele... a garganta dói só de pensar nele... o problema é que penso nele todos os dias, não liguei mais, achei melhor assim... mas como dói!!!
09/04/2013 06:09:25
Recebi teu e-mail e as fotos. Você é mesmo uma gracinha, Newton. Já baixei o skype. A gente se fala naquele horário. Beijos.
07/04/2013 14:49:21
Olá meu querido colega escritor contista.Obrigado pelo comentário.Bem não tenho muito experiência como você citou.Mas em escrever estou adguirindo aos poucos.Parabéns e grata
07/03/2013 09:08:58
E agora? Bem, garoto, o negócio é curtir e aproveitar a vida. Com certeza, outras Sandras surgirão em sua vida. E se quiser ter certeza, posso lhe apresentar meu amigo detetive, o Sugiro Nakama, que pode investigar se ela é ou não é. O unico perigo é que ele é meio tarado e... Rsss.
06/02/2013 10:45:32
EXCELENTE.
16/01/2013 11:23:55
Gostei do relato, menino. Como já aconselharam, deixa o barco navegar. O tempo ajeita as coisas da melhor maneira possível. Beijos.
13/01/2013 11:22:46
Seu texto é muito bom, tem um jeito de escrever bem pessoal. Gostei da estória. Você é jovem, isto faz parte da escola da vida, aproveite o máximo possível.
12/01/2013 20:31:35
VIVA!!!! aproveite tudo que puder desse relacionamento de vocês,o importante é o que vc sente por ela,e ela por vc...se entregue de corpo,e alma...boa sorte para os dois...
12/01/2013 15:13:31
Belo conto, Newton. E os 19 são de anos de idade ou de centímetros? Rss. O amor sempre nos deixa confusos. Nessa hora, é melhor seguir o que manda o coração, tá? Grata por ler e comentar meu conto. Beijos.
12/01/2013 11:28:27
Legal cara
12/01/2013 10:37:48
Que sorte de ter a Sandra como professora. Continue assim, romântico e apaixonado que vc vai longe. E no seu comentario, vc disse que queria ter uma madrasta como eu. Também digo o mesmo. Que bom se vc, tão fofinho, fosse meu afilhado. Bjs.
10/01/2013 13:08:49
Lindo!!! Como gostaria de saber se o meu pedreiro tb gosta de mim!!!
10/01/2013 12:58:49
Pelo que vi, você ainda é jovem e tem muita vida (e mulheres) pela frente. Deixe para pensar nas coisas depois de amanhã. Teu conto está muito bom. Se cabe um conselho, evite usar muito as girias. Sei que ao contar um fato, a narrativa acaba ficando como falamos. De qualquer modo, está bom como conto de estréia. Escreva mais sobre essa Sandra.
05/01/2013 10:03:12
Oi Newton, quero te agradecer pelo comentário e voto no meu conto, qdo puder leia outros é só clicar no meu nome! Então qto ao seu conto foi lindo, é tão bonito ver homem apaixonado.. rss... e apesar de um vocabulario moderno, vc escreve muito bem, parabéns, uma dica da próxima vez dê mais detalhes de como foi, de como são exatamente, fiquei curiosa em saber como " Ele" é? rsssBeijocasssssssssssssssss
04/01/2013 14:33:20
Bem, pelo que pude entender, vc está apaixonado por essa Sandra. Acho que nada muda por causa de boatos, ainda que sejam verdadeiros. O conto está um show. Faltou só um pouco mais de detalhes nas transas. Bjs.
03/01/2013 19:40:53
Oi pessoal, estou escrevendo uma série de contos hétero. Quem curte contos não só com sacanagem, mas também com uma história beeem detalhada recheada com muito romance, conflitos, intrigas, reviravoltas e sexo é claro, não pode perder... As partes um e dois já estão aí, a três possivelmente estará postada ainda hoje ou no máximo amanhã.Por favor votem pra eu saber se estou indo bem ou não... Beijos!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.