Casa dos Contos Eróticos

Half Of Me (Part 13)

Autor: Only Boy
Categoria: Homossexual
Data: 22/01/2013 01:41:48
Nota 8.75
Ler comentários (8) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Oiiiiiii gente, estiu eu aqui de novo!! Mais uma vez peço desculpa pela demora, mas eu tava sem nenhuma ideia :$

Então, a primeira temporada do conto tá acabando, ela vai até o capítulo 15. A segunda temporada vai ter outro nome (Que eu ainda não decidi). E muitas surpresas vem aí !Eu fiquei totalmente pasmo com aquela declaração. Olhava com a boca aberta para Marcos, que logo me despertou daquele 'transe'.

Marcos - Ei, não vai falar nada?

Eu - Ah, nossa, desculpa!

Marcos - Me da uma chance?

Eu - Chance de que? (Me fingindo de inocente)

Marcos - De te fazer feliz!

Eu - Calma Marcos, me deixa pensar?

Marcos - Com certeza!

Depois de conversarmos mais um pouco o recreio acabou e nós voltamos pra sala. O resto da aula transcorreu normalmente, até que o sinal bate, e a aula acaba.

Estava saindo, até que sinto alguém me puxar pelo braço

Pierre - Ei, onde vai com tanta pressa?

Eu - Eu vou embora, ora

Pierre - Posso ir com você?

Eu - Pode sim.

Estávamos saindo, quando ouço uma linda voz me chamar

Marcos - Gustavooooooo!!!

Eu - Que foi?

Marcos - Espera, eu vou com vocês

Eu - Tá.

Marcos - Oi, tudo bem? Qual é o seu nome?

Pierre - Pierre, e o seu?

Marcos - Marcos!

Eles foram conversando durante todo o trajeto para casa, e nem tocaram uma palavra comigo. Parecia que uma grande amizade se formava entre Marcos e Pierre.

Cheguei em casa e percebo que o Rafa tava se virando na cozinha, e ao mesmo tempo ouvindo música (Thinking Of You - Katy Perry)

Ele ouviu o barulho da porta e olhou pra´minha direção, percebendo que eu tinha chegado. Soltou um pequeno sorriso pra mim, que não foi correspondido.

Eu comecei a subir a escada, e sinto algo me puxar pra trás. Eu vou ao encontro do corpo do Rafa, e ficamos cara-a-cara.

Senti sua respiração ofegante, seu coração batia rapidamente e ele me envolvia com aqules seus lindos braços fortes.

Eu - Rafa, o que é isso?

Rafa - Ah, foi mal.

Eu - Já pode me soltar né

Rafa - Espera Gustavo ... Você me desculpa?

Ele encostou sua cabeça em meu peito e começou a chorara, feito uma criança. Eu confesso que fiquei com pena dele.

Eu - Eu te perdoo Rafa, mas eu nao confio em você. Você já me fez sofrer demais.

Rafa - Mas, por favor, eu posso ser uma pessoa melhor do seu lado

Eu - Eu não acredito em você.

Rafa - Mas .. vamos tentar?

Eu - Não Rafa, eu não quero me envolver com você - Disse me soltando dele

Rafa - Mas, Gustavo, EU TE AMO!

Eu - Mas eu não te amo Rafael

Eu disse isso e subi pro meu quarto. Entrei, tranquei a porta e me joguei na cama, me afundando em minhas próprias lágrimas, e acabei adormecendo.

Acordo com meu celular tocando ...

Eu - Alô

Marcos - Oi baby!

Eu - Marcos?

Marcos - Sim, sou eu!

Eu - O que você quer?

Marcos - Saber se você está bem

Eu - Tô sim, e você?

Marcos - Melhor agora!

Eu - Ai, que fofo que você é!

Marcos - Eaí, pensou?

Eu - Não, mas amanhã você vem aqui em casa e eu te digo

Marcos - Ok. Vou desligar, tchau!

Eu - Tchau

Olhei no relógio e já eram 19:55, e lembrei que minha mãe e o seu namorado chegariam por volta das 21:00.

Então eu tomei um ótimo banho, vesti uma roupa bonita e fui até a sala, onde se encontravam Raul e Rafael

Raul - Aleluia né Gustavo! Pensei que você não fosse sair daquele quarto hoje.

Eu dei um sorriso meio falso, e sentei no sofá grande, justamente ao lado do Rafa

O Rafa me olhou com uma cara meio triste, e nós ficamos ali na sala assistindo tv até nossos pais chegarem.

Eles chegaram cheios de malas, com vários presentes, deram-nos o nossos, e logo já estávamos todos dormindo

ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ

Acordei no outro dia muito bem humorado, fui pra escola, que estava muit chata por sinal. Saímos 1 aula mais cedo, por falta de professor.

E viemos embora: Eu, Pierre e Marcos. Conversando e rindo, até chegarmos e cada um se dirigir à sua casa.

Cheguei em casa, troquei pouquíssimas palavras com o Rafa e fui até o jardim. Fiquei lá até minha mãe me chamar pro almoço.

Todos almoçamos, e eu fui mexer um pouco na internet. Quando vi já eram 16:00, e mandei uma mensagem pro Marcos dizendo:

"Vem aqui em casa, precisamos conversar!"

Demorou uns 5 minutos e ele toca a campainha, eu chamo ele pra entrar e nós vamos até meu quarto.

Nós entramos no quarto e sentamos na cama, e ele já vem dizendo:

Marcos - Eaí, pensou?

Eu - Sim.

Marcos - E?

Eu - Eu vou te dar uma chance Marcos!

"(Eu realmente não sentia nada por Marcos, mas estava disposto a tentar algo com ele. Será que eu estava tomando a decisão certa?)"

Continua ...

Genteee .. Tava com saudades de vcs, seus lindos!!

Gostaram do capítulo de hoje? Comentem ...

Comentários

27/01/2013 02:28:31
Gente, obrigado pelos comentários! A segunda temporada já está chegando!
27/01/2013 02:25:56
Volto a repetir esse meu xará é sortudo kkkkkkk. Ta otimo, cada capitulo está melhor. Acompanho desde o começo seu conto, sei das dificuldades, assim como você, passei por tudo isso, mas você está cada vez melhor, e seu conto tambem. Parabens e estou ansioso pela continuação. 10
26/01/2013 03:45:18
26/01/2013 03:45:15
Seu conto ta muito legal.. Sabe enredo muito bon.. O tempo q vc tava fora eu tbm estive.. E voltei só pra mata a saldade mas vou voltar pra minha vida e vou ficar por um longo tempo fora daki... Mas agent se fala en breve.. E vo lê seu conto concerteza.. Até + bjao
23/01/2013 00:12:13
seu conto, tá muito legal, continua logo, tava com saudades já.
22/01/2013 19:25:21
Show, quais serão as consequências desse envolvimento com Marcos? Não demora não. To Curioso.
Iky
22/01/2013 15:37:27
Gosto do seu conto, tem uns traços meio infantis, mas isso não o torna ruim. Acho seu conto muito fofo, só que passaram mel no Gustavo quando criança, né?
22/01/2013 02:21:57
Ta otimo! Eu amo o seu conto!!! *---*

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.