Casa dos Contos Eróticos

Paixão e Fraqueza (parte 2)

Autor: Leo Fallem
Categoria: Homossexual
Data: 28/10/2012 03:58:10
Nota 10.00
Ler comentários (9) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Como se já não bastasse ter que ficar na mesma sala com aquele garoto agora vou ter que passar as minhas férias com ele no mesmo quarto. Sempre achei que Deus era criativo comigo mais isso!

Tentei negociar com meus amigos e trocar de quarto, mais eles estavam dispostos a ver o circo pegar fogo. Então respirei fundo e fui para meu quarto, chegando lá a porta estava fechada e já entrei focando a melhor cama que por acaso era de casal e ficava ao lado da janela e a outra era menor de solteiro que eu deixaria para o Daniel. Joguei minhas coisas na cama e vi a porta do banheiro entre aberta e barulho de chuveiro, não sei o que deu em mim na hora mais fui caminhando e abrindo a porta de vagar para ver se era mesmo o Daniel que estava comigo no quarto e não somente zoação dos meus amigos. Na fresta da porta pude ver que era mesmo o Daniel mesmo de costas, ele possuía uma tatuagem de uma espada nas costas, era bem branco e com uma bundinha magnífica bem redonda e arrebitada , na hora meu pau começou a ficar duro e toda aquela cena foi me enchendo de tesão, quando me dei conta já estava com a mão dentro da calça já quase me masturbando então sai da porta e cai na cama imaginando aquele corpo de homem sendo acariciado por mim. Por outro lado fiquei frustrado por que raios eu estava pensando em um homem e não em uma mulher, isso não tava certo eu sou homem e devo gostar de mulheres, mais aquela cena não saia da minha cabeça, aquele corpo... Quando ele saiu do banho deu de cara comigo deitado na cama com a mão no meu pau que ainda estava duro, ficou um pouco sem jeito e avermelhado e se impois:

- O que você ta fazendo na minha cama?

Dei um pulo da cama assustado e o vi somente de toalha fiquei pasmo e sem palavras.

- Vamos, diga o que você ta fazendo na minha cama, eu cheguei primeiro e ela é minha!

- Como assim tua? – fui na direção dele e o segurando no ombro. – Ela é minha cama!

- Já te falei, é melhor me soltar!

- Ou o que?

Eu subestimei aquele garoto ele me deu um empurrão que fui parar na parede.

- Seu filho da mãe! - E fui pra cima dele...

Desferi um soco no estomago dele que o fez ir pra traz e em seguida dei uma rasteira nele que o fez cair, antes que eu desse um chute o Mayk chega no quarto e me segura:

- O que você ta fazendo? Ficou loco quer ferrar com as férias!

- Eu falei pra esse filho da mãe que eu ia acabar com ele!

O Mayk me tirou do quarto e me levou pra fora até que eu me acalmasse.

- Leo eu sei da tua rixa com ele mais brigar por uma cama é burrice...

- Não é pela cama e sim por respeito ou ele para de tentar se impor sobre mim ou eu vou acabar com ele.

O mayk não deixou que eu voltasse pro quarto daquele jeito então eu tomei um banho no quarto dele e me preparei pra sair a gente ia pra praia tomar umas e ver as gatas só de biquíni.

Voltei bem tarde meio bêbado com a galera, me despedi e fui pro meu quarto. Vi o Daniel dormindo na cama de casal, mais eu tava muito ruim pra brigar então cai na cama ao lado dele ( se ele quisesse a cama, ele que me tirasse de lá).

No meio da noite não sei se por conta da bebida ou não acabei acordando cheio de tesão com o Daniel batendo uma punheta pra mim, por outro lado tava com uma baita dor de cabeça e simplesmente não reagi. Olhei pra ele e não fiz nada ele se abaixou e começou a lamber a cabeça do meu pau (20cm), como aquilo era gostoso, ele foi chupando cada vez mais rápido e com mais vigor, engolindo cada vez mais o meu pau me deixando louco, até finalmente gozar naquela boca ele engoliu tudo. Depois foi se deitar na outra cama então fechei os olhos e voltei a dormir.

Quando acordei notei que estava sozinho no quarto e aquelas imagens do Daniel me chupando me vieram a cabeça. O que eu iria fazer, o que eu iria falar, e se ele contasse pra alguém. Assim que eu o encontrasse a gente teria uma longa conversa...

Ele sumiu o dia todo e eu quase enlouqueci não sabia o que fazer, nem como começar, fiquei o dia inteiro no quarto me torturando, relembrando a imagem daquele homem nu. Suas formas e aquele maldito gênio de me enfrentar, de não ter medo de mim e me encarar, os olhares que tocávamos na escola, tudo tinha um peso que para mim era ameaçador, eu estava gostando de verdade daquele maldito!

Por volta das oito horas ele chega, em silencio se senta na quina da minha cama e começa a tirar os sapatos:

- Dá pra me explicar o que foi aquilo ontem a noite?- perguntei sem meias palavras.

- Aquilo u que?

- Daniel não se faça de idiota!

- Aquilo do qual você não resistiu e permitiu que eu fizesse?

Me levantei e fui na direção dele segurei seus ombros e o coloquei de pé na minha frente.

- Você fez muito errado ontem, e não quero que ninguém saiba!

Não sei de onde surgiu a força dele mais ele me empurrou na parede e me prensou nela de forma que eu não pudesse me soltar.

- Escuta aqui seu moleque mimado, é melhor abaixar o tom de voz comigo porque voce não é tudo o que diz ser fica se escondendo por traz dos amigos e esconde o que sente, seus olhares na sala de aula seu modo de agir tentando inutilmente não revelar seu estremo afeto por mim e quando eu deixei a porta do banheiro aberta enquanto tomava banho você ficou me olhando de cima a baixo! Eu não deveria ter feito aquilo que fiz ontem eu deveria ter feito isso!

Ele me beijou de forma a me deixar sem fôlego um beijo firme que me fez abaixar completamente a guarda até que o beijo se tornasse suave e cheio de sentimento, de forma rápida ele entrou no banheiro e ligou o chuveiro me deixando parado sem reação, meu coração batia tão forte quanto era possível, várias coisas passavam pela minha cabeça em frações de segundo o que eu sentia pelo Daniel se tornou mais intenso do que já era, e simplesmente resolvi me entregar a isso, fui pro banheiro onde ele tomava banho...

CONTINUA...

Bem galera valeu pelos votos e pelos comentários em breve continuarei com a história, pois há muito que contar... castelotemplario@hotmail.com

Comentários

04/11/2012 07:52:04
maravilhoso
29/10/2012 12:04:30
Muito bom, continua.
29/10/2012 10:57:08
Os capítulos poderiam ser um pouco maiores, mais tá ótemo....
rah
28/10/2012 11:10:10
muito bom, parabens =)
28/10/2012 11:03:02
Muuito bom! Continua logo hein. Perfeito
28/10/2012 10:19:31
excelente xpero anxioso plo proximuh
28/10/2012 08:39:45
Tambem desejo que o ativo seja leo, e que role muita sacanagem heheheContinua o mais breve possível.
28/10/2012 06:33:35
Incrivel! Parabens!
28/10/2012 06:30:07
Por obséquio,não demore..rsrs Mas a minha duvida... Quem vai ser o ativo ? Daniel ou Leo? Tomara que seja Leo.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.