Casa dos Contos Eróticos

Feed

Minha mulher é uma putinha

Autor: Kasal Kent
Categoria: Grupal
Data: 30/06/2012 12:05:24
Nota 9.33
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Aquela noite de sábado era a confirmação de nossa cumplicidade. Era noite da afirmação de nosso amor e de nossa vida sexual.

A cada minuto que passava, e a cada detalhe em minha mente e no meu corpo lembranças de nossas loucuras, de nossas noites de sexo quente, safado e provocante.

Minha mulher chama se Valeria e hoje tenho 27 anos. Sou Bruno de 36 anos. Então vamos ao que interessa e falar de coisas boas. Vem acontecendo a dois anos algumas experiências maravilhosas.

Minha esposa linda, gostosa, quente e safada em relação ao sexo. Seus cabelos são loiros, lisos ate a cintura. Seu rostinho de princesa. Minha mulher e toda gostosa e isso rendeu alguns problemas no inicio, mas com tempo passou ser fonte de nosso prazer. Seu corpo e um espetáculo da natureza e lógico muito cuidados. Seios são médios e firmes. Barriga lisinha e seu bumbum é grande, empinado, e suas coxas grossas e roliças.

Naquela noite Minha esposa se prepara e na mente todas as noites de cumplicidade, desejos e muito Prazer. Valeria estava pronta. Usava o vestido que dei de presente para ocasião. Vestido de cor preta colodo no seu corpo. Marcando todo seu corpinho gostoso. Ainda no estacionamento de nossa casa NÃO RESISTIR E fiz um pedido. Dei um beijo gostoso e sussurrei em seu ouvido: mostra sua calcinha nova, por favor, amor.

Valeria encostou se no carro e disse você quer mesmo? Pois algum vizinho pode acabar vendo sua mulherzinha! Apenas acenei com a cabeça confirmando. De forma suave e safada minha linda mulher levantou o vestido e revelou sua pequena calcinha. Era de cor preta, renda, transparente na frente e atrás pequena e cavada. Tentei tocar, mas fui impedido por minha mulher. Hoje não, apenas fique olhando!

Tive que me conter, afinal tínhamos combinado. Entramos no carro e fomos em direção à casa dos prazeres. Durante o percurso minha mulher fazia movimentos o que fazia abrir suas pernas. Seu vestido subia, exibia um pouco de sua calcinha, e admirava sua ousadia e ela fingia que nada estava acontecendo.

Chegamos ao clube e percebemos que estava cheio e logo sentimos o clima de erótico de muita sedução. Sentamos numa mesa e aonde bebemos um vinho delicioso, namorávamos e admirávamos toda brincadeira.

Minha mulher chamou atenção para um casal no canto mais reservado. Uma linda morena de cabelos negros e lisos. Não parecia ter mais de 18 a 20 aninhos. Toda gostosinha. Ela estava com um homem por volta dos 40 anos. O homem estava encostado na parede e ela dançando para ele, se esfregando. Percebendo um homem jovem por volta dos 20 a 25 anos obervando. Durante a dança o vestido da moça subia, e exibia suas pernas, coxas e um pouco de sua calcinha de cor clara.

Neste momento minha mulher massageava meu pau duro, me beijava e perguntava. Amor é isso que você da sua mulherzinha? Não disse nada, apenas dei um beijo gostoso.

Depois de uns minutos o casal saiu e percebi a menina passar a mão nos braços do rapaz. Acredito que entendeu o recado e seguiu o casal pelo corredor, ou melhor, pelo labirinto.

Resolvemos ir atrás deles e ver o que ia acontecer. O labirinto era estreito, eliminação escura, avermelhada, passamos por algumas salinhas onde rolava umas sacanagens.

Eles entram num salinha que mais parecia um beco pequeno que cabiam de três ou quatro pessoas. Quando olhamos a cena fantástica. O homem encostado numa mesa, beijando sua jovem e bonita esposa. O homem de início ficou observando o casal pareceu não se importar com nossa presença. O marido passava mão naquele corpo jovem, seus movimentos fizeram o vestido subir e revelando as coxas e bumbum empinado e com uma pequena calcinha branca cavadinha.

Minha mulher apertou meu pau por cima da calça, virou se ficando de frente, abriu meu zíper, e passou a me tocar em meu pau com sua mão suave e fazer movimentos leves olhando para trás. Homem apenas observava, parecia esperar aprovação.

Tenho que confessar amigos. Mesmo imaginando não chega perto daquela situação gostosa. Confesso que tentei passar minha mão no corpo de minha mulher, mas ela não deixou, virou se para o casal. Ficando mais próximo do desconhecido.

Tudo que vou relatar aqui aconteceram ao mesmo tempo. Vejo o marido que beijava, e exibia sua linda e gostosa esposa, e sua generosidade dos permitir obervar aquela bundinha toda empinada, toda gostosa, naquela pequena calcinha que sempre denuncia que é uma putinha.

Nesse momento o marido virou sua jovem esposa, fez ficar de frente para o desconhecido, e para-nos também. Ousando e provocante, levantou o vestido dela, e agora faz exibir as coxas e toda frente da calcinha.

O desconhecido que naquele momento estava próximo de minha esposa abrir o zíper de sua calça, e em segunda botou para fora aquela tora gigante, e me assustei com o tamanho. Minha esposa fica toda animadinha sorriu.

O desconhecido começou massagear seu pau, sua rola. Assistindo aquela jovem esposa esfregando no marido. A jovem se esfrega no marido como se quisesse entrar dentro dele, e de repente vejo uma das mãos do desconhecido roçando nas coxas dela de minha esposa.

Minha esposa vira se para minha e me da um daqueles deliciosos beijos. Deslizou sua mão ate meu pau e começa uma deliciosa punheta. Entre os beijos e ela diz: Que era amor da vida dela, e agradecia por fazer sentir tanto prazer. Minha esposa; quero te contar uma coisa. Disse: pode fala amor. Ele estar passando a mão no meu bumbum e esfregou o dedo na minha bocetinha eu estar toda molhadinha. Você deixar amor? Sim e você estar gostando? Estou amando disse ela. Você a uma safada mesmo! E você gosta, é foi você que deixou assim. Sabe por quê? Não disse. E meu corninho. Ainda não sou disse. Mas vai ser e virou se. O que vimos foi àquela jovem linda, ajoelhada, tentando enfiar aquela pica do desconhecido na boca.

O cara ousado a puxou minha mulher e tascou um beijo, a jovem que estava de joelhos, sugava a pica do cara. Depois de uns segundos ele segurou minha mulher pelos cabelos e fez descer e ficar de joelhos junto com a jovem.

Minha mulher sem jeito precisou de uma ajudinha. Ele esfregou a pica grossa no rostinho dela. Aquela jovem brigava para colocar a boca na pica e ele pedia: calma que tem para as duas putinhas, e ficou pau duro, no meio das duas boquinhas. Pressionava as duas bocas contra seu pau, e ficou roçando nos lábios delas, vez por outra percebia que na briga, os lábios das duas se tocavam.

Os dois maridos apenas observava numa deliciosa punheta suas mulheres, suas putinhas de luxo, ajoelhadas, brigando por um pica grossa.

Depois de um tempo o cara puxou as duas pelos braços. Primeiro levou a jovem ate o marido e fez beijar e depois fez o mesmo com minha esposa. Pude sentir aquele gosto estranho nos lábios doces de minha esposa, era gosto de outra pica. Aquilo me deixou louco e comecei sugar seus lábios, esfregar meu corpo no seu, minhas mãos deslizaram por seu corpo, fez seu vestido subir e exibir seu bumbum lindo, gostoso naquela pequena calcinha cavadinha, como uma verdadeira putinha.

Quando percebemos a jovem chupava o pau do marido, o cara afastava a calcinha dela, pincelava pica gigante na portinha de sua boceta era o suficiente para fazê-la gemer. Minha mulher me constou na parede, e naquele momento outros casais nos observavam.

Minha mulher levantou o vestido, afastou a calcinha, e fez meu pau sumir, ela segurava na cintura do rapaz, que nesse momento metia na boceta da jovem. Que me impressionou foi que ele tirou da boceta da jovem, virou se, e simplesmente enfiou na boca de minha esposa que se descontrolou, rebolando e chupando aquela pica.

A excitação do momento era imensa, estocadas mais forte e sentir o corpo de minha esposa tremer, é senhores ela anunciava orgasmos múltiplos, e não resistir e gozei dentro dela.

Foram momentos mágicos, delicioso e de muita cumplicidade. Mas estávamos exaustos, e voltamos para o salão com aquele cheiro de sacanagens.

Antes de sairmos ainda trocamos telefone com o rapaz que se apresentou como Flavio e casal também Milena e Jorge.

Mundo dos prazeres

Comentários

15/07/2012 17:17:09
Amei demais a fantástica cumplicidade que tens com tua fêmea. Leiam minhas aventuras e me adicionem: envolvente47@hotmail.com .
04/07/2012 19:17:02
cornoalha.blogspot.com.br
02/07/2012 06:50:26
excelente conto...muito bem escrito, cheio de tesão, eu diria envolvente...theo_ozga_vitury@hotmail.com
30/06/2012 19:31:21
Eu gosto muito de contos que falam sobre menages, e adoro ver minha esposa se divertindo na pica de outros machos! Leia meus contos neste site. A 1ªvez da minha esposa está em "Contos em destaque" com o título A Massagem".
30/06/2012 18:39:59
Boca X Corinthians eróticoQuarta - feira eu 50 anos, magro, pintudo, 21 cm recebi dois casais e dois amigos no meu apt em são paulo para assistir o jogo na TV.Na sala TV 59 polegada e muita pica e buceta misturada a muita cerveja e petiskos.No sofá tava Betão ( alto, magrao e safadao e Vânia, loirinha, pequena e Linda de rosto e corpo,) junto com ronaldo, baixo e sua esposa morena de cabelos longos e bonita om seios fartos.No tapete eu, no meio do carlos e do Jose, homens bonitos e alegres.Começou o jogo e não demorou muito para eu ver o carlos alizando as coxas da Vânia, olhei para o outro lado e vi o beto beijajndo a lisa, então fui até o interruptor e desliguei a luz deixando só o abajour ligado, mais cerveja e sinti uma Mao nos meus cabelos, me virei e recebi um bj na boca da Vânia me virei e beijando ela, senti uma Mao no meu pau e era de homem, era do carlos buscando tirar meu pau para fora, e ajudei, fiquei de pé e carlos e Vânia caíram de boca no meu pau.Os mais fanáticos ficaram na sala vendo o jogo, eu , carlos e Vânia fomos para o quarto.Na cama todos nus, os dois me chapavam deliciosamente, e nisso chegou o Betao, marido da Vânia, veio e ofereceu o enorme pau ( e aí descobri porque ‘’ betão ‘’ ) o pau do cara era grande mesmo, e grossao, então Vânia largou do meu pau e foi pro pau do betão, e carlos continuo a me chupar, eu entrei por baixo e chupei a bucetinha de Vânia, quando percebi, todos estavam ali na minha cama, vieram todos, ‘’ ABANDONARAM O CORTINAS ‘’ KKKKKKKKKKKKKKKColoquei camisinha e meti na Vânia de 4 q esperava minha pica enao largava da vara do betão, que era também lambida pela morena que dava de 4 tambem para o seu baixinho.O Jose veio e meteu no cuzinho da Vânia que gemeu e eu por baixo assistia a pica do Jose entrar no cuzinho enquanto eu chupava ela as bolas do Jose batia na minha cara, era maravilhoso ver aquilo, a pica do Jose deslizava no cuzinho da Vânia.O carlos gozou no cuiznho da Vânia e saiu, aí o betão meteu, eu me assustei achando que a Vânia não iria dar o cu para o marido, mas nada, ele lubrificou e meteu, e meteu devagar e sempre e ela gemendo, aceitou tudinho, o cu dela já era bem arrombado eu assisti de camarote aquela pica de uns 30 cm entrando cm por cm no cuzinho ( cuzao )da Vânia o engraçado é que betão não usava camisinha e quando ele gozou derramou porra na minha cara, e eu acabei bebendo a porra do pauzudo, e gostei.Depois disso, fui me limpar e voltei quando vi que a morena já estava setnda no pai do Jose e mamando a pica do betão e eu entrei na festa e cometei a beijar a Vânia na boca e o carlos veio e meteu a pica nas nossas bocas e eu metendo na chanada da Vânia e chupando com ela a pica do carlos e depois de muitas chupação gozei na cara da Vânia e beijei ela com a boca cheia.Quando terminamos a transa fomos ver o jogo e já tinha acabado.ALGEUM PODE NOS INFORMAR QUANTO DEU O JOGO?Próximo encontro na próxima quarta dia 27Corinthians X boca eróticoSe cadastre com cel e fotos para ser selecionadoJack eMATCH-45@LIVE.COM
30/06/2012 14:01:27
Lindo conto adoraria conhecer o casal se quiser me add no msn ou me mandem um email: sp1525@hotmail.com
30/06/2012 13:00:36
melhore aortografia. Ou vc é estrangeiro?
30/06/2012 13:00:17
Tenho 42 anos, loiro, olhos verdes, sem barba ou bigode, quase sem pelos, 1,79m, 75 kg. Educado, sabedor do seu lugar principalmente quando está com um casal, respeitador, discreto, simples, mas de bom gosto, culto e carinhoso. Tarado e safado quando na cama. Saio com casais há 13 anos e procuro casais como vcs para amizade, com discrição e sigilo. Gosto de curtir a fantasia e o desejo de um casal. Adoro viajar nos finais de semanas, adoro praia, sol, montanha o prazer de viver em contato com a natureza e estar com amigos, amigos casais como vcs e quando posso curtir tudo isso junto, melhor ainda.Gostei demais do perfil de vcs e adoraria tê-los como amigos e poder curtir algo bem prazeroso e intimo. Espero que curtam meu perfil e que possamos combinar algo em breve. Meu MSN, caso usem, é marcodotadospreal@hotmail.com para me aceitarem.Abçs e beijos,Marco.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.