Casa dos Contos Eróticos

Feed

Papai bêbado me fodeu a força..

Autor: Punhetista
Categoria: Homossexual
Data: 28/05/2012 21:55:26
Nota 9.30
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Hoje tenho 25 anos,

mas tudo começou

quando ainda tinha 9

anos, uma vez peguei

um ônibus com meu pai

como tinha apenas um

lugar ele se sentou e eu

me sentei no colo dele,

não parava quieto

ficava mexendo de um

lado para o outro e

rebolando no colo do

papai, não demorou

muito senti que o pau

dele ficou duro,

estranhei aquele

negócio duro que estava

sentado, mas como

sempre fui espertinho

percebi que papai

estava gostando,

rebolei mais ainda,

gostando da

sacanagem, até que ele

me deu uma bronca e

pediu para parar.

O tempo passou e eu

nunca esqueci daquele

dia, mas papai nunca

me deu outra chance,

sempre admirei o corpo

dele, ele tem cabelos

castanhos claros, pele

bronzeada, coxas

grossas de jogar

futebol, 1,85m e uns

90Kg com o peito forte

e peludo, sempre que

vestia uma sunga o

volume de seu cacete

me chamava a atenção,

ele é um cara grosseiro

e fortão é motorista de

ônibus aqui em Curitiba,

seu nome é Luiz e na

época tinha 42 anos. Eu

sou alto e magrinho,

tenho uma pele

branquinha por não

pegar quase sol, e já

tinha tido algumas

experiências com um

primo meu o Tiago.

Quando eu estava com

17 anos, minha mãe e

meus irmãos viajaram

para praia e eu fiquei

em casa com meu pai

ele não tinha pego

férias e eu tinha que

prestar vestibular da

PUC, no sábado véspera

do primeiro dia de prova,

papai me obrigou a

dormir cedo, para não

perder o sono, achei

estranho como ele fazia

tanta questão de que

eu dormisse cedo, mas

mesmo assim fui me

deitar, mas acabei

levantando e era quase

meia noite, eu estava

com um baita tesão

pelo fato de estar

sozinho com o pai em

casa, estava com o pau

duro e levantei

imaginando tentar ver o

papai de cueca, percebi

que ele estava na sala

assistindo, cheguei

devagarinho e fui espiar,

e para meu delírio papai

estava só de cueca com

a mão dentro da cueca

segurando aquele pau

enorme e tocando uma

vagarosa punheta

enquanto via um filme

pornô fiquei olhando da

porta do corredor e

admirando aquele

macho maravilhoso, eu

tremia e suava frio de

tão nervoso, ele estava

bêbado, sempre que

minha mãe não tava por

perto aproveitava pra

encher a cara, decidi

entrar e ver no que

dava, ele levou um

susto e foi logo me

dando uma bronca.

- O QUE VOCE TA

FAZENDO ACORDADO???

- TO SEM SONO!! FILME

PORNÕ??? POSSO VER

TAMBEM???

Ele foi logo tirando a

mão do pau mas nem

eu nem ele

conseguíamos disfarçar

a excitação. Sentei do

lado dele.

- PODE ASSISTIR MAS

DEPOIS VAI DORMIR

PRA NÃO PERDER AS

PROVAS DE AMANHA.

Na tela duas gostosas

chupavam o pau de um

ator fortão, e eu fui

puxando assunto com

papai e pegando no meu

pau sobre a cueca.

- NOSSA QUE TESÃO NÉ

PAI, SEMPRE QUIS DUAS

MINA CHUPANDO MEU

KACETE.

- ALGUMA MENINA JÁ

CHUPOU O TEU PAU???

- NÃO!! E O DO

SENHOR???

- HÁHÁHÁ

- JÁ OU NÃO???

- MUITAS!!! UMA VEZ

TRANSEI COM 3 DE UMA

SÓ VEZ.

- NOSSA!!!!

Ele tirou o pau pra fora e

começou a bater uma

punheta novamente

não pude deixar de olhar

sua pica tem uns 19cm

cabeçuda e grossa.

- OLHA SÓ E ELAS

ENGOLIRAM TUDINHO

ESSA PICA!! HEHEHE!!!

- QUE TESÃO PAI

- DEIXA O PAI VE O TEU

PINTO.

Tirei meu pinto pra fora,

que tem uns 15 com.

- E PEQUENO PERTO DO

PAI

- É NADA É DESSES QUE

A MULHERADA GOSTA

DE CHUPAR CABE

DIREITINHO NA BOCA

Papai foi pegando no

meu pau e eu não deixei

por menos enchi minha

mão com o pau dele e

fui logo caindo de boca,

não consegui engoli

tudo, o pau dele tinha

um cheiro de macho e

aquela melequinha

fedida de garanhão que

fiz questão de sugar

todinha, papai começou

a se contorcer e a

gemer.

- O GURI, ENTÃO É POR

ISSO QUE VC NUNCA

PEGOU UMA MULHER???

VOCE GOSTA É DE

MACHO!!! AGORA TEU

PAI VAI SER O TEU

MACHO. SUA PUTINHA!!!

Ele falava e me deixava

com mais tesão e eu

sugava seu membro

com mais vontade,

papai começou a fazer

movimento de vai e

vem fudendo a minha

boquinha.

-VAI VIADINHO ENGOLE

A VARA DO TEU MACHO

COLOCA TUDO!!!ATÉ A

GARGANTA.

Obedecia papai e

chupava com vontade,

papai começou a passar

a mão na minha

bundinha, me alisava, e

começou a cariciar o

cuzinho, não demorou

muito e enfiou o dedão

no meu rabo, puts que

dor, me contorcia com a

dor.

- PARA PARA!!!! TÁ

DOENDO PAI.

- É PRA IR

ACOSTUMANDO PRA

PODER ENFIAR O PAU.

Fiquei com medo, mas

ele começou a fazer vai

e vem com o dedo e

logo relaxei e comecei a

gostar e gemer igual

uma putinha e chupar

igual há um bezerro.

- QUE TESÃO

MOLEQUE!!!! CHUPA VAI

CHUPA TUDINHO, NÃO

PARE, ENGOLE A PICA DO

PAI, ISSO ASSIM ENGOLE

TEU SORVETÃO. LAMBE

AS BOLAS, VAI LAMBE

AS BOLAS DO TEU

MACHO. HAAAAA!!!!

ASSIIIM!!! AGORA

ENGOLE AS BOLAS VAI

ENGOLE.

HAAAAAAAAAAAAAA

!!!!!!!! QUE MARAVILHA!!

TESÃO!!!! FICA DE

QUATRO VIADO!!!

ANDA LOGO DE QUATRO

SUA PUTA PRO TEU

MACHO TE MOSTRAR

COMO QUE FAZ.

O Pai estava ficando

bruto demais, fora de si

um verdadeiro tarado,

isso me dava medo

mas ao mesmo tempo

também me deixava

louco, com muito medo

fiquei de quatro e

disse...

- CUIDADO NÃO ME

MACHUQUE

- PODE DEIXAR EU SEI

MUITO BEM COMO

FAZER!! (um sorriso

cafajeste)

Fiquei de quatro e papai

começou a acariciar e

lamber meu cu, enfiou

um depois dois e

finalmente três dos

seus dedos grandes,

fazia vai e vem, tirava o

dedo lambia e voltava a

por os dedos.

- AAAIIIIII!!!! COMO DÓI

PAI AIIII!!!!!

- AGUENTA VIADO!!!!

QUE AGORA É QUE VAI

SER PRA VALER

Dizendo isso foi logo

encostando sua vara no

meu cuzinho, sem

muita enrolação foi

forçando o pau no meu

rabo, que entrou

rasgando.

- NÃO NÃO!!! EU NÃO

AGUENTO PARE!!!

- CALMA VC VAI

GOSTA!!!

Eu já estava chorando e

implorando para parar,

mas não adiantava, ele

continuava a me

arrombar. Não

agüentado fugi do seu

pau e como estava de

quatro só me deitei,

mas ele se jogou por

cima de mim aquele,

ursão em cima de mim

tava enfurecido louco

taradão.

- PARA QUIETO SEU

FILHO DA PUTA!!! VC

NÃO QUERIA DA???

AGORA AGUENTA

VIADO!!!!

Dizendo isso pegou o

seu pau e foi

enterrando sem dó, não

demorou muito e suas

bolas encostavam na

minha bunda, a dor era

muita, e ele começou a

se movimentar muito

rápido gemia como uma

fera e a dor se misturou

num tesão maravilhoso,

agora ele pouco falava,

suava muito, e seu suor

pingava no meu corpo,

seu corpo peludo

roçavam no meu corpo,

e nossos corpos já

faziam aquele barulho

de TOF TOF TOF, seu

pau acabou saindo.

- COLOCA DE NOVO PAI!!

COLOCA!!

- EU SABIA QUE VC IA

GOSTAR SUA PUTA!!!

FINALMENTE VOU PODER

FUDER UM RABO DENTRO

DE CASA!! VC TÁ

MELHOR QUE TUA MÃE

QUE NÃO AGUENTA

LEVAR FERRO DO

PAIZÃO.

Ele voltou a meter com

força e gemer cada vez

mais forte, sentia que

seu gozo estava

chegando, eu também

estava pra explodir

esfregando meu pau no

sofá. Acabei gozando

primeiro.

- GOZOU PIÁ???

- GOZEI

- ENTÃO PREPARA QUE

VOU TE ENCHER COM

MEU LEITE

Papai começou a dar

estocadas fortes

parando com o pau

encravado no meu rabo,

estocadas fortes e

lentas, numa dessas...

-

HAAAAAAAAAAAAAA

AAAAAAAAAAAA

...papai encheu o meu cú

de porra, chegou a

babar na minha nuca. Ele

tirou seu pau se

levantou calado e foi ao

banheiro, tomou um

banho e foi pro quarto

dele sem me falar nada,

também fui tomar

banho e estava com o

cu e todo o corpo

dolorido tinha sangue no

meu cuzinho. Tomei

banho e fui deitar no

meu quarto porque tava

com medo do pai,

passou um tempo e

papai foi ao meu quarto.

- OLHA AQUI SUA

BICHINHA DESGRAÇADA

SE EU SOUBER QUE VOCE

ANDA DANDO A BUNDA

PRA OUTROS MACHOS

POR AI VOU TE ENCHER

DE PORRADA QUANDO

EU QUISER TE COME EU

TE COMO E NÃO QUERO

SABER DE VIADAGEM!!!!

E TRATE DE ARRUMAR

UMA MULHER LOGO QUE

NÃO QUERO QUE FIQUEm

FALANDO QUE SOU PAI

DE UMA BICHA.

Depois desse dia o meu

pai vinha no meu quarto

quando todos estavam

dormindo e sem falar

nada ia logo enfiando o

pau na minha boca o no

meu rabo, muitas vezes

acordava com o meu

macho sobre mim

encravando sua vara.

Passei em Direito na

Puc-pr no ano seguinte,

hoje moro sozinho e

raramente papai me

come, mas fui passar

esse natal na casa da

mãe e papai fez uma

visitinha ao meu quarto,

e apesar de já ser um

cinquentão continua

sendo uma garanhão e

fode seu filho como

ninguem consegue.

Comentários

10/08/2013 03:52:51
Otimo conto, mas seu pai de deve ser uma bichona, beijos
27/06/2013 15:10:38
sou de Porto Alegre 25anos,me empresta seu Paizão??
27/06/2013 15:10:09
me
27/12/2012 20:03:25
Gostei...
05/10/2012 22:36:02
bem exitante...
14/06/2012 22:49:35
muito bom esse conto

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.