Casa dos Contos Eróticos

Feed

Casada, ano novo, chifre novo e marido vira gigolô

Categoria: Heterossexual
Data: 06/01/2012 14:34:43
Nota 9.67
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Oi, estou de volta, sou o corno manso de londrina Paraná, adultoliberal@bol.com.br e vou contar o chifre que tomei exatamente na passagem de ano novo.

lembrando outras aventuras de minha putinha

Casada, corno manso observando e aprovando a safadeza da esposa,...

Casada, no clube de campo a procura de aventura, achou ...

Casada, mais liberada

Casada pulando o murro do vizinho, pelada ...

Casada, pagando o desafio do vizinho,...

Fui com minha putinha às margens do lago igapó assistir uma queima de fogos de artifício e a um show para comemorar o ano novo, havia muitas pessoas, minha esposa não estava muito abusada, vestia um shortinho branco normal, um top cheio de brilhos, e só.

Fomos de moto, deixamos com um guardador de veículo (flanelinha) e fomos andando um pouco, ela foi até a frente de um pequeno quiosque, e ficamos ali um pouco, ela me dizia para aguardar, de repente chegam dois rapazes, ela me apresenta como amigos dela, dize-me que ela marcou de se encontrarem por ali, para ela ter uma boa entrada de ano novo, me disse que se na passagem de ano vc faz algo, vc fará novamente muitas e muitas vezes durante o ano, então ela queria e me pediu para não impedi-la, tudo bem, fiquei bem surpreso, e isto já eram umas 22 horas, não sabia o que e como iria acontecer o que ela queria.

Eles então pegaram na mão dela e falaram, vamos? Ela virou para min e falou, você quer vir junto? Fiquei meio em dúvida mais fui junto, nos levaram de carro até um sobradinho ali perto, e no local havia mais um rapaz, irmão de um que estava conosco, a casa era deles, eles eram tatuadores e tinham uma lojinha no camelo no centro, havia no local bebidas (Cervejas, champanhe, refri,...) e algo que podemos dizer como uma pequena ceia, modesta, mais havia um pequeno pernil e carne assada, arroz, maionese, frutas diversas e doces, coisas que eles haviam preparado para a noitada.

Minha putinha então nos chamou para uma brincadeira, providenciou um baralho e cada qual tirava uma carta, quem tirava à maior tinha o direito a fazer um pergunta a quem tirava à menor, aceitamos a brincadeira prometendo responder com verdade, tudo ia bem, perguntavam-se profissões, mancadas, gostos, mais quando eu tirei a carta menor e ela a maior é que a coisa esquentou, ela perguntou-me se eu gostava de ser corno dela, não sei o que esperava, mais confessar assim de repente foi esquecido, mais respondi que sim, gostava de ser corno, ai a coisa esquentou, para se der uma idéia, só se faziam perguntas picante, uns aos outros, perguntaram a ela sobre posições, tamanhos da rolas que ela experimentou, com quantos ela já me traiu, e ela não ficava por menos, perguntava se eles já haviam comido uma casada na frente do corno, se eles gostavam de comer um cuzinho,e por ai foi. Já não se tirava carta, iam um a um fazendo pergunta a outro anterior respondendo, até que quase meia noite ela nos fez ficar em pé, e nos despiu, um a um, camisas, camisetas, calças bermudas, zorbas (tirada com os dentes), vi o tamanho da ferramenta dos rapazes dois dos rapazes tinham os cacetes de tamanho normal, mais um deles era avantajado, grosso mesmo, uns 23 a25 cm mais ou menos de comprimento, então ela me confessou algo que eu não sabia e esperava, ela me disse “este cacete me faz lembrar de meu tio Lima”, padrinho então de nosso casamento, depois ela me fez tirar seu shortinho, me dizendo, “vai corno, exibe este material para eles”, “vai corno, hoje vou querer ficar do avesso de tanto tesão”, ao deixar todos nós quatro de pau duro, e depois de muita chupetinha, ela pediu para eles fazerem um sanduíche dela, então na contagem regressiva da chegada de ano novo ela estava entalada na frente e atrás, e fazendo uma senhora de uma gulosa, quanto deu meia-noite, tive que beijar ela toda lambuzada da pica dos rapazes, que loucura, ficamos na área do sobradinho, fazendo sexo sem o menor pudor, quem prestava atenção ao local com certeza podia nos ver, ficamos um bom tempo ali, com direito a champanhe e tudo mais, falando em champanhe, vcs sabem a grossura da danada, eis que ela senta encima de uma e foi entrando ,entrando, fiquei pasmo com a elasticidade da buceta da minha esposa, ela me falava, é pratica corninho, por isso que entra fácil, ai perguntei e ai atrás, ela me disse que atrás só entrava pica, a garrafa não, um dos rapazes então pegou uma revista pornô, que tinha uma foto de uma puta com dois caralhos no cu, e a convidaram para experimentar, foi um revezamento,faltou eu ter uma filmadora para mostrar a vcs a loucura, até o rapaz que tinha o cacete parecendo um pé de mesa comeu o cuzinho dela com outro cacete atolado,estava bom demais, de repente ouvimos a chegada de veículos defronte a casa, eram uns parentes dos rapazes para felicitar eles e tivemos que interromper rapidamente a brincadeira. Ainda bem que percebemos a chegada do pessoal em tempo. Bebemos juntos com eles então resolvemos ir embora, aceitamos uma carona do tio dos rapazes até aonde havíamos deixado a moto, no caminho o tio que estava nos dando a carona em sua S10 nos pergunto de onde éramos, ela me beliscou e começou a dizer que éramos apenas conhecidos, que ela era uma garota de programa, que os rapazes pediram pela internet, para passar o final de ano juntos, ai ela falou para ele voltar porque ela havia esquecido de pegar o dinheiro do programa com os rapazes, que sacanagem, eu entrei ma parada dizendo que depois eu pegava com eles, para ela não se preocupar, ai é me falou, é além de um bom marido corno manso, agora arrumei um gigolô, o tio então ficou sabendo que éramos um casal e ela minha esposa, só que ela não desmentiu o fato de falar que era putinha, continuou com a farra, e o Tio vendo o material, perguntou se ela tava um trato nele, quando que ela cobraria, ela falou que estava cobrando R$ 200,00 só na frente, falava que nem uma prostituta, que se ele quiser uma chupetinha teria que pagar mais R$ 100,00 e atrás ela não tava. E foi se virando de lado para ele, tirando o shortinho, ficando com a bundinha peladinha do lado dele, ele então ofereceu R$ 500,00 pelo cuzinho dela, e se fez de difícil mais aceitou com a condição de que ele não comentar com os rapazes, que irônico, então ele me deixou no local onde estava a moto e eles foram ao motel, só, vim para casa, duro foi chegar sozinho em casa e encontrar minha sogra e minha cunhada a nos esperar, a mãe dela tinha a chave de casa, então o que falar? Inventei uma história que não convenceu, me felicitaram pelo ano novo e foram embora, eram umas seis horas o telefone tocou, pensei ser minha esposa e era minha cunhada curiosa perguntado se minha putinha tinha chegado safada, falei que ela estava dormindo, ela zombando de min, perguntou se eu já havia experimentado a sopinha de ano novo, dize que minha mulher já havia falado para ela deste “encontro” e era para ela ir junto, mais minha sogra não desgrudou dela, é pensei comigo, é mal de família.

Em tempo, estes rapazes querem por que querem fazer uma tatuagem na buceta de minha esposa, até deixaram eu escolher, só que tem ser uma que represente a putinha que ela é, e o corno que ela tem, além das sugestões via e-mail, conto com os votos de vcs leitores para saber se apreciam as aventuras de minha putinha e se querem que eu continue a contar a vcs.

Outras aventuras dela eu contei e que são real :

Casada, corno manso observando e aprovando a safadeza da esposa,...

Casada, no clube de campo a procura de aventura, achou ...

Casada, mais liberada

Casada pulando o murro do vizinho, pelada ...

Casada, pagando o desafio do vizinho,...

Nosso e-mail adultoliberal@bol.com.br

Comentários

10/02/2012 16:48:30
Muito bom, de onde vcs sao???
11/01/2012 09:43:59
parabens, é maravilhosos a gente fazer umas loucuras assim neh, adoramos tambem!
07/01/2012 07:45:03
OLA,QUERO FAZER AMIZADES COM GAROTAS DE QUALQUER IDADE ,,QUEM QUISER UMA AMIZADE ME ADD O EMAIL EO NOME DA MINHA FILHA ENTÃO NÃO ESTRANHEM É EMILYVITORIAMARTINSBARBOZA@HOTMAIL.COM
07/01/2012 05:19:51
Muito bom!!!!
06/01/2012 18:42:47
entra em contato corninho sou de londrina estou louco pra te por um par de chifres miami.6969@hotmail.com
06/01/2012 15:41:50
Parabéns a voce por ser assim liberal e aceitar de boa uma PUTA. Sei que muito dos que aqui estão a ler assim como eu ... estamos é com INVEJA de voce. Sim continue nos relatando suas aventuras e também nos conceda o prazer de um dia poder desfrutar das delícias de sua esposa.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.