Casa dos Contos Eróticos

Feed

O grande anão!!!!

Autor: DV46
Categoria: Homossexual
Data: 26/10/2011 18:32:50
Nota 10.00
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Oi pessoal, diferentemente dos demais contos, que tratam de casos antigos, vou contar o que ocorreu neste ano, na visita que fiz ao interior de Minas, um estado que gosto muito de visitar!!! O que ocorreu foi numa cidade bem pequenininha, situada no conjunto de montanhas da Serra do Espinhaço, não vou falar o nome da cidade, pois é muito pequena mesmo, na verdade, uma vilazinha e pelas caracterísitcas dos envolvidos ficaria fácil identificá-los caso eu falasse o local.

Gosto muito de fazer passeios off-road de jipe e fiquei sabendo desta vila no interior de MG. Peguei o jipão e não consegui convencer minha esposa a ir comigo, mas como estava de folga no trampo, resolvi ir para lá sozinho mesmo!

O caminho foi de muita terra e estradinhas confusas, um local pouco sinalizado e de difícil acesso, mas depois de muito me perder, mesmo utilizando GPS, chegeui na tal vila, um lugar mágico, de muito charme mas bem pequeno mesmo.

De cara foi difícil arrumar um local pra ficar, pois a cidade estava cheia, parece que é a nova moda local ir para lá. Até, que consegui alugar um quarto da casa de uma senhora que vivia com seu único filho! A casa era bem simpática, porém, não era uma pensão ou pousada, a senhora estava adaptando a casa para receber, pois seu filho, um garoto especial como ela dizia, estava treinando para ser guia local. Ele era especial pois é um anãozinho, de 19 anos.

Arrumei minhas coisas no quarto, desci para o jantar e fiquei conhecendo "Pequeno", como é conhecido lá na cidade, que logo foi fazendo propaganda de seus serviços, dizendo que conhecia toda região, inclusive cachoeiras que nem faziam parte das rotas oficiais. Gostei de sua atitude, pra frente, com um ótimo português, super educado e decidi que com certeza seria eu seu primeiro cliente oficial!

Marcamos o preço para uma semana de serviços de guia e disse a ele que queria exclusividade, pois não gosto de rodar com grades turmas pois os passeios ficam pouco produtivos, se quisesse, poderia chamar no máximo mais uns 2 para nos acompanhar, mas ele me disse que as pessoas não o contratavam, achando que ele não era capaz!

Acordamos cedo e Pequeno já estava a me esperar na garagem e me perguntou se iríamos a pé ou de carro, como não estou na melhor das formas (meio gordinho), decidimos ir no meu Jipe. Nos 4 dias que se seguiram, conhecemos 10 cachoeiras diferentes, que são os passeios oficiais, e Pequeno se mostrou uma ótima companhia, nos divertimos muito nos passeios e como não achamos ninguem mais para nos acompanhar, ficamos bem intimos em nossas conversas, e nesses papos todos, descobri que Pequeno ainda era virgem.

Ele me contou que nenhuma garota dava bola para ele, e como era o único anão da região, não tinha esperança de arrumar uma companheira compatível. Como o lugar era muito pequeno, só havia uma zona a 200 km de lá, então ele ficava só na punheta!! Disse que batia punheta o dia inteiro, principalmente quando ia às cachoeiras e via aquele monte de mulheres de bikinis curtinhos ou então depois de assistir o programa pânico, onde ele ficava louco com a bunda das paniquetes!!!

Fui dormir com aquilo na cabeça e pensei: Acho que vou fazer uma boa ação! Vou tirar o cabaço de Pequeno, afinal, um anão não deve ter um pau muito grande!!! Pronto, decidido, vou dar pro Pequeno!

No 5º dia, disse a ele que queria ir à umas das cachoeiras que só ele conhecia e que iríamos ficar o dia todo por lá!!!

Ele ficou todo empolgado em me levar nesse lugar que ele dizia ser mágico e que era exclusivo, disse pra mim que seria o diferencial dos serviços dele!!!

Rodamos pakas de jipe, e depois 5 km de caminhada, leve, mas longa, por trilhas bem confusas, fiquei com medo de Pequeno estar perdido, mas ele dizia, calma que sei esse caminho como a palma da mão!!!

Durante o percursso comecei a conversar com Pequeno:

Eu: E aí Pequeno, quer dizer que fica só na punheta né?!

Ele: É né! A gente tem de se conformar, num acho ninguem pra me dar aqui na região!

Eu: Mas c nunca deu nem uns beijinhos não?

Ele: Nada fiz!!! Nem beijim elas me dão!

Eu: Mas se achasse alguem pra te dar, que que vc queria fazer?

Ele: Háááá, fazia de tudo né! Mas eu gosto mesmo é de bunda, né! Aqueles "bundão" caprichados!!! Se fosse loirinha então, aí é que deve ser demais! Já comeu?

Eu: Muito!!! Minha esposa é loirinha! Mas ela num deixa eu comer o cuzinho dela não! Mas já comi muito cuzinho, até loiro!!!

Ele: E como é?

Eu: Bom demais da conta, como diriam vocês aqui de minas!!!

Ele: Nó, só de pensa eu fico doido!

Eu: há é, tá de pau duro aí é? Deixa eu ver? Dizem que anão tem pau grande, tem?

Ele: Que isso, tem nada! Deu uma arrumadinha na pistola e ficou vermelinho e muito sem graça, mas o danado tava mesmo de pau duro!!!

Então chegamos no local! Que bela surpresa, chegamos numa queda dágua simplesmente maravilhosa!!!! Uma bela queda com um poço enorme!!!

Fui logo perguntando: Putz Pequeno, que lugar maravilhoso, é desertão mesmo:

Ele: É sim, até hoje, nunca que eu vim até aqui que encontrei alguém, e comentei com o outros guias e ninguém conhece não!!!

Eu: Dá pra nadar pelado aqui?

Ele: Dá uai, se você quiser não tem problema não!!!

Eu: Então vou nessa, vamos?

Ele meio sem graça, e já envermelhando de novo: Vai lá, vou ficar esperando um pouco que to meio cançado!

Virei de costas pra ele, para ele não ver que meu pau pulsava de tesão e tirei a roupa, primeiro a bermuda e depois, na hora de tirar a sunga, abri um pouco as pernas e abaixei a sunga bem devagar, sem dobrar as pernas e quando cheguei lá embaixo, dei uma espidada de ladinho e vi que Pequeno estava de olho no meu rabinho!!!

Levantei, olhei pra ele e perguntei: Vai mesmo não?

Sem tirar o olho da minha bunda ele só balançou a cabeça, fazendo sinal de negativa!!!

Fiquei nadando o tempo todo exibindo a bunda pra ele, dando mergulhos e arrebitando o rabinho pra ele, e toda hora que eu o olhava, o danado tava com a mão dentro da bermuda!

Então decidi partir pro ataque e cheguei até a berada do poço, todo de pedra, onde Pequeno estava sentado com as pernas na água para conversar com ele:

Eu: E aí pequeno, já bateu uma aqui?

Ele: Já né! Aqui num vem niguém, fico tranquilo!

Eu: É, to vendo que ficou de pau duro, se quiser tocar uma aí eu num me importo não viu!!! Fica a vontade! Já vi que tá de olho na minha bunda mesmo!!

Ele: Que isso, é que tava lembrando dumas minas aí!!

Eu: Há sei, e aí, vai bater uma ou não! Se você bater eu fico a vontade pra bater uma também!!!

Ele: Você quer bater uma? Pode bater!

Subi na pedra onde ele estava e me sentei ao seu lado, que tentava disfarçar que não estava sem graça! Sentei ao seu lado e perguntei se ele não iria bater uma?

Ele: Tá bom, então vou!

Tirou a bermuda e mostrou aquela pica deliciosamente dura, mas pro meu desespero, mais uma pica grossa, não comprida, mas beeeem grossa, devia ser uns 15cm por 6cm!!!

Eu: Que isso eim! Pequeno só no nome né!!!

Ele: Riu e disse: É, acho que é maior que o seu né?!!!

Eu ri também e respondi: Com certeza! Posso ver o tamanho!!! e fiz com a mão, como se quiseze pegar!

Ele: Há, fico meio sem jeito, acho melhor não!

Eu: Então, vamo bater uma juntos ou não?

Ele: Vamo uai, mas acho que vou ficar sem graça!

Eu: Há é, então vamos fazer assim, eu viro de costas pra você ficar a vontade, mas quando você for gozar me fala preu ver, blz?

Ele: Blz!

Virei de costas e fiquei de 4 pra ele e perguntei: E aí, assim pode ser? Vc gosta de bundinha não gosta? É só pra ver eim!!! E olhei pra ele que batia uma punheta frenética!!!

Ele: Nó, pode sim!!! C tem a bunda branquinha eim!!!

Empinei bem o rabinho pra ele e comecei a bater também!

Eu: Já passou a mão em alguém?

Ele: Não!

Eu: Se quiser pode passar!!!

Ele nem pensou duas vezes, mas muito tímido, passou a mão só nas minhas nádegas!

Ele: Nossa senhora, é gostoso demais!!! Vô goza!! Vô goza!!!

Puxei ele pelo braço e gritei: Goza aqui em mim!!!

Ele no susto me agarrou pela cintura apertando o pau na minha bunda e esporrando com vontade!!! Mexendo como um cão tentando me enrabar!!! Sem soltar da minha cintura delirava!!! Ele: Nossa, isso é bom demais!!!

Olhei pra ele e perguntei: Tá gostoso aí pequeno?

Ele: Tá, pode bate mais?!

Eu: Eu aqui de 4, com o rabinho empinado e vc quer bater mais? Num quer fazer outra coisa não?

Ele então largou minha cintura, olhou pro meu rabinho e perguntou: Que que pode fazer?

Eu: Quer um boquete pra começar?

Ele: Quero uai!! e soltou um sorrizão!!! O pau duro que até pulava!!!

Virei de 4 mesmo e segurei na pica do pequeno! Acho que foi a pica mais dura que já segurei, e olha que ele tinha acabado de gozar!!!

Comecei com uma punhetinha pra ele que foi logo me segurando pelo cabeça e pedindo: Chupa vai, chupa meu pau!!!

Dei uma lambida gostosa desde o saco até a cabeça do pau, e o pequeno tremeu todinho, foi aí que enguli o máximo que consegui, não muito pois não sou bom de garganta! Aquele pauzão grosso preencheu toda minha boca e o pequeno delirava com minha chupeta!!! Me segurava pela cabeça e fazia movimentos de vai e vem no maior tesão que já vi!!! Tentava não engasgar mas era uma pica bem grossa e babava em todo seu pau!!!

Ele me apertou forte e gozou de novo! Não sei se era porque tava muito excitado, mas gozou bem rápido de novo, mas novamente, muita porra, bem gostosa, salgadinha, mas bem fininha, mas muiiiita porra! Nossa, acho que anões são fábricas de porra!!!

Segurou a piroca e começou a gemer e esfregá-la em meu rosto aquela tora que não amoleceu nem um pouquinho!!!

Ele: Deixa eu te comer, deixa eu te comer deixa?!

Eu: Calma, ce tá muito afoito, se eu deixar agora vc me rasga com essa tora!

Ele: Não, eu ponho devagar, eu juro!!!

Eu: Vc tá muito doido, vamos fazer assim, hoje a gente continua só nas brincadeiras, e amanhã, com você mais calmo eu deixo você me enrabar, que tal?

Ele: Não, deixa hoje, só a cabecinha então?!

Eu: Há não pequeno, vamos brincar mais um pouco e talvez eu deixo!

Na verdade eu tava trancando de medo daquele anão tarado do jeito que tava me rasgar o cú, lá no interior do caramba!!!

Ele: Vamos, vamos, chupa meu pau de novo?!!!

Eu: Mas eu vou ficar assim, só na chupeta?! E se a gente fizesse um troca-troca?!

Ele: Há não!!! Eu num sô gay não!!! Nem a pau!!!

Eu: Calma, foi só uma sugestão! Vamos assim, você deixa eu brincar um pouco na sua bundinha que eu deixo você por a cabecinha!!! Topa?

Ele: Brincar como, tipo punheta?!

Eu: É, deixa eu por meu pau na sua bundinha, tipo um sanduíche e bater uma!!!

Ele: Tá bom, mas sem me comer, aí eu deixo, mas depois eu te como!!!

Eu: Vira aí e poe a mão na parede, e empina a bunda pra mim!!!

Acho que nem se eu quisesse enrabar o anão eu conseguia, não tinha pica pra isso! O rabão do Pequeno era enorme e agasalhou minha piroquinha direitinho! A bundinha dele era muito musculosa e travava com muita pressão, então comecei o vai e vem, esfregando o pau nele, que tentando travar o rabinho dava umas reboladinhas gostosas!!!

Eu: Ce tá travando muito, assim não vou deixar c me comer eim!!!

Ele: Como quer que eu faça? Eu faço, eu faço!!!

hehehe o anãozinho tava com um tesão maluco só com a idéia de me comer!!!

Eu: Pôe a mão lá na frente e relaxa bem a bundinha!!!

Ele abaixou bem empinando aquele bundão enorme pra traz! O cuzinho do pequeno era tão pequenininho, parecia ser bem menor que o meu, e era rosadinho como uma bucetinha, e o Pequeno não tinha nem um pelo no corpo, era uma tentação que não resisti!!!

Eu: Empina e relaxa que vou esfregar o pau no seu anelzinho!

Ele: Só esfregar eim!!!

Comecei a passar a cabecinha no anel dele que babava de tanta vontade de fazer aquele anão safado! Fiz pressão com a cabecinha e ele empinou mais a bundinha! Botei a mão pra frente e peguei em seu pau, ele não aguentou de tesão de novo e esporrou em minha mão, gemendo de prazer!!!

Eu: Há safado, tá gostoso né?!

Ele: É, até que é gostoso mesmo!

Eu: Melhor ainda é com um pau dentro, quando você tiver coragem vai ver como eu falo sério!!

Ele: Então tá, pode por, quero ver! Mas se doer você tira eim!!!

Eu: Empina mais preu meter!

Passei a porra dele que estava na minha mão no anelzinho dele e fiz pressão com a cabecinha que não entrava de jeito nenhum!!!

Eu: Assim num vai dar, sua bunda é muito grande pro meu pauzinho, fica de 4!!!

Pequeno ficou de 4 com aquele bundão pro alto e então comecei a esfregar o dedinho no cu dele, e a enfiar a pontinha, só pra ve-lo piscando!

Ele: Pode ir que to guentando!

rsrsrsrs Ele achou que eu já tava botando a cabecinha e pediu mais, então abri a bunda dele e apontei o pau no cabacinho! Esfreguei com pressão o pau pra cima e pra baixo e então a cabecinha penetrou, travando aquele bundão e fazendo pequeno gemer: Ai ai ai, ardeu um pouquinho eim!!!!

Com a cabecinha dentro do seu anel, segurei ele pela cintura e pedi: Relaxa a bundinha, vai, relaxa que entra gostoso!!!

O safadinho tava gostando, então começou a relaxar e a dar umas reboladinhas, ajudando minha pistola a penetrar seu rabinho!!!

Comecei a fazer um vai e vem devagarzinho, metendo só até metade de minha pica e ele gemendo pediu: Nossa, até que é gostoso mesmo, arde um pouquinho mas é gostoso, pega no meu pau de novo pega!

Peguei na tora do Pequeno que já estava dura feito pedra e então enfiei a vara toda enquanto batia uma punheta pra ele!

Ele: Ai caramba, isso arde bem, mas é muito gostoso!!! Bate mais forte bate!!!

Comecei a meter com vontade naquele rabo forte e apertado e batia punheta com vontade naquele pau grosso e duro até que não aguentei e gozei muito dentro de seu anelzinho!!!

Eu: Háááááá nossa que delícia de cú pequeno!! Hááááá

Ele: Gozou? Gozou? Chupa meu pau preu gozar então, chupa!

Tirei a pistola melada de seu cu e ajoelhei pra mamar no Pequeno, mas nem deu tempo, assim que botei a vara na boca ele gozou loucamente, segurando a pica e esporrando em todo meu rosto ai então, finalmente vi seu pau amolecendo, e claro dei uma boa chupada nele assim, adoro pica pós esporrada, tanto na boca quanto esfregando na bunda, então fiquei de quatro e pedi: Passa essa vara na minha bunda passa!!!

Ele começou a esfregar a pistola toda melada no meu rabinho, e falou: Passo sim, mas to meio cansado!!!

Eu: Tudo bem, amanhã a gente volta aqui e você perde a virgindade!!!

Ele: Combinado, mas vou querer mais de uma vez pode? É que gozo muito rápido!

Eu: Quantas você quiser, mas lembra que vai ter de meter devagarzinho e com calma eim!!!

Voltamos pra casa e Pequeno não tirava o sorrizão da cara, chegamos e fomos pro jantar, pois sua mãe já esperava com a mesa pronta! Depois de falarmos o quanto a cachoeira era linda e nunca via uma queda dágua tão quente fui pro quarto tomar um banho e dormir, pois o dia seguinte seria cansativo!

Acordei de madrugada com um sussurro e então ao acender as luzes vejo na minha frente aquela pica grossa e Pequeno com cara de tarado: Oi, vamo meter vão?

Eu: Ce tá doido rapaz, se sua mão nos pega aqui o pau quebra!!!

Ele: Ela tem o sono de pedra, vamo, to com muito tesão! To doido pra peder o cabaço!!!

Eu: Sem chance, amanhã na cachoeira você mete!

Ele: Então dá uma chupadinha?

Eu: Só se depois eu puder te comer!

Ele: Blz, blz!

Subiu na cama e meteu a vara na minha boca, que chupei com gula, que piroca cheirosinha o danado tinha, e que porra gostosa, levinha, salgadinha, uma delícia! Depois dele gozar como um doido, botei ele encostado na beira da cama e fodi seu rabo sem dó! O anãozinho mordia o travesseiro para abafar os gemidos, mas rebolava gostoso!

Eu: Se tiver doendo fala que eu diminuo!!!

Ele: Pode meter, pode meter que amanhã sou eu!!!

Tirei a piroca de dentro e gozei na sua bunda toda, melando ele todinho! Dei um tapa em sua bunda e falei: Vai dormir agora que amanhã o dia é longo!

Ele riu, se virou e já saindo do quarto disse: Longo e grosso! E saiu rindo!!!

De manhã saimos bem cedinho até à cachoeira escondida, e mal chegamos às pedras Pequeno já estava peladão, com aquela pistola dura como aço!

Ele: É melhor você dar uma chupadinha antes, pru num ir com muita cede ao pote, o que você acha?

Eu: Blz, dá essa vara aqui preu mamar!!!

Ele: Isso, mama no grandão mama!!!

Eu: Há, agora chama grandão é, num é mais pequeno não?!

Ele: Não, agora é grandão!!! Fica de 4 enquanto mama preu ficar olhando sua bundinha fica?!

Empinei bem a bundinha enquanto mamava gostoso! Não demorou muito e o Pequeno encheu minha boca de porra novamente!!! Assim que gozou, me virei e pedi pra ele esfregar a pistola no meu anelzinho e deixá-lo bem meladinho!!!

Pequeno passou a vara no meu anel e começou a fazer como eu fiz com ele, passando o dedinho em volta e de vez em quando enfiando a ponta do dedo pro meu cu relaxar!!!

Ele: Tá gostando? É assim mesmo que faz?

Eu: É sim, se quiser pode dar umas lambidinhas também!!!

Sem pensar duas vezes Pequeno caiu de boca! Separava minhas nádegas com as mãos e enfiava a língua lá dentro, fazendo vai e vem, me fudendo com a língua!!!

Eu: Hum, que tesão pequeno, solta a minha bunda e bate uma pra mim enquanto me fode com a língua vai!!!

Ele obedeceu novamente e enquanto me fudia com a lingua batia gostoso, uma punhetinha pra mim, de vez em guando, dando umas chupadas no meu saco, lambendo gostoso minhas bolas!!!!

Eu: Ai, vai, chupa meu saco cachorro, chupa vai!!!

Ele enfiou um dedinho no meu cu, começou a chupar minhas bolas e a bater uma punheta gostosa, até que não resisti e gozei!!! Pequeno lambuzava a mão com minha porra e passava no meu cuzinho, deixando ele pronto pra ser penetrado!!!

Levantou, me segurou com uma mão pela cintura e com a outra começou a passar a cabeça, pra cim e pra baixo no meu anelzinho, fazendo pressão! Bom aluno!!!

Abriu minha bundinha com os dedos e meteu a cabeçorra pra dentro provocando um gemido imediato!

Eu: Aaaai caralho, mete devagar vai, mete devagar caralho!!!

Ele: Rebola pra mim rebola, rebola que isso é bom demais!!!

Pequeno não se conteve e meteu a vara toda pra dentro e antes que eu desse um pulo pra frente me abraçou por traz com força, travando a vara dentro de mim!!

Eu: Ai pequeno, devagar filho da puta!

Ele: Num dá, num dá, vou gozar!!!

Eu: Então para de mete, porra!!!

Ele me fodia feio um cachorro fudendo uma cadela, até que senti muita porra escorrendo!!! Pequeno gemia e metia feito um louco!!!

Eu: Ai porra, mete devagar, cê ai me rasgar porra!!!

Pequeno me deu unas tapas na bunda e pediu: Cavalga meu pau, cavalga?

Eu: Cavalgo, cavalgo, tira a pistola!!

Ele: Não, não, vem sem tirar de dentro, igual vi num filme!!!

Ele foi me puxando até me ajeitar sentando naquela tora que arrombava meu anelzinho, ajeitei as pernas ao lado das deles e fiquei bem agachadinho em cima dele, botei as mão pra frente, ficando bem empinado, com a bundinha virada pra ele, que me deu mais uns tapas na bunda e gritou: REBOLA GOSTOSO PORRA!!!

Comecei a rebolar no pau dele, mas meu rabo ardia muito, mas sem dar trégua ele pedia: Assim não, pula mais, pra cima e pra baixo, igual cavalgada!!!

Comecei a subir e descer devagar naquele trolete indo da base até a cabecinha e voltando, nossa, que pressão aquela pica fazia ao me penetrar!!!

Ele dobrou um pouquinho as pernas e começou a meter, sem dó, me arrombando! Eu parei o sobe e desce e comecei a rebolar enquanto ele me arrombava e gritava!

Ele: Geme gostoso vai, geme na piroca do grandão vai!!! Geme e me diz quem que é pequeno aqui vai!!!

Gemia gostoso feito puta no pau do anão que gozava no meu rabo e estravazava suas frustrações!! Que delícia foi matar a vontade de pequeno!!!!

Ele: Mama preu gozar mais vai, mama no gigante!!!

Que alívio foi ouvir aquilo!!! Sai rápido de cima daquela tora e caí de boca recebendo exatos 3 jatos de porra quente na boca!!!

Pequeno ficou deitado na pedra com um sorrizão, só mexendo no pau, olhando pro céu, por uns 5 minutos! Se levantou me olhou e disse: Valeu DV46, eu nunca vou esquecer isso!!!! Foi fantástico!!!!

Nadamos um bocado até meu cuzinho se refrescar nas águas geladas da cachoeira e antes de irmos embora disse ao Pequeno que ninguém poderia saber daquilo, que eu era casado e que aquilo ficaria entre nós!

Voltei pra minha cidade e até então não tive mais contatos com o Pequeno, ou deveria dizer, com o Gigante!!!!

Comentários

14/02/2012 15:42:07
Maravilhoso...
27/10/2011 00:12:57
MUITO BOM!!!!!!!! ADOREI, FICOU MARAVILHOSO!!!!!!!! ME ADICIONA NO MSN: Rafael.life2@hotmail.com
26/10/2011 22:31:47
Anota meu msn ae bernard2409@hotmail.com
26/10/2011 22:30:52
ótimo conto.. sempre tive vontade de dar pra um anão tb!! quem sabe um dia hehe

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.