Casa dos Contos Eróticos

Feed

Fiz sexo anal e ainda continuo virgem!

Autor: Laís
Categoria: Heterossexual
Data: 23/09/2011 01:43:23
Nota 9.11
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Meu nome é Laís, tenho 18 anos, sou branquinha, mais ou menos 1,60 d estatura, tenho um bumbum lindo e faço o 3º ano do ensino médio. Estavam construindo um sobrado na rua d trás d minha casa e todos os dias quando voltava do colégio tinha q passar por essa rua q dava acesso ao sobrado em construção. Sempre q passava encontrava um homem mais ou menos 10 anos mais velho do q eu; ele era moreno escuro e muito forte já q trabalhava no pesado como ajudante d pedreiro e todo vez q eu passava em frente ao sobrado em construção, ele estava lavando as ferramentas p/ ir almoçar e eu sempre estava voltando do colégio. Todos os dias ele não perdia a oportunidade e sempre mexia comigo dizendo q eu tinha um bumbum lindo, q adoraria me comer por trás e q branquinhas como eu adorava homens morenos como ele e outras coisas assim, embora eu nunca respondia, só fechava a cara e ficava com muita raiva naquele homem sujo e suado. Mas tudo mudou pq mesmo tendo nojo daquele homem teve uma noite q sonhei com ele. Neste sonho ele me comia por trás, isto fez com q eu passase a ter atração por ele. foi quando decidir dar pra ele, mas só daria a bundinha pq queria permanecer virgem. Portanto um dia quando voltava do colégio parei em frente a construção e, como todos os dias ele estava lavando as ferramentas q ele usava no seu serviço d ajudante d pedreiro p/ ir depois almoçar, sem perceber a minha presença, pois ele estava com a cabeça abaixada, tomei coragem e disse pra ele: boa tarde! Ele levou um susto e sorrindo me disse: boa tarde minha branquinha linda! Sorri pra ele e disse: gostaria d conversar com vc mas qro q seja lá dentro da construção. Ele me respondeu imediatamente dizendo ok! então vamos! ele me conduziu ao interior da obra e me levou direto a um dos quartos do sobrado em construção e me disse: o q vc quer conversar comigo minha princesa? foi quando eu disse: qro transar com vc! Mas qro q me come só por trás! vc promete pra mim q não vai tentar comer minha bucetinha? Ele surpreso e ao mesmo tempo feliz me disse: sim, eu t prometo q só vou comer seu cuzinho bem gostoso minha branquinha! foi quando de repende ele se aproximou d mim e me agarrou c/ muita força e me beijou. Era um beijo forte onde ao mesmo tempo ele passava a mão na minha bunda e as vezes apertava meus seios. Nesta altura eu já estava com a bucetinha toda molhada. Mas depois d uma sessão d amassos ele tirou minha camiseta uniforme do colégio q estudo, ficando eu só d sutiã e logo depois ele tirou minha calça, onde fiquei só com uma calcinha estilo fio dental bem enfiadinha no meu bumbum. Depois ele q estava louco p/ comer tirou bem rápido sua calça, onde percebi q ele não usava cueca e tbém tive uma visão maravilhosa q me deixou eu confesso com muito medo pq ele tinha uma pica q no mínimo tinha 22 cm. Era enorme e comecei a ficar com medo d doer já q todas as minhas amigas d colégio comentava q dar o cú dói muito e mais ainda quando o homem é bem dotado. Quando ele venho pra cima d mim pelado não tive tempo pra desistir pq ele me agarrou como um tarado agarra uma moça, ou seja, com muita força me puxou pro seu lado e começou a me beijar novamente e dizia no meu ouvido q iria me comer da mesma maneira q come uma prostituta e q eu iria adorar. Ele ao mesmo tempo q me amassava me ofendia dizendo q eu sou muito nojentinha, dava uma d rica sem ser, q sempre me achou um purgante e q me ensinaria bons modos. Aquilo tudo me deixava com muito tesão, e em seguida ele arrancou meu sutiã e minha calcinha fio dental e me abraçou me beijando d lingua. Ele colocava a lingua dele toda dentro da minha boca e com uma das mãos enfiava o dedo no meu ânus. Naquele quarto em construção tinha um cama com colchão velho q ele mesmo usava pra dormir um pouco quando ele estava d folga lá na obra. ele me levou em direção da cama, pediu q eu me virasse e ficasse d 4 pra ele; deitada naquele cama velha. Fiz exatamente q ele me pediu ficando d 4 com a bundinha bem empinada pra ele o com o rosto colado no colção. Ele começou beijando meu bumbum e depois colocou a pontinha da sua lingua no meu cuzinho virgem. Nossa! Q sensação maravilhosa! Depois d lubrificar bem com a pontinha da lingua ele enfiou um dos dedos e deixou no meu cuzinho por uns 3 minutos imóvel, logo depois ele enfiou 2 dedos d uma só vez deixando lá por uns 3 minutos tbem imóvel. Nossa! Um dedo eu senti uma dor não muito agradavel imagina dois dedos, mas apesar da dor eu estava gostando. Depois ele cuspiu muito no meu cuzinho e d pé fora da cama e eu d 4 com a bundinha bem empinada no canto da cama começou o q eu estava buscando... ele colocou a cabeça daquela pica enorme em direção do meu cuzinho e começou a forçar entrada. Eu comecei a germer alto e a pedir q ele metesse bem devargar. Não estava fácil entrar, pois meu buraquinho é bem apertadinho e a pica dele era enorme. Mas ele cada vez mais forçava a entrada e de repende dei um grito forte. Nossa! Q dor! Ele enfiou a cabeça toda no meu cuzinho, doia muito, mas ele não se mexia, ficou imóvel por um tempo, e quando começou a se mexer movimentava bem devargarinho com leves movimentos d vai e vem. Nesta altura eu só gemia, mas aquela dor terrivel de repende passou e passei a senti um tesão maravilhoso! Naquele momento parecia q estava flutuando nas nuvens... era simplesmente maravilhoso. Mas de repente ele começou a meter com muita força me arrancando gemidos altos d prazer... tudo aquilo q estava acontecendo era maravilhoso! Ele d pé na beirada da cama segurava com as duas mãos meus quadris e metia com muito força me xingando d putinha, vadia, cadelinha, q a partir daquele momento eu seria sua prostituta. Esses palavrões me deixava com mais tesão quando de repente ele urrando como um louco gozou gostoso dentro do meu cuzinho e tbem como uma cadela no cio gozei gostoso com o pau daquele homem enterrado no meu ânus. Deitei exauta na cama e ele tbem deitou exauto na cama. Ambos dormimos uma meia hora e acordei assustada, pois minha mãe deveria está preocupada e tbem já estava quase na hora d os outros operários da obra chegarem p/ o turno da tarde. Com ele ainda dormindo me vesti e antes d ir embora o acordei dizendo q já estava quase na hora d seus colegas d trabalho chegar. Me despedi dizendo a ele q tinha adorado transar com ele e ele me agradeceu dizendo q tinha realizado um sonho. Disse thau e fui embora. Bjos! Laís Nogueira.

Comentários

24/09/2011 08:15:10
Nota adprei seu conto.....parabensss....aguardando mais ..bjks..jmauross@hotmail.com
24/09/2011 03:02:51
Delícia de conto
24/09/2011 00:03:02
Adorei seu conto sua vadia gostosa do caralho. Fiquei com vontade de conhecer vc, empurrar minha vara até o talo no seu cu e ouvir vc gemer de tesao. Queria chupar seu cuzinho branqinho e atolar meu cacete na sua boca e ver vc se engasgar e lagrimar com minha vara na sua garganta sua filha da puta gostosa do caralho. junior26_rpe@hotmail.com
23/09/2011 15:51:28
Gostei do seu conto. Se foi verdade valeu.
23/09/2011 15:38:29
Muito bom! Eu fiquei com uma japinha virgem por quase um ano. Nesse período, só comi seu cuzinho (muitas e muitas vezes) pois até o boquete ela não gostava por ser coisa de "puta". Pensei que namorávamos mas ela estava noiva e casou virgem. Só fui comer sua boceta depois da lua-de-mel, e ela disse que era a despedida pois era mulher casada honesta e séria. Dá para acreditar?
23/09/2011 11:25:56
foi bom mi add ai delicia(dagoogan@hotmail.com)bjsss?
23/09/2011 10:17:06
ho minha princesinha tbm qro essa bundinha deliciosa me add joildoqueirozsantos@hotmail.com
23/09/2011 04:48:36
mUITO BOM, É SEMPRE BOM UMA NINFETINHA COMEÇAR DANDO A BUNDINHA, ESPERO QUE NOS CONTE SE CONTINUOU DANDO O CUSINHO SE APRENDEU CHUPAR GOSTOSO UMA PICA. Meninas e Mulheres que quiserem conversar me adicionem hcinquentao2008@hotmail.com
23/09/2011 02:20:07
Puxa vou começar a olhar melhor para as bundinhas que passam quem sabem esbarro em você e ganho um rabinho gostoso para fuder até gozar dentro. taradopbundas@ig.com.br

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.