Casa dos Contos Eróticos

Feed

Lorna. Minha Cunhada Viúva e Gostosa

Autor: Xanoso
Categoria: Heterossexual
Data: 16/09/2011 11:45:08
Nota 9.00
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Quem nunca desejou comer a cunhada? Pois é! Minha cunhada Lorna já estava viúva há mais de cinco anos. Faz um mês que ela está conosco. Veio visitar a irmã e foi ficando. Lorna é morena, tem 45 anos e corpo quase sarado, coxas grossas e uma pequena barriguinha. Desde que conheci minha mulher sempre achei Lorna gostosinha, mas...o marido (o falecido) marcava em cima e, na verdade ela nunca me dava bola. Mas, desta vez foi diferente. Minha mulher está fazendo faculdade à noite e antes de eu ir buscá-la sempre fico conversando com minha cunhada. Foi assim que soube que desde que enviuvou nunca saiu com ninguém. Nossas conversas foram ficando mais íntimas e,como era de se esperar...aconteceu. Numa noite estávamos conversando na sala. Lorna estava de blusa azul amarrada na cintura e short branco, pequeno, que, sentada, deixava ver sua racha marcando o tecido. Toda vez que ela abria as pernas eu não tirava o olho daquelas coxas que, pareciam pular do short. Foi numa olhada dessas que ela perguntou se eu estava olhando para as pernas dela. Eu disse que sim e que estava gostando do que via. Ela levantou-se, aproximou-se de mim e, de pernas abertas à minha frente disse que eu podia passar as mãos nelas, afinal eu era seu cunhado. Não me fiz de rogado. Puxei-a para perto e fui acariciando suas coxas.. subia um pouco e passava a mão por cima do short e apertava sua buceta. Minha língua passeava por sua barriguinha e entrava no seu umbigo. Desamarrei sua blusa e deixei seus seios à mostra. Levantei as mãos e apertei seus bicos com força fazendo-a gemer de dor e prazer. Ela aproximando-se, encostou seu ventre na minha cabeça e abraçou-me...pedindo que eu a possuísse. Tirei seu short e pude ver que ela nada usava por baixo. Sua bucetinha estava totalmente exposta à minha disposição. Deitei-a no sofá, disse que ia comer aquela bucetinha linda enquando ia abrindo suas pernas e logo iniciei uma sessão de língua naquela buceta que estava totalmente molhadinha. Ao sentir minha língua passeando pela xana e pelo seu cuzinho, minha cunhada gemia alto e pedia mais..ela queria mais... e falava que ela nunca tinha sido chupada antes..e pedia que eu lambesse sua buceta. Quando eu chupei sua buceta e ao mesmo tempo enfiei o dedo no seu cuzinho ela, apertando minha cabeça entre suas coxas, gritava e se mexia feito louca...senti quando ela, estremecendo, gozou na minha boca. Ficamos um tempo quietos e senti que ela ficou estremecendo e arfando. Em seguida, pedi que ela ficasse de bruços sobre o sofá, coloquei-me por trás, e numa estocada forte enfiei meu pau naquela bucetinha gostosa. Ela sentiu o pau entrar e num grito que era misto de prazer e de dor, pediu que eu a fodesse mais...e sempre pedia mais... fiquei bombando até que ela, gritando e soluçando, gozou novamente. Não parei por aí. Fiz com que ela sentasse no sofá e pedi que ela chupasse meu pau. Ela não sabia fazer direito, mas logo aprendeu e quando eu disse que ia gozar ela tentou tirar o pau da sua boca, mas eu segurando sua cabeça gozei e a fiz engolir minha gala. Depois pedi que ela lambesse meu pau. Levantamos e fomos tomar banho. Durante o banho ela pediu que eu a comesse novamente. Foi o que fiz. Depois nos vestimos e fomos buscar minha mulher na faculdade. Fodi minha mulher pensando na bucetinha da Lorna. Sabia que no outro dia iria comer minha cunhada novamente. E assim foi, e sempre que dá uma folga nós transamos. Agora, o próximo passo é comer o cuzinho da minha cunhada, mas ela reluta em dar. Mas vou conseguir. E, acreditem, acho que minha mulher sabe que estou comendo a irmã, pois de vez em quando ela faz uns comentários meio indiretos. Bom, o importante é que Lorna está satisfeita em ser fodida por mim. E eu, realizei o desejo antigo de comer minha cunhada.

marcos.2100@hotmail.com

Comentários

16/09/2011 13:47:12
Beleza Joaozinhos... acredito que vou levar para a cama as duas: minha mulher e a irmã. É uqestão de tempo
16/09/2011 12:26:38
comi a minha também, mas levei um flagrante da minha sogra, conclusão, tive que enrabar as duas

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.