Casa dos Contos Eróticos

Feed

FIZ MINHA MULHER DESVIRGINAR UM GAROTO

Autor: Edgard
Categoria: Heterossexual
Data: 26/08/2011 23:10:15
Nota 10.00
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

FIZ MINHA MULHER TIRAR A VIRGINDADE DE UM GAROTO

Meu nome é Edgard e sou casado com uma mulher maravilhosa chamada Mara. Ela é alta, magra, tem seios pequenos, cintura fina e uma bunda bem grande e arrebitada que é o ponto forte dela. Quando saio com ela vejo os homens se virarem para apreciar a bunda dela. Tenho 68 anos e ela 48 mas ambos aparentamos ter bem menos. Em relato anterior, com o título: ADORO EXIBIR MINHA ESPOSA, contei como a nossa relação sexual melhorou depois que ela começou a paquerar na internet, se exibindo, mostrando nossas fotos e as vezes até fazendo sexo virtual.

O próximo passo era passar do virtual para o real. Não me refiro a sexo real, mas sim em exibi-la para desconhecidos. Quando ia por gasolina no carro pedia a ela para colocar uma mini saia bem mini que ela tem e no posto se abaixar bem, fingindo procurar algo, para os frentistas verem o bundão dela. Detalhe: ela só usa calcinha fio dental, bem enfiada no rego. Algumas vezes inclusive ela saiu comigo de saia sem calcinha, cruzando ou abrindo as pernas de tal modo que quem estava em frente via sua buceta.

Percebi que eu ficava com muito mais tesão sabendo que ela se exibia para desconhecidos e decidi que ela tiha que se exibir para alguem de carne e osso. Dito e feito, vi um garoto que mora no prédio em frente ao nosso e pedi a Mara para, toda vez que ela estivesse sozinha em casa para ficar pelada e passando em frente à janela aberta. Não deu outra, um dia que eu estava em casa fiquei escondido atras das cortinas do outro dormitório e vi o garoto batendo uma punheta enquanto espiava minha mulher pelada. Nessa noite fiz uma coisa que não fazia ha muito tempo: comi a buceta e o cuzinho dela.

Este tesão que senti vendo o garoto batendo uma punheta espiando minha mulher nua, me deu uma ideia maravilhosa. Só que para coloca-la em prática tinha que ter a colaboração da minha mulher. O plano era o seguinte: eu ficaria observando para ver quando o garoto saia de casa e iria logo atras dele. Diria que peguei a chave do carro da minha mulher e como estava atrasado, pediria a ele o favor de entregar a chave a ela. Minha mulher vestiria uma camisola bem sexy e transparente, aberta na frente e atenderia a porta desse jeito, fingindo que tinha despertado com a campainha. Agradeceria o favor de entregar a chave e convidaria o garoto para tomar café com ela. O resto rolaria facil, eu esperava.

Para minha surpresa minha mulher concordou com o plano sem relutar e disse que depois que o garoto entrasse no apto que deixasse tudo por conta dela. Fiquei super excitado e disse que da minha parte tudo bem, que aceitaria numa boa tudo que rolasse já que a idéia foi minha. Entretanto, por um lado meio desconfiado e por outro excitado, deixei minha camara ligada e escondida de tal modo que focalizasse a nossa cama, evidentemente sem avisar a Mara.

Fui trbalhar mas não conseguia me concentrar em nada, imginando o que estaria rolando no meu apto naquele momento. Tinha vontade de ligar mas com receio de interromper, acabei me segurando. Assim que pude, voltei para casa, ansioso para saber o que tinha acontecido.

Minha mulher me contou que colocou a tal camisola branca, transparente, sem sutiã e com uma calcinha fio dental preta, bem enfiada no rego. Deixou a camisola sem cinto para ficar meio aberta, mostrando uma parte dos seios.

Quando ela atendeu a porta e o garoto viu aquele monumento de mulher, o pau dele endureceu de tal maneira que parecia que ia rasgar a bermuda que ele usava. A Mara agradeceu ele trazer a chave, disse que tinha acabado de levantar e convidou ele para entrar e tomar um café com ela. O garoto relutou, com vergonha de ter ficado de pau duro, mas ela insistiu tanto que ele acabou entrando. Foram para a cozinha e ela serviu um café com leite. Depois do café o garoto fez menção de ir embora. Ela disse que ia acompanha-lo até a porta e disse que ele não devia se envergonhar por ter ficado de pau duro, que era natural na idade dele e perguntou se ele já tinha comido alguma menina. Ele disse que não, mas que tinha vontade de aprender como era. Foi a deixa que ela esperava. Pegou a mão do garoto e o levou para nosso quarto.

Mandou ele ficar pelado que ela ia ensinar tudo que ele precisava saber. Enquanto ele se despia, ela tirou a camisola, ficando só de calcinha. Ao baixar a cueca, pulou para fora um cacete duro como pedra, que ela não resistiu e caiu de boca, chupando com vontade.Quando sentiu que ele ia gozar, abriu as pernas, afastou a calcinha de lado e posicionou o pau dele na bucetinha dela. O garoto, apesar de só ter 13 anos, já tinha um cacete bem desenvolvido que escorregou que nem quiabo entrando todinho na bucetinha dela. Bastou uns poucos movimentos e o garoto logo gozou. Ela disse que não podia ser assim, que ele tinha que segurar o gozo para dar tempo a mulher gozar também.

Aí levou ele para o banheiro onde se lavaram. Voltando para a cama, ela pediu para ele chupar a buceta dela, ensinando como fazer. Quando ela sentiu que estava no ponto mandou ele deitar de barriga para cima, se acocorou em cima dele, posicionando a pica dele na buceta dela e cavalgou gostoso, tanto de frente, como de costas. Depois que ela gozou, vendo que o pau do garoto ainda estava bem duro, decidiu dar o cuzinho também. Passou um pouco de KY e pediu para ele forçar a entrada que com jeito entrava. Ajudou abrindo a bunda com as mãos e deixou o garoto esporrar no cuzinho dela, sentindo o leitinho quente invadindo tudo.

Depois de tomarem um banho, chupou novamente o cacete dele que logo ficou duro e ela deu a buceta para ele comer de novo. Depois disso o garoto disse que tinha que ir embora. Agradeceu a aula e disse que sempre que ela tivesse vontade que podia chama-lo. Só de ouvir minha esposa contando isso meu pau ficou duro e logo comi a buceta dela. Só depois de muito tempo foi que contei da camara, mas isso é uma outra estoria que contarei em outra oportunidade.

Só sei que depois disso minha mulher ficou muito mais gostosa e tesuda, me dando a certeza que é melhor dividir a esposa com um garoto virgem do que correr o risco dela lhe trair com qualquer um. Quem quiser ver as fotos dela pode me adicionar no messenger que terei prazer em mostrar: edgardpenas@hotmail.com

Comentários

26/03/2013 19:08:34
Bom demais!!!
02/12/2011 13:56:45
mi manda as fotos obr(dagoogan@hotmail.com) nota 10
27/08/2011 12:38:22
cara otimo conto!! poxa fiquei com o pau igual a pedra!! show e dez!1 meu email e digaofreitas22@gmail.com!! se puder mandar as ftos ficaria grato
27/08/2011 02:27:51
Nota Dez para sua mulher meu camarada. Estou louco para ver as fotos dela. Será que ela gostaria de ver a foto do meu pau? taradopbundas@ig.com.br
26/08/2011 23:49:06
poxa!!!!!!!! q legal o conto fiquei de pau duro imaginando a cena dela de camisola, tenho um conto tbm , dando p uma amiga, fiuqem a vontade p comentar , eu add vcs no meu msn, alexoliveiradanado@hotmail.com

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.