Casa dos Contos Eróticos

Feed

evangelica com medo d perder a virgindade me deu o cu..sobrinha da minha empregada

Categoria: Heterossexual
Data: 24/07/2011 18:17:15
Nota 8.50
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

COLEGAS D PUTARIA....

aconteceu em minha casa na região da cantareira. Tenho uma empregada q trabalha comigo ha mtos anos, inclusive é quem cuida d minha cachorra em minha ausencia (veja meu relato d zoofilia). Certo dia ela pergunta se poderia levar ao trabalho a sobrinha recem chegada do interior para ajuda-la nas tarefas mais pesadas por dois motivos: uma q ela vinha se sentindo sobrecarregada com tantos vidros p limpar, e outra q a moça estava mto sozinha em casa e precisando d um dinheirinho extra. Quandooooo vi a delicia q era a sobrinha dela......ai ai ai...fiquei louco! eu tinha q dar um jeito d provar aquela delicinha de bucetinha caipira. Tauana era uma morena corzinha meio d india... baixinha, estilo "bonequinha gostosa". Sabe essas baixinhas com tetinha empinada, bumbum grande e coxa grossa? ki delicia....cabelo preto levemente ondulado e uma boquinha pequena rosa q dava a ela um ar ingenuo algo meio menina mulher. Ela tinha acabado d fazer 18 anos. Vi q usava uma aliancinha d prata na mao direita. Segundo Mariza, minha empregada, ela ia ficar noiva d um rapaz no interior q namorava desde bem novinha e frequentava a igreja evangelica com ela. Tauara era quieta, reservada, e isso dificultava a ação d meu plano. Como eu ia me aproximar dela, e principalmente, sem q a tia notasse. Qdo a tia dela não estava reparando eu dava umas olhadas p ela, p ela sentir mesmo q eu a estava cobiçando, mas Tauana abaixava os olhos, fingia não notar. Mas eu sabia q d alguma forma, eu estava sim, mexendo com a imaginação dela. Notei q ela ficava um pouco desconcertada qdo eu chegava perto . Até numa tarde,depois d alguns dias tive a oportunidade q eu tanto esperava! Mariza tava la fora aguando as plantas perto do fim d tarde, e deixou Tauana na cozinha terminando um serviço. Comecei com uma conversinha qq como quem não queria nada...depois comecei elogia-la...perguntar um pouco sobre a vida dela. A menina respondia um pouco timida, mas aos poucos foi se soltando. Disse q tinha vindo passar as ferias com a tia dela q tb era sua madrinha. Ela me falou q era balconista numa lojinha d armarinhos no interior. Perguntei qto ela ganhava, ela me falou q era um salario minimo. Falei q poderia ajuda-la, se quizesse, q me procurasse depois na sala q faço d escritoria la em casa, mas sem dizer nada a tia dela...numa hora q a tia dela estivesse ocupada. Ela disse então q Mariza depois d aguar as plantas ia passar roupa, ficaria um bom tempo na lavanderia. Fui p o escritorio e fiquei la ansioso! dali uns 20 minutos, bate na porta e pede p entrar Tauana. Falei p q entrasse e fechasse a porta. Dai me senti mais a vontade...e fui mais direto. Falei q eu poderia "ajuda-la" se ela fosse carinhosa comigo...q eu havia me separado d minha mulher, tava mto carente, precisando d um carinho especial, q ela era uma menina linda q tinha me encantado desde o primeiro instante q a vi. Nossa, ela ficou vermelha, perdeu a voz. Nessa hora pensei "putz....agora fudeu! ela vai contar p tia dela q eu to tentando comprar ela! to fudido"...ela então argumentou q não poderia, q não era certo....q tinha namorado....e q ....era virgem!!! q tava se guardando p ele. Falei q não ia machuca-la, fazer nada contra sua vontade...q eu só queria um carinho gostoso, nada mais, e q ela seria bem compensada por isso. Coloquei 100 em cima da mesa, cheguei perto dela, peguei a maozinha dela, e falei: "faça um carinho gostoso em mim...se não curtir a gte para, não tem problema"...coloquei a mao dela no meu pau, por cima da calça. A essa hora ele ja tava duro, explodindo...com a cabecinha toda ensebada. Ela tava toda tremula, mas acho q a curiosidade e o dinheirinho q ofereci, fez com q ela fosse aos poucos cedendo. Não aguentei, tirei o pau p fora. Nessa hora ela deu um passo p traz. Chamei ela d novo com jeitinho, com carinho, coloquei a mãozinha dela no pau e ensinei ela a punheta-lo. Tauana me olhava com um jeitinho assustado, mas ao mesmo tempo curioso. Pedi então p ela mostrar o peitinho e a bucetinha...so mostrar...ela negou, insisti mto, mas ela não queria d jeito nenhum. Coloquei mais dinheiro na mesa, fiz um carinho nela, e ela aceitou. Abriu os botoes primeiros da blusinha, abaixou o sutiã um pouco e mostrou...humm, ki delicinha....akeles biquinhos marrons,empinadinhos....seio pequeno,lindo perfeito...cabia em minha mao. Ela então tirou a calcinha, por debaixo da saia, ergueu a saia e vi akela bucetinha beiçudinha,carnuda, moreninha e peluda, muito peludinha...diante d minha admiração,falou q por ser evangelica nunca tinha raspado a xaninha. Ahhh..dai não resisti...ajoelhei e dei akela chupada. Ela tentou fugir d todo jeito, mas não deixei,segurei-a pelas pernas... dai ela foi ficando molinha....e foi gostando. Falei q eu queria penetra-la...ela então falou....dou so se for o cusinho! ahhh, não tive duvida...com ela em pé mesmo, coloquei-a d costas, dei uma cuspidinha no cusinho dela e comecei a roçar a portinha...ate q uma hora deslizou p dentro bem gostoso...noooossa, ki cusinho apertado...era apertadinho mas muito guloso! coube nele toda minha rola q entrava e saia num tesão insaciavel. Foi tudo mto rapido, mesmo pq ela tava tensa d+ com medo q a tia dessa falta d nos dois. Dei leitinho gostoso nakele buraquinho. Falei p ela q tinha mais "presente" se ela fosse carinhosa comigo mais vezes. Ela falou, "ok" e deu um sorrisinho timido...hummm, yes, tinha dado tudo certo! Comi aquele cusinho guloso dessa safada mais umas 3 vezes. Mas é sempre assim ne, a gte sempre quer o q elas não dão..tivesse eu comido a buceta, e não comido o cu, taria loko pelo cu...Mas a curiosidade d experimentar uma bucetinha peludinha virgem era tanta, q na ultima vez a a gte transou, fiz d tudo p ela me deixar dar uma pinceladinha q fosse na portinha da bucetinha. O tesão foi tanto, d sentir akeles labior grossos, querendo chupitar meu pau, q melei a portinha dela...gozei do d ficar esfregando a cabeça do pau. Tauana foi embora, d repente um dia ela não apareceu mais. Mariza falou q ela foi embora, decidiu d repente voltar. Algum tempo depois soube q ela estava gravida, e casada...perguntei se o bebê ja estava p nascer...assim como quem não keria nada....Mariza falou q o bebê nasceu d 7 meses, mas q era um bebezinho forte, saudavel...hummm...na hora me veio na cabeça...akela esporrada q dei na portinha da xana dela...pensei, será? seria muita lokura né!!! mas d qq modo ela casou gravida sim...claro, filho d 7 meses coisa alguma!!! vai ver depois dakelas nossas brincadeirinhas, ela ficou pensando pra q ficar guardando, voltou p o interior e foi dar gostoso p o namoradinho, e foi no que a aconteceu.

Seja la como for, ainda me punheto pensando nessa morena meio menina/mulher....nakela maõzinha pequena gostosa macia q me punhetou e nakele cusinho se abrindo p meu pau entrar gostoso...mas o gostoso mesmo, era olhar akele bucetinha carnuda, beiçudinha e peluda....hummm,....ki bixaninha gostosa! será q acho outra assim?

abraço a todos........ate o proximo

Comentários

02/07/2012 09:22:38
Eu estou tentando comer minha sobrinha de 16 anos, isso é pedofilia? p.roberval@bol.com.br
25/07/2011 11:13:02
Muito bom seu conto amigão. De uma boa conversa ninguém resiste R$R$R$ né?
25/07/2011 11:12:02
moramos perto mi add ai(dagiigan@hotmail.com)
25/07/2011 06:57:35
Eta evangélica safada...cedeu tão facil em dar o cu...com certeza aos 11 ou 12 anos já dava o rabo para o bairro inteiro....
24/07/2011 20:53:07
Um cuzinho enloquece qualquer homem. Mulheres que queiram conversar deixo meu e-mail. mediador.liberal@gmail.com
24/07/2011 19:07:08
sensacioanl
24/07/2011 18:28:14
se os padre estão dando cú porque as evangélicas não pode perde a virgindade?

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.