Casa dos Contos Eróticos

Feed

POR MINHA CAUSA MIINHA IRMÃ CAÇULA VIROU PUTA PART.2

Categoria: Heterossexual
Data: 11/06/2011 21:20:10
Nota 10.00
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá pessoal como vão?espero que todos bem,esse é o meu segundo conto que publico aqui,o primeiro foi POR MINHA CAUSA MINHA IRMÃ CAÇULA VIROU PUTA,podem procurar,ou pelo meu pseudonimo HEROI DO SERTÃO,pois bem sou de maceio/al,sou moreno claro,1.70alt,olhos verdes,sou uma pessoa normal,filhos,trabalho,etc e agora uma irmazinha que na epoca com 16 anos,esta se tornando uma putinha,tudo por minha culpa

Quem leu o primeiro conto viu como tudo começou,desde que tive a sorte de xupar minha irmã e ela xupar minha pica,coloquei na cabeça que iria come-la,como ela estava dormindo no mesmo quarto que eu e meu outro irmão de 15 anos,resolvi bolar como iria fuder aquela bucetinha morena e cheias de pelugem e cheirosa,meu pai e seu esposa no meu quarto,pois minha esposa so voltaria com meus filhos assim que eles conseguissem alugar uma casa,aqui mesmo em maceio

Passando alguns dias pedi pra minha irmazinha sempre dormir sem calcinha e sempre perto de mim,prontamente ela atendeu,espera todos dormirem,pra assim ficar livr e atacar minha irmã,sempre tocava nela e ela automaticamente empinava a bundinha,eu por baixo de sua camisola colocava minha mão,hum....ela estava toda molhadinha,minha pica chega pulsava,depois sempre colocava a mão na boca,ai delicia de mel

Como ela era virgem ainda,não enfiava meu dedo todo não,ficava passando a mão e sempre eu olhava pra cara da safadinha e ela estava de olhos fechados e mordendo os labios,ei ia por baixo do lençol e começava a xupar a sua bucetinha,hum que xeiro gostoso,eu ficava com a boca toda babada do mel de minha irmazinha,depois la vinha ela me xupar,ai nessas horas confesso,me dava uma loucura,mesmo sem ela saber xupar direito,pois so colocava a cabeça de minha pica na boca,mais sabia muito bem usar a lingua,eu ia nas nuvens

Sempre quando ela acabava de me xupar,eu ficava passando a cabeça de minha pica na sua bucetinha,latejava minha pica pra entrar naquela bucetinha,ate ali então virgem,meu rimão dormia e rongava feito uma pedra,quando estava perto de gozar faziamos um 69,ai como era bom sentir uma outra boca lhe xupando,e isso sempre se repetia

Ela sempre ficava de saia ou com shorts curtos,sempre pra me provocar,se relava em mim,quando ficavamos sozinho sentava em meu colo,e passava a cabeça de minha pica em sua bucetinha,quante e molhadinha,ai como eu adorava quando ela ficava de joelhos me xupando,ou sentanda no sofa e eu lhe xupando

Mais estava chegando a hora de foder ela,combinamos então de irmos a praia,aqui mesmo em maceio,loquei um carro e fizemos a divisão da seguinte maneira,na primeira viagem foi meu pai,sua esposa e dois de seus filhos pequenos,na outra viagem foi meu irmão de 15 anos mais dois filhos do meu pai,eram no total de 06 filhos,deixei na ultima viagem a minha irmazinha,nunca fora a praia na vida

Quando voltei pra pega-la,estava la sentada no sofa so de calcinha e sutiã,e disse eu vou assim,quase cai de costas,eu disse que não,troque de roupas e vamos comprar um biquine pra vc,mais antes fica de quatro pra mim vai,assim mesmo,nossa que visão,aquela morena de quatro,afastei a sua calcinha e cai de boca na sua bucetinha e no seu cuzinho,adoro fazer isso

Ela gozou,melou minha boca toda,se trocou a levei na loja e pedi algo em especial pra ela,deram um biquine amarelo,ela ficou linda e com cara de puta,voltamos pra casa,pedi que ela vestisse ali mesmo na sala na minha frente,ficou toda nua,tirei minha roupa,fiquei e pau duro e ela veio nua cair de boca na minha pica,eu falei que era naquela hora que eu a comeria

A deitei com carinho,xupei os seus seios,a sua buceta,e fui colocando minha pica bem devagar,ela gritou,disse que estava queimando,mais que eu continuasse,aumentei o ritimo,as estocadas,ela dizia fode minha buceta,me fode,me faz de cachorra,nossa que maravilha,depois sentei ela em meu colo,ela subia e descia,acabei gozando feito um animal dentro dela,quando ela ficou em pé e eu ainda deitado,eu fiquei olhando pra ela e vi minha gala escorrer entre suas pernas saindo da sua buceta

Acabamos indo pra praia,agirmos de modo natural,digamos eu,pois ela não,ia ao mar,saia e todos os caras ficavam olhando pra ela,toda molhada,e vi que ela gostava dos olhares,ate que ficou conversando com um cara la na praia,depois ela sumiu,e ja estava na hora de voltarmos,fui atras dela,isso ja era cerca de cinco da tarde,acabei encontrando ela perto de um barco,ajoelhada mamando no cara,confesso que não fiquei com raiva e sim excitado

Deixei eles acabarem,e depois fui ate la,vamos putinha embora,o cara perguntou quem eu era,ela reposndeu o meu irmão,beijaram-se,vc esta virando uma puta mesmo ne?ela respondeu,vc que esta me ensinando,em casa eu xupo vc prometo,porque é tão gostoso que quero fazer toda hora,vi ali que minha irmã ja era um putinha de primeira

Minha irmã não mais estava ficando so em casa,fez amizades,alias que acabei me dando bem por sinal com suas amigas,sempre sumia,meu pai como nada conhecia eu sempre que ia buscar ela na casa de uma de suas amiguinha,e sempre estava ela e suas amiguinhas na maior zona,cada uma com um rapaz,um xupando o outro,fudendo,a maior putaria,eu não ligava,entrava na casa,e sempre acabava comendo as amiguinhas dela,mais sempre quando chegava em casa sabia que eu iria ter a sua bucetinha e a sua boquinha pra me satisfazer

Mal sabia que a minha irmazinha iria dali por diante ser a maior puta do bairro.....continua,esperem

Mulheres que querem entrar em contato comigo meu e-mail é JERONIMOTERCEIRO@HOTMAIL.COM

Se estiver por passagem por maceio,ou ate mesmo for de maceio,estou aqui esperando,e esses contos são reais

Comentários

20/07/2011 18:39:58
esta ficando mto bom o conto...
15/06/2011 01:53:43
Bom continua...

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.