Casa dos Contos Eróticos

Feed

Fiz sexo com minha mãe

Autor: hetero
Categoria: Heterossexual
Data: 25/05/2011 14:53:18
Nota 7.00
Assuntos: Heterossexual
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá, meu nome é Roberto, tenho 21 anos. Bem, vamos ao que interessa!

Aos 17 anos, eu tive uma relação sexual com minha mãe, sem meu pai saber. Foi assim:

Sempre via minha mãe no banho, escondido, sempre achei o corpo dela lindo, e na época ela tinha 33 anos e um corpo lindo, seios bons e grandes, já tinha visto ela de sutiã e calcinha várias vezes e sempre pensava nela transando.

Até que um dia, ela estava carente chorando, conversei com ela e ela pediu pra eu dar um beijo na bochecha dela, e aproveitei a situação e fingi que escorreguei e dei no lado da boca dela. Ela ficou meio sem graça e eu também e eu pedi desculpas, e ela aceitou. Certo dia, vi que ela ia tomar banho, e ela sempre tira a roupa no quarto e vai pro banheiro, aí ela deixou a porta um pouquinho aberta, e eu dei uma espiada, que corpo lindo! Minha mãe era uma gostosa. Os seios dela eram fartos, gostosos e a bucetinha raspada, e a bunda, eram duas jabulanis. Vi que ela entrou no banheiro, aproveitei e fui ao meu quarto, bater uma e depois recuperei fôlego, ela estava acabando o banho. Ela foi ao meu quarto, perguntou se eu tinha visto o sutiã dela, e eu falei que não. Logo depois vi ela com uma camisa branca, com um shortinho muito sexy lá na sala assistindo TV.

Nesse momento eu estava bem loucão, queria mesmo era transar com minha mãe, não era uma obseção normalzinha, era uma vontade enorme. Logo depois, vi meu pai entrando em casa, em seguido minha mãe discutiu com meu pai, no quarto e ainda sobre sexo, ela falava que ele não a satisfazia quanto ela queria e a briga acabou depois de 40 minutos. E depois disso, fui dormir. Logo que acordei vi que

minha mãe estava chorando no quarto, e meu pai tinha ido trabalhar e aí eu conversei com ela, e depois de tanta conversa ela ia tomar banho, e eu pensei comigo mesmo, vou pedi-la pra tomar junto com ela. E ela aceitou, e fomos entrando, ela tinha aquele corpo maravilhoso, fiquei admirado, eu não consegui controlar minha ereção e minha mãe percebeu e disse que meu pai não satisfazia a ela como desejava, eu aproveitando a oportunidade, disse:

-Deixa eu satisfazer, então.

E logo já começamos a nos pegar dentro do chuveiro, comecei a beija-la e passei a mão em seus peitos e chupei-os bastante, a encostei na parede e comecei a meter, ela gemendo bastante, e pedindo mais, ai fui com mais força, depois que acabei, meti dentro do cúzinho dela, ela gostando bastante e falando:

vai cachorro me come, eu sou sua puta, vaai.

Falei que ia gozar no cu dela, e ela falou pra gozar na boca dela, mas n tinha dado tempo.

Então a sigurei por trás, esfreguei as mãos em seus peitos e depois virei de frente e os chupei novamente, ela falou que ja estava cansada, então eu parei e saimos do banheiro com um beijo, estavámos quase indo pra cama pra mais sexo, mas ouvimos o carro chegar, era meu pai.

Comentários

10/12/2012 07:21:09
Goxtei ate mi deu vontad d bater uma
10/12/2012 07:19:50
Foi bem legal
29/05/2011 23:39:18
Bom conto...
26/05/2011 04:31:46
Não ficou assim tão ruim. Se você imprimisse ao conto algo mais detalhado, criando um clima, acho que melhoraria. Aguardemos a próxima, pois uma foda como essa tem que ser repetida, né?
25/05/2011 18:52:57
hétero, seu conto não diz nada. falta criatividade e um sentido lógico.
25/05/2011 15:25:50
Pervertido do caralho.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.