Casa dos Contos Eróticos

Feed

Aula de sexo com minha mãe. parte3

Autor: JNTESÂO
Categoria: Heterossexual
Data: 12/05/2011 02:11:02
Nota 9.92
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

...

Ja haviam se passado 2 semanas desde a minha foda com minha mãe, ela estava muito ocupada e triste pois estava realmente se separando do meu padrasto.Durante essas 2 semanas passei de pau duro qse o tempo todo, batia varias punhetas por dia, mas varias mesmo, só esperando minha mãe me dar a "aula" prometida.

Teve um momento que eu não aguentava mais, fiquei pensando nela o tempo todo na escola, tendo inclusive que ir no banheiro bater umazinha.Cheguei em casa com um tesão imenso, minha mãe estava nos fundos mexendo com umas roupas, cheguei perto dela e fiquei parado só olhando, e ela percebendo minha presença perguntou:

- Ta fazendo oq parado ai?

- Nada.Só queria fazer uma pergunta.

-Ja sei que pergunta é essa.Disse ela virando os olhos.

-A senhora prometeu lembra?

-A muleke, depois agente fala disso, agora vai pra dentro e me deixa terminar aki. Obedeci, meio decepcionado, mas com uma certeza,eu faria ela pagar a promessa,nem que tivesse que comer ela qdo ela fosse dormir, ja que agora eramos só nos 2 mesmo.

O dia se passou, e ja eram qse 6 da terde.Eu estava no meu quarto no computador, qdo derrepente veio akela onda de tesão.Ja havia percebido que minha mãe estava no banho ja a algum tempo, e nem pensei muito para levantar e ir pro quarto dela.Ja disse no 1º conto que ela deixava a porta do quarto encostada e a do banheiro aberta.Entrei no quarto e tirei minha roupa, entrei no banheiro e minha mãe tava de costas, meu pau doia de tão duro.Me enfiei debaixo do chuveiro e abracei ela por tras.Ela se assustou e disse:

-Quer me matar de susto?

-Quero comer a senhora denovo! Falei sem pestanejar.

-Me solta que eu chupo seu pau.Falou dando um sorrizinho.

-Mas só chupar?

-Agora sim, depois agente ve.

-Ta. E soltei ela, que se ajoelhou na minha frente, me olhou nos olhos e sacudiu a cabeça negativamente dando um sorrisinho de safada.Lambeu a cabecinha e começou um boquete maravilhoso.Novamente não demorou muito e eu gozei dentro da boca dela.Mas dessa vez ela engoliu tudinho me olhando nos olhos, e depois deu um sorriso, ainda de joelhos:

-Pronto, seu safado.Agora sai daki que quero terminar meu banho.

-Mas e a nossa aula mãe? A senhora prometeu que ia me deixar e me ensinar a fuder. Quero enfiar na sua buceta de novo.Dito isso dei risada.Ela novamente sorriu, mordeu os labios e disse:

-Ta, se seca e vai pra minha cama, vou terminar aki e deixo vc meter em mim denovo. Quando ela disse isso, qse gozei novamente.

-Mas hj tem que me fazer gozar tambem. Fiquei meio assustado com isso, mas meu tesão era tão grande que só pensei em comer minha mãe denovo.

Sai do banheiro me secando e deitei na cama olhando pra porta do banheiro.Meu pau tava doendo de duro, e cada segundo parecia 1 hora.Passados alguns minutos la veio ela, peladinha.Me olhou na cama e sorriu dizendo:

-Mas dessa vez não vai gozar tão depressa. Veio e deitou ao meu lado.

-Vem aki e me chupa 1º, me faz gozar. Eu ja tinha visto alguns filmes na internet e então tinha uma noção,mas nada alem disso. Deitei com a cabeça entre suas pernas e comecei passar a lingua no seu clitoris rapidamente.

-Calma filho, mais devagar. Obedeci e comecei a lamber seu grelo bem devagar e dava umas sugadinhas de leve. Ela gemia e puxava meu cabelo.Enfiei então um dedo na sua buceta, e ela deu um gemido mais alto:

-Isso Tiiii, me faz gozar, vai vou gozar. Alguns minutos depois ela tremeu um pouco gemeu mais alto e apertou minha cabeça contra sua buceta dizendo:

-To gozaaaaandooo. Aaaahhhhhhhh.

Fiquei mais alguns seguntos entre sua pernas e levantei, esperando as proximas ordens. Ela ainda estava de olhos fechados colocou a mão na bucetinha e levou na boca, chupando os dedos:

-Ta aprendendo meu filho. Agora vou ensinar vc a meter gostoso.

-Se concentra pra não gozar muito rapido.Vc tem que resistir. Então ela ficou de quatro e disse:

-Vem, enfia na minha buceta. Me posicionei atras dela e ela com uma das mãos pelo meio de suas pernas direcionou meu pau ate a entrada da sua vagina.

-Vem filho vai enfiando.Aaahhhhhh MEEEETEE. Fui metendo e vendo meu pau sumir aos pucos dentro da minha mãe, me controlando pra não gozar. Comecei a bombar, segurando na cintura dela.Ela pegou minha mão e levou ate seu clitoris e disse:

-Uuuuuhhhh faz uma massagem com essa mão aki. A cada gemido dela meu pau latejava pra gozar.

Não chegou a ser demorado, mas demorei beeem mais que da 1ª vez.Bombei por alguns minutos, mas akela visão de minha mãe de 4 com os olhos fechados,gemendo, e meu pau entrando e saido dela, era irresistivel, enchi a buceta dela de porra,e ela deu um gemido beeem alto, acho que a sensação da minha porra dentro dela a fez gozar tambem.Ela caiu pra frente fazendo meu pau sair da sua buceta, e eu sentei na cama. Ela disse:

-Ta ficando craque nisso hein Tiago, as meninas da escola vão ter trabalho com vc.

-Mas eu gosto de comer vc mãe.

-Não fala isso que eu ataco vc muleke. Falou sorrindo.

-Vem!!! Falei com o pau ja duro feito rocha.

Minha mãe me deitou na cama, e ficou de pé sobre mim. Derrepente foi descendo pegou meu pau e direcionou na vagina.Entrou facilmente, e então começou a cavalgar.De pronto peguei no seu seio e comecei a fazer carinho.Ela novamente de olhos fechados e gemendo disse:

-Ja ta beeeem safadinho né? Me xinga um pouco que fico louca.

-Vai vagabunda, senta no meu pau sua vadia safada.

-Isso meu macho me xinga vai, sou sua puta, mete em mim gostoso. Gritava em meio a gemidos e apertos no meu peito. Ja faziam varios minutos e eu ainda não tinha gozado,pensei nisso em determinado momento. Minha mãe saiu de cima de mim e deitou de costas pra cama, como da 1ª vez. Eu ja estava treinado nisso me posicionei, mas ela com as pernas foi indo pros pes da cama me empurrando.Ela ficou com as pernas pra fora da cama, e eu entendi como seria. Coloquei as pernas dela nos meus ombros e comecei e introduzir o pau nela novamente, tendo plena visão de cada cm entrando nela. Fiquei olhando bem nos olhos dela e ela nos meus, e derrepente ela começou a revirar os olhos e apertar os bicos dos seios.Soltei então suas pernas e peguei na cintura puxando-a mais pra perto de mim e caindo com a boca nos lindos peitos dela, e chupando os bicos, dando mordiscadinhas de leve e beijando, 1º os seios depois sua boca.Fiquei um tempão ate gozar dentro dela denovo.Me senti muito bem por isso, e ela tava mais cansada desta vez.

Quarenta minutos foi o tempo que fiicamos deitados, conversando sobre oq acabamos de fazer,e falando de outras besteiras, rimos muito.Ate que minha mãe se levantou falando:

-Acho que agora ja enjoou da minha buceta ne? Rindo e olhando pro meu pau meia vida novamente.

-Quero comer ela toooodo dia. Falei apertando o pau.

-Se continuar assim, eu que não vou aguentar mais vc. Ja ta ficando de pau duro denovo.

-A senhora me deixa assim.

-Mas hj não da mais.Outro dia vou dar outra aula pra vc. Vamos fazer uma coisa que sempre tive vontade mas nunca fiz. E com vc acho que da.

-NÃO ESQUECE DA NOSSA PROMESSA .NINGUEM FICA SABENDO. Disse ela dessa vez com a fisionomia mais seria.

-Claro mãe.

Se levantou e foi tomar banho novamente, e eu claro fui atras.Mas apesar da minha insistência, não transamos denovo.Mas ficou a promessa de uma proxima vez, e isso que importa.

continua...

Comentários

16/12/2012 14:39:42
Come o cu dela
22/11/2011 16:15:03
FICOU BOM ,ESPERANDO SUA CONTINUAÇÃO,ETA MÃE TARADA E FILHO TBM
13/05/2011 05:33:44
Como existem mães boazinhas neste mundo, né? O cara vai, come a mãe, come de novo, e ainda tem a promessa de comer o rabinho dela na próxima vez. Que cara de sorte!
13/05/2011 00:22:58
kkkkkk muito bom o conto nota 10 mais você quebro a promessa ne? kk ja espalho uhahuaa
12/05/2011 18:18:12
Vai ser o cuzinho...
12/05/2011 13:30:41
sensaconal
12/05/2011 11:25:37
Nota dez! No próximo vc vai tirar a virgindade anal dela! Que delícia!
12/05/2011 07:58:36
Tiago sua mãe e muito boa cara e isso aí continua comendo ela parabéns pelo conto nota 10 to no aguardo da continuação

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.