Casa dos Contos Eróticos

Feed

A diretora me flagrou.

Autor: DANNY
Categoria: Grupal
Data: 29/03/2011 01:01:13
Nota 9.67
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá galera, andei uns dias sumida, mas estou de volta. Pra quem ainda não leu meus contos, meu nome é Danny, tenho 26 anos e modéstia a parte, costumo arrancar olhares e suspiros por onde passo. Nesse conto vou relatar uma história que ocorreu quando eu estava na faculdade. Eu tinha 18 anos e estava indo bem em todas as disciplinas, menos em Biologia. O professor era um gato, acho que era por isso que eu ia tão mal, afinal eu passava a aula inteira fantasiando aquele corpo delicioso nu, e nunca conseguia prestar atenção nas aulas, RS. Era fim de semestre e eu precisava tirar uma nota [8,0] na prova do dia seguinte, senão teria que repetir a matéria. Eu estava desesperada, por isso procurei o professor, aquele gato e perguntei se ele poderia esclarecer algumas dúvidas sobre a matéria, ele disse que estava muito ocupado, mas que depois das aulas ele estaria na sala dos professores corrigindo uns trabalhos, e eu poderia procurá-lo lá. Assim fiz, depois das aulas fui à sala dos professores, bati na porta e ele me mandou entrar, perguntou quais eram minhas dúvidas, eu disse e ele começou a me explicar, não conseguia me ligar em nada que não fosse aquele delicioso perfume que emanava do corpo dele. Ele era tão lindo, eu ia me ferrar legal naquele teste.

Ele me deu algumas explicações e pediu que eu respondesse uns exercícios, sentei na cadeira e tentei me concentrar naquele papel a minha frente. Depois de alguns minutos, a borracha caiu, eu estava usando uma mini-saia verde e uma regata branca, quando eu abaixei para pegar a borracha notei que ele estava olhando fixamente para minha bunda,fingi não ter visto e abaixei, de forma que minha saia subiu ainda mais, dando a ele uma vista parcial do meu traseiro. Voltei a minha cadeira e continuei fingindo pensar nas respostas, na verdade não tinha conseguido ler nem a primeira linha. Eu estava sentada de frente pra ele, cruzei as pernas e descruzei várias vezes, ele não parava de me olhar, me dirigi até a mesa dele fingindo ter mais umas dúvidas, me curvei sobre a mesa e notei que ele estava vermelho e encarando meus seios, que são enormes, e estava bem a mostra, pois o decote era enorme. Fiquei imaginando se o pau dele estaria duro, não resistindo a curiosidade joguei o lápis no chão e abaixei para pegá-lo, quando vi aquele cacete quase furando a calça. Não pensei duas vezes e coloquei minha mão nele, ele tomou um susto, mas não disse nada, eu comecei a fazer movimentos para baixo e para cima, como se eu o estivesse masturbando. Derrepente ele segurou minha mão e a tirou de lá,fiquei frustrada achando que ele ia me dispensar,qual não foi minha surpresa quando ele abriu o zíper e colocou aquele cacete enorme para fora. Era lindo tinha a cabeça meio rosada, e era super grosso, deveria ter uns 21 cm de comprimento, não me segurei e comecei a lambê-lo, ele fechou os olhos e deu um leve gemido, fui mais ousada e comecei a chupar aquele pau delicioso, ele não se conteve e segurou minha cabeça, enquanto eu o chupava loucamente, tinha horas que parecia que eu iria engoli-lo, ele gemia muito, então pedi que ele tirasse a calça. Assim ele fez, então comecei a chupar o saco dele, as bolas eram enormes, e eu as colocava na boca e sugava com muito gosto, ele estava quase enlouquecendo de tanto tesão, e aquele pau estava tão duro. Ele disse que queria me ver nua, tirei toda minha roupa, ele me puxou pro colo dele e começou a sugar meus seios, adoro quando chupam meus seios, ele chupava com tanta força que achei que ele iria arrancar os bicos, então levantei do colo dele, me ajoelhei e coloquei aquele cacete delicioso entre meus seios, ele ficou louco, eu comecei a fazer movimentos de vai e vem com o pau dele nos meus seios. Ele gemia, me chamava de gostosa, de vadia, dizia que tava muito gostoso, então ele me jogou em cima da mesa, e começou a lamber meu grelinho, comecei a me contorcer de tesão, então ele chupou com gosto minha bucetinha, alternando ora no grelinho, ora na minha buceta e eu gemendo feito uma cadela no cio. Ele me virou de costas e numa só estocada colocou aquele pau enorme todo dentro da minha bucetinha de uma só vez. Foi um choque, mas ao mesmo tempo fiquei ainda mais louca de tesão, ele começou a se movimentar dentro de mim bem devagarinho, pra que eu me acostumasse com aquele cacete enorme, e foi aumentando o ritmo cada vez mais, eu rebolava muito, estava tão gostoso, e eu pedia mais e mais, mais rápido, mais forte, mais, mais... Ele bombava muito gostoso, eu estava quase enlouquecendo de tanto desejo. Ele tirou o pau de dentro de mim, e começou a chupar meu cuzinho, fui ao delírio, adoro ser chupada ali, enquanto ele chupava meu cuzinho ele metia o dedo na minha bucetinha, e eu gemendo cada vez mais. Ele levantou, passou o pau na minha buceta e começou a forçar a entrada no meu cuzinho, ardia muito, ele continuou forçando até que a cabecinha entrou, estava doendo muito, o pau dele era grosso demais. Então ele começou a massagear minha bucetinha e foi empurrando mais o pau no meu buraquinho, logo aquele cacete estava todinho dentro de meu cuzinho, ele parou um pouco e continuou massageando meu grelinho, logo ele estava bombando no meu cuzinho, começou bem devagar e foi aumentando o ritmo. Nessa altura a dor tinha passado e eu estava completamente louca de tesão,eu gritava enquanto masturbava minha bucetinha, e ele bombando cada vez mais forte, o saco dele batia na minha bundinha que chegava arder, ele gemia muito, e eu gritava literalmente, enquanto ele dizia infinitas sacanagens ao meu ouvido. Eu não estava mais agüentando, comecei a me masturbar mais forte e gozei muito gostoso, foi um gozo delicioso, parecia que uma corrente elétrica estava percorrendo meu corpo e eu não parava de gozar, ele não se conteve e encheu meu cu de porra, ficamos um tempinho abraçados, com o pau dele ainda dentro de mim, depois ele me disse que eu estava aprovada na disciplina dele, sorri e, quando olhei para a porta fiquei petrificada. De pé, nos observando estava a diretora do colégio, ele seguiu meu olhar e logo ficou atônito também. Ela adentrou a sala e disse que teria que tomar medidas drásticas, pois além de ser permitido o relacionamento entre professores e alunos, era ainda mais admissível termos feito aquilo tudo dentro da universidade. Comecei a chorar, pois aquilo significava uma expulsão,meus pais iriam me matar, ela me deu um tapa na cara de leve e mandou que eu me calasse, em seguida ajoelhou e abocanhou o pau do professor que já estava mol. Tomamos um susto, ela mandou que eu deixasse de chorumela e começasse a chupá-la. Ela era uma mulher muito gostosa, e bastante linda, não me fiz de rogada e deitei no chão com a cabeça entre as pernas dela, qual não foi minha surpresa quando vi que ela estava sem calcinha, não perdi tempo e comecei a lamber e chupar aquele grelinho. O professor gemia muito enquanto o pau dele aumentava mais e mais de tamanho, logo ele estava a ponto de bala, enquanto eu castigava aquela bucetinha deliciosa com minha língua, ela gemia incontrolavelmente, e eu chupava cada vez mais. Então o professor deitou e mandou que ela sentasse no cacete dele, ela assim fez, enquanto eu sentava na cara dele, ele imediatamente começou a me chupar, eu gemia bastante, ele chupava muito gostoso, e ela cavalgava sem parar naquele pau enorme e delicioso. Ela então tirou o cacete da bucetinha dela e colocou ele todinho naquele cuzinho dela, ele começou a urrar como um animal selvagem, e ela gritava como uma cadela assanhada, quem diria que aquelas delícias de professor e diretora um dia estariam comigo naquela situação? Ela não conseguiu se segurar e gozou naquele pau gostoso, ele continuou bombando no cuzinho dela e logo também estava esporrando o cu dela. Eles gritavam muito, e eu me masturbava sem parar, ela me pôs de 4, e enfiou um dedo no meu cuzinho e outro na minha bucetinha, enquanto ele masturbava meu grelinho, não estava mais agüentando, ela aumentando o ritmo das estocadas e eu completamente insana de desejo, não suportei mais e gozei novamente, foi incrível. Ela disse que a partir daquele dia eu teria reforço de Biologia todos os dias depois das aulas, e que ela inspecionaria pessoalmente as aulas, sorri e dei-lhe um delicioso beijo na boca, nos limpamos, vestimos nossas roupas e fomos pra casa, desde então virei uma expert em Biologia, passei a ser a 1ª aluna da turma, RSS. Espero que tenham gostado, e não deixem de ler meus contos anteriores. Bjs.

Comentários

21/07/2011 17:02:17
outro conto bom,uma pena que todos os cacetes são grandes,pois o meu é pequeno,
29/03/2011 12:24:32
Essa universidade é muito boa mesmo!!!!! A começar pela diretora e sem falar dos professores. rsssssss Gostei do seu conto minha amiga safadinha. Acho que vou me matricular nessa univ. tb.
29/03/2011 10:28:08
Ta aí uma escola bastante divertida de se estudar ! rs Qlqr dia leia um dos meus contos tbm e me diz o que achou
29/03/2011 09:55:57
Biologia...anatomia rs...tudo é válido rs. Legal.
29/03/2011 09:54:59
muito bom fiquei com muito tesao. meu msn é joseantonioferreiraf190@hotmail.com me add ai. adoraria conversar com vc e talvez quem sabe fazer um sexo virtual.
29/03/2011 06:47:03
10 maravilhos bom

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.