Casa dos Contos Eróticos

Feed

Trio quente

Autor: Andreu
Categoria: Grupal
Data: 22/12/2010 20:13:21
Nota 8.50
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

A história que se segue é parcialmente verdadeira e parcialmente imaginada. Representa aquilo que eu gostaria de realizar, mas que até agora só consegui parcialmente.

Sou português, natural do Porto. Durante umas férias no Algarve conheci um casal quando estava num parque de campismo nudista. Um homem aproximou-se de mim e perguntou-me se eu conhecia o caminho para a praia naturista mais próxima. Eu disse que sim, e ele convidou-me para no dia seguinte os acompanhar, a ele e á mulher e lhes indicar o caminho. Concordei. Ainda nesse dia apresentou-me a mulher e tomámos um copo juntos. Ele tinha os seus 40 anos, estatura normal e forte, a mulher de idade semelhante, mais baixa e forte, com um belo cu grande, como eu gosto, e umas mamas generosas. No dia seguinte fomos até á praia. Enquanto a mulher se banhava no mar, eu e o marido ficamos na areia. Ele então disse-me que a mulher estava toda excitada comigo e que queria foder comigo. E perguntou-me tranquilamente se eu queria foder a mulher dele.

Surpreendido pela franqueza e ausencia de rodeios, levei alguns segundos a dizer que sim. E logo combinámos juntarmo-nos os três na tenda á noite, depois do jantar.

E assim foi. Uma vez na tenda, nao perdi tempo e comecei a acariciar a mulher. Ela despiu-se toda, e eu fiz o mesmo, seguido pelo marido. Comecei a apalpá-la toda, lambi-lhe as mamas, o cu e a cona. O marido ao lado limitava-se a contemplar, com a piça dele já dura, uns 18 ou 19 cm. Mas eu nao havia maneira de entesar de jeito, o que me deixava pouco á vontade. Por fim lá consegui penetrar a mulher, e comecei a fode-la na posição tradicional: ela por baixo e eu por cima. Mesmo á minha direita, o marido ajoelhado tinha a piça quase á beira da minha cara, mesmo a convidar-me. Hesitei um pouco, mas por fim aproximei a minha cara e meti-a na boca. Comecei a chupá-lo, enquanto fodia a mulher dele. Ela acariciou-me os cabelos e empurrou o caralho para dentro da minha boca. Era duro e grosso, como eu gosto. A mulher, ao ver a cena, disse-me: “gostas de homens, nao gostas? Queres levar com ela no cu, meu querido?”

Em resposta, tirei o caralho da boca e disse “gosto, gosto de foder com mulheres e de ser fodido com homens”. Saí de cima dela, e abaixei-me para lhe lamber a cona, pondo-me de joelhos, com o meu cu bem á mostra, virado para o marido. Ele não perdeu tempo, passou um creme qualquer no meu cu, apontou o caralho e começou a penetrar-me. Em poucos segundos estava dentro de mim. Eu lambia a cona da mulher que gemia de prazer, segurando-me a cabeça com as mãos, ao mesmo tempo que eu lhe apalpava as mamas. A piça do marido no meu cu começou a foder-me, lentamente primeiro, depois com mais força. A mulher, entre gemidos, incitava o marido: “fode-o, fode-lhe o cu todo, dá-lhe com força que ele gosta de levar no cu”. E a mim dizia-me “lambe-me, lambe-me essa cona toda enquanto levas nesse cu”.

Eu estava louco de prazer, chupando aquela cona deliciosa ao mesmo tempo que um caralho me martelava o cu. Por fim, o marido saiu do meu cu, afastou-me um pouco para o lado, agarrou a mulher e começou a fode-la. Eu contemplei a cena por alguns segundos. Ele beijava a mulher na boca enquanto a fodia. Eu aproveitei uma pausa no beijo deles para colocar a minha pila junto das suas bocas. Eu estava apenas meio teso, mas nao me preocupava com isso. Amboa a agarraram e começaram a lamber-me, chupando-me alternadamente. Com a minha mao direita, comecei a acariciar o cu do marido, insinuando o meu dedo no seu buraquinho. Ele deixou-me fazer. Entao aproximei-me por trás dele e comecei a lamber o seu cu. Ele parou de foder a mulher, saiu de cima dela e abriu bem as nádegas para que eu chupasse e brincasse com o seu cu á vontade. A mulher, vendo a cena, pos-se de gatas, com o cu virado para o marido, que começou a lambe-la. Ao fim de alguns momentos, eu deslizo para debaixo do marido, pondo a minha piça junto á cara dele, e a sua na minha cara. Comecei a chupá-lo, e ele fez-me o mesmo. Por fim, ele sai de cima de mim, agarra na mulher, colaca a piça junto á cara dela e esporra-se todo na boca dela. Sem perder tempo, começa a beijá-la na boca, lambuzando-se os dois as caras de esporra. Eu contemplo a cena a masturbar-me.

Ao fim de poucos minutos, ambos reparam em mim. O marido deixa entao a mulher e vem beijar-me na boca. Eu retribuo o beijo com paixão. Em seguida, ele abaixa-se e começa a chupar-me. A mulher vem beijar-me na boca e lambendo-me a cara para me besuntar com a esporra do marido. Eu venho-me também na cara dele, que em seguida se junta a nós num beijo a tres. E enquanto nos beijamos apalpamos todos os cus com ambas as mãos, a minha mão direita nu cu da mulher, e a minha mão esquerda no do homem. Começamos a enfiar os dedos nos cus, e em pouco tempo um dedo da minha mão direita está enfiado no cu da mulher, e um dedo a minha mao esquerda no cu do homem. E é claro, o meu próprio cu está sendo penetrado por um dedo do marido e um dedo da mulher... e tudo recomeça.

E a partir desta noite, e durante cerca de uma semana, foi assim... tres corpos desinibidos, dando-se prazer de todas as formas, sem preconceitos... lrib2001@yahoo.co.uk

Comentários

22/10/2013 07:13:43
Posto no texto Scat na Boate, de Scatman:Boa noite, você já fez um maravilhoso começo. Uma morenaça com todos dotes e bem consciente, deliciosa mesmo que a aparência não fosse a top, é um remédio com certeza. Quero-lhe deixar algo sobre a consistência deste verdadeiro chocolate produzido por esta fábricas maravilhosas. Sei que isto incentiva qualquer um, mesmo porque ninguém conhece exatamente a tal consistência, então veja o que produziu esta deliciosa mulher: aquele que, eu chamo um verdadeiro chocolate dela,apresenta 75% de água na sua composição. Variações mínimas nas concentrações de água interferem na sua consistência. Fezes moles apresentam, mais ou menos, 80% de água e as líquidas 90%. Alguns factores, como o vegetarianismo, pode aumentar o teor de líquido ou mais da massa seca d as fezes é composta por bactérias, cerca de 90% delas do género Bifidobacterium (Bifidobacterium é um gênero de bactéria anaeróbica e atua como um probiótico beneficente para a saúde humana. As Bifidobactérias são uns dos maiores grupos de bactéria que compõe a flora intestinal sexbizarrecouples69@hotmail.com

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.