Casa dos Contos Eróticos

Feed

só no cuzinho da crentinha

Autor: fenix branco
Categoria: Heterossexual
Data: 23/11/2010 03:58:36
Nota 8.80
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Eu trabalho no período noturno em uma loja de fast food como segurança, chego em casa por volta das 08:00 da manhã, era uma sexta-feira cheguei em casa minha esposa estava de saída para o trabalho .

Tomei um banho e deitei para o merecido sono , começou a soar a campainha e não parava levantei puto da vida disposto a xingar quem quer que fosse ao abrir a porta não xinguei.

Lá fora estava uma loira de cabelos compridos ate o meio das costas , olhos azuis e uma boca carnuda estava de saia até a canela e uma blusa de botões na frente e dava para ver que seus seios eram apontados para cima , ela foi dizendo:

____Bom dia você tem um minuto . uma voz provocante.

Respondi que sim e já pensando em dar uma investida e ver o que acontecia, e foi dito e feito ela começou a falar sobre uma revista que tinha em suas mãos e como o sol estava quente convidei-a para entrar na sombra onde ela aceitou , então perguntei seu nome

Com um belo sorriso disse chamar Kelly e continuou a falar da revista quando me perguntou se eu tinha costume de ler disse que sim mas não era aquele tipo de leitura que ela me propunha.Com espanto perguntou o que eu lia eu disse que eram revistas de sacanagem e contos eróticos já esperando ela ir embora e para minha surpresa ela falou sempre quis ver estas coisas mas nunca tive oportunidade.

Abri a porta da sala e disse para entra que mostraria, não pensou duas vezes entrou sentou-se com as pernas cruzadas mostrando as coxas e que coxas brancas mas bem torneadas meu pau começou a dar sinais de vida e ela percebeu olhava disfarçadamente, peguei uma playboy e lhe dei ela falava e mordia os lábios ,peguei uma outra de sexo explicito e lhe dei ao olhar as cenas de sexo ela deu uma suspirada e seus olhos brilharam muito.

Perguntei a ela se não estava a fim de fazer o que via nas revistas ela respondeu que só tinha feito uma vez com um antigo namorado e que estava com muita vontade mas tinha medo de doer novamente, foi a deixa a abracei e comecei a dar beijos em seu pescoço e passar as mãos em seu corpo quando cheguei com a mão em sua bunda ela gemeu e pegou em meu pau que já explodia.

Comecei a desabotoar sua camisa e descer sua saia a deixando somente de calçinha e sutiã ai fiquei louco ao ver a maravilha de corpo que esta crentinha tinha seios médios durinhos , cintura fina e quadril grande, coxas grossas e bunda redonda e arrebitada.

Abaixei e comecei a tira sua calçinha ela relutou um pouco dizendo que podia chegar alguém a acalmei dizendo que não chegaria ninguém ate o almoço, então ela relaxou deitei-a no sófá e comecei a chupar aquela bucetinha cheirosa ela gemia e falava que era bom demais sentir uma língua nela.

Chupei por uns 10 minutos quando ela começou a gemer mais alto e a tremer toda empurrando sua buceta contra minha cara e senti seu melzinho escorrer ela gozou e muito.Levantei e dei o pau para ela chupar ela disse que não sabia e começou a dar beijos na cabeça e a lamber fui forçando até que abriu a boca deu umas chupadas.

Tirei seu sutiã e mamei em seus seios deliciosos e comecei a passar o pau em sua grutinha quando ela deu um pulo para traz e disse:

____Não na frente eu nunca fiz, só por traz meu ex-namorado colocou.

Fiquei surpreso e disse que tudo bem e perguntei como ela queria ,ela respondeu que só foi uma vez de quatro mas doeu muito e queria tentar de frente a levei para a cama a chupei mais um pouco passei bastante gel em seu cuzinho enfiei um dedo ela somente gemeu dois dedos ela começou a rebolar e disse que dia um pouco comecei a masturba-la e quando vi que esta bem relaxada comecei a passar o pau naquele cuzinho forçando a entrada ela deu uma travada e ao relaxar enfiei ela deu um grito de aiiiiiiii entrou devagar .

Fui enfiando cada vez mais não dando atenção a suas reclamações de dor quando estava todo dentro olhei para ela estava com lágrimas escorrendo pelo rosto a masturbei bastante e quando percebi que ela iria gozar comecei a bombar forte pois não aguentava mais aquele cú apertando meu pau o tesão era demais e quando ela gozou começou a dizer coisas sem nexo e seu rabinho apertava meu pau não resisti e gozei muito enchendo seu cuzinho de porra.

Ficamos ali parados por um tempo quando meu pau amoleceu e saiu vi que escorria sangue misturado com porra, fomos tomar um banho juntos ela nada falou somente me olhava e sorria no banheiro ela chupou meu pau e eu a coloquei apoiada na privada levantando aquela bunda deliciosa e meti novamente e a masturbei até que gozamos novamente.

tranzeo.com ela mais duas vezes e na próxima conto como tirei seu cabaçinho.

mulheres que gostam de sexo anal e casual me mande email

Comentários

24/07/2014 08:43:54
realmente,axo q esses lance so acontece em contos eroticos,mais foi mto exitante,ah solange,mim manda um email:gsrb@hotmail.com.br
28/01/2011 12:17:49
Solange, que tal levar no rabinho uma pica de 23x14cm bem gostoso?? fiquei curioso sobre vc
23/11/2010 21:37:18
Amei! Eu gostaria de estar no lugar da loira, só que também chorava...de tesão! Ben elaborado e excitante - parabéns! Te beijo Amélia
23/11/2010 17:49:16
um pouco fantasioso mais, bem exitante meus parabéns!!
23/11/2010 09:14:03
Pois um conto assim alimenta sempre o sonho de qualquer homem. Eu gostei

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.