Casa dos Contos Eróticos

Feed

LARISSA: CUZINHO VIRGEM E GULOSO

Autor: Xanoso
Categoria: Heterossexual
Data: 16/11/2010 17:49:09
Nota 10.00
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

LARISSA: CUZINHO VIRGEM E GULOSO

Depois daquele domingo que eu comi a Larissa ela virou uma verdadeira putinha. Qualquer oportunidade e ela aparecia querendo transar. Entretanto, ela só queria ser fodida na xaninha e eu, doido para comer aquele cuzinho. O máximo que ela deixava era eu passar a língua. Ela dizia que nunca dera para ninguém e que devia doer muito. Eu tentava convencê-la, entretanto sem sucesso. Mas eu continuava insistindo. Sabia que mais cedo ou mais tarde aquele cuzinho seria meu. E assim foi. Lembro que numa semana de outubro Paulo viajou para Altamira (interior do Pará) para trabalhar no vestibular daquele município. Já passava das 16h quando Larissa ligou perguntando se podíamos ir a um motel. Ela foi muito enfática: “Marcos, minha bucetinha está acesa e quero tua gala na minha boca”. Quem resistiria a um convite desse? Aproveitei e disse: “e, seu cuzinho? Não quer sentir meu pau entrar nele?.Ela apenas sorriu e disse: "vem me buscar! Estou em frente ao shopping”. E fui. Ela entrou no meu carro que é todo peliculado. Vestia um vestidinho azul. Logo que sentou foi dizendo: -"pega nela, Marcos. Vê como ela pede teu caralho” Como eu disse antes, Larissa quando estávamos sós parecia uma putinha. E ela gostava que eu a chamasse de puta, vadia, vagabunda. Fomos até o motel com ela pegando no meu pau. Safada, do jeito que eu gostava. Ao chegarmos ao motel, joguei-a sobre a cama e tirei seu vestido. Tirei a roupa, abaixei-me e comecei a chupar aquela xaninha toda melada e pronta para receber meu pau. Como sempre (que mania) Larissa pegou o travesseiro, colocando-o sobre o rosto e começou a gemer baixinho no início e depois mais alto até que praticamente gritava e se contorcia. Eu chupava a buceta e acariciava seu grelinho. Quando notei que ela estava no auge do prazer, gritando e se contorcendo e empurrando a buceta na minha boca, com o dedo todo lambuzado enfiei devagar no cuzinho. No princípio senti o cuzinho contrair, mas logo, para minha surpresa ela pegou meu dedo e empurrou mais forte, até que o dedo ficou todo dentro. Então ela gritou por debaixo do travesseiro – “você quer meu cuzinho? Então come. Vai caralho. Mete esta vara no meu cú. Vai Marcos!” Eu tirei o dedo e começei a chupar aquele cuzinho virgem. Lambuzei bem e enfiei um dedo, desta vez mais rápido e logo comecei a enfiar o outro. Com os dois dedos dentro do cú comecei a enfiar e tirar. Larissa gemia mais alto. E começou a pedir... “come meu cuzinho, Marcos. Fode este cuzinho” METE CARALHO! Este cuzinho é teu, só teu!”. Comecei a chupar a buceta e metia os dedos com força no cuzinho... Senti que ela ia gozar quando suas coxas apertaram minha cabeça..Ela gritou “VOU GOZAR, MÃE!MÃE!!! VOU GOZAR NA TUA BOCA! TOMA MEU GOZO!!!! Eu dizia: -“goza, putinha! Goza vadia! Goza, porra, caralho!”... senti que ela estremecia gozando. Ela ficou uns segundos ofegando e gemendo baixo. Esperei ela relaxar. Ela falou – “que gozada!” Então pedi que ela virasse de bruços, tipo cachorrinho com a bundinha empinada. Eu disse: “agora eu quero tirar o cabaço desse cuzinho”. Senti que ela estava entregue, porque ela falou: “ põe com cuidado..devagar.. não quero que fique doendo”... eu falei para ela relaxar que eu ia fazê-la sentir tanto prazer que não ia querer outra coisa. De início comecei a meter a língua naquele cuzinho virgem..ela, meio sem experiência procurava mexer a bundinha e perguntava: “está bom assim, Mauro?! Eu dizia: sim! Gemendo baixinho ela dizia: “ delícia – gostoso – chupa mais, mais!”. Senti que o cuzinho já estava bem lubrificado fui enfiando dois dedos bem devagar...Ela reagiu: “ Maaaarcos!!! Cuidado, amor!!Aiiii devagar, devagar..” fiquei um pouco enfiando os dedos até que ela pediu: “ Marcos, aiii...aiii...vem, quero teu pau no meu cú.. “ então eu disse: “Vou te enrabar, vadia! Vou comer teu cuzinho. Vou tirar teu cabaço” Me posicionei por trás e comecei a passar a cabeça do meu pau no cuzinho virgem e apertado e fui colocando vagarosamente. Quando sentia ela contrair eu parava um pouco e logo recomeçava a enfiar mais. Pedi que ela abrisse mais pernas e comecei a meter com mais força... meu pau já tinha entrado mais da metade quando comecei a bombar um pouco. Larissa começou a gemer alto. “Aiii...Aiiii.. está doendo Marcos. Doendo!dóiii.. Parei um pouco, mas ela gritou: “NÃO PARA, PORRA! METE QUE EU AGUENTO! METE CARALHO! FOODE ESTÉ CÚ! DESCABAÇA ESTE CU VIRGEM!.” Não quis saber de mais nada e segurando-a pelos quadris meti de uma vez com força. Ela gritou muito alto: “AIIIII!!! MÃE!!!! MÃE!!!!AIIII!!!!AIIII!!!!” Continuei bombando forte. Ela gritou e começou a soluçar. “Aiii!!! Aiii!! Não parei, e sentia aquele cuzinho descabaçado se abrir todo para meu pau. De repente ela parou de soluçar e começou a pedir: “FODE, CARALHO!!!FODE!!!FODE MEU CÚ! METE!!! COME MEU CÚ!!!!ELE É TEU, SÓ TEU, SÓ DESTE CARALHO!!! eu gritava com meu pau todo enfiado naquele cú guloso:- TOMA, VADIA! TOMA NO CÚ, CARALHO! SUA PUTA! PROSTITUTA! VADIA! De repente ela gritou: I”AIIII...VOU GOZAR!!! VOU GOZAR!!!VOU GOZAR!!” Então ela arriou na cama ofegante.... e tremia toda. Deixei passar um pouco de tempo e enfiei novamente naquele cuzinho já todo arrombado. Desta vez ela não gritou e só dizia: “Delícia! Delícia! Quero mais! Mais! Eu então gozei e deixei minha gala invadir o cuzinho. Que coisa boa. Depois ela pediu: “Não tira Marcos! Não tira!” Deixei ficar assim até que meu pau amoleceu. Levantamos, fomos para o chuveiro. Depois eu a deixei na frente do shopping. Antes de sair ela falou “se eu soubesse que era tão bom tinha dado meu cú para você desde a primeira vez”. Depois daquele dia, eu tinha de foder o cuzinho da Larissa sempre que saíamos.

marcos.2100@hotmail.com

Comentários

01/10/2011 10:24:25
Rápido, claro, completo, eficaz. Nota dez.
07/03/2011 22:55:04
amei excitante como sempre keria ser a sua larissa por 1 dia
16/11/2010 19:07:20
Muito bom o conto. Fiquei excitado. Estou doido por uma Larissa assim na minha vida.
16/11/2010 18:20:31
Porra cara que relato tesudo,fiquei di pau duro aqui meu!!!! nota 10 gaucho.fmello@gmail.com

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.