Casa dos Contos Eróticos

Feed

transa espetacular

Autor: alex
Categoria: Heterossexual
Data: 04/11/2010 19:44:51
Nota 10.00
Ler comentários | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá meu nome é Alex, esse e meu 3 conto espero que gostem. Bem, eu trabalho na área de informática e num final de semana uma vizinha veio me pedir pra arrumar seu computador. Seu nome é Allesandra, uma mulher linda que deixava qualquer homem fascinado por ela. Apesar de ela ser casada não tem homem que resistiria àquela mulher. Fui na casa dela ver o problema no seu computador mas não tinha como eu não olhar para aquela mulher. Ela estava de shorts jeans, uma camisa colada deixando a mostra seu belo par de seios... cada vez mais na minha cabeça vinha pensamentos loucos. Como seria transar com aquela mulher... mas continuei a ver o computador. Teve uma hora que ela veio perguntar se tinha descoberto o problema do computador... quando ela encostou seu corpo no meu, meu pau endureceu muito rapidamente. Com aquela situação toda eu tremi... não notei, mas o volume que meu pau formou na minha calça tinha ficado evidente, e quando fui me levantar pra explicar o problema, meu pau mal cabia na minha calça. Ela viu... e na mesma hora me questionou o que eu estava pensando, o que achava que ela era. Fiquei sem graça, não respondi. Vendo minha reação, ela foi mudando a feição de seu rosto... e começou a olhar direto pro volume da calça. Sem falar nada, ela me pegou pelo braço e foi me empurrando. Imaginei que seria expulso da casa. Mas não. Fomos para seu quarto... ela nos trancou lá. Pensei que ela iria começar a falar um monte, me dar broncas... tentei explicar. Ela me interrompeu e falou:

- Eu queria muito ficar a sós com você... há muito tempo. Arrumei esse pretexto do computador pra você vir aqui em casa. Sei que você me deseja...

Nessa hora, só pensava que finalmente estava ali, com uma mulher como dona Allesandra. Mulher que sempre sonhei em transar... estava ali de frente com ela. Com um tesão fora do normal, ela me jogou na cama. Montou em cima de mim, e começou a abrir meu cinto... minha calça. Devagar, ela tirou minha calça. Meu pau já estava duro feito pedra quando tirou. Ela ficou surpresa quando viu como eu estava... nossa que tesão. A cabeça do meu pau estava explodindo, inchada... nisso, ela olha para mim e coloca a cabeça do meu pau na sua boca. Fica assim, só mexendo a língua, sentindo meu gosto. Depois, começa a chupar meu pau de uma forma que jamais eu fui chupado. Nossa, a Allesandra sabia como deixar um homem maluco de tesão. Hora ela chupava meu pau, hora lambia a cabeça, dava beijos... esfregava nos lábios. Quando ela forçou e engoliu meu pau t odo, fui ao céu. Ela sabia o que fazer ali na cama... vendo o tesão que ela também estava sentindo com meu pau na boca, mudei radicalmente... comecei a forçar meu pau contra a cabeça dela...

- Isso dona Allesandra... não para! Engole meu pau... só tira ele da sua boca quando eu gozar...

Essa minha atitude, e o que falei, dever deixado ela louca. Ela aumentou a velocidade das suas chupadas... ela sentia meu pau pulsar na boca e eu já me contorcia na cama. Sentia que em breve eu iria gozar. Não demorou muito, forcei mais ainda meu pau contra a cabeça dela. Ela afastava, então segurei ela pela nuca, e comecei a meter na boca dela. Não deixava ela fugir... sentia até bater na sua garganta. Não demorou e gozei... nossa como gozei... a Allesandra não deixou uma gota se quer escapar. Ela bebeu tudo, sem deixar nada cair. Quando eu penso que ia acabar por ai, ela me pediu pra chupar ela. Foi que fiz. Ela se deitou já sem roupas... abri as pernas dela. Era minha vez de chupar e sentir ela. Chupava, passava a língua na boceta dela... fazia com vontade. E ela dizendo pra mim “chupa, não para... que tesão... passa sua língua, faz eu sentir prazer”. Fiz isso com vontade, tesão, algo que tomava conta de mim naquele momento. Aquele quarto tinha sexo ao extremo, fiquei tomado por aquela mulher. Me fazia despertar todo aquele tesão. Continuei a chupar... logo ela gozou, e senti todo seu melzinho. Virei ela na cama, puxei ela pela cintura e ela ficou de 4. Comecei então a meter meu pau nela. Em pouco tempo já socava ele todo. Metia com tesão, prazer ao limite. Nossos corpos suavam e nos 2 gemiamos feitos loucos... ela não parava de dizer “soca essa rola grossa toda dentro de mim... não para, me desmonta, abusa de mim... serei a sua puta!!!”. Peguei ela pela cintura e socava forte. Enquanto metia nela, ela começou a rebolar no meu pau. Nos 2 transávamos como loucos, parecia que aquele ambiente de sexo e tesão ficava ainda maior. Eu não parava de meter, e ela gritava, rebolava... transava como uma verdeira puta. Depois de um tempo nessa foda, ela olhou pra mim e pediu pra colocar meu pau no seu cu... dei mais socada na boceta dela, pra deixar meu pau melado com os sucos dela. Encostei a cabeça na porta do cuzinho dela fiquei olhando. Ela de novo pediu... “vem, come meu cu... fode”. Como tenho pau grosso, fui forçando devagar... quando eu coloquei a cabeça do meu pau no cu dela, parece que ela entrou em êxtase. Continuei enfiando devagar... até que coloquei meu caralho todo dentro do cu dela. Depois de um tempo, quando percebi que ela tinha acostumado com o pau dentro dela, comecei metendo devagar... até que fui aumentando a velocidade... pronto, a puta tinha aflorado. Já socava forte meu pau dentro do cu dela... ela sem duvidas deixa qualquer homem maluco mesmo. Ela rebolava com maestria, me pedindo mais.

- Soca esse pau todo no meu cu!!! Até o talo... soca... tuuudo!!!

Meu pau parecia querer explodir dentro dela. Soquei ate demais dentro dela. Não demorou e gozei dentro do cu dela. Caímos em cima da cama. Jamais tinha transado dessa forma com uma mulher. Não tenho a menor duvida que ela a mulher mais magnifica que eu já transei. Faz um longo tempo que não falo com ela, afinal, ela vive viajando. Mas tenho certeza que ainda vou voltar a transar com ela... já sai com muitas mulheres, mas como a Allesandra jamais encontrei. E vou voltar a ver essa mulher que alem de linda fogosa, e que fascina, sem duvida tem cheiro de sexo e também de tesão ao extremo. antes que agradecer a ambra se nao fosse ela esse conto jamais teria saido meu msn e abelrick2006@hotmail. com ate a proxima

Comentários

01/02/2011 10:19:30
Ôba! Finalmente conseguí ser a primeira a comentar um conto. Estou me sentindo uma desvirginadora. Lí a história com muita atenção. Da mesma maneira que leio meus relatos quando os estou revisando. Este, bem escrito e excitante. Parabéns!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.